fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Conduzida pela SKS CX Customer Experience - com 660 mulheres das classes A+, A e B, em São Paulo e no Rio de Janeiro -, a pesquisa online "Mulheres A+: a volta ao consumo e à rotina pós-pandemia" revela os planos femininos em um cenário de reabertura do comércio e escolas.

São Paulo/SP – Quando as autoridades dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro decidirem sobre o retorno às aulas, para 83% das mulheres de classe A+, A e B pretendem levar os filhos para as escolas em até 10 dias.  Essa é uma das conclusões do mapeamento Mulheres A+: a volta ao consumo e à rotina pós-pandemia. Realizada com 660 mulheres das classes A+, A e B, o levantamento foi conduzido pela SKS CX Customer Experience.

Segundo Stella Kochen Susskind, coordenadora da pesquisa e presidente da SKS CX Customer Experience, o levantamento buscou entender e antecipar comportamentos dessas consumidoras em um cenário de consumo pós-pandemia – sem vacina e medicamentos, mas com máscara e regras sanitárias. “Um dos resultados interessantes é que embora o medo deve limitar o retorno rápido a restaurantes, o mesmo não acontecerá com a frequência à salões de beleza e academias. Um dos pontos cruciais desse retorno será a volta às aulas. Quando as instituições de ensino garantirem o cumprimento das normas sanitárias, 83% das mães de alta renda pretendem liberar os filhos para frequentar as aulas presenciais em até 10 dias; 10% não vão liberar os filhos tão cedo; e 7% ainda não sabem qual será a decisão.

Sobre a SKS CX Customer Experience | Em 2019, a empreendedora serial Stella Kochen Susskind decidiu inovar no mercado nacional de pesquisa. Com a expertise de três décadas e o pioneirismo em avaliação do atendimento ao consumidor via clientes secretos, ela criou a SKS CX Customer Experience. Dedicada a pesquisas de satisfação e experiência do consumidor e dos usuários (user experience) – tanto em lojas físicas, quando em e-commerce e demais canais de venda dos consumidores omnichanel – a empresa brasileira firmou uma parceria com a startup israelense Checker Software. A SKS CX Customer Experience trouxe uma tecnologia inovadora para a indústria nacional de pesquisas ao concentrar, em uma única plataforma, os resultados de diferentes metodologias de pesquisa, mostrando uma jornada de compra completa de forma online (via aplicativos, SMS, WhatsApp, código de barras, telefone ou visita presenciais). A união de resultados permite saber, em tempo real, todos os aspectos que envolvem o atendimento ao consumidor.

A pesquisa de cliente oculto passa a concentrar as seguintes avaliações: NPS Net Promoter Score (mede a satisfação do cliente a partir de uma escala de 0 a 10 de indicação a empresa, serviço ou produto pelo consumidor; o escore é estabelecido diante do cálculo do percentual de promotores e detratores da marca); UX User Experience (satisfação de uso); CX Customer Experience (satisfação de clientes); VOE Voice of Employes (voz dos funcionários e colaboradores); VOC Voice of Customer (voz do consumidor, integrando resultados de todos os canais); e Brand Tracking (análise para identificar a visibilidade e o prestígio da marca).  

Com a parceria internacional, a SKS CX Customer Experience passou a contar com escritórios de São Paulo, Assunção (Paraguai) e Hadera (Israel) e administrar uma carteira de 30 clientes nos segmentos de finanças, varejo, indústria e serviços. Entre os clientes da SKS CX e da Checker Global: GfK, CiteUp, World Shopper, BVA, L’Oreal, Duty Free Shop, Giorgio Armani, Hugo Boss, Asics, Jack Vartanian, BR Properties e T&A Associados. Em 2020, a empresa brasileira foi premiada com o MSPA Elite Member, que a coloca entre as 12 melhores do mundo no segmento. Acesse o vídeo e conheça as modalidades de pesquisas adotadas pela empresa. https://skscx.com.br

Inscrições devem ser feitas de 3 a 5 de agosto, por meio eletrônico

 

SÃO CARLOS/SP - De 3 a 5 de agosto, o Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados (PPGPVBA-Ar) do Campus Araras da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) receberá inscrições de pessoas interessadas em cursar disciplinas no segundo semestre de 2020, na condição de alunos especiais.

São 11 as disciplinas ofertadas para alunos especiais neste semestre: Fitopatologia molecular; Genética de populações de bactérias em processos infecciosos de plantas; Microbiologia da fermentação alcoólica; Olericultura; Fruticultura tropical; Interações entre plantas e micro-organismos; Interações entre plantas e insetos herbívoros; Propagação de plantas; Controle de qualidade de produtos agroindustriais; Relação solo-planta; e Marcadores moleculares na análise genética. Informações sobre datas e horários de cada atividade, bem como docentes responsáveis, estão no edital, disponível em www.ppgpvba.ufscar.br.

A inscrição deverá ser realizada por meio de envio de documentação e formulário online preenchido, que também podem ser acessados no site, para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O início do período letivo será no dia 17 de agosto.

O PPGPVBA-Ar tem como objetivo formar profissionais que, comprometidos com a produção vegetal, saibam avaliar as variáveis condicionantes desta produção e da sua qualidade e a sua interação com processos biológicos (bioprocessos), sejam aqueles relacionados à produção vegetal em si ou aqueles empregados na transformação do produto agrícola, visando aumento de produtividade, eficiência, qualidade e inovação tecnológica. O Programa possui duas linhas de pesquisa: Produção vegetal e Biotecnologia e Bioprocessos associados à agricultura e à indústria. Dados adicionais estão em www.ppgpvba.ufscar.br.

Mais de 4 mil alunos da rede municipal de ensino receberam kit com alimentos da cesta básica

 

IBATÉ/SP - A Prefeitura de Ibaté, por meio da Secretaria Municipal de Educação, encerrou nesta semana a programação do mês de julho para distribuição de kits merenda escolar aos alunos das 14 unidades da rede de ensino da cidade.

Desde o mês de maio a Prefeitura está realizando esse trabalho, com o acompanhamento do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e com base na Lei n° 13.987/2020, de 07/04/2020, que visa ajudar na alimentação das crianças durante o período de suspensão das aulas em razão da pandemia da Covid-19.

Alunos da creche até o quinto ano do Ensino Fundamental de Ibaté receberam um kit por mês composto por arroz, feijão, farinha de trigo, fubá, açúcar, macarrão, sal, leite em pó e  óleo de soja.

O prefeito, José Luiz Parella, lembrou que em situações normais a Prefeitura de Ibaté oferece a merenda nas férias, mas com o isolamento social durante a pandemia foi necessário criar uma outra alternativa, entregando o alimento para que a própria família prepare em casa.

A distribuição dos kits é feita na unidade escolar em que o aluno está matriculado e realizada pela equipe escolar, seguindo todas as medidas sanitárias para o controle do coronavírus. 

Inscrições, inclusive de trabalhos, vão até 27 de setembro

 

SÃO CARLOS/SP - De 26 a 30 de outubro, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realiza a tradicional Semana da Física (SeFís), neste ano em sua 16ª edição, com o tema "Desenvolvimento científico e tecnológico: a Física e seus impactos na sociedade". No mesmo período, acontece o IV Encontro de Ensino de Física (ENENF), complementando a programação da Semana com a temática de ensino de Física na contemporaneidade.

Os objetivos dos eventos são o debate de atualidades nas áreas de Física e Ensino de Física; a contribuição à formação profissional e cultural de futuros cientistas, engenheiros e professores; e, também, a disseminação ampla do conhecimento científico junto a diferentes públicos. Assim, podem participar estudantes de graduação e pós-graduação de quaisquer áreas do conhecimento, bem como qualquer outra pessoa interessada.

A programação conta com palestras, minicursos e mesas-redondas que ocorrerão remotamente, em plataformas digitais, e discutirão conhecimento aberto e fake news; Física e Medicina; Física de Partículas; Computação Quântica; escrita científica; ferramentas de análise de dados; modelagens; ensino de Física Moderna e Contemporânea na Educação Básica; Política e Educação Científica; transmidialidade e gamificação, dentre outros temas.

As inscrições, gratuitas, podem ser realizadas em formulário eletrônico (https://bit.ly/39CMgVn) até o dia 27 de setembro. O prazo é o mesmo para que estudantes submetam resumos dos seus trabalhos de pesquisa para apresentação no workshop da Semana, também por meio eletrônico (https://bit.ly/3fbJVSg).

A Semana da Física é realizada por estudantes de graduação e pós-graduação, com acompanhamento de servidores docentes e técnico-administrativos do Departamento de Física (DF) da UFSCar. O Encontro de Ensino de Física é realizado pelo PET da Licenciatura em Física (grupo do Programa de Educação Tutorial - PET), com apoio do Diretório Acadêmico da Física e do Laboratório de Projetos e Artefatos Didáticos (LaPADi). Mais informações estão disponíveis nos sites da SeFís (https://sefis.df.ufscar.br) e do ENENF (http://enenf.com); páginas no Facebook da SeFís (www.facebook.com/sefis.ufscar) e do ENENF (www.facebook.com/EncontrodeEnsinodeFisica) e pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Inscrições foram prorrogadas até 31 de agosto

 

SÃO CARLOS/SP - O Departamento de Enfermagem (DEnf) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) prorrogou o prazo para inscrições no I Curso de Especialização em Enfermagem Pediátrica ofertado pela Instituição. A oportunidade é voltada para enfermeiros que atuam ou pretendem atuar na área. A turma terá início no dia 1º agosto, em aula online, com participação da presidência da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (Sobep). Em virtude da pandemia de Covid-19, as primeiras disciplinas serão realizadas a distância e as atividades presenciais começarão em 2021.  
 

Com abordagem inovadora e humanística, o curso visa ao aprofundamento de conhecimentos teórico-práticos em Enfermagem Pediátrica, seja na atenção primária, ambulatorial ou hospitalar, e abordará temas emergentes na saúde da criança, como adoecimento mental e cuidados paliativos. A especialização é coordenada por Diene Monique Carlos, docente do DEnf.
 

A carga horária total é de 400 horas (previsão de 15 meses), na modalidade semipresencial (70% presencial e 30% online). As práticas serão desenvolvidas em diferentes espaços de atenção à saúde infantil. Todas as informações sobre o curso, incluindo corpo docente, disciplinas e valores do investimento, podem ser acessadas na plataforma box UFSCar (https://bit.ly/3eyYfUG).
 

As inscrições devem ser feitas até o dia 31 de agosto pela box UFSCar. Estão previstas 5% das vagas na especialização para servidores da Universidade. Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

BROTAS/SP - As Secretarias de Desenvolvimento Social e Agricultura realizaram, semana passada, a entrega de 68 kits de mudas de verduras para crianças e adolescentes do Serviço de Convivência Espaço Amigo e Renascer.

A entrega dos kits faz parte do Projeto Plantando Esperança, que visa utilizar a horta como ferramenta pedagógica, estreitando a relação dos alimentos através do plantio, estimulando a alimentação saudável e o contato com a natureza.

Os kits fornecidos continham mudas de alface e tomate cereja, que foram escolhidos pelos usuários através de uma pesquisa. Na entrega foi realizado orientações a respeito do plantio, além de vídeos explicativos que estão sendo disponibilizados.

O Projeto Plantando Esperança pretende ter continuidade ao decorrer do ano, podendo ser disponibilizados diferentes tipos de plantas, como temperos e plantas medicinais.

 

 

*Por: PMB

Resultados são referentes à verificação de raça/cor e análise socioeconômica

 

SÃO CARLOS/SP - A Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) divulgou nesta terça-feira, dia 28 de julho, os resultados das comissões de verificação da autodeclaração de raça/cor e da análise socioeconômica, referentes aos candidatos que requereram matrícula na terceira chamada do processo seletivo, realizado via Sistema de Seleção Unificada (SiSU), para ingresso em 2020 nos cursos de graduação da Universidade. Os resultados estão em www.ufscar.br.
Os candidatos que tiveram suas avaliações indeferidas devem estar atentos aos prazos de interposição de recursos, que estão definidos nas orientações publicadas juntamente com os resultados. Devido à situação de pandemia da Covid-19, a interposição de recursos junto às duas comissões será feita exclusivamente por formulário eletrônico também indicado nas orientações.
Mais informações podem ser obtidas no edital disponível na página www.ingresso.ufscar.br; em contato com a ProGrad (http://www.prograd.ufscar.br/fale-conosco); ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Inscrições acontecem de 17 de agosto a 8 de setembro

 

SÃO CARLOS/SP - O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGECiv) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) receberá inscrições no processo seletivo para seu mestrado acadêmico - com início em 2021 - entre 17 de agosto e 8 de setembro. As inscrições são realizadas online, e todas as instruções estão no edital publicado no site do PPGECiv, em www.ppgeciv.ufscar.br.

O PPGECiv tem duas áreas de concentração: Construção Civil e Estruturas e Geotecnia. Ao todo, estão sendo oferecidas 19 vagas, disponíveis pelas três linhas de pesquisa do Programa: Gestão, Tecnologia e Sustentabilidade na Construção Civil (vinculada à primeira área de concentração, com sete vagas); Estudo e

Desenvolvimento de Sistemas Estruturais (ligada à segunda área, com oito vagas); e Estudo e Desenvolvimento de Sistemas de Infraestrutura Geotécnica (também ligada à segunda área de concentração, com quatro vagas). Os docentes vinculados a cada linha de pesquisa, bem como outras informações sobre o Programa e o processo seletivo, estão no site do PPGECiv (www.ppgeciv.ufscar.br).

Inscrições deverão ser feitas de 27 a 29 de julho

 

SÃO CARLOS/SP - De 27 a 29 de julho, o Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) receberá inscrições de pessoas interessadas em cursar disciplinas no segundo semestre de 2020, na condição de alunos especiais. São três as disciplinas ofertadas para alunos especiais neste semestre: Sociologia digital; Sociologia das diferenças; e Sociologia da juventude. Também haverá a oferta de dois cursos, abertos a alunos especiais: Leitura dirigida e Leitura dirigida: teorias da ação e etnografia. Informações sobre datas e horários de cada atividade, bem como docentes responsáveis, estão disponíveis no site do Programa (www.ppgs.ufscar.br).

A inscrição deverá ser realizada por meio de envio de documentação e preenchimento de formulário online, que também podem ser acessados em www.ppgs.ufscar.br. O início do período letivo será no dia 10 de agosto. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Criado em 2007, o PPGS foi avaliado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com o conceito 6, sendo assim considerado de excelência internacional e um dos melhores programas de pós-graduação em Sociologia do Brasil. O Programa, com cursos de mestrado e doutorado, tem quatro linhas de pesquisa: Mercados morais, cidades, trabalho e mobilidades; Cultura, diferenças e desigualdades; Tecnologias, ambientes e ruralidades; e Estados, conflitos, justiça e políticas sociais.

 

RIO CLARO/SP - Prefeito Juninho anunciou que não há condições de retorno seguro às salas de aula devido ao coronavírus. Alternativas para este ano estão sendo preparadas.

Para garantir a saúde dos estudantes e familiares, professores e funcionários de escolas municipais, as unidades da rede pública municipal de ensino de Rio Claro não voltarão a ter aulas presenciais neste ano devido ao novo coronavírus.

A decisão foi anunciada na manhã desta quarta-feira (22) nas redes sociais em live do prefeito João Teixeira Junior e do secretário municipal da Educação, Adriano Moreira. “Nossa prioridade é a vida e a saúde de nossa população e, embora gostaríamos que todas as escolas estivessem funcionando, tivemos que tomar a difícil decisão de descartar aulas presenciais em 2020 para reduzir riscos de contágio nesta pandemia”, informou.

A decisão da prefeitura também levou com consideração a grande quantidade de manifestações da sociedade rio-clarense pela manutenção do fechamento das escolas, colhidas em consulta pública realizada pela Secretaria Municipal da Educação. A prefeitura abriu a proposta inicial de retomada das aulas às opiniões da sociedade para que o assunto seja tratado de forma coletiva. “Foram muitos os pedidos de cancelamento do ano letivo ou pela não retomada das aulas neste ano”, explicou o secretário da Educação, Adriano Moreira. “Não temos como cancelar o ano letivo em âmbito municipal, pois é uma decisão que só pode ser tomada em esfera federal”, explicou. “O que faremos é definir um calendário para este restante de 2020 que mantenha as atividades sem as aulas presenciais, mas garantindo o vínculo com a escola e com o direito à Educação”, acrescentou.

Na live o prefeito e o secretário da Educação também adiantaram que a alternativa do novo calendário escolar, que começa a ser definida já a partir desta semana, deve excluir aulas online, uma vez que um dos objetivos é garantir a igualdade de oportunidade aos alunos e nem todos têm acesso à internet. Outra diretriz primária é que haja o menor impacto possível no ano letivo de 2021. De acordo com a Secretaria da Educação, a proposta de novo calendário para este ano também será construída coletivamente e a comunidade terá novamente oportunidade de opinar.

O principal fator que levou o município a descartar o retorno das aulas presenciais neste ano foi a constatação de que os protocolos sanitários básicos – uso de máscara, distanciamento social e medidas de precaução (higiene, aferição regular de temperatura) são insuficientes para protegerem os alunos neste momento da pandemia. Um dos motivos é a pouca idade de grande parte dos alunos da rede, quase 10 mil crianças que cursam a Educação infantil. No total, as 69 instituições entre escolas e projetos atendidos pela Secretaria da Educação somam quase 20 mil pessoas, o que torna grande o risco de contaminação em massa em caso de aulas presenciais.

O prefeito Juninho reiterou que todas as medidas estão sendo tomadas com a principal preocupação de preservar vidas. “Além da educação, outras áreas também estão sendo atingidas pelo novo coronavírus e exigindo decisões difíceis, mas que precisam ser tomadas para que possamos superar este momento difícil o quanto antes”, finalizou, agradecendo a participação da comunidade nas decisões que estão sendo tomadas em relação ao ano letivo de 2020 na rede pública municipal de ensino.

 

 

*Por: PMRC

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30