fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Centro de Especialidade Infantil tem aprovação da comunidade PMRC

Centro de Especialidade Infantil tem aprovação da comunidade

Escrito por  Ago 06, 2020

RIO CLARO/SP - Para atender crianças e adolescentes na área da saúde mental e também odontológica, a prefeitura de Rio Claro criou o Centro de Especialidade Infantil (CEI), inaugurado em outubro. As atividades em grupo, neste período de pandemia, estão suspensas, mas a assistência continua sendo oferecida a quem procura atendimento, respeitando os protocolos definidos pelo Ministério da Saúde.

“O CEI tem a proposta de ser um local exclusivo para atender as nossas crianças, e o trabalho tem tido resultado positivo”, destaca o prefeito João Teixeira Junior. “O setor de saúde sempre foi uma das nossas prioridades, e neste caso, estamos dedicando mais cuidado e atenção à saúde das crianças”, acrescenta o prefeito Juninho.

Quem utiliza o serviço aprova a iniciativa. “O prédio é mais amplo, espaçoso e bem melhor do que o anterior”, observa Raquel Silva Santos, mãe do Daniel, que há quatro anos é acompanhado pela equipe do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (Caps IJ), que integra a rede de saúde mental e funciona no CEI.

“A equipe é muito atenciosa e o meu filho gosta bastante do atendimento, o que contribui para os resultados”, destaca Rosecleia Escobar, mãe do Rodrigo, acrescentando que a estrutura do local é muito boa.

Assim como Daniel e Rodrigo, as crianças que estavam em atendimento individual antes da pandemia continuam com o tratamento presencial. Também são feitos os atendimentos individuais de crianças e adolescentes com quadro agudo de sofrimento emocional. Quem participava dos grupos terapêuticos, que por medida preventiva ao novo coronavírus estão suspensos, recebe orientações da equipe do CEI por telefone. Os atendimentos psiquiátricos também são realizados.

“O CEI é um serviço voltado especialmente às crianças, oferecendo assistência necessária para atendê-las em suas diferentes fases de desenvolvimento”, observa Maurício Monteiro, secretário de Saúde.

O atendimento de saúde mental no CEI é voltado a crianças e adolescentes do município com idade entre três e 18 anos incompletos que apresentem transtornos mentais, tais como autismo, psicoses, sofrimento emocional agravado, neuroses graves e uso prejudicial de álcool e outras drogas. Compõem a equipe de atendimento psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, enfermeiro, fonoaudiólogo, médico psiquiatra e pedagogo.

“Temos integração dos saberes e os profissionais atuam conjuntamente, o que envolve diálogo e entrelaçamento entre as diferentes áreas do conhecimento dentro de um trabalho de equipe”, observa Ananda Caraski, responsável pelo Caps IJ.

Já a área da odontologia é direcionada a crianças de zero a dez anos. “O atendimento abrange ortodontia, odontopediatria e o programa Bebê Sorriso”, destaca Dayse Moita, chefe da odontologia do Centro de Especialidades Odontológicas Infantil. Na pandemia estão sendo realizados apenas atendimentos odontológicos de urgência e emergência.

 

 

*Por: PMRC

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30