fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Maicon Ernesto

Maicon Ernesto

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SÃO CARLOS/SP - Já faz um bom tempo que os socorristas do SAMU sofrem com a falta de macas para atender os pacientes da Santa Casa, pois com essa falta, a maca que tem que ser usada é da Unidade de Resgate, o que faz com o que a equipe do SAMU tenha que esperar a maca ser liberada para então reposicionar o equipamento e atender a outras ocorrências.

O problema é que muitas vezes demora a liberar essas macas, as vezes chega até 50 minutos de espera por parte da equipe de resgate, impedindo que eles possam atender a outras ocorrências.

A Rádio Sanca questionou a Santa Casa do motivo dessa demora em “liberar” as macas, e a resposta foi a seguinte:

“O SMU conta com duas salas de emergência, com 9 leitos no total. Essas salas deveriam servir como atendimento intermediário até à internação na uti.

No entanto, a ocupação da uti geral tem se mantido em torno de 100%, ou seja, faltam leitos. Com isso, as duas salas do SMU acabam funcionando como unidade de terapia intensiva. O problema é que, dessa forma, como os leitos do pronto-socorro acabam sendo usados como leitos de uti, muitos atendimentos emergenciais são feitos em macas, que também estão em falta.

Além disso, muitos pacientes idosos e vítimas de fratura, acabam aguardando por leitos de enfermaria em macas.

Hoje o SMU conta com 9 macas. São necessárias pelo menos 5 macas a mais.

Resultado: quando o SAMU e o corpo de bombeiros vêm para o SMU, muitas vezes precisam esperar até 1 hora, para que a maca seja liberada.

A Santa Casa informa está prevista a aquisição de novas macas para adequação.”

A Rádio Santa também questionou sobre a Ambulância que foi cedida para a Santa Casa usar para o transporte de Recém-Nascidos e a resposta foi a seguinte:

“Quanto à ambulância doada pelo SAMU, a Santa Casa devolveu o veículo. Isso porque o transporte não tinha trava de segurança compatível com a maca adulto existente, nem adaptação para transporte de incubadora. O veículo também era usado e não tinha passado por revisão. Além disso, a santa casa precisaria investir em um motorista e em um profissional de enfermagem.”

Perguntas não ofende: E ai, Santa Casa, quando vai resolver esses problemas?

SÃO CARLOS/SP - Um agente de trânsito de 48 anos, ficou ferido após cair no início da tarde de hoje, 07 de julho, na região Central de São Carlos.

Nossa reportagem esteve ao local e segundo informações de testemunhas que estavam no local, o motociclista da Honda Bis na cor prata, com placas de Uberaba (MG), seguia pela Rua Padre Teixeira, e não teria respeitado a sinalização de parada obrigatória e no cruzamento com a Rua Visconde de Inhauma, o agente de trânsito freou para não colidir, mas veio ao solo sofrendo escoriações pelo corpo. O motociclista da Honda Bis, ficou no local e prestou todo apoio necessário..

A Motolancia chegou ao local prestando os primeiros socorros, a USB 282 do SAMU, encaminhou o amarelinho à Santa Casa de Misericórdia para maiores cuidados.

A Guarda Municipal esteve ao local e registrou a ocorrência.

SÃO CARLOS/SP - Dando continuidade à Operação ‘Cavalo de Aço’, a Polícia Militar do 38º BPMi, orientou os condutores de motocicletas sobre os cuidados e a segurança no trânsito, haja vista o aumento no número de acidentes graves envolvendo motociclistas, em São Carlos.

Foram feitas inúmeras abordagens seguidas de fiscalização da situação dos condutores e veículos nesta 6ª feira (03), na cidade.

Segundo a Polícia Militar, o resultado foi bem positivo pois além da imensa maioria estar andando com os documentos em situação regular, estão entendendo a importância da cautela no trânsito e que a vida deles é muito importante e por isso devem ter muita cautela na condução de suas motocicletas.

Foram fiscalizados dezenas de motociclistas e veículos sendo elaborada somente 01 autuação de trânsito.

SÃO CARLOS/SP - Entre tantas celebridades filhos de São Carlos está Antonio Henrique de Lima, o saudoso Pardinho, onde foi reconhecido como um dos maiores músicos do Brasil. Em São Carlos o músico foi homenageado com o ‘Parque do Pardinho’, localizado na Rua Cezário Brigante, no Jardim Monte Carlo, em São Carlos.

Até aí tudo certo, porém o ‘Parque do Pardinho’ não merecia tamanho descaso do poder público municipal, pois segundo moradores e ativistas, o Parque tem aproximadamente 15 mil metros quadrados está literalmente abandonado há muito tempo.

O internauta Wesley Paulo, fez um vídeo e triou fotos mostrando tamanho abandono e segundo moradores da região a coisa está feia faz tempo. “Já ligamos na secretaria de serviços públicos e disseram que estariam aqui para limpeza, mas até hoje nada. Aqui já encontramos cobras, escorpiões entre outros bichos. O local está sem iluminação, os bancos, mesas e brinquedos estão quebrados. É de chorar a situação, pois o Pardinho merecia muitas homenagens pelo que fez na música popular brasileira, mas a prefeitura que fez a homenagem em 2007, deveria cuidar” desabafou um morador.

Como informou o internauta, o “Parque Antonio Henrique de Lima – Pardinho”,  foi inaugurado em 2007 e ficou famoso em todo Brasil com a dupla Tião Carreiro e Pardinho.

O vídeo mostra tal situação.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Dezembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31