fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO CARLOS/SP - Horário aproximado 04h30min desta quinta-feira, (20), na Rua Ezilia Buonodono Moço, no Bairro Cidade Aracy, o SAMU teve o prazer em ajudar no nascimento de mais uma nova São-carlense, a pequena Lara.

A Unidade de Suporte Avançado do SAMU (USA 400), composta pelo Médico, Doutor Alan Galli, a enfermeira Lucineia, o técnico de enfermagem Itamar e o condutor socorrista Nespola, foram acionados pelo Centro Controle Operacional (CCO) para atender uma mulher que estava em procedimento de parto.

Enquanto a equipe médica se deslocava rapidamente até a residência, o médico Regulador passava todas as instruções via telefone ao Pai da criança. Ao chegar a residência, notaram que a garotinha já havia nascido a equipe providenciou, outras ações e encaminhou a recém nascida, Lara, à Maternidade da Santa Casa de São Carlos, para maiores cuidados e exames médicos detalhados.

SÃO CARLOS/SP - Um jovem ficou ferido em uma queda de moto na manhã desta quarta-feira (19), na rodovia Washington Luis (SP-310), sentindo interior/capital em
 São Carlos.

Na entrada da alça de acesso do bairro Nova Estância, próximo a passarela o motociclista de 21 anos, morador da cidade de Ibaté (SP), estava à caminho do trabalho, quando por motivos a serem apurados veio ao solo causando escoriações pelo corpo.
 
O SAMU (USB) Unidade de Suporte Básico 282, encaminhou o rapaz a Santa Casa de São Carlos para maiores cuidados.

SÃO CARLOS/SP - Um idoso foi atropelado no final da tarde desta 3ª feira (04), na Rodovia Domingos Innocentini, sentido São Carlos.

Ninguém soube informar como aconteceu o atropelamento. Nossa reportagem esteve ao local e o motorista do Ford/Fiesta estava muito nervoso devido acidente e disse não ter visto o ciclista. O motorista ficou no local auxiliando na medida do possível a vítima.

O SAMU foi acionado e socorreu a vítima à Santa Casa de Misericórdia com sangramentos no rosto e escoriações pelo corpo. O DER (Departamento de Estradas de Rodagem), esteve ao local auxiliando o socorro.

A Polícia Militar Rodoviária foi acionada para registrar a ocorrência.

SÃO CARLOS/SP - Já faz um bom tempo que os socorristas do SAMU sofrem com a falta de macas para atender os pacientes da Santa Casa, pois com essa falta, a maca que tem que ser usada é da Unidade de Resgate, o que faz com o que a equipe do SAMU tenha que esperar a maca ser liberada para então reposicionar o equipamento e atender a outras ocorrências.

O problema é que muitas vezes demora a liberar essas macas, as vezes chega até 50 minutos de espera por parte da equipe de resgate, impedindo que eles possam atender a outras ocorrências.

A Rádio Sanca questionou a Santa Casa do motivo dessa demora em “liberar” as macas, e a resposta foi a seguinte:

“O SMU conta com duas salas de emergência, com 9 leitos no total. Essas salas deveriam servir como atendimento intermediário até à internação na uti.

No entanto, a ocupação da uti geral tem se mantido em torno de 100%, ou seja, faltam leitos. Com isso, as duas salas do SMU acabam funcionando como unidade de terapia intensiva. O problema é que, dessa forma, como os leitos do pronto-socorro acabam sendo usados como leitos de uti, muitos atendimentos emergenciais são feitos em macas, que também estão em falta.

Além disso, muitos pacientes idosos e vítimas de fratura, acabam aguardando por leitos de enfermaria em macas.

Hoje o SMU conta com 9 macas. São necessárias pelo menos 5 macas a mais.

Resultado: quando o SAMU e o corpo de bombeiros vêm para o SMU, muitas vezes precisam esperar até 1 hora, para que a maca seja liberada.

A Santa Casa informa está prevista a aquisição de novas macas para adequação.”

A Rádio Santa também questionou sobre a Ambulância que foi cedida para a Santa Casa usar para o transporte de Recém-Nascidos e a resposta foi a seguinte:

“Quanto à ambulância doada pelo SAMU, a Santa Casa devolveu o veículo. Isso porque o transporte não tinha trava de segurança compatível com a maca adulto existente, nem adaptação para transporte de incubadora. O veículo também era usado e não tinha passado por revisão. Além disso, a santa casa precisaria investir em um motorista e em um profissional de enfermagem.”

Perguntas não ofende: E ai, Santa Casa, quando vai resolver esses problemas?

SÃO CARLOS/SP - Um motorista foi conduzido à Santa Casa de Misericórdia após acidente de trânsito na Avenida Comendador Alfredo Maffei, no Jardim Cardinalli, em São Carlos. O acidente aconteceu no final da tarde de hoje, 20.

Nossa reportagem esteve ao local, e segundo informações, o motorista de 59 anos seguia pela referida Avenida, quando o sol teria ofuscado sua visão, vindo a colidir contra um poste defronte a um posto de combustíveis.

O veículo Fiat/Strada Adventure na cor branca, com placas do estado do Paraná, ficou com a frente parcialmente destruída. Já o motorista sofreu escoriações e foi socorrido pela ambulância 284 do SAMU.

A Polícia Militar esteve no local e registrou a ocorrência.

SÃO CARLOS/SP - Nas primeiras horas da tarde desta 5ª feira (16), um acidente de trânsito deixou um motociclista de 20 anos ferido no Centro de São Carlos. O Auto Tanque 09403 do Corpo de Bombeiros foi a primeira viatura a iniciar os primeiros socorros ao rapaz.

O motociclista colidiu com sua moto Honda CG 160 - Start, de frente com o veículo Polo na cor cinza, no cruzamento da Avenida Comendador Alfredo Maffei, com a Rua 13 de Maio. Segundo o apurado o motociclista seguia no sentido Sesc / centro e ao tentar o acesso a Rua 13 de Maio bateu de frente com o Polo que vinha no sentido contrario. 

Após o acidente, o motociclista sentia fortes dores na região do quadril e pouca sensibilidade na região das pernas. A ambulância 282 do SAMU encaminhou rapidamente o rapaz à Santa Casa de Misericórdia de São Carlos.

Agentes de trânsito estiveram no local sinalizando e orientando o trânsito, já a PM esteve no local e registraram a ocorrência.

SÃO CARLOS/SP - O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de São Carlos, informou a nossa redação que o telefone 192 não está funcionando por problemas técnicos. A empresa responsável pela manutenção do sistema já foi acionada para fazer o reparo.

Enquanto o reparo é realizado os são-carlenses que precisam acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, devem ligar para o 193 do Corpo de Bombeiros, que será repassada a ocorrência ao SAMU.

Deus abençoe a Todos.

SÃO CARLOS/SP - Hoje é um dia mais que especial, pois há exatamente 14 anos o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), foi implantado em São Carlos.

O SAMU 192 é administrado pelo município por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tendo como finalidade acolher o socorro a população em casos de emergência. 

O SAMU tem por volta de 105 funcionários trabalhando em diversos setores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. No ano passado de Janeiro à Dezembro foram 12.754 atendimentos. Já neste ano de 2020, de Janeiro até Maio foram 5.053 atendimentos .

O SAMU, assim como todo o serviço que preza pela vida, é uma grande conquista da cidade e um orgulho para a população. São anjos que salvam vidas e os governos deveriam valorizar ainda mais esses profissionais, tanto nos salários, quanto nas condições de trabalho. Hoje, São Carlos conta com 4 Ambulâncias Básicas (USB) e uma USA (Unidade de Suporte Avançado) e o apoio de 2 motolancias. Só lembrando que a USA atende as rodovias em acidentes graves, atende a cidade toda uma população de aproximadamente 250 mil habitantes, e se fosse levar ao pé da letra é necessário pelo menos duas ambulâncias USA.

Quando chamar o SAMU - Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios; em caso de intoxicação, trauma ou queimadura; na ocorrência de quadros infecciosos graves; em trabalhos de parto; em casos de tentativas de suicídio; em crises hipertensivas; quando houver acidentes com vítimas; em casos de choque elétrico; em acidentes com produtos perigosos e na transferência de doentes de uma unidade hospitalar para outra.

Central de Regulação Médica - Ao discar 192, sua ligação será atendida pela Central de Regulação Médica de Urgência. Em um primeiro momento, a telefonista vai fazer algumas perguntas: motivo da ligação, endereço, ponto de referência e, em caso de acidentes, o número de vítimas. Neste caso, outras duas perguntas serão realizadas: A vítima está acordada? A vítima está respirando? Posteriormente, a ligação é transferida para um médico regulador, que faz o provável diagnóstico, orienta sobre as primeiras ações e avalia a necessidade de envio de uma ambulância. Esta avaliação é feita a partir das informações que você fornecer por telefone, por isso é necessário estar junto ao local em que se encontra o paciente. Esta norma, preconizada pelo Ministério da Saúde, tem por objetivo garantir o encaminhamento mais adequado e permite que o médico regulador vá prestando as primeiras recomendações sobre o socorro, ainda pelo telefone, enquanto a pessoa aguarda a chegada da ambulância. A indicação de atendimento dada pelo médico regulador é adaptada a cada necessidade, e pode ser: orientação por telefone ou ativação de unidades móveis de acordo com o tipo de atendimento, traumático ou clínico, e a gravidade estimada do caso, podem ser acionadas unidades de suporte básico (USB) ou unidade de suporte avançado (USA). Após o acionamento das unidades, a central de regulação médica de urgência acompanhará o atendimento até seu término, apoiando as equipes quando necessário e preparando a recepção hospitalar adequada ao atendimento da urgência.

PARABÉNS SAMU!

 

 

Informações: PMSC

SÃO CARLOS/SP - Um jovem de 28 anos teve uma parada cardiorrespiratória hoje no Bairro Centreville em São Carlos.

Segundo apurado pelo Repórter Maicon Ernesto, o jovem passava próximo a uma piscina quando apresentou uma crise convulsiva e caiu dentro da piscina.

O Jovem chegou a ter uma parada cardiorespiratória porém a equipe de resgate da Unidade de Suporte Avançado (USA) 400 do Samu, da Ambulância 284 do SAMU e da motolancia, conseguiram reverter a parada.

O Jovem foi encaminhado com urgência para a Santa Casa de São Carlos onde os medicos já estão esperando para melhores cuidados. 

 

SÃO CARLOS/SP - Um motociclista de 21 anos bateu na traseira de um Hyundai Azera na cor preta, próximo ao Hiper Lojão na Rua Larga em São Carlos.

Segundo o apurado pela nossa equipe, o condutor da Honda CG 150 preta seguia pela Avenida Doutor Teixeira de Barros (Rua Larga) sentido escola Jesuíno de Arruda, quando próximo ao Hiper Lojão, o motociclista não teria percebido que o transito parou e bateu na traseira de um Hyundai Azera também na cor preta. 

Com a batida, o motociclista foi ao solo sofrendo escoriações.

A equipe médica foi acionada e a motolancia prestou os primeiros cuidados, depois a ambulância 284 do SAMU encaminhou o motociclista para a Santa Casa de São Carlos para uma avaliação mais detalhadas e melhores cuidados. 

O motorista do veículo nada sofreu e os danos tanto da moto quanto do carro foram leves. 

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30