fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Maicon Ernesto

Maicon Ernesto

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SÃO CARLOS/SP - O COPOM da PM foi acionado com a denúncia de que na estrada municipal Guilherme Scatena, havia um veículo com dois sujeitos em atitude suspeita.

Os Policiais foram ao local informado e encontraram os dois indivíduos próximos ao veículo. Ambos foram abordados e em busca pessoal foi localizado 22 munições calibre 22 e 125 munições calibre 5.5 milímetros. Já no carro foi encontrado pelos Militares, uma carabina 22 municiada e uma carabina 5.5 milímetros.

Pai e filho foram indagados sobre as armas e um deles afirmou ter mais armas e munições em sua residência.

Com apoio, os PMs foram até a Rua Ayer Nociti, no Jardim Embaré, e com total permissão dos sujeitos encontraram em  uma cômoda ao lado de sua cama 06 munições intactas calibre 12, 19 munições deflagradas calibre 12, 50 munições intactas calibre 22, 45 munições deflagradas calibre 22, uma arma de fabricação caseira calibre 12 e uma arma/carabina modificada para calibre 22.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão e as partes, armas e todos objetos apresentados ao Plantão Policial, onde foram autuados e arbitrado fiança a ambos de R$1.050,00, onde foi pago e os indivíduos liberados.

SÃO CARLOS/SP - Um vazamento de água na Rua Arlindo Bonelli, próximo ao número 50, no Jardim Nova Santa Paula, em São Carlos, está incomodando os moradores.

Segundo o internauta Eder, desde janeiro jorra água tratada pelo vazamento. “Já ligamos no SAAE e até hoje nada, já estamos no meio do ano e fico imaginando quantos litros d’água já foram desperdiçados, sem falar que em muitos lugares do país o povo não tem água tratada. Simplesmente um descaso” desabafou morador.

A Rádio Sanca está entrando em contato com o SAAE para tentar resolver este vazamento.

SÃO CARLOS/SP - Na manhã fria desta 6ª feira, 03 de julho, um acidente de trânsito deixou um motociclista ferido, na região Central de São Carlos.

Nossa reportagem esteve no local e segundo testemunhas, o entregador de gás de 49 anos, seguia pela Rua Episcopal, quando no cruzamento com a Rua 1º de maio, o motorista de um Palio, não teria respeitado a sinalização de parada obrigatória, vindo a colidir contra o motociclista.

Inicialmente, o motociclista foi atendido pelo socorrista Mike Jonas, da motolancia e depois encaminhado à Santa Casa de Misericórdia pela USB 284 do SAMU, para maiores cuidados.

Agentes de trânsito estiveram no local para orientar os motoristas, pois a empresa terceirizada da CPFL está realizando podas de arvores nas proximidades e com isso o trânsito está intenso no momento.

Já a Polícia Militar compareceu ao local para registrar a ocorrência.

Inicialmente somente serão realizadas blitz orientativas

SÃO CARLOS/SP - Após parecer jurídico da Procuradoria Geral do Município (PGM) a Vigilância Sanitária de São Carlos informa que vai seguir as determinações do Governo do Estado que a partir de agora exige o uso de máscaras faciais também em espaços comuns.

No último mês de maio a Prefeitura de São Carlos publicou decreto estabelecendo o uso obrigatório de máscaras de proteção facial nos estabelecimentos que executam atividades comerciais, corporativas e congêneres em geral no município com objetivo proteger os são-carlenses, evitando a transmissão do novo coronavírus (COVID-19). Já para a população em geral o uso de máscara foi recomendado e não obrigatório.

“Agora com a nova Resolução do Governo do Estado o uso se torna obrigatório para todo mundo. A resolução é válida para todos os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, bancos e similares, supermercados, açougues, padarias, farmácias, drogarias, repartições públicas, instituições de saúde, transporte coletivo, condomínios e em qualquer área púbica, ou seja, nas vias públicas em geral. Saiu de casa, sai de máscara”, explica Fernanda Cereda, supervisora da Vigilância Sanitária de São Carlos, lembrando que nessa primeira semana as pessoas somente serão orientadas e informadas da obrigatoriedade do equipamento de proteção.

Fernanda ressalta, ainda, que inicialmente as pessoas serão orientadas, se necessário, notificadas e se multadas tem o direito de recorrer. “A definição da multa pela ausência de máscaras tem como mote a conscientização da importância da proteção facial individual em favor de toda a sociedade”, finaliza a supervisora da Vigilância Sanitária.

Para Mateus de Aquino, coordenador do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus e secretário de Comunicação, a população de São Carlos já aderiu o uso de máscaras. “Acreditamos e contamos com a colaboração da população que pode nos ajudar ainda mais orientando familiares, amigos e vizinhos. “O objetivo não é punir, mas orientar, alertar as pessoas sobre a importância de proteger vidas. Não há nenhum sentido arrecadatório e nem punitivo, mas de alertar a população para que use máscaras”, acrescentou o coordenador do Comitê.

Em estabelecimentos comerciais, a multa prevista é de R$ 5 mil por pessoa sem máscara a cada fiscalização. Já em espaços públicos, como ruas e praças, a pessoa que não estiver usando a proteção será multada em R$ 500,00.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30