fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Ambulâncias do SAMU chegam a ficar até 50 minutos “presas” no pátio da Santa Casa por falta de macas Foto: Arquivo Rádio Sanca

Ambulâncias do SAMU chegam a ficar até 50 minutos “presas” no pátio da Santa Casa por falta de macas

Escrito por  Jul 27, 2020

SÃO CARLOS/SP - Já faz um bom tempo que os socorristas do SAMU sofrem com a falta de macas para atender os pacientes da Santa Casa, pois com essa falta, a maca que tem que ser usada é da Unidade de Resgate, o que faz com o que a equipe do SAMU tenha que esperar a maca ser liberada para então reposicionar o equipamento e atender a outras ocorrências.

O problema é que muitas vezes demora a liberar essas macas, as vezes chega até 50 minutos de espera por parte da equipe de resgate, impedindo que eles possam atender a outras ocorrências.

A Rádio Sanca questionou a Santa Casa do motivo dessa demora em “liberar” as macas, e a resposta foi a seguinte:

“O SMU conta com duas salas de emergência, com 9 leitos no total. Essas salas deveriam servir como atendimento intermediário até à internação na uti.

No entanto, a ocupação da uti geral tem se mantido em torno de 100%, ou seja, faltam leitos. Com isso, as duas salas do SMU acabam funcionando como unidade de terapia intensiva. O problema é que, dessa forma, como os leitos do pronto-socorro acabam sendo usados como leitos de uti, muitos atendimentos emergenciais são feitos em macas, que também estão em falta.

Além disso, muitos pacientes idosos e vítimas de fratura, acabam aguardando por leitos de enfermaria em macas.

Hoje o SMU conta com 9 macas. São necessárias pelo menos 5 macas a mais.

Resultado: quando o SAMU e o corpo de bombeiros vêm para o SMU, muitas vezes precisam esperar até 1 hora, para que a maca seja liberada.

A Santa Casa informa está prevista a aquisição de novas macas para adequação.”

A Rádio Santa também questionou sobre a Ambulância que foi cedida para a Santa Casa usar para o transporte de Recém-Nascidos e a resposta foi a seguinte:

“Quanto à ambulância doada pelo SAMU, a Santa Casa devolveu o veículo. Isso porque o transporte não tinha trava de segurança compatível com a maca adulto existente, nem adaptação para transporte de incubadora. O veículo também era usado e não tinha passado por revisão. Além disso, a santa casa precisaria investir em um motorista e em um profissional de enfermagem.”

Perguntas não ofende: E ai, Santa Casa, quando vai resolver esses problemas?

Maicon Ernesto


E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31