fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
Ivan Lucas

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SÃO PAULO/SP - Marília Mendonça se tornou a rainha da live! Na última semana, a cantora conseguiu reunir mais de 3 milhões de pessoas em uma live que fez da sala da sua casa com 3 horas de duração.

Agora, a cantora anunciou mais dois shows online. O primeiro vai acontecer no próximo dia 17, e como a própria Marília chamou, será uma super live/festival, com a participação de Maiara e Maraisa, Ariana Fagundes, Luiza e Maurilio, Leo santana, Dilsinho, Paulo e Nathan, João Neto e Frederico, Diego e Victor Hugo, Zé Neto e Cristiano e a própria Marília.

https://twitter.com/MariliaMReal/status/1250039933731065856?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1250039933731065856&ref_url=https%3A%2F%2Fbr.jetss.com%2F%3Fpost_type%3Dpost%26p%3D394568

A cantora também anunciou a data da sua próxima live solo. Será no dia 9 de maio. “existe uma chance disso ser um anúncio da próxima live”, brincou em seu Instagram.

https://www.instagram.com/p/B-8ELsbHXvy/?utm_source=ig_embed

*Por: JETSS.com

 

SÃO PAULO/SP - Parece que o clima ficou tenso no universo do pagode. No último domingo (12), o cantor Thiaguinho anunciou em suas redes sociais que fará uma live em sua casa, em São Paulo, no próximo dia 23 de abril, às 18h, mas o Grupo Jeito Moleque já havia marcado uma live para o mesmo dia e horário.

Após saber que o pagodeiro também irá fazer o show ao vivo, ontem (13), o grupo tratou de remarcar a data e soltou um comunicado adiando a atração.

“Em respeito ao nosso público e ao movimento da música que estamos inseridos há 22 anos, o grupo Jeito Moleque comunica que nossa live foi alterada para o dia 28, às 20h, em virtude de outro artista do mesmo segmento ter escolhido o mesmo horário para realizar a sua”.

Vale lembrar que Thiaguinho tem uma boa relação com o grupo. Juntos, eles já gravaram músicas, cantaram por diversas vezes e tem fotos lado a lado na web.

Confira abaixo os comunicados das lives:

https://www.instagram.com/p/B-7kBM-jD-d/?utm_source=ig_embed

https://www.instagram.com/p/B-5om_HACg_/?utm_source=ig_embed

*Por: ISTOÉ GENTE

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, a saúde mental dos trabalhadores que estão na linha de frente no combate à doença também precisa ser uma prioridade, segundo especialistas.

SÃO PAULO/SP - Um estudo desenvolvido por pesquisadores do Centro Mente Aberta, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), comprovou que a prática de Mindfulness (atenção plena) pode ajudar os profissionais que atuam na área da saúde a controlar o estresse.

A prática, que se baseia em explorar a capacidade humana de estar completamente atento para realizar uma atividade, pode ser uma forte aliada para manter a saúde mental dos profissionais, principalmente em momentos de pressão e incertezas, como a causada pela pandemia do novo coronavírus.

O estudo

[caption id="attachment_42445" align="alignleft" width="300"] Saúde[/caption]

O estudo foi o primeiro a investigar a prática de Mindfulness, o bem-estar subjetivo e o estresse nos profissionais de saúde no Brasil, com base na autopercepção do público-alvo.

Para isso, os pesquisadores entrevistaram 450 agentes comunitários de saúde, auxiliares de enfermagem, enfermeiros e médicos de Programas de Saúde da Família (PSF).

De acordo com o coordenador do Centro Mente Aberta, Marcelo Demarzo, o estudo considerou a rotina de trabalho o tempo de permanência no cargo e até a forma que os trabalhadores lidam com a realidade da maioria dos pacientes atendidos nas unidades de saúde.

“A pesquisa usou diversos instrumentos para abordar a vivência dos profissionais e os potenciais motivos de estresse. Dessa forma, analisamos como eles percebiam a influência desses indicativos na saúde mental”, diz.

A pesquisa também levou em conta como é a realidade nas unidades de saúde no Brasil, em comparação aos serviços no Reino Unido, onde o bem-estar da equipe, um bom relacionamento entre a equipe, a boa gerência e estrutura organizacional são mais valorizadas.

Atenção plena

Segundo Demarzo, os resultados da pesquisa mostraram que, mesmo diante dos desafios do trabalho, os profissionais que mantinham a atenção plena durante as atividades tinham maior controle sobre o estresse.

“A prática de Mindfulness tem demonstrado aumentar a clareza de valores e a capacidade de resistir às situações desagradáveis, sem que a mente corte o estado de consciência do momento presente. Isso, em teoria, leva a uma experiência mais real e saudável, baseada em aceitação da realidade e não sua supressão”, diz o coordenador.

Dessa forma, o estudo também explorou uma variedade de elementos que podem apoiar o desenvolvimento de intervenções de atenção plena para prevenção do estresse.

“Sabemos que, diante do cenário atual, a pressão vivida pelos profissionais da saúde é enorme. Por isso é importante que o sistema entenda a necessidade em cuidar da saúde mental de quem atua na linha de frente para que a qualidade do serviço também seja aprimorada”, explica.

O que é Mindfulness?

Mindfulness é um dos estados da mente, acessível a qualquer indivíduo, que consiste em um exercício de querer vivenciar o momento presente, intencionalmente, aceitando a experiência.

Em Mindfulness, o sentido correto de aceitação é o de se olhar a realidade como ela realmente é, sem julga-la ou reagir a ela no "piloto automático".

Com a prática regular, o processo torna-se mais natural, sendo possível permanecer nesse estado em grande parte do tempo e aumentar a qualidade de vida do indivíduo.

Embora muitos dos termos e técnicas tenham origem nas tradições orientais, o Mindfulness hoje em dia é considerado uma prática laica (secular, não-religiosa), com sólida base científica.

Mente Aberta

Fundado pelo especialista pioneiro em Mindfulness no Brasil, o Mente Aberta (Brazilian Center for Mindfulness and Health Promotion) é um Centro de promoção e divulgação de intervenções baseadas em Mindfulness com foco em práticas e programas, formação profissional e pesquisas científicas.

O Centro Mente Aberta coordena um Programa de Extensão Social da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), um grupo de pesquisa certificado pela universidade e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e segue as Diretrizes da Rede Britânica de Professores de Mindfulness (UK Network for Mindfulness-Based Teacher Trainers).

Quem é Marcelo Demarzo?

É médico especialista em Mindfulness para adultos e crianças, com treinamentos na Inglaterra (Mindfulness in Schools Project, em Londres; Oxford Mindfulness Centre, na Universidade de Oxford; e Instituto Breathworks, em Manchester), e nos EUA (Center for Mindfulness in Medicine, Health Care, and Society, na Universidade de Massachusetts).

Fez pós-doutorado em Mindfulness e Promoção da Saúde na Universidade de Zaragoza, na Espanha, e diversos cursos de aprofundamento nas tradições contemplativas e meditativas, incluindo a Psicologia Budista e Tibetana em Dharamsala, Índia.

Juntamente com o professor Javier Garcia-Campayo, da Universidade de Zaragoza, desenvolveu a Terapia de Compaixão Baseada em Estilos de Apego (Attachment-Based Compassion Therapy).

É fundador e atual coordenador do Mente Aberta (www.mindfulnessbrasil.com), referência nacional e internacional nos programas e pesquisas sobre Mindfulness.

Uma plataforma e-commerce gratuita para o pequeno empresário comercializar seus produtos será lançada nesta quarta-feira, 15/4, com o apoio do Sebrae

Quase 90% dos pequenos empresários não têm presença digital, segundo dados de pesquisa do IEMI

SÃO CARLOS/ SP - Com o objetivo de fortalecer o pequeno varejista, que mais se prejudica com a suspensão das atividades do comércio, a Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo - ABIESV e a Confederação Nacional de Jovens Empresários - CONAJE, lançam o programa ‘Apoie o Pequeno’, que consiste na criação da plataforma e-commerce www.apoieopequeno.com.br, pela qual os pequenos empresários poderão comercializar os seus produtos e serviços gratuitamente. O programa tem a parceria da Vtex, maior plataforma e-commerce da América Latina, por meio de sua Loja Integrada (https://www.lojaintegrada.com.br/). A estreia da plataforma será nesta quarta-feira (15/04).

A iniciativa tem o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae;  Associação Brasileira da Industria Têxtil - ABIT; SINDITEXTIL; Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo - SBVC; Comitê de Varejo Couromoda; Conselho de Inovação da Associação Comercial de São Paulo (ACSP/CONIN), Associação Brasileira dos Lojista Satélites – ABLOS entre outras entidades relevantes ligadas ao varejo.

Pesquisas demonstram que o pequeno varejo está muito distante do ambiente online, particularmente o varejo de vestuário, quase 90% dos pequenos empreendimentos não têm presença digital, segundo dados recentes levantados pelo IEMI – Inteligência de Mercado. “O fechamento das lojas apenas antecipa radicalmente a necessidade destes varejistas em atualizar-se. A ABIESV, neste 18 anos de atuação, vem trabalhando com várias entidades, destacadamente as Associações Comerciais e de empreendedores para profissionalizar este setor, que muitas vezes inicia informalmente e não tem ferramentas de gestão para manter-se competitivo com redes de franquias e cadeias maiores”, afirma Marcos Andrade, presidente da Abiesv, e também CEO da Expor Manequins.

Segundo Andrade, a iniciativa de lançar o www.apoieopequeno.com.br é dar a oportunidade de sobrevivência ao pequeno varejista ausente do e-commerce.  “E nossa urgência para implementá-lo é em função do fluxo de caixa que será determinante para a vida deste pequeno empresário que não conta com capital de giro, nem alternativas de financiamento rápido. Os negócios menores, em média, só tem 12 dias de caixa pra fazer frente aos compromissos”.

Marcelo Quelho, presidente da CONAJE, acha a iniciativa fantástica em qualquer período, ‘porém neste momento de pandemia o fato de digitalizar produtos e serviços rapidamente se torna vital para os micros e pequenos empresários”. Para Quelho, geralmente existe um processo pelo qual este pequeno empresário passa antes do e-commerce que é de aculturamento, depois de conhecimento e, por fim, começar a colocar em prática a digitalização. “Uma iniciativa como essa ‘Apoie o Pequeno’ tem entrega pronta, queimando etapas do processo, eliminando barreiras e agilizando o trabalho”.            

O executivo completa ressaltando a importância, também, das associações estarem alinhadas neste momento e terem as mesmas iniciativas, se apoiando e, assim, conseguindo focar no mais importante e efetivamente ajudar o setor.

De acordo com o Sebrae, o varejo brasileiro é dominado pelos pequenos estabelecimentos: empresas de pequeno porte somam um total de 13 milhões, que empregam 21,5 milhões de pessoas e um total de salário de mais de R$ 611 bilhões anuais. “Em função do menor capital, esses negócios estão muito vulneráveis neste momento,”, acrescenta Andrade.

Segundo o presidente da Abiesv, de modo geral, toda a economia sofre com a situação atual. “É necessário flexibilidade neste momento. Em webinar semanais com nossos associados já temos dito ser preciso negociação de prazos e valores com fornecedores, mudança de modelo de negócio para e-commerce e serviços a distância, busca por crédito e qualificação. Essas são algumas ações que podem ser adotadas até que a situação volte ao normal, o que esperamos seja breve”.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30