fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 

ARARAQUARA/SP - Na noite do último sábado (8), a Polícia Militar foi acionada após moradores da rua Manoel Rodrigues Jacob encontrarem uma mulher andando pela via com a mão direita ensanguentada encoberta por um pano.

Ao ser abordada, a mulher suplicou por ajuda e relatou que fugiu de casa após o ex-marido, ao qual ela já possuía uma medida protetiva, adentrou à residência com os seus três filhos e desferiu facadas contra ela na rua Benedito Barbosa, no Vale do Sol em Araraquara.

Ao chegar ao endereço mencionado, os policiais não encontraram o homem na casa.

Após patrulhamento pelo bairro, as autoridades localizaram o homem andando com as crianças e um carrinho de bebê pela rua além de estar portando uma faca na cintura. Arma utilizada no esfaqueamento.

Aos policiais, o homem contou que foi visitar os filhos e descobriu que a ex-mulher tinha um outro namorado. Enfurecido, o rapaz desferiu golpes de faca contra a vítima.

A mulher foi levada à UPA Central onde foi atendida e teve os ferimentos suturados.

Os filhos foram entregues à mulher e o homem após diligências foi preso por tentativa de feminicídio e descumprimento de medida protetiva.

 

 

PORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - Na quinta-feira (6), uma idosa moradora do Jardim Brasil, em Araraquara, procurou a delegacia depois de cair em um golpe da falsa central de atendimento bancário.

Segundo a vítima, durante uma ligação telefônica, um homem se identificou como sendo funcionário do Banco Bradesco e a convenceu de que precisava atualizar a chave do aplicativo referente à sua conta bancária.

Continua depois da publicidade

A vítima então abriu o aplicativo do banco em seu celular e seguiu a orientação do indivíduo.

Após a realização dos procedimentos indicados pelo estelionatário e encerramento da ligação, a idosa percebeu que R$ 2.540,00 foram retirados de sua conta através de diversas operações.

A vítima forneceu os dados das transações bancárias para a Polícia Civil, que se encarregará das investigações.

 

 

Ed Junior / PORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - Na tarde de quarta-feira (5), uma mulher de 39 anos procurou uma delegacia em Araraquara, alegando ter sido vítima de um indivíduo que ofereceu um curso de “Bombeiro Mirim”, na cidade.

De acordo com o relato, o homem de 42 anos de idade compareceu recentemente na escola do filho da vítima e se apresentou como bombeiro com a finalidade de oferecer o curso de bombeiro mirim para as crianças.

Continua depois da publicidade

Na ocasião, segundo a mulher, foram distribuídos convites aos interessados para o comparecimento em uma palestra no “Lar Juvenil”, onde mais detalhes do curso seriam passados.

A vítima compareceu no Lar Juvenil juntamente com outros pais de alunos e, ao se interessar pela proposta, assinou contrato para que seus dois filhos, de 5 e 9 anos de idade pudessem frequentar o curso.

Ela pagou a quantia de R$ 600,00 no cartão de crédito, mas posteriormente desconfiou que tivesse sido vítima de um golpe e entrou em contato com o homem para fazer o cancelamento do contrato.

Durante a conversa com o rapaz, ele teria bloqueado o número da vítima e não fez o cancelamento da compra e nem do contrato.

O caso foi registrado como Estelionato e está sob investigação.

 

 

Ed Junior / PORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - Os motoristas dos serviços de aplicativo de transporte de passageiros passam a contar com novas vagas de embarque e desembarque de passageiros em Araraquara. A iniciativa visa facilitar o acesso dos passageiros e contribuir para a mobilidade urbana do município.

Alan Corrêa, secretário geral da Cooperativa Motoristas de Araraquara Morada Car, que integra a Incubadora Pública de Economia Criativa e Solidária (IPECS), falou sobre a importância dessas novas vagas. "Consideramos essas vagas uma conquista para os motoristas e para a população. Em razão da alta demanda de aplicativos em Araraquara e pela população ter abraçado esse serviço de extrema qualidade, nós entramos em contato com a Prefeitura e conversamos com o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, que fez os estudos e conseguiu colocar essas vagas de embarque e desembarque que resultarão em mais segurança para motoristas e para os passageiros", comentou.

Continua depois da publicidade

O presidente da Morada Car, Luiz Inside, falou sobre os pontos colocados à disposição. "As áreas de embarque e desembarque de carros de aplicativos ficam na Avenida Jorge Corrêa, 758, ao lado do Parque Infantil; Avenida La Salle, em frente ao 24 horas da Unimed; Rua Nove de Julho, em frente à Praça Santa Cruz; Rua São Bento, em frente ao Assaí Atacadista; Av. Marzio Munhoz Garcia Peres, em frente à Upa da Vila Xavier; e no piso inferior do Terminal Rodoviário de Araraquara", destacou.

ARARAQUARA/SP - Um indivíduo de 40 anos precisou ser internado depois de ser agredido na noite de sexta-feira (31), ao se acusado de estupro, em Araraquara.

Segundo a Polícia Militar, os agentes foram acionados no Residencial Vale Verde para uma suposta invasão de propriedade. No local solicitado, os policiais constataram que na verdade o rapaz teria invadido um estabelecimento comercial para fugir de supostos agressores.

Os policiais perceberam que o rapaz estava visivelmente alterado e apresentava desequilíbrio e inclusive teria caído sozinho no chão na presença da PM.

Em certo momento, uma mulher se aproximou dos policiais e disse que o rapaz em questão teria abusado de seu filho (idade não informada).

Continua depois da publicidade

A ambulância do SAMU foi solicitada pela PM, pois o indivíduo apresentava lesões na cabeça e escoriações pelo corpo.

Na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro, o homem foi atendido e após exame de Raio X, foi constatado um traumatismo craniano.

Após o primeiro atendimento, foi solicitado o encaminhamento para a Santa Casa para realização de tomografia e avaliação de um ortopedista.

A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial e diante da impossibilidade do homem dar seu depoimento devido ao atendimento médico, foi confeccionado o Boletim de Ocorrência de Estupro de Vulnerável.

Segundo o relatório policial, o suspeito de praticar o crime possui passagem por Furto. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

 

 

Ed Junior / PORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - A Polícia Militar deteve dois indivíduos na noite de quarta-feira (29), e recuperou objetos roubados de uma família moradora de um sítio na Chácara Flora, na cidade de Araraquara.

A família ficou refém dos criminosos por cerca de oito horas, depois de ser rendida quando chegava em casa, na noite de terça-feira (28). Segundo as vítimas, oito indivíduos participaram do crime, sendo que três deles estavam armados com arma de fogo.

Debaixo de graves ameacas, os criminosos amarraram o casal e também seu filho, que foi agredido com coronhadas na cabeça.

Os ladrões reviraram o imóvel em busca de objetos de valor e fugiram levando dinheiro, joias, celulares e dois veículos, sendo uma Chevrolet/S10 e um JEEP/Compass, sendo que este último foi recuperado pouco depois.

Após o roubo, a PM intensificou as buscas na tentativa de localizar os criminosos.

Continua depois da publicidade

Durante o patrulhamento na noite de quinta-feira, uma das equipes recebeu a informação de que um dos celulares roubado tinha sido rastreado e o sinal apontava uma residência no Jardim Pinheiros. De imediato, viaturas foram ao local e os policiais avistaram as luzes acesas e uma movimentação no imóvel.

Na frente da casa também estava um FIAT/Palio, que, segundo o monitoramento do setor de inteligência da Guarda Civil Municipal (GCM), teria sido utilizado no roubo. De acordo com a PM, um indivíduo que estava do lado de fora percebeu a movimentação policial e correu para dentro do imóvel.

Na sequência, cerca de dois ou três indivíduos pularam o muro e iniciaram uma fuga, sendo que um deles foi detido após a realização de um cerco policial.

No imóvel, a PM deteve um outro homem e encontrou vários objetos de procedência ilícita e confirmaram o encontro do celular rastreado da vítima da Chácara Flora.

Um dos detidos, de 39 anos, era procurado da justiça pelo crime de furto, além de possuir duas passagens por tráfico de drogas. O outro, de 53 anos, possuía quatro passagens por tráfico, duas por furto e uma por falso testemunho.

As vítimas da Chácara Flora foram contatadas e reconheceram parte dos objetos encontrados na residência, sendo moedas estrangeiras, joias e celulares. Outros objetos de origem duvidosa e que não foram reconhecidos pelas vítimas permaneceram apreendidos, bem como o veículo Palio.

A dupla recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a Cadeia Pública de Santa Ernestina-SP. A PM continua nas buscas pelos outros envolvidos e também na busca pela Chevrolet/S10 das vítimas.

 

 

Ed Junior / PORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - Um homem foi preso por tentativa de furto, na segunda-feira (27), depois de ser detido por populares na região do Bairro São José, na cidade de Araraquara.

Segundo o relatório policial, o rapaz de 23 anos foi flagrado quando tentava subtrair fios e cabos de uma construção na Avenida Comendador Pedro Morganti.

Quando a Polícia Militar chegou encontrou o rapaz com as mãos amarradas, com sangramento na cabeça e uma lesão no braço direito. Ao lado dele estavam os homens que o tinham detido. Aos policiais, o suspeito do furto disse que tinha sido agredido por uns dos homens com uma barra de ferro.

Continua depois da publicidade

Os policiais soltaram a corda e algemaram o rapaz para evitar possíveis agressões, pois mesmo ferido, o detido permanecia ofendendo os presentes.

Foi apreendido um saco com cerca de 20 quilos de fios de cobre e posteriormente devolvido ao proprietário. Na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), o rapaz passou por atendimento médico, onde foi submetido a um raio x e sutura dos ferimentos.

Ao ser liberado pelo médico, ele foi apresentado juntamente com os populares na delegacia.

Depois de ouvidas as partes, o homem foi preso em flagrante por tentativa de furto e encaminhado para a Cadeia Pública de Santa Ernestina-SP. Uma faca de cozinha e uma corda que estariam em poder do indivíduo permaneceram apreendidas.

 

 

Ed Junior / PORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - Na quarta-feira (22), na Sala Multiuso do Distrito Araraquara (antigo Cear), a Prefeitura de Araraquara apresentou o Plano de Macrodrenagem da Via Expressa e Reurbanização da Orla Ferroviária, que é a maior obra de infraestrutura da história de Araraquara. O objetivo é resolver os problemas de alagamentos em áreas sensíveis da cidade e proporcionar estrutura para o desenvolvimento urbano sustentável para os próximos 100 anos, segundo os estudos. 

O projeto, que tem o nome oficial de "Ações de saneamento integrado nas Bacias do Ribeirão do Ouro, Córrego da Servidão, Córrego Capão do Paiva e seus afluentes", teve seus recursos liberados pelo Presidente Lula e anunciados em visita do ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho, a Araraquara, em fevereiro de 2023, após problemas causados pelas chuvas que destruíram nove pontos da cidade e fizeram seis vítimas fatais em 28 de dezembro de 2022.

O Presidente Lula, aliás, estará em Araraquara na sexta-feira (24), às 10h, na área externa do Distrito Araraquara, onde participará da assinatura da Ordem de Serviço para início das obras do plano. O investimento federal será de R$ 143 milhões, com contrapartida do município de 1%, ou seja, R$ 1.430.000,00.

Vale acrescentar que a obra só será possível por conta de outros recursos liberados por Lula, de 2008, em seu segundo mandato como presidente, que com o investimento de R$ 140 milhões na época, via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), executou a obra do novo contorno ferroviário da cidade. Com essa obra, os trilhos que cortavam a cidade ao meio foram inutilizados.

O projeto executivo do Plano de Macrodrenagem e Reurbanização da Orla Ferroviária foi assinado pelo engenheiro Pedro Ivo de Almeida Santos, da empresa EngConsultoria, e entregue à Prefeitura por meio de uma doação feita pela Cutrale SA. A empresa, maior exportadora de suco de laranja do mundo, quando das enchentes de 2022, fez essa doação do projeto para a cidade no valor de R$ 1,5 milhão. Tal iniciativa deu celeridade ao processo de apresentação dos projetos para o Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal.

Vale lembrar que a canalização do Córrego da Servidão teve início em 1963. A Via Expressa, principal corredor de trânsito da cidade, foi construída sobre o córrego canalizado ao longo de duas décadas - sendo concluída nos anos 90 -, com execução de trechos em momentos históricos e métodos construtivos diferentes, resultando numa canalização irregular com pontos de estrangulamentos e sem capacidade de escoamento da drenagem da região.

Continua depois da publicidade

A construção do Parque Linear

No último dia 2 de maio, o Ministério dos Transportes assinou o termo de cessão de uso de área férrea de 2,5 quilômetros não operacional para que a Prefeitura possa fazer a obra antienchente e também dar início à construção do Parque dos Trilhos: áreas verdes, de lazer, convivência, ciclovias. Araraquara foi a primeira cidade do Brasil a receber área ferroviária desativada para a obra antienchente.

Mesmo após a cessão dessa área do antigo pátio, a Rumo Logística continua utilizando a área da Rotunda e das oficinas, com previsão de transferência destas operações para a região do Pátio Ferroviário de Tutoia até 2027. Posteriormente, quando a empresa deixar de utilizar o restante da área, o município poderá pleitear a sua doação total para implantação de projetos urbanísticos de interesse público em toda aquela extensão.

O Parque dos Trilhos é um sonho antigo da cidade. É o símbolo da junção da cidade, dividida pela linha férrea, nesse local, pelo pátio de manobras. Significa, historicamente, a conexão de regiões, união dos moradores da área central e da Vila Xavier.

 

As chuvas de dezembro de 2022

Nove locais da cidade chegaram a ser interditados devido às enchentes, sendo sete deles pontes e passagens, totalmente destruídos na chuva do dia 28 de dezembro de 2022, quando, em apenas uma hora, das 19h30 às 20h30, choveu o equivalente a 83 milímetros. Somente naquele dia, foram registrados quase 200 milímetros de chuva. Araraquara também registrou em dezembro de 2022, 507 milímetros de chuva, o dobro da média histórica para o mês.

Uma das pontes, a da Avenida 36, cedeu e vitimou seis pessoas da mesma família: Grace Santos Leite (52), Luísa Santos Leite e Piero Santos Leite (15), Maria Helena Leite Ferreira Luiz (61), Paulo Affonso Ferreira Luiz (68) e Gabriela Leite (10).

 

Investimentos federais e estaduais

O Governo Federal liberou R$ 5.166.922,85 para recuperação de cinco dos nove pontos atingidos, sendo R$ 2.202.966,68 para a ponte da Rua Armando Salles de Oliveira (5 e meio); R$ 2.107.116,90 para a ponte da Rua Nove de Julho (Rua 2); R$ 439.211,47 para a Travessia Serralhal; R$ 320.232,28 para a limpeza e desobstrução de córregos; e R$ 97.395,52 para a Travessia Ara-333.

Já o Governo Estadual investiu R$ 4.887.820,59 para recuperação de dois desses pontos. Foram R$ 4.282.465,51 investidos na ponte da Avenida 36 e R$ 605.355,08 na construção de muro de contenção por gravidade em gabião do Parque São Paulo.

ARARAQUARA/SP - A Polícia Civil de Araraquara, realizou uma operação no Parque residencial São Paulo na quarta-feira (15), e prendeu dois indivíduos, além de armas, drogas e munições. A polícia investiga uma possível ligação dos detidos com o caso de latrocínio contra o policial civil aposentado Dorlei Moralez, de 71 anos, que ocorreu no último sábado (4).

Segundo as informações, a Polícia Civil realizava diligências, pois havia a suspeita de que os autores do latrocínio estariam pelo Parque Residencial São Paulo.

Durante as diligências, um homem foi abordado em atitude suspeita na frente de uma residência e com ele os policiais apreenderam uma pochete que continha diversos eppendorfs de cocaína.

Diante da apreensão, os policias entraram no imóvel e encontraram duas armas de fogo, sendo uma pistola 9 mm e um revólver calibre 32, além de munições. Foram localizados também entorpecentes e materiais utilizados para o embalo das drogas.

Além do primeiro indivíduo, um outro rapaz foi detido. Segundo consta, um deles tem passagem criminal por Tráfico e o outro, por furto.

Continua depois da publicidade

Perguntado sobre o possível envolvimento dos indivíduos com a morte do policial Dorlei Morales, o delegado afirmou que dois apelidos dos suspeitos que teriam participação no latrocínio, batem com os apelidos dos rapazes detidos nesta quarta-feira, porém, ainda é cedo para apontar o envolvimento:

“Ainda é prematuro a gente afirmar um real envolvimento deles no crime de latrocínio e ainda vai depender de várias provas e vários exames periciais nos materiais e nas armas que foram apreendidas, pra ver se tem alguma relação com o latrocínio”.

Na delegacia, os detidos foram acompanhados por seus advogados e decidiram permanecer em silêncio.

De momento, a dupla foi autuada por Tráfico e Associação para o Tráfico e Porte de Arma de uso restrito. Após os trabalhos, os dois foram recolhidos e serão encaminhados para a Audiência de Custódia.

O caso segue sendo investigado.

 

 

 

Por Marcelo Bonholi e Ed JuniorPORTAL MORADA

ARARAQUARA/SP - A Câmara Municipal da cidade de Araraquara rejeitou um Projeto de Lei que instituía no município o Programa “Transformação em Cores” para incentivo à qualificação profissional e educacional das pessoas LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade social. O projeto recebeu 9 votos contrários contra 8 favoráveis.

A demanda havia sido eleita na Plenária Temática LGBT do Orçamento Participativo do ano de 2022. O valor de cada bolsa-auxílio estava previsto em R$ 800, com a concessão de 20 bolsas.

Na terça-feira (14), após as justificativas de votos e debates tensos, o projeto foi rejeitado pela maioria do legislativo.

Votaram contrariamente ao projeto os vereadores João Clemente (PP), Emanuel Sponton (PP), Gerson da Farmácia (MDB), Rafael de Angeli (Republicanos), Lineu (Novo), Hugo Adorno (Republicanos), Lucas Grecco (União Brasil), Marcos Garrido (PSD) e Marchese (PSD).

Os votos favoráveis foram dados pelos vereadores Boi (MDB), Carlão do Joia (MDB), Fabi Virgílio (PT), Filipa Brunelli (PT), Alcindo Sabino (PT), Guilherme Bianco (PC do B) e Luna Meyer (MDB).

 

 

Luís Antônio / PORTAL MORADA

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2024 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Aviso de Privacidade

Este site utiliza cookies para proporcionar aos usuários uma melhor experiência de navegação.
Ao aceitar e continuar com a navegação, consideraremos que você concorda com esta utilização nos termos de nossa Política de Privacidade.