fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 

Além disso, entidade projeta a 9ֺª edição da Copa AVS e trabalha com escolinha social no ginásio de esportes do Santa Felícia

 

SÃO CARLOS/SP - A Associação de Vôlei São-carlense (AVS) começou com todo o gás a temporada 2024. As equipes adulta e sub18 retornam aos treinos a partir desta terça-feira, de olho nas competições oficiais previstas para o ano. Iniciam-se ainda os preparativos para a 9ª edição da Copa AVS/Smec, além da escolinha social estar proporcionando atividades para pelo menos 300 candidatas a atleta. Todas as atividades acontecem no ginásio municipal de esportes José Eduardo Gregoracci, no Jardim Santa Felícia.
Na primeira reportagem do ano, o coordenador da AVS, Luiz Antonio Cordeiro dos Santos, o Zé Sérgio, detalhou o que a associação pretende este ano.
Equipes competitivas
A AVS pretende colocar em ação este ano duas equipes. Uma adulta que irá disputar a Copa AVS/Smec (e defender o título conquistado em 2023), a Copa AABB e o campeonato da APV, que terá este ano ainda a presença de Catanduva, Artur Nogueira, Porto Ferreira, Botucatu, Araraquara e Itobi. A princípio, na primeira fase terá dois turnos e as quatro primeiras disputam o título de campeã.
A AVS terá ainda um time sub18 que irá participar dos Jogos Abertos da Juventude, com a meta de chegar à final regional e dos Jogos Regionais, representando São Carlos.
Copa AVS/Smec
Zé Sérgio disse ainda que a associação irá promover a 9ª Copa AVS/Smec e a perspectiva é que a competição tenha pelo menos 12 equipes de São Carlos, Ibaté e Américo Brasiliense, como aconteceu no ano passado.
Escolinha social
O dirigente da AVS enfatizou ainda que estão abertas as inscrições para a escolinha de esportes, que tem caráter social, pois é gratuita e destinada para garotas de 8 a 18 anos. A meta é chegar a pelo menos 300 alunas.
As aulas acontecem no ginásio de esportes do Jardim Santa Felícia. Às 8h30 as aulas são para meninas de 8 a 12 anos; A partir das 9h45, de 13 a 18 anos. Às 11h, para garotas do time sub15 (somente selecionadas). As pretendentes devem ir ao ginásio de esportes com roupa confortável, cabelo preso, tênis e levar garrafa para água. As inscrições gratuitas acontecem no horário da aula e os professores são o próprio Zé Sérgio, além de Thassiane, Kaká e Karine. Há também a colaboração das monitoras Dani, Débora, Jezinha, Lu e Pati.

DUBAI - Depois de cravar a temporada mais dominante de todos os tempos, Max Verstappen é, novamente, o homem a ser batido na F1 2024. Neste ano, o tricampeão terá um desafio físico em meio ao cronograma mais extenso da história, com 24 corridas - mas o holandês conta com o RB20, da RBR, para igualar o tetracampeonato e a hegemonia de Sebastian Vettel no início dos anos 2010. Entenda melhor abaixo!

 

Os recordes de 2023

19 vitórias em 22 corridas. 86,3% de aproveitamento. 575 pontos. A maior vantagem para o vice-campeão na história. Não faltaram recordes ao 2023 de Verstappen, que sagrou-se tricampeão na corrida sprint de Lusail, antes mesmo do GP do Catar - e seis GPs principais antes do fim do calendário.

De quebra, o holandês estabeleceu o novo recorde de triunfos consecutivos na história: foram dez vitórias entre os GPs de Miami e da Itália. Os números na temporada do tricampeonato fizeram, ainda, com que Verstappen tornasse o terceiro maior vencedor de todos na F1, com 54; agora, ele está atrás apenas dos heptacampeões Lewis Hamilton (103) e de Michael Schumacher (91).

 

O piloto

Em 2023, enquanto estabelecia novas marcas aqui e ali, Verstappen sempre fez questão de mencionar que não se importava com números - fala repetida, por exemplo, após superar os 75% de aproveitamento de Alberto Ascari em uma temporada, no GP de São Paulo. Os elogios geralmente foram direcionados à equipe e ao carro.

O holandês também é crítico da gradativa expansão do calendário e chegou a questionar seu futuro na categoria; líder absoluto, ele tem contrato com a RBR até 2028. Além do cronograma com 24 etapas, a F1 terá seis corridas sprint - provas curtas no sábado instauradas originalmente em 2021, mas que ficaram duas vezes mais frequentes em 2023.

- As pessoas podem pensar: "Ah, ele faz muito dinheiro, do que esse cara está reclamando?" Mas é sobre seu bem-estar, como você vivencia as coisas, e não quanto você ganha. Sinto que tenho que fazer muitas coisas e abrir mão de outras (que gosto), então às vezes penso: "Ainda vale a pena?" - disse Max, em agosto passado.

Para 2024, vale ficar de olho em como Max Verstappen vai equilibrar uma possível expansão de seu domínio com as críticas não só à gestão da Fórmula 1, mas também às demandas fora das pistas.

 

O carro

Em 2024, Max Verstappen vai guiar o RB20 ao lado de Sergio Pérez, companheiro que vive seu último ano de contrato na RBR. No ano passado, o RB19 - projetado, entre outros, pelo lendário projetista Adrian Newey - também entrou para os livros com os próprios recordes, como o maior número de vitórias no ano. Foram 21 triunfos em 22 etapas.

A única exceção foi o GP de Singapura, vencido por Carlos Sainz com a Ferrari. Desde o início do fim de semana em Marina Bay, a RBR gerenciou expectativas na pista onde não vence desde 2013. Para um carro que tinha seu momento de maior brilho nas retas, as 23 curvas do circuito surgiram como obstáculos, além do asfalto acidentado e das características urbanas. Fora do Q3, Verstappen também criticou o modelo na ocasião.

Entretanto, no geral, a dominância em relação às rivais foi tão grande que o time taurino pôde interromper o desenvolvimento do RB19 ainda em agosto, antes de retomada da F1 após as férias no verão europeu. E tudo isso após sofrer dedução de 10% no tempo de uso do túnel de vento, penalização imposta após violação ao teto de gastos de 2021.

Enquanto outras equipes ainda trabalhavam nos carros de 2023, a RBR já estava focada no modelo RB20, ligando o alerta para equipes como a McLaren, que expôs medo de uma "surpresa desagradável" e novo domínio. Por enquanto, o time austríaco ainda mantém os pés no chão e não espera a mesma hegemonia estatística em 2024.

 

Um novo Vettel?

Há onze anos, o agora aposentado Sebastian Vettel viveu seu ano de maior domínio na F1, chegando ao tetra enquanto estabelecia recordes: mais vitórias consecutivas, mais triunfos no ano, quarto maior vencedor da história... Quase todas as marcas foram superadas por Verstappen na campanha do tricampeonato, à exceção do título de mais jovem vencedor.

- Depois da quinta vitória consecutiva, Seb me mandou uma mensagem falando: "Muito bem, continue assim, você vai conseguir quebrar o recorde". Eu nunca pensei que chegaria nem a oito (vitórias consecutivas). Mas não é algo pelo qual eu estive obcecado. Como eu já disse várias vezes antes, tudo que importa para mim é vencer - disse o holandês antes de triunfar no GP da Holanda em agosto passado e igualar marca de Vetel.

Em ambos os casos, também destaca-se a rápida adaptação da RBR a mudanças no regulamento, como o fim do reabastecimento (2010) e o retorno do efeito solo (2022). A principal diferença é mesmo o rendimento dos rivais: Vettel teve mais momentos de dificuldade com triunfos alheios em 2013, enquanto Max reinou quase sozinho em 2023.

A F1 retorna em 2 de março de 2024 com o GP do Bahrein, primeira de 24 etapas na maior temporada da história da categoria.

 

 

Por Bárbara Mendonça e Bruna Rodrigues / ge

A amapaense Wanna Brito estabeleceu um novo recorde das Américas da prova de arremesso de peso da classe F32 (atletas com paralisia cerebral) ao alcançar a marca de 7,66 metros durante o Desafio CPB/CBAT, realizado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, no último domingo (25).

O detalhe é que a medalhista de prata no Mundial de atletismo paralímpico de Paris, disputado em 2023, superou um recorde que era dela mesma, de 7,35 metros obtidos em junho de 2023, também no Centro de Treinamento Paralímpico. Porém, a marca alcançada no último domingo ainda necessita ser chancelada pelo Comitê Paralímpico Internacional.

“Eu amei o resultado de hoje. Porém, quero melhorar ainda mais esta marca. Estou trabalhando muito para isso. É um trabalho muito longo, com uma equipe grande por trás. Não dá para acomodar, ainda mais em um ano paralímpico, em que todos querem estar em Paris. Este ano, o principal objetivo é buscar um pódio nos Jogos”, declarou Wanna Brito.

O Desafio CPB/CBAT foi a primeira oportunidade para que os atletas paralímpicos atingissem o índice mínimo estabelecido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para participação no Mundial de Kobe (Japão) em maio. As próximas duas e últimas chances serão na segunda etapa do mesmo Desafio, no próximo domingo (3), e o Circuito Nacional Caixa de atletismo, nos dias 16 e 17 de março.

 

 

AGÊNCIA BRASIL

Time composto por sete pilotos conquistou expressivos resultados e esteve no pódio

 

PAULÍNIA/SP - A equipe Pedala São Carlos Racing esteve presente neste domingo, 25, na primeira etapa da Copa Paulínia PKS de BMX em Paulínia. A competição reúne os melhores pilotos do Estado nesta modalidade esportiva.
O time são-carlense levou os pilotos José Felipe Barcelli Opini na categoria Boys 9 anos, Gabriel Henrique Marchetti Duarte na Boys 13/14 anos, Pedro Augusto Almeida Carvalho na Boys 13/14 anos, Helena Gabriela Almeida Carvalho na categoria pré-bike competição, Lidiane de Souza Almeida Carvalho na categoria Woman 30+ e Bruno de Oliveira Carvalho na categoria novatos 30/39 anos.
Em um evento esportivo muito bem organizado e com uma estrutura surpreendente, mais de 250 pilotos estiveram competindo em mais de 40 baterias nas classificatórias e algumas com semifinais e também finais, totalizando mais de 200 baterias no total.
Os pilotos da equipe Pedala São Carlos Racing obtiveram bons resultados, trazendo para nossa cidade, nesta primeira etapa, resultados expressivos.
Os resultados foram os seguintes:
José Felipe Barcelle Opini - campeão boys 9 anos
Helena Gabriela Almeida Carvalho - campeã pré-bike competição.
Bruno de Oliveira Carvalho - 3° novatos 30/39 anos
Lidiane de Souza Almeida Carvalho - 6° woman 30+
Gabriel Henrique Marchetti Duarti e Pedro Augusto Almeida Carvalho, ficaram nas classificatórias.
No próximo domingo, 3, a equipe Pedala São Carlos Racing, fará sua estreia na primeira etapa do Campeonato Paulista de BMX, que acontece em Indaiatuba.

DUBAI - O Brasil é hexacampeão mundial de futebol de areia. O título, com uma campanha de 100% de aproveitamento, foi confirmado neste domingo (25) com a vitória por 6 a 4 sobre a Itália, em Dubai, nos Emirados Árabes.

O resultado consolidou o país como o maior vencedor do torneio. Além da conquista deste ano, o Brasil já tinha os troféus de 2006, 2007, 2008, 2009 e 2017.

A Rússia, com três títulos; Portugal somando dois; e França, com uma conquista, são os outros vencedores.

O artilheiro do jogo foi Rodrigo com três gols. Bruno Xavier e Genovali (contra) e Brendo também anotaram para a seleção brasileira. Pela Itália, balançaram as redes para os europeus os jogadores Genovali (duas vezes), Fazzini e Pazzini.

 

 

Por Juliano Justo – Repórter da EBC

 

MARINGÁ/PR - O Corinthians está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. O Timão venceu o Cianorte por 3 a 0 na noite de quinta-feira, no Estádio Willie Davids, em Maringá-PR, pela primeira rodada do torneio nacional. Os gols da equipe comandada pelo técnico António Oliveira foram de Wesley e Romero (duas vezes).

Agora, o Corinthians espera o confronto entre Olaria e São Bernardo para saber quem será seu adversário na segunda fase. Os times se enfrentam no dia 28 (quarta-feira), em solo carioca.

O próximo compromisso do Corinthians será contra a Ponte Preta, no domingo, às 20 horas (de Brasília), na Neo Química Arena. O duelo será válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista.

 

O jogo

O Corinthians começou a partida de forma intensa e abriu o placar logo aos dois minutos. Wesley recebeu lançamento de Gustavo Henrique na esquerda, partiu para cima do defensor e finalizou, com desvio, para "matar" o goleiro Vinícius.

O Timão ampliou no minuto 31, em roubada de bola no campo de ataque. Garro recebeu "presente" do oponente e serviu Ángel Romero, que finalizou no canto, para delírio da Fiel Torcida presente no estádio.

O Cianorte até esboçou uma pressão, ficando mais com a posse, mas não conseguiu furar o bloqueio alvinegro, que soube se postar na frente da meta de Carlos Miguel.

 

Segundo tempo

O Corinthians começou a segunda etapa buscando controlar o jogo a partir da posse de bola, "esfriando" o ritmo do confronto. A primeira grande chance veio aos 15 minutos, com passe de Garro para Romero, que finalizou para defesa do goleiro adversário.

O Timão chegou ao terceiro tento logo em seguida, com Romero. Pedro Henrique fez bonita jogada pela direita, cruzou para Wesley, que serviu de cabeça o atacante paraguaio, que concluiu sem grandes problemas.

Após o gol marcado, o Corinthians empilhou chances com chutes de Maycon, Guilherme Biro e Matías Rojas, mas não conseguiu transformar a vitória em goleada. O confronto terminou ao som de "olé" das arquibancadas do Estádio Willie Davids.

 

 

GAZETA ESPORTIVA

HAVAÍ - A Austrália dominou a segunda etapa do Circuito Mundial de Surfe, disputada em Sunset Beach, praia que fica na costa norte da ilha de Oahu, no Havaí. Molly Picklum e Jack Robinson brilharam na decisão da competição, disputada na noite da última quarta-feira (21). Entre os brasileiros os destaques foram Italo Ferreira, que parou nas quartas de final na disputa masculina, e Tatiana Weston-Webb e Luana Silva, que alcançaram as oitavas no feminino.

Molly Picklum, que fez a final da etapa com a havaiana Bettylou Sakura Johnson, afirmou que a confiança foi fundamental para garantir o título: “O mar hoje esteve em sintonia comigo e estou muito, muito feliz por isso. Cada evento o sentimento é diferente, então estou apenas aceitando o que realmente acontece e tentando encontrar pequenos momentos divertidos nisso tudo. Definitivamente, eu não estava tão confiante neste evento. Mas sempre mantive a confiança e acho que esse é um dos meus pontos fortes”.

Já Jack Robinson garantiu o lugar mais alto do pódio na disputa masculina ao superar o japonês Kanoa Igarashi. A próxima etapa do Circuito Mundial terá como palco a praia dos Supertubos, em Peniche (Portugal), entre os dias 6 e 16 de março.

 

 

AGÊNCIA BRASIL

RECIFE/PE - Após o empate contra o Sport, o ônibus do Fortaleza foi apedrejado na saída da Arena Pernambuco. Seis jogadores ficaram feridos e precisaram ser encaminhados ao hospital.

Segundo o Fortaleza, Titi, Brítez, João Ricardo, Sasha, Dudu e Escobar precisaram ser levados ao Real Hospital Português, no Recife. O ataque ocorreu nas imediações do bairro Curado, próximo do Atacadão dos Presentes.

Em vídeo divulgado pelo próprio clube, é possível ver várias janelas quebradas, e cacos de vidros estilhaçados sobre as poltronas. Alguns dos assentos estão sujos de sangue.

O CEO Marcelo Paz, o presidente Alex Santiago e membros da diretoria acompanharam os atletas ao hospital. Os demais jogadores do elenco voltaram ao hotel.

Marcelo Paz fez um vídeo mostrando a situação dos atletas dentro do ônibus na saída do estádio.

- Atingiram nossos jogadores. O Dudu está aqui sangrando. Isso é um absurdo. Não cabe mais no futebol brasileiro. Estamos todos revoltados aqui - disse Marcelo nas redes sociais.

O meia-atacante Yago Pikachu postou a foto de uma pedra e dos encostos dos ônibus com sangue.

- Covardia. Cinco jogadores para o hospital - publicou o atleta.

Posteriormente ao ocorrido, na madrugada desta quinta, o presidente do Sport, Yuri Romão, foi ao hospital prestar apoio à delegação do Fortaleza. Ele e Marcelo Paz falaram com o ge, onde foram prestados mais detalhes sobre a situação dos atletas. O Leão postou nota de repúdio, enquanto o Tricolor do Pici soltou nota oficial detalhando a situação dos atletas.

Veja a íntegra da nota

"O ônibus da delegação do Fortaleza, que embarcava atletas, comissão técnica, staff e diretoria, foi atacado por bombas e pedras por torcedores do Sport na saída da Arena de Pernambuco após o jogo pela Copa do Nordeste.

Após o ocorrido, a delegação foi levada rapidamente e diretamente ao hospital mais próximo de Recife.

Seis jogadores foram atingidos: o goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos.

João Ricardo e Gonzalo Escobar passaram por suturas, procedimento de recebimento de pontos cirúrgicos. O lateral-esquerdo também irá realizar exames de tomografia na cabeça, mas está bem e consciente. Os demais atletas passarão por cuidados médicos para a retirada de estilhaços de vidro pelo corpo.

Seguimos no aguardo de novas atualizações e, neste momento, estamos dando às devidas assistências aos componentes de toda delegação."

 

 

Por Elias Roma Neto e Juscelino Filho / ge

COCHABAMBA - Com uma performance na qual não teve inspiração, o Botafogo viu o Aurora (Bolívia) arrancar um empate de 1 a 1, na noite desta quarta-feira (21) no Estádio Félix Capriles, em Cochabamba, na partida de ida pela 2ª fase prévia da Copa Libertadores.

Com este resultado o Alvinegro terá que definir a vaga para a 3ª fase prévia da competição continental na próxima quarta-feira (28) no estádio Nilton Santos, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Mesmo jogando fora de casa a equipe de General Severiano teve a oportunidade de abrir o placar logo aos 22 minutos do primeiro tempo, quando o goleiro Akologo defendeu a cobrança do atacante Tiquinho Soares. Porém, quatro minutos depois Júnior Santos aproveitou sobra de bola para colocar o Botafogo em vantagem. Aos 35 minutos o Aurora conseguiu igualar o marcador com Amarilla, mas o juiz anulou o lance, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), ao assinalar irregularidade no lance.

Na etapa final o Botafogo teve inúmeras oportunidades de ampliar, mas não teve competência para marcar e viu o Aurora igualar já aos 50 minutos da etapa final com Torrico.

Cruzeiro cai na Copa do Brasil

Pela Copa do Brasil, o Cruzeiro foi derrotado por 2 a 0 pelo Sousa no estádio Marizão, na Paraíba. Com este resultado a Raposa foi eliminada na primeira fase da competição.

 

 

AGÊNCIA BRASIL

SÃO PAULO/SP - O meio-campista James Rodríguez se manifestou pouco depois da notícia de que ele permanecerá no São Paulo. Nas redes sociais, o jogador publicou uma foto treinando no CT da Barra Funda e escreveu: "Algo bom está por vir".

Há duas semanas, o colombiano pediu para deixar o clube alegando falta de oportunidades. A assinatura da rescisão não aconteceu devido à divergências financeiras. Sem um acordo para encerrar o vínculo, ele voltou a conversar com os dirigentes tricolores, mudou de ideia e será reintegrado em breve.

James, que vinha treinando em separado dos companheiros no início desta temporada, não havia sido inscrito pelo São Paulo no Campeonato Paulista. Ele só pode ser incluído na lista na fase de mata-mata, isso se o time avançar até lá.

O regulamento do torneio permite quatro trocas após o início da fase eliminatória. Mas, no momento, o Tricolor está na terceira posição do Grupo D, com 14 pontos, fora da zona de classificação. A equipe tem um jogo a menos.

Mesmo com o pedido para deixar o São Paulo, James Rodríguez seguiu treinando para manter a forma física no CT da Barra Funda. Pelo time tricolor, o jogador soma apenas um gol marcado em 14 jogos disputados, todos no último ano.

 

 

GAZETA ESPORTIVA

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Fevereiro 2024 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29      
Aviso de Privacidade

Este site utiliza cookies para proporcionar aos usuários uma melhor experiência de navegação.
Ao aceitar e continuar com a navegação, consideraremos que você concorda com esta utilização nos termos de nossa Política de Privacidade.