fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Fim da novela mais demorada desta janela de transferências na Europa. Depois de conquistar a última Champions League em agosto com a camisa do Bayern de Munique, Thiago Alcântara já tem um novo destino: o Liverpool.

A informação é do The Athletic, que garante em ainda nesta quinta-feira será feito o anúncio oficial pelos envolvidos. Cotado também no Barcelona nas últimas semanas, Thiago fechou com a equipe de Jurgen Klopp por 30 milhões de euros.

 

As negociações tomaram um rumo mais objetivo na segunda-feira, depois que os dirigentes do Bayern deixaram claro que queriam um acordo concluído antes do início da temporada da Bundesliga, que começa amanhã com o campeão europeu recebendo o Schalke.

Thiago havia negociado uma extensão de contrato em maio, mas mudou de ideia pouco antes de assinar, dizendo ao Bayern que queria um "novo desafio" em sua carreira. Desde então, o Liverpool era visto como o destino ideal, que acabou se concretizando.

 

 

*Por:  Rodrigo Salomao / 90MIN.com

Ao todo, a Ebserh, administradora do Hospital, vai convocar mais de 500 candidatos

 

SÃO CARLOS/SP - Na última sexta-feira, dia 4 de setembro, foi publicada no Diário Oficial da União a convocação de candidatos aprovados no concurso nacional 01/2019 realizado ela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que administra o Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). No total, mais de 500 candidatos foram convocados nos hospitais da Rede. Para o HU-UFSCar, estão sendo chamados sete profissionais, que devem se apresentar nos próximos dias para entrega de documentos e contratação.
O HU-UFSCar receberá três médicos da área de Clínica Médica, dois médicos da área de Diagnóstico por Imagem, um médico da área de Infectologia Hospitalar e um fisioterapeuta. A relação dos documentos a serem apresentados e os trâmites a serem realizados estão descritos no edital de convocação (https://bit.ly/3jY79hL). A data e horário para apresentação dos candidatos no HU foram agendados por e-mail.

Sobre o concurso
Cerca de 250 mil candidatos fizeram as provas e o resultado final do concurso nacional da Rede Ebserh foi publicado no dia 29 de abril. No total, foram oferecidas 1.660 vagas em todo o País, sendo 533 vagas para médicos em 88 especialidades, 998 vagas para a área assistencial em 53 especialidades e 129 para a área administrativa em 23 especialidades. Todos os documentos referentes ao concurso podem ser acessados na página da Ebserh (https://bit.ly/3h765X7).

Rede Ebserh
Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e, principalmente, apoiam a formação de profissionais da Saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Decisão foi tomada após processo licitatório fracassado

 

SÃO CARLOS/SP - Após fracassar o processo licitatório, na modalidade Pregão Eletrônico, para a contratação de empresa para o fornecimento do vale alimentação aos alunos da rede municipal de ensino, já que nenhuma empresa interessada entrou na disputa, a Prefeitura de São Carlos vai fazer a compra direta.

A licitação foi aberta baseada na Medida Provisória 926 da Presidência da República que determina que nos casos de pregão eletrônico ou presencial, cujo objeto seja a aquisição de bens, serviços e insumos necessários ao enfrentamento da emergência, os prazos dos procedimentos licitatórios podem ser reduzidos pela metade, porém como foi deserta, o município poderá justificar a contratação direta declarando inexigibilidade do processo licitatório, condição mencionada em lei quando ocorre situações excepcionais, sendo inviável a execução da competição.

O vale alimentação será entregue para as famílias de cada aluno matriculado na rede municipal de ensino no valor de R$ 50,00 por mês e deve ser utilizado, exclusivamente, na aquisição de gêneros alimentícios em estabelecimentos comerciais da cidade. O repasse desses recursos é para suprir as condições mínimas de alimentação dos alunos que estudam em uma das 60 unidades escolares do município.

Continua depois da publicidade

De acordo com o secretário de Agricultura e Abastecimento, Caio Solci, pasta responsável pela merenda escolar, a empresa que for contratada terá sete dias para enviar os cartões. “Mesmo assim precisamos dos orçamentos das empresas e como determina a Lei, temos que optar pelo menor valor. A nossa intenção é que na próxima semana conseguimos fechar essa questão, publicar todos os atos necessários para que o mais rápido possível essa ajuda chegue aos pais ou responsáveis pelos alunos”, explica o secretário.

Já o procurador do município, Alexandre Carreira Martins Gonçalves, disse que a Prefeitura fez todos os procedimentos de acordo com a lei e agora, após a licitação fracassada, o município tem como justificar a contratação direta. “Procedemos como estabelece a MP 926, ou seja, primeiro fizemos o pregão eletrônico com prazo reduzido para a contratação da prestação de serviço, como a licitação foi deserta, agora podemos fazer a contratação direta, inclusive devemos considerar os orçamentos que recebemos para o pregão, porque na verdade algumas empresas enviaram os valores, mas na hora não entraram no pregão. A lei geral de licitações nos dá essa prerrogativa”, esclarece o procurador.

A Secretaria Municipal de Educação já realizou o cadastro dos alunos por meio do aplicativo online e já tem a lista de distribuição do vale alimentação. Já os recursos, aproximadamente R$ 770 mil por mês, serão repassados pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, responsável pela aquisição dos produtos da merenda escolar.

O auxílio vai atender mais de 16 mil alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e do EJA da rede municipal de ensino.

O cartão terá validade somente enquanto perdurar a situação de pandemia, extinguindo-se com o retorno das atividades escolares.

SÃO CARLOS/SP - A Fundação Educacional São Carlos (FESC) publica no Diário Oficial do Município desta terça-feira (12/05), o Chamamento Público Nº 01/2020 para abertura de inscrições visando a contratação de prestadores de serviço de confecção de máscaras, cuja finalidade é emergencial para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, com objetivo de proteger a população, através da destinação desse equipamento. As máscaras produzidas serão encaminhadas à Prefeitura Municipal de São Carlos que se encarregará de fazer a distribuição.

Inicialmente serão contratados 40 prestadores de serviço de costura industrial para a confecção de máscaras protetoras de tecido duplo. A jornada será de 4 horas diária, totalizando 20 horas semanais, com remuneração de R$ R$ 522,50 (quinhentos e vinte e dois reais e cinquenta centavos).

Os laboratórios de costura e maquinários da Universidade Aberta do Trabalhador, programa coordenado pela FESC, serão utilizados como oficina de costura, sendo de total responsabilidade da Fundação o fornecimento de materiais, suprimentos e condições de trabalho.

De acordo com Fernando Carvalho, diretor presidente da FESC, a oficina de costura e o local para montagem e higienização das mascarás serão montados no Campus 1, na rua São Sebastião, 2828, na Vila Nery, conhecido como Campo do Rui. “A nossa intenção é produzir mil máscaras por dia. Como oferecemos todos os anos cursos de Costura Industrial espero que muitos ex-alunos se inscrevam e nos ajudem nessa missão de confeccionar esses equipamentos de proteção para a população. Foi uma necessidade constatada pelo Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus, estudada juridicamente e que agora vamos concretizar”, disse Carvalho.

INSCRIÇÕES – As inscrições, gratuitas, deverão ser efetuadas no site da FESC (www.fesc.com.br) de 13 a 17 de maio, em formulário de inscrição próprio, a ser preenchido eletronicamente. É de única e exclusiva responsabilidade do candidato o preenchimento do formulário de inscrição e o envio dos documentos solicitados.

Para se inscrever é necessário comprovar experiência em costura industrial, renda familiar de até 2 salários mínimos ou estar desempregado, ser pessoa física, morar em São Carlos, não fazer parte de grupos de risco da COVID-19. O candidato deverá anexar, obrigatoriamente, ao formulário de inscrição, os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de endereço, comprovação de experiência (declaração, comprovantes e/ou cópia da carteira profissional). O comprovante de inscrição será encaminhado ao candidato ao final do preenchimento do formulário.

O contrato de prestação de serviços terá vigência de até 90 dias, podendo ser prorrogado a critério da Fundação Educacional São Carlos e de acordo com as necessidades da Administração Pública Municipal.

O chamamento público completo está disponível no link http://www.saocarlos.sp.gov.br/images/stories/diario_oficial_2020/DO_12052020_1562.pdf#page=2

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30