fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

O novo canal foi criado para facilitar as contribuições dos voluntários. O hospital enfrenta uma crise financeira, agravada pelo corte de verbas do Governo do Estado

 

SÃO CARLOS/SP  - A Santa Casa disponibiliza um novo canal de doações para quem quiser fazer contribuições mensais ao hospital. A partir de agora, os moradores de São Carlos vão receber um informativo na conta de água.

Quem quiser aderir, só precisa entrar em contato com o Setor de Captação de Recursos do hospital (confira os telefones abaixo). Então, uma equipe vai até à casa do morador uma única vez para entregar um termo de adesão. O valor mínimo de contribuição é de R$ 5,00.

Todos os valores doados vão ser direcionados para uma conta específica criada apenas para esse projeto. A cada seis meses, a Santa Casa vai prestar contas do montante das doações e informar para que ações e obras os recursos foram usados.

O novo canal de doação é mais uma ferramenta para ajudar a Santa Casa a arrecadar recursos. Com a pandemia do COVID-19, cerca de 2 mil doadores fixos deixaram de contribuir com a Santa Casa, uma queda de 25%. Além disso, os preços dos medicamentos, materiais e equipamentos de proteção individual aumentaram em torno de 11% em 2020. E para agravar a situação, o Governo do Estado cortou 12% das verbas destinadas às Santas Casas e hospitais filantrópicos paulistas.                                                                                

 “Nós disponibilizamos contas bancárias para transferências, criamos o Cartão Fidelidade +30 e, agora, a conta de água é mais um instrumento para facilitar as doações”, explica a coordenadora do Setor de Captação de Recursos, Ariellen Guimarães.

                        

POR QUE DOAR?

A Santa Casa é o principal hospital da região para média e alta complexidade (urgência e emergência, cardiologia, neurologia, neurocirurgia, cirurgia ortopédica, oftalmologia, maternidade e, também, referência no enfrentamento à COVID-19). A Instituição atende 6 municípios (São Carlos, Dourado, Ribeirão Bonito, Porto Ferreira, Descalvado e Ibaté), em um total de 400 mil habitantes.

Por conta da pandemia, o hospital vem enfrentando uma série de dificuldades financeiras. Os preços dos medicamentos, materiais e equipamentos de proteção individual aumentaram em torno de 11% em 2020. Os valores de alguns produtos, como máscaras, luvas, aventais e anestésicos, subiram ainda mais, cerca de 300%.

Além disso, com a decisão do Governo do Estado de cortar 12% as verbas para as Santas Casas e hospitais filantrópicos, a Santa Casa de São Carlos vai deixar de receber R$ 128.388,48 por mês. No ano, são R$ 1.540.661,76 a menos para o hospital. “Esses recursos são usados para o custeio da operação da Instituição, ou seja, pagamento de materiais, medicamentos, produtos de limpeza, gases medicinais, tudo aquilo que a gente usa para manter o hospital em funcionamento”, explica o Diretor de Operações da Santa Casa, Everton Beggiato.

O corte de 12% das verbas vai atingir 180 unidades hospitalares de todo o Estado de São Paulo, que deixarão de receber, ao todo, R$ 80 milhões de reais.

“Nossa preocupação é com a manutenção dos serviços oferecidos pelo hospital. Com certeza, essa redução de verbas pode trazer consequências para os atendimentos pelo SUS. Nós, da Provedoria e da Diretoria da Santa Casa estamos pedindo ajuda às autoridades municipais, aos deputados amigos das Santas Casas. Mas precisamos também do apoio e das doações da população para nos ajudar a fechar as contas e manter os atendimentos”, explica o Provedor da Santa Casa, Antonio Valério Morillas Júnior.  

SERVIÇO:

CAMPANHA “DOE AMOR PELA CONTA DE ÁGUA”

Valor mínimo: R$ 5,00

Mais informações: 3509-1270/ (16) 99230-9294

O número de voluntárias caiu mais de 70%. Para ser doadora, basta fazer um cadastro, passar por exames e a equipe do Banco de Leite vai buscar as doações

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Leite da Maternidade da Santa Casa precisa de mães doadoras de leite materno.

O número de voluntárias caiu mais de 70%. Até o fim de 2020, 60 mães estavam cadastradas e faziam as doações. Hoje, o Banco conta com apenas 16 voluntárias.

“Normalmente, nessa época do ano, em função das férias e das viagens em família, as doações diminuem. Mas neste ano, a queda foi mais acentuada”, explica o pediatra e coordenador do Banco de Leite, André Giusti.

O leite materno doado é oferecido para os bebês prematuros internados na UTI Neonatal e também na UCIN (Unidade de Cuidados Intermediários). Importante ressaltar que é o alimento ideal para os recém-nascidos. O Ministério da Saúde recomenda que os bebês mamem exclusivamente no peito até os seis meses. E continue sendo amamentados até 2 anos ou mais. “Além de ser rico em anticorpos, ele tem outros fatores que ajudam a combater uma possível infecção, o que faz com o que o bebê se desenvolva de maneira melhor e mais segura e, dessa forma, receba alta mais rapidamente”, afirma o coordenador do Banco de Leite.

COMO SE TORNAR UMA DOADORA

Para ser doadora, basta procurar o Banco de Leite, que fica dentro da Maternidade da Santa Casa. A candidata à doação passa por exames e faz um cadastro. Ela recebe frascos e outros materiais para fazer a doação. Então, uma vez por semana, a equipe do Banco passa para buscar o leite.  O atendimento é feito todos os dias, incluindo feriados, das 7h às 18h. O telefone para contato é o (16) 3509-1175.

“Nós do Banco de Leite precisamos somente da ‘sobra’. Ou seja, a mãe amamenta o seu bebê até que ele fique satisfeito e faz a ordenha e o armazenamento apenas do excedente. Então, ela guarda essa doação no congelador ou no freezer e nós vamos buscar na casa dela”, ressalta o pediatra e coordenador do Banco de Leite, André Giusti.

SEGURANÇA NO PROCESSO DE CONTROLE E ARMAZENAMENTO

Para que o leite materno doado possa ser ofertado aos bebês prematuros internados na Santa Casa, o processo de controle de qualidade é rigoroso. A equipe do Banco de Leite busca as doações na casa das voluntárias. O frasco com o leite doado é colocado numa caixa térmica com um termômetro para o controle da temperatura. Quando chegam no Banco de Leite, os frascos são higienizados e o leite é avaliado e congelado.

De uma a duas vezes por semana, a equipe do Banco de Leite faz a pasteurização usando equipamentos adequados para esse processo. Depois, o leite pasteurizado é distribuído em frascos. Um detalhe importante é que antes e depois da pasteurização, o leite materno doado passa por exames e aquele que não estiver dentro dos padrões é descartado.

 

SERVIÇO

BANCO DE LEITE

LOCAL: Maternidade da Santa Casa

HORÁRIO: 7h às 18h – todos os dias, incluindo feriados

CONTATO: (16) 3509-1175.         

Casal distribuiu alimentos e brinquedos à mais de 500 famílias

 

ARACOIABA/CE - Após o sucesso do “Bazar Solidário”, realizado no último dia 15 de dezembro, pela primeira vez de forma 100% online, onde o casal Thyane Dantas e Wesley Safadão colocou à venda cerca de 400 peças de roupa da família e arrecadou mais de R$40 mil reais que serão doados à diversas instituições, a família de Safadão se reuniu  para entregar brinquedos e alimentos na região de Aracoiaba e Pedra Branca, no Ceará.

Devidamente protegidos e vestidos de “WSolidário”, projeto ao qual eles se dedicam a ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade, Wesley, Thyane e os filhos, percorreram as ruas da região e fizeram a alegria de inúmeras famílias que receberam os alimentos e brinquedos com muita alegria.

“Ver um sorriso no rosto de cada família, em um momento tão delicado como esse que estamos vivendo, vale mais do que qualquer outra coisa. Todos os anos a gente se reúne para ajudar, e esse ano, com a limitação que estamos vivendo devido à pandemia, foi mais especial ainda.” – declara Thyane

Ao todo foram 500 cestas básicas, 1000 brinquedos e o desejo de que não falte amor, esperança e FÉ no próximo ano.

“Fazer o bem, é esse o lema do “WSolidário”. Foi um ano difícil para todos nós, e em meio à tanto medo, tristeza e incertezas, poder ajudar e saber que estamos fazendo a diferença na vida dessas pessoas, é muito gratificante. Que em 2021 a gente possa se reunir com abraços e beijos e comemorar mais vitórias de Deus.” – finaliza Wesley.

SÃO CARLOS/SP - Sem a presença do Bom Velhinho, por conta da pandemia do novo Coronavírus, representantes da ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos) visitaram na tarde da terça-feira, 22, a sede da ONG Oncovita e entregaram presentes para as crianças pertencentes às famílias que são assistidas pela entidade.

O presidente da ACISC, José Fernando Domingues, o Zelão, ressalta que os brinquedos foram adquiridos pela Diretoria da ACISC, em parceria com o Conselho da Mulher Empreendedora (CME).

“É sempre um orgulho muito grande praticar solidariedade e amor ao próximo, ainda mais, em um ano atípico como tem sido 2020, por conta dessa pandemia”, afirmou.

Localizada na rua Dona Alexandrina, 852, no Centro de São Carlos, atualmente, a Oncovita assiste 86 pessoas (entre mulheres, homens e crianças), acometidas com câncer, as quais recebem cestas básicas, lenços, perucas; tem atendimento com psicólogos; orientação nutricional; orientações sobre cuidados antes, durante e pós-tratamento (para pacientes e cuidadores); arte terapia (bordado, ponto cruz, pintura em tecido e crochê); danças folclóricas; curso de noções musicais (voz e violão); exercícios físicos (alongamento e yoga); grupo de leitura; grupo de apoio espiritual; designer de sobrancelhas; curso de automaquiagem; curso de customização em roupas; curso de organização do lar; curso de fotogenia; e curso de modelo e manequim para associados.

Emocionada, a vice-presidente comentou sobre a entrega dos presentes.

“Motivo de muita emoção poder conhecer a história dessas pessoas e poder, de certa forma, ajudá-las. A gente sai daqui emocionada e com a vontade de seguir ajudando para que esse projeto não pare”, comentou Ivone Zanquim.

Estiveram na entrega dos presentes a presidente e diretora do CME, respectivamente, Juliana Tomase e Angela Oioli, e a vice-presidente da ACISC, Ivone Zanquim. Elas foram recebidas pelos representantes da entidade: a diretora administrativa Rose Moreno; o tesoureiro Marcelo; e a conselheira fiscal, Simone Borelli.

Quem quiser conhecer ou colaborar com a Oncovita pode entrar em contato pelos fones (16) 99731.2350 e 99162.8662 ou ainda se dirigir pessoalmente à sede da entidade. Todo tipo de doação que as pessoas desejam fazer, serão super bem-vindas, desde livros, roupas, sapatos, cabelos humanos.

Doações em dinheiro podem ser realizadas diretamente na conta bancária da ONG (Banco 756 – Sicoob - agência: 4400 - Conta Corrente: 2493-7).

Com a chegada do Natal e Ano Novo, o número de voluntários costuma diminuir 12%. Para manter os estoques estáveis, os horários para doações foram ampliados

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Sangue da Santa Casa vai funcionar em horário diferenciado neste final de ano e vai abrir também no período da tarde no dia 24 de dezembro, véspera de Natal, e no dia 31 de dezembro, véspera de Ano Novo. Nesses dois dias, as doações vão poder ser feitas das 8h às 11h45 e das 13h45 às 15h15.

Normalmente, no fim do ano, as doações de sangue sofrem uma queda de cerca de 12%. “A agenda para a semana do Natal e Ano Novo está praticamente vazia, o que nos preocupa bastante, já que nessa época, a demanda por sangue costuma aumentar, com o crescimento do número de acidentes e de outros casos de urgência e emergência”, explica a hematologista e Responsável Técnica do Banco de Sangue, Andreia Andreozi.

O Banco de Sangue da Santa Casa, além das demandas de urgência e emergência, atende às cirurgias eletivas, oncológicas e cardíacas, UTI Pediátrica, UTI Neonatal, UTI Adulto e Coronariana, Centro Cirúrgico, Maternidade e, em alguns casos, aos pacientes com COVID-19 que necessitam de transfusão de sangue. Além das demandas da Santa Casa, o Banco também dá suporte para o Hospital Universitário e hospitais da região que necessitam de bolsas de sangue.  

“Por isso, precisamos muito que as doações sejam diárias e todos os tipos sanguíneos são muito bem-vindos neste momento. Peço para que os doadores já cadastrados nos ajudem e para aqueles que nunca doaram, que venham conhecer o nosso Banco de Sangue. É muito importante dedicar alguns minutos desse período para oferecer mais amor, solidariedade e ajudar a salvar a vida do próximo”, afirma a hematologista.

A médica ainda reforça que o Banco de Sangue precisa de voluntários para a aférese. Por esse procedimento, são coletadas até duas bolsas de plaquetas, componente do sangue responsável pela coagulação e que tem o menor prazo de validade, de apenas 5 dias. “A doação de um voluntário pode beneficiar muitas pessoas. O procedimento é seguro e precisamos aumentar as doações de aféreses para esse período também”, comenta Andréia.

 

QUEM PODE DOAR?

Homens e mulheres entre 18 e 69 anos, com mais de 50 Kg e com boas condições de saúde. O voluntário também não pode fumar uma hora antes da doação e nem ingerir bebida alcoólica 24 horas antes. E é preciso apresentar um documento oficial com foto.

Para vir doar, o voluntário pode estacionar de graça no estacionamento PARAKI, que fica em frente à Santa Casa (Rua Paulino Botelho de Abreu Sampaio, 672).

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE - HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO NO FIM DO ANO:

24 de dezembro - 8h às 11h45 - 13h45 às 15h15

25 e 26 de dezembro – não abriremos

31 de dezembro - 8h às 11h45 - 13h45 às 15h15

1 e 2 de janeiro – não abriremos
 

DEMAIS DIAS: 

Segunda a sexta-feira - 8h às 11h45

Terças e quintas – 13h45 às 15h15

Sábados – 8h às 10h45

 

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

Segunda a sexta-feira - 8h às 15h

Contatos: (16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

Ação foi realizada para socorro imediato e mobilizou mais de 40 PMs no Hemocentro de Botucatu

 

BOTUCATU/SP - Em socorro às vítimas do grave acidente ocorrido na manhã de quarta-feira (25), envolvendo um ônibus e um caminhão na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre as cidades de Taguaí e Taquarituba, a Polícia Militar mobilizou mais de 40 policiais para a doação de sangue aos feridos, no Hemocentro de Botucatu.

A ação foi realizada pelo Comando de Policiamento do Interior de Sorocaba (CPI-7) e pelos 12º e 53º Batalhões de Polícia Militar do Interior (BPM/I) após o Governo de São Paulo alertar sobre a baixa no estoque do banco de sangue da região e convocar os cidadãos para colaborarem com às vítimas.

Foram enviados 33 policiais pertencentes ao comando e ao 12ºBPM/I de Botucatu, além de outros 10 do 53ºBPM/I, sediado em Avaré, de modo estratégico para que a ação solidária não interferisse na garantia da segurança do local dos fatos, vítimas e familiares.

Os policiais se apresentaram no hemocentro e realizaram suas doações mediante agendamento e seguindo as normas de segurança para prevenção ao coronavírus.

Além da ação imediata, as equipes do 12ºBPM/I estão se organizando para irem em grupos menores ao hemocentro e continuarem com as colaborações à população diariamente.  O 53ºBPM/I realizará uma segunda ação em escala na próxima segunda-feira (30), também seguindo as recomendações de segurança.

A data foi criada para agradecer os voluntários e sensibilizar a população sobre a importância da doação

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Sangue da Santa Casa vai funcionar em horário especial no dia 25 de novembro, data em que é celebrado o Dia Nacional do Doador de Sangue. As doações vão poder ser feitas das 7h30 às 12h e das 14h às 16h. Mas é preciso entrar em contato antes para agendar. “Ainda temos horários disponíveis para agendamento para esta quarta-feira, 25 de novembro, e também para quinta e sexta-feira. A partir de segunda-feira (30), nossa agenda está vazia. Precisamos muito da solidariedade de todos para manter os nossos estoques estáveis”, afirma a coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

O auxiliar administrativo Bruno dos Santos Farcic é doador de sangue há 12 anos. “Eu comecei a doar sangue quando estava no Tiro de Guerra. O caseiro precisou de sangue e eu fui voluntário. De lá para cá, não parei mais de doar”, comenta.

Só neste ano, de janeiro até agora, quase 5.500 voluntários doaram seu tempo e sua solidariedade. Com isso, foram coletadas mais de 4 mil bolsas de sangue e mais de 4 mil vidas foram salvas.

O Dia Nacional do Doador de Sangue foi criado como uma forma de celebrar e agradecer os voluntários. “A data também tem o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre a importância da doação, que precisa ser feita de forma contínua, para que consigamos manter os estoques dos hemocentros em todo o país. Dependemos da ajuda de todos para continuar salvando vidas”, ressalta Ariane Iazorli.

O mês de novembro foi escolhido para celebrar a data porque, tradicionalmente, no fim do ano as doações costumam cair em função das festas de Natal e Ano Novo e do período de férias para muitos profissionais.

O analista de desenvolvimento, Fábio Santella trabalha na Santa Casa há um ano e meio. E há quase 17 anos, é doador de sangue. “Eu me coloco na pele das famílias e das pessoas que estão precisando. Eu me sentiria muito agradecido se alguém doasse sangue por mim. Então, me sinto muito feliz por poder estar contribuindo com outras pessoas”.

QUEM PODE DOAR?

Homens e mulheres entre 18 e 69 anos, com mais de 50 Kg e com boas condições de saúde. O voluntário também não pode fumar uma hora antes da doação e nem ingerir bebida alcoólica 24 horas antes. E é preciso apresentar um documento oficial com foto.

Para vir doar, o voluntário pode estacionar de graça no estacionamento PARAKI, que fica em frente à Santa Casa (Rua Paulino Botelho de Abreu Sampaio, 672).

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

DIA NACIONAL DO DOADOR DE SANGUE (25 DE NOVEMBRO) - 7h30 às 12h e das 14h às 16h.

DEMAIS DIAS:

Segunda a sexta-feira - 7h30 às 12h

Terças e quintas - 13h30 às 15h30

Sábados - 8h às 11 h

 

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

Segunda a sexta-feira - 8h às 15h

Contatos: (16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

SÃO CARLOS/SP - Uma galera pra lá de gente boa e de coração bom, com a Página no Facebook denominada como 'Opaleiros de São Carlos', sempre realizam ações beneficentes para ajudar as pessoas mais carentes. Esse ano não será diferente, porém devido a pandemina do novo coronavírus a galera resolveu realizar uma campanha de doação de alimentos que serão revertidos a uma instituição de caridade.

“Nós da organização conversamos bastante sobre a quem doar os alimentos e decidimos doar para os idosos do Abrigo Helena Dornfeld. Estamos aceitando todo tipo de alimentos não perecíveis. Será uma grande ajuda para a instituição” disse um dos organizadores.

Quem quiser fazer a doação, mas não tem como fazer a entrega, não se preocupe, basta entrar em contato no link da página OPALEIROS DE SÃO CARLOS que o pessoal vai até você. Vale lembrar que a arrecadação irá até dia 19 de dezembro e a entrega será no dia 20.

Não fique de fora desta linda ação!!!!!

Pontos de arrecadação:

*Auto Mecânica Grazzi

Rua: Nicodemo Senapeschi N°19 - Vila Marcelino, São Carlos - SP.

*Visual Car detalhamento automotivo

Rua: Dona Alexandrina N°1189 - Centro, São Carlos - SP.

*Eletrônica Sorriso autorizada Electrolux.

Rua: Dr. Bernardino de Campos N° 1278 - Vila Prado, São Carlos - SP.

*Bafuni Auto Mecânica

Rua: Mauro Tomaze N°169 - Itamarati, São Carlos - SP.

*Clínica Qualidade de Vida

Rua: Alfredo Lopes N°1140 - Jardim Macarengo, São Carlos - SP.

*SENISEG SEGUROS

Rua: Miguel Petroni N°2401 - Sala 7 Shopping Mall, Santa Felícia, São Carlos - SP.

Realização:

OPALEIROS DE SÃO CARLOS

GRUPO – NOSSO ANTIGO OFC

Em tempos de pandemia lavadora e secadora de piso ofertada pela Empresa Kärcher otimizará o tempo de higienização da instituição

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - O Hospital de Câncer de Ribeirão Preto recebeu a doação de uma Lavadora e Secadora de Piso KARCHER BR 30/4. A doação foi feita pela Kärcher, empresa líder mundial em soluções de limpeza. A entrega será realizada no dia 22 de outubro, às 15h, na sede da instituição.

O equipamento irá otimizar o tempo de limpeza, bem como algumas outras necessidades primordiais para um setor tão importante que está ligado diretamente à saúde dos pacientes, pois a lavadora permitirá uma limpeza mais segura e eficiente do local. Com ela será possível limpar até 200m² por hora, possibilitando uma maior frequência na higienização exigida, principalmente, durante os tempos de pandemia.

De acordo com o presidente do conselho curador do Hospital de Câncer de Ribeirão Preto, Antonio Carlos Maçonetto, ações de empresas de reconhecimento internacional, como é o caso da Kärcher, trazem ainda mais credibilidade para o hospital.

“A doação incentiva outras empresas a abraçarem a causa e também contribuírem com a finalidade da instituição que é atendimento àqueles que por algum motivo não conseguiram ter seus direitos garantidos”, afirma.

Para Antônio Henriques, diretor de vendas e marketing da Kärcher, a iniciativa foi um pequeno gesto de agradecimento à entidade.

“A Kärcher é feita de pessoas, e acreditamos que todas elas devem ajudar outras da forma que podem. Nós produzimos equipamentos de limpeza que são muito mais do que máquinas. Com eles, temos a nossa forma de ajudar: podemos transformar o dia a dia das pessoas, porque a limpeza eficiente transmite bem-estar e saúde”, explica.

Henriques também destaca que ações como essa são essenciais porque só trazem consequências positivas, para quem doa e para quem recebe. “Se todas as empresas doassem um pouco do que produzem, com certeza estaríamos caminhando para um futuro mais próspero para todos, finaliza”.

Mais informações sobre o Hospital de Câncer de Ribeirão Preto, fundação para pesquisa, prevenção e assistência do câncer podem ser obtidas através do site www.ribeiraocontraocancer.com.br, pelo número (16) 3878-9700 ou pelas redes sociais, na página do Facebook pelo link: www.facebook.com/hospitaldecancerribeirao/ ou pelo perfil @hospitaldecancerribeirao.

A sede do Hospital, sem fins lucrativos, está localizada na Rua Octávio Martins Braga, n° 50 no Residencial Flórida.

Sobre o Hospital do Câncer de Ribeirão Preto | Fundação SOBECCan

O Hospital de Câncer de Ribeirão Preto, mantido pela Fundação SobecCan, é o único hospital exclusivamente oncológico da região metropolitana de Ribeirão Preto (SP) e atua nas áreas de pesquisa, prevenção e assistência do câncer. A instituição realiza cerca de 800 atendimentos por mês, abrangendo, gratuitamente, 27 cidades da região.

É uma fundação de direito privado, sem fins lucrativos que existe há mais de 25 anos e conta com a ajuda da comunidade e de iniciativas privadas para manter todos os serviços para os pacientes, que recebem atendimento nas seguintes áreas: ginecologia, mastologia, oncologia, fisioterapia, psicologia (pacientes e familiares), odontologia e assistência social.

Todo trabalho é respaldado por voluntários identificados com a causa da instituição, por um quadro de funcionários envolvidos com a fundação e por um corpo clinico voltado aos pacientes que aqui são atendidos. Todos os membros da Diretoria Executiva, do Conselho Curador e Conselho Consultivo trabalham sem qualquer remuneração.

Sobre a Kärcher

Desde o início, a Kärcher sempre foi caracterizada por sua engenhosidade e pensamento inovador. A empresa foi fundada em 1935 pelo inventor Alfred Kärcher, quem começou a fabricar e comercializar suas ideias que culminaram em produtos pioneiros no campo da tecnologia de aquecimento. O grande marco da empresa líder mundial em soluções de limpeza aconteceu em 1950, com a invenção da primeira lavadora de alta pressão de água quente da Europa. Quando Alfred Kärcher morreu em 1959, sua esposa Irene continuou a obra de vida de seu marido até sua própria morte em 1989. Kärcher manteve-se uma empresa familiar até hoje, com sede em Winnenden, perto de Stuttgart e no Brasil, na cidade de Vinhedo.

SÃO CARLOS/SP - Durante a Campanha Outubro Rosa, o Fundo Social de Solidariedade de São Carlos arrecadará alimentos não perecíveis e, na troca, entregará aos participantes uma máscara facial de proteção na cor rosa. Todos os itens recebidos serão destinados a pessoas de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social. Para apoiar a iniciativa, a Via Armênia, no Iguatemi São Carlos, também é um ponto de coleta e fará a entrega da máscara a todos que fizerem a doação de alimentos. Os interessados poderão colaborar com a ação ao longo de todo o mês, ou enquanto durarem os estoques de máscaras.

É o oitavo ano consecutivo que o Fundo Social de Solidariedade promove a Campanha Outubro Rosa, que visa compartilhar informações sobre o câncer de mama, conscientizar quanto aos riscos da doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

 

Serviço

Shopping Iguatemi São Carlos

Endereço: Passeio dos Flamboyants, 200, São Carlos

Informações: www.iguatemi.com.br/saocarlos

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral