fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Ivan Lucas

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

BRASÍLIA/DF - Com o objetivo de minimizar os impactos econômicos com o isolamento social, o governo decidiu antecipar os feriados deste ano para o período de quarentena. A informação foi dada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante uma videoconferência com empresários do setor varejista, organizada pela Conferência Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O ministro explicou ainda que a alteração já foi autorizada há algumas semanas, mas não soube, no entanto, dar mais detalhes. A medida visa compensar o período de comércio com portas fechadas.

O assunto entrou em pauta quando um empresário fez justamente essa sugestão, alegando que passada a crise do coronavírus, os pequenos e microempresários precisarão abrir mais dias e, assim, terem a chance de vender mais. Em um primeiro momento, Paulo Guedes disse que a ideia de antecipar todos os feriados de 2020 para esta quarentena, era muito positiva. “Essa proposta de antecipação dos feriados, trazer tudo para agora e deixar o Brasil para retomada e para a recuperação, é uma excelente sugestão. Pegar os feriados do ano inteiro e jogar para essa fase, já que estamos no isolamento. Estamos passando nossos sábados, domingos e feriados juntos, de uma vez. Até porque, quando sairmos, vamos ter vontade de sair, comprar, abraçar os amigos, ir para restaurantes, vamos precisar disso, até do ponto de vista de ressurreição espiritual”, respondeu o ministro.

Ainda durante a conferência, o ministro se corrigiu, garantindo que a medida já havia sido adotada pelo governo e que ele soube da proposta há cerca de três semanas. “Nós já autorizamos a antecipação dos feriados. Foi pedida agora, nós já tínhamos autorizado”, falou aos empresários. Paulo Guedes foi adiante: “É com satisfação que digo que a antecipação dos feriados, que foi sugerida aqui, que eu fiquei animado. Fico animado com uma boa ideia, fiquei animado com essa ideia três semanas atrás, e já foi antecipado. Então, para você ver que grande notícia. Já aconteceu.”

 

*Por: VEJA.com

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria de Serviços Públicos comunica que, a partir desta segunda-feira (06/04), o horário de atendimento dos cinco ecopontos da cidade será alterado por causa das medidas de contenção para redução a da COVID-19 no município.

A Prefeitura já havia limitado a entrada de pessoas nas cinco unidades dos ecopontos (São Carlos VIII, Jardim Paulistano, Jardim Ipanema, Cidade Aracy e Jardim Medeiros), porém, agora, viu a necessidade de reduzir os horários de atendimento.

Os ecopontos são áreas públicas para a captação de pequenas quantidades de entulho de pequenos geradores. As unidades recebem resíduos de construção civil, além de móveis, colchões, poda de árvore e, também, material da coleta seletiva. O descarte permitido é de até um metro cúbico por pessoa, ou seja, o volume que cabe em um veículo utilitário pequeno.

Por isso, a partir desta segunda (06/04) os cinco ecopontos vão funcionar de segunda a quinta-feira das 8h às 17h e nas sextas-feiras das 8h às 16h. Sábados, domingos e feriados permanecem fechados.

“Como as pessoas estão em casa, já fazem esse descarte durante a semana, portanto não temos necessidade de oferecer, neste momento, o serviço aos fins de semana. Mas continuaremos fazendo o controle de entrada, sendo um por vez, até porque as pessoas não vão sozinhas, sempre tem mais um ou dois juntos para descarregar os resíduos”, explica Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos.

Confira os endereços: São Carlos VIII- Rua Capitão Luiz Brandão, 1.847; Jardim Paulistano- Rua Indalécio de Campos Pereira, 1.120; Jardim Ipanema- Rua Renato Talarico Lima Pereira, 299; Cidade Aracy- Avenida Arnoldo Almeida Pires, 1.507 e Jardim Medeiros – Rua Aristodemo Pelegrini, s/nº.

Inscrições também estão suspensas devido à pandemia de Covid-19

 

SÃO CARLOS/SP - O II Simpósio de Pesquisa e Inovação em Materiais Funcionais (SPIMF), inicialmente previsto para acontecer nos dias 18 e 19 de maio na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foi adiado devido à pandemia de Covid-19 e ainda não tem uma nova data para a sua realização. As inscrições de trabalhos e para participação também estão suspensas.
O evento é uma realização do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF). O objetivo é divulgar os avanços mais recentes nas diversas linhas de pesquisa em Materiais, com apresentação de trabalhos nos seguintes temas: Optoeletrônica; Síntese de Materiais Funcionais; Educação e Difusão em Materiais; Teoria Computacional; Energia; Saúde; e Meio Ambiente.
O Simpósio é destinado a pesquisadores em todos os níveis, desde a iniciação científica até o pós-doutorado, docentes, técnicos e quaisquer outras pessoas interessadas em conhecer melhor a área. Um diferencial do SPIMF é que a organização do evento está a cargo de jovens pesquisadores, na pós-graduação ou pós-doutorado. Mais informações em www.cdmf.org.br/spimf.
O SPIMF tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

 

CDMF
O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela Fapesp, e recebe também investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN). Multidisciplinar e com inserção internacional, o Centro reúne pesquisadores da UFSCar, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade de São Paulo (USP), Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Centro de Tecnologia de Informação Renato Archer (CTI).
O CDMF atua no desenvolvimento de materiais funcionais e nanoestruturados, que buscam atender as novas demandas da sociedade em três áreas estratégicas: Energia, Saúde e Meio Ambiente e Sustentabilidade. Mais informações em cdmf.org.br.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informou neste domingo (05/04) a situação epidemiológica do município para a COVID-19.

São Carlos contabiliza até o momento, 4 notificações de SUSPEITOS em isolamento domiciliar. Neste domingo (05/04) o Instituto Adolfo Lutz liberou o resultado de mais 7 exames, todos negativos para a COVID-19. Os exames são de pessoas que estavam em quarentena.

Já o número de pessoas internadas caiu de 23 para 22, sendo 12 adultos (enfermaria), 2 crianças (enfermaria), 5 adultos em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 1 criança em UTI. Outras 2 pessoas de outros municípios continuam internadas em São Carlos, sendo 1 na enfermaria e 1 na UTI.

Um homem de 41 anos, de São Carlos, internado desde o dia 31 de março em hospital da cidade, faleceu na manhã deste domingo (05/04). A amostra do exame desse paciente foi coletada e enviada ao Instituto Adolfo Lutz e também foi encaminha para laboratório particular.
O município contabiliza neste momento 3 casos confirmados, 33 descartados e 10 mortes SUSPEITAS em investigação.

Do dia de 21 de março até este domingo (05/04), 892 pessoas já passaram pelo sistema público e privado com sintomas de síndrome gripal leve e foram colocadas em isolamento domiciliar por 14 dias.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Abril 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Comércio e Serviços em Geral