fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Murilo Huff mostra filho com Marília Mendonça falando inglês e desenvoltura impressiona Instagram

Murilo Huff mostra filho com Marília Mendonça falando inglês e desenvoltura impressiona

Escrito por  Abr 25, 2022

SÃO PAULO/SP - Murilo Huff fez um carinho no coração dos fãs de Marília Mendonça ao compartilhar um pouquinho do desenvolvimento de Léo, de 2 anos de idade, fruto de seu relacionamento com a cantora, morta em um acidente de avião em novembro de 2021.

Nas imagens publicadas no feed do sertanejo (veja abaixo!), Léo aparece feliz, correndo para os braços do pai, que enche o menino de carinho. Mas foram os vídeos dos Stories que deixaram os fãs impressionados. Nas imagens, o menino de apenas 2 anos de idade aparece falando uma sequência de cores, em inglês. Veja o vídeo na galeria acima!

Ao assistirem aos vídeos, fãs de Marília Mendonça se emocionaram. "Ela está orgulhosa", opinou uma seguidora. "Com certeza! Ela fez a melhor escolha", concordou mais uma, referindo-se a Murilo Huff. "Tá faltando a Marília aí. É difícil de ver esses dois sem ela estar junto", lamentou um fã. "Léo é a cópia mais linda da Marília", afirmou uma internauta, referindo-se à semelhança com menino com a mãe.

 

Léo teve doença e trauma após morte de Marília Mendonça

Quando Marília Mendonça morreu, Léo ainda não tinha nem 2 anos de idade, mas o emocional do menino ficou abalado pela ausência da cantora. Prova disso é que, segundo Ruth Moreira, mãe da sertaneja, o neto adquiriu uma diabete emocional depois da morte da mãe.

"Eu voltei [para casa] e o Leo esperando, esperando, e ela [Marília] não voltava. Ela sempre ia [para os shows] e voltava. Aí, ele adoeceu. Deu uma diabetes emocional. Foi pra 430 [a taxa de] glicose dele. Coisa de bebê da idade dele entrar em coma", revelou em entrevista ao colunista Léo Dias.

Segundo Ruth, que compartilha a guarda de Léo com Murilo Huff, a saúde do menino, com o passar do tempo, voltou ao normal. "De início, foi muito rápido, eu peguei uma doutora que já entrou com a insulina no mesmo dia porque pensou até que precisasse internar ele, mas ele tava normal. Começou com doses altas e depois passou. Tem meses que ele não toma insulina", garantiu.

O que não normalizou, no entanto, foi o medo que Léo adquiriu de fazer chamadas de vídeo. Segundo Ruth, como Léo passou a ver a mãe apenas por vídeos do celular, ele acredita que quando a pessoa aparece na tela não vai mais voltar. Com isso, chora copiosamente quando tentam falar com ele por vídeo. "Quando não estou com ele até parei de ligar de vídeo porque isso não faz bem a ele", pontuou.

 

 

Carmen Moreira / PUREPEOPLE

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Maio 2022 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Aviso de Privacidade

Este site utiliza cookies para proporcionar aos usuários uma melhor experiência de navegação.
Ao aceitar e continuar com a navegação, consideraremos que você concorda com esta utilização nos termos de nossa Política de Privacidade.