fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SANTA RITA DO PASSA QUATRO/SP - Estamos vivenciando uma grave crise devido a Covid-19 e, graças a falta de aulas nas escolas e os ventos própricios à cultura de soltar pipas, muitas crianças e jovens aderem à uma prática muito perigosa, o uso de linhas cortantes. No final de semana em Santa Rita, o retrovisor de um carro foi atingido por uma linha cortante e felizmente ninguém se feriu.

Os Policiais Militares estão compromissados com a integridade física das pessoas e resguardar vidas é a nossa missão. Os Militares estão empenhados na fiscalização do uso desse material e advertindo que soltar pipas com linhas cortantes e também sua fabricação é crime conforme a lei Lei nº 17.201, de 4 de novembro de 2019 de São Paulo, que proíbe o uso de cerol ou de qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de papagaios ou pipas.

Em seus artigos a lei destaca que ficam proibidos o uso, a posse, a fabricação e a comercialização de linhas cortantes compostas de vidro moído conhecido como cerol, bem como a importação de linha cortante e industrializada obtida por meio da combinação de cola madeira ou cola cianoacrilato com óxido de alumínio ou carbeto de silício e quartzo moído, ou qualquer produto ou substância de efeito cortante independente da aplicação ou não destes produtos nos fios ou linhas, conhecido como linha chilena/linha indonésia, utilizadas para soltar pipas.

O descumprimento desta lei acarretará ao infrator, quando pessoa física, o pagamento de multa.

Quando o infrator for menor de idade os pais ou os responsáveis responderão pelo menor.

O estabelecimento que for flagrado comercializando linha cortante será autuado, acarretando aplicação de multa e também poderá ter sua inscrição estadual cancelada.
Lembramos a todos que estamos em época de pandemia e o distanciamento social bem como o uso de máscaras são as únicas maneiras possíveis que temos no momento para conter o avanço da Covid-19, orientamos os país e responsáveis das crianças que olhem e conversem com seus filhos sobre o perigo da prática de soltar pipas com linhas cortantes.

Crianças se divirtam de maneira segura e responsável.

IBATÉ/SP - Por conta do período de quarentena e da suspensão das aulas, medida necessária para o controle da disseminação do novo Coronavírus [Covid-19], crianças, jovens e até adultos tem desrespeitado as normas de isolamento social, soltando pipas em vias públicas e nos campinhos de futebol.

Para evitar a aglomeração nos espaços públicos e promover a segurança e conscientização da população, a Prefeitura de Ibaté, por meio da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Fiscalização, antecipou a campanha “Cerol Mata”.

A campanha tem o objetivo de fazer cumprir a Lei Municipal n°2172/05, que proíbe o comércio, a fabricação e o uso de cerol, resultando em multa para quem for pego com o material cortante.

“Porém, como estamos em período de quarentena, além do uso do cerol, a Guarda Municipal vai orientar as crianças, jovens e adolescentes para que evitem a aglomeração nos espaços públicos. Do outro lado, também estamos orientando sobre os riscos do uso dessas linhas, que podem causar graves acidentes, além de explicar sobre os riscos de ficar nas ruas durante uma pandemia”, comentou o comandante da GM, Vitor Reis.

Durante a pandemia do novo Coronavírus é necessário que a população tenha consciência da importância do isolamento social. “Quarentena não é férias! O distanciamento social é primordial para diminuir o contágio do vírus e preservar a saúde da população”, disse o comandante.

O Conselho Tutelar também vai realizar uma operação para coibir o descumprimento das regras de isolamento social pelos menores de idade. “Solicitamos a compreensão, atenção e a responsabilidade de todos”, finaliza Vitor Reis.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30