fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

PIRACICABA/SP - Os policiais militares apreenderam 22 tijolos de maconha com 20kg, na residência de um casal, no bairro Paulista, na cidade de Piracicaba. Parte do entorpecente estava escondido debaixo de um berço. Os dois suspeitos, um motoboy de 23 anos e uma manicure de 20 anos, foram presos e responderão as acusações de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ambos ficaram presos até serem apresentados às respectivas audiências de custódia.

A PM informou que os policiais da Força Tática decidiram abordar o motoboy que tinha acabado de sair de uma casa e parou abruptamente quando avistou a viatura, despertando a atenção dos policiais. Ele teria sido flagrado segurando uma sacola com dois tijolos de maconha. Questionado se ele tinha mais drogas, inicialmente, ele negou, mas depois teria confirmado que guardava mais droga, na casa, onde residia com sua namorada.

Os policiais entraram na casa e encontraram a manicure. Ela alegou que não conhecia o suspeito e que o rapaz não morava em sua residência, mas depois acabou confessando que ele é seu namorado.

No quarto do casal, debaixo de um berço, os PMs teriam localizado 12 tijolos de maconha. No guarda-roupas, mais oito tijolos.

O casal foi conduzido ao plantão policial, onde o delegado Mário Bortoleto Torina decidiu autuá-los em flagrante. Os suspeitos não informaram a procedência ou fornecedor da droga.

Durante depoimento, a manicure alegou que não sabia da existência da droga em sua casa, mas o delegado levou em conta que os tijolos de maconha teriam sido localizados no quarto do casal e no mínimo, o entorpecente deixaria odor forte no interior do imóvel.

O delegado também pediu na Justiça que a prisão em flagrante do casal fosse convertida em preventiva. O casal permaneceu preso até ser apresentado à audiência de custódia.

 

 

*Por: Cristiani Azanha / JORNAL DE PIRACICABA

RIO CLARO/SP - A cidade de Rio Claro recebeu na sexta-feira (26) mais um importante apoio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) para o enfrentamento à pandemia de coronavírus. Foram doados ao município 5.400 frascos de álcool gel, 5.000 máscaras cirúrgicas e 600 protetores faciais.

“Mais uma vez contamos com a colaboração do Ciesp, Fiesp e Senai, que têm sido parceiros do município e têm nos ajudado a enfrentar este momento de dificuldade”, observa o prefeito João Teixeira Junior. “As parcerias, mais do que nunca, são fundamentais para que consigamos juntos superar esta pandemia”, agradece Juninho.

“Os equipamentos doados representam itens de primeira necessidade no atendimento à Covid-19 e serão utilizados nas unidades de saúde do município”, destaca Maurício Monteiro, secretário de Saúde.

Conforme lembrou João Zaine, gerente regional do Ciesp, a doação se soma a outras ações que vêm sendo realizadas em parceria com Sesi, Senai e Fiesp em Rio Claro. “Mais de 30 mil refeições já foram servidas pelo Sesi a pessoas carentes e também foram entregues máscaras para a Santa Casa de Rio Claro e Casa de Saúde Bezerra de Menezes, que também recebeu álcool em gel”, informa João Zaine. Em outra frente de trabalho, o Senai realizou manutenção e recuperou respiradores para serem utilizados na rede pública de saúde.

Também participaram da entrega dos itens Marcelo Costa, diretor do Senai Rio Claro, e José Tadeu Leme, diretor da Fiesp Rio Claro.

 

 

*Por: PMRC

Setor de alimentação fora do lar deve sofrer queda de 40% nas vendas em 2020

Campinas/SP - A Abrasel RMC (Associação Brasileira de bares e Restaurantes da Região Metropolitana de Campinas) entende que a preservação de vidas neste momento de pandemia pela Covid-19 é de extrema importância. Ao mesmo tempo, observa com apreensão ainda maior as medidas anunciadas nesta sexta-feira, dia 26 de junho, por parte dos governos Estadual e municipal, prorrogando a Quarentena por mais 14 dias, até o dia 14 de julho, definindo com que Campinas permaneça na fase laranja.

É importante lembrar que o setor de bares e restaurantes, um dos maiores geradores de empregos do Brasil, é um dos mais impactados com o prolongamento da quarentena, que deverá atingir 121 dias no dia 14 de julho. Um tempo longo – 100 dias de portas fechadas – representa até o momento 15 mil demissões e 20% (2,4 mil) dos estabelecimentos já fechados. Números estes que vão subir nos próximos dias.

E extremamente importante que a administração municipal olhe o setor com atenção ao longo da próxima semana. Os bares e restaurantes da RMC possuem um rígido protocolo para reabertura, garantindo toda a segurança e saúde aos clientes. Tais medidas, embasadas em normas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e entidades de saúde, sempre estiveram presentes no dia a dia do setor.

Na próxima semana, a Abrasel RMC fará uma intensa campanha junto ao setor para reforçar as medidas de segurança e pedir a ajuda e apoio dos estabelecimentos no rigoroso cumprimento das normas e protocolos recomendados.

Hoje, por todas as exigências impostas pelas autoridades de vigilância, o setor é um dos que impõe menor risco de disseminação do vírus. Outras atividades com menor controle e sem a mesma capacidade do setor de garantir distanciamento das pessoas continuam abertos

O ponto positivo hoje foi o ajuste no Plano São Paulo, ao considerar os bares e restaurantes da Capital na faixa amarela na reabertura, com sugestões feitas pela Abrasel RMC, como a troca de áreas livres por áreas arejadas. “Conseguimos sensibilizar o secretário Marco Vinholi, que a forma como estava o Plano São Paulo inviabilizaria a abertura de 90% dos restaurantes e bares do Estado”.

PERDAS

Estudo divulgados nesta semana pela empresa IPC Maps estima que as famílias da região devem gastar neste ano R$ 91.804 bilhões, contra os 97.157 bilhões de 2019. Com 1.129.260 domicílios, a RMC responde por 2,05% do consumo nacional. A região ocupa a sétima posição no ranking nacional e o 2º lugar no Estado de São Paulo, com um PIB per capta urbano de R$ 27.698,47.

Segundo o levantamento, a expectativa é de que o consumo com alimentação fora do lar (restaurantes, Bares, padarias e afins) neste ano atinja R$ 3.575 bilhões, inferior aos R$ 5.949 bilhões de 2019, uma queda de 39,91%. Em três meses de quarentena, que representam um 25% do ano, já tivermos uma queda de 20% na região”, afirma o presidente da Abrasel RMC Matheus Mason

Mason lembra, ainda, que no inicio deste ano, antes da pandemia, as projeções da entidade apontavam para uma leve recuperação, iniciada no final de 2019. “Para atenuar esta retração forte, precisaremos, mais do que nunca, de políticas de incentivos que cheguem aos pequenos negócios, linhas de crédito e reformas estruturantes”, acredita. “Estas três ações vão ser fundamentais para que o setor volte a contratar, reduza seus custos operacionais e gere vendas quando esta crise econômica e sanitária terminar”.

ARARAQUARA/SP - Dom Eduardo Malaspina, Bispo Auxiliar de nossa Diocese de São Carlos assumiu nesta última terça-feira (23) a Paróquia São Bento na cidade de Araraquara.

De forma provisória, tendo em vista a Pandemia do COVID-19 e a dificuldade em provisionar um pároco no momento atual, Dom Eduardo foi nomeado por Dom Paulo Cezar Costa a referida paróquia como Administrador Paroquial.

Vale ressaltar que Dom Eduardo Malaspina segue como Bispo Auxiliar da Diocese de São Carlos.

 

 

*Por Sidney Prado

ITIRAPINA/SP - A equipe de combate à Dengue informa que, por causa da pandemia (Covid – 19) teve de mudar a rotina de trabalho durante as visitas nas casas, o que pode estar causando estranhamento em algumas pessoas.Antes da pandemia, o morador (a) e/ ou quem atendia é que assinava a planilha.

Atualmente, por questão de segurança sanitária, os membros da equipe estão solicitando a assinatura e sim o nome completo e data de nascimento da pessoa que atendeu e de todos da casa, se possível.

É preciso ressaltar que a eliminação de criadouros do mosquito transmissor da Dengue (Aedes aegypti) tem de ser constante. Mantenha os quintais limpos, principalmente agora. Já há doentes demais no País e no mundo.

 

 

*Por: PMI

Rio Claro retrocedeu na flexibilização das atividades comerciais e a partir de hoje (25) podem funcionar apenas os estabelecimentos e serviços essenciais. A medida anunciada na última segunda-feira (22) pelo prefeito João Teixeira Junior, foi baseada em critérios técnicos que apontaram agravamento na situação da pandemia no município.

“A nossa opção sempre será pela saúde e pela vida”, destaca o prefeito Juninho, acrescentando que não gostaria de ter que tomar essa decisão, mas neste momento ela se faz necessária. “Durante os dias em que foi permitido o funcionamento do comércio vimos uma busca desenfreada de parte da população aos estabelecimentos comerciais, inclusive sem adotar cuidados preventivos, como uso de máscaras”, observa o prefeito.

Em princípio, a suspensão no funcionamento do comércio será por 10 dias e após esse período a situação será reavaliada. “A doença tem avançado no município e alcançou um patamar bastante preocupante”, destaca Maurício Monteiro, secretário de Saúde, lembrando que o município está investindo na ampliação da estrutura de atendimentos, com contração de leitos e compra de equipamentos. “Critérios técnicos foram avaliados e nortearam a decisão de retroceder na flexibilização para evitar que a doença faça mais vítimas”, acrescenta Maurício.

A partir de autorização estadual, imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e shopping puderam voltar a funcionar no dia primeiro de junho. De lá para cá a situação da Covid-19 em Rio Claro piorou. Até 31 de maio eram 107 casos positivos da doença, na segunda-feira (22) o município chegou a 593 casos, um aumento de 454%. Os óbitos saltaram de 13 para 25, um aumento de 92%. Um outro dado preocupante e determinante para a decisão tomada é o número de pessoas internadas, com aumento de 295% em comparação com o período anterior à flexibilização. Na segunda-feira o município alcançou 100% de ocupação dos leitos hospitalares.

Decreto com informações sobre o retrocesso na flexibilização à fase vermelha em Rio Claro está sendo publicado na edição de terça-feira (23) do Diário Oficial. Com isso, voltam a vigorar as regras anteriores à flexibilização, em que estão autorizados a funcionar apenas os estabelecimentos comerciais considerados essenciais, como supermercados, padarias e farmácias. As concessionárias de veículos também poderão continuar funcionando. O decreto do prefeito também estabelece novo prazo de 60 dias para o corte no fornecimento de água por falta de pagamento.

 

 

*Por: PMRC

LEME/SP - Um homem de 26 anos foi encontrado morto com três tiros na cabeça, por volta das 11h desta última quarta-feira (24), na Rua Alberto Adolfo Amadeu, no Jardim Santa Marta, na cidade de Leme. Ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, trabalhadores de uma empresa localizada próxima ao local onde o corpo de Adriel da Silva de Oliveira foi encontrado entraram em contato com a Polícia Militar às 11h15 para relatar o ocorrido.

Ainda segundo a Polícia Civil, a vítima já tinha passagens ela Justiça e havia sido presa, mas os antecedentes criminais não foram divulgados.

O caso foi registrado como homicídio e o corpo da vítima passará por perícia. A Polícia Civil deve apurar se a vítima possuía algum desafeto para levantar suspeitos de ter cometido o crime.

 

 

*Por G1 São Carlos e Araraquara

MONTE MOR/SP - Os policiais militares do 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) descobriram um desmanche clandestino de veículos na tarde desta terça-feira (23), em um galpão, nas Chácaras Recreio Umuarama, em Monte Mor. Um acusado de participar da quadrilha foi preso. De acordo com o Batalhão, parte das peças pertencia aos veículos roubados na manhã do mesmo dia, em Araras.

Segundo o tenente Johnny, do 10º Baep, após o trabalho de Inteligência do Batalhão, conseguiram chegar à identidade de um dos envolvidos que residia em Monte Mor. Os policiais foram até a casa do rapaz, onde ele foi localizado. Ele teria relatado o endereço de um galpão, na mesma cidade, onde estariam os veículos roubados.

“O galpão era monitorado por câmeras e assim que os suspeitos perceberam a aproximação da polícia, eles fugiram pelos fundos. No local, constatamos que parte das peças pertencia aos veículos roubados hoje (ontem) em Araras”, disse o tenente.

O ROUBO

Cinco homens armados invadiram a loja Edson Veículos, em Araras, renderam as pessoas que estavam pelo local e fugiram levando cinco caminhonetes. As vítimas foram vítimas de sequestro relâmpago e foram deixadas na região da Fazenda Santana, zona rural de Araras. A polícia apura as identidades dos outros envolvidos na ação criminosa.

 

 

*Por: Cristiani Azanha / JORNAL DE PIRACICABA

ARARAS/SP - O prefeito Junior Franco anunciou na noite desta terça-feira (23) novas medidas restritivas de combate ao novo coronavírus (covid-19). O comércio varejista volta a fechar a partir do próximo sábado (27), e os estabelecimentos considerados essenciais terão horários restritos de atendimento ao público, com exceção de farmácias e drogarias.

O anúncio oficial ocorreu durante Live no Facebook da Prefeitura, com a participação do prefeito Junior Franco, do vice Carleto Denardi e do diretor técnico da Santa Casa, o médico Helder Camargo Preto Junior. O secretário municipal de Saúde, Itacil Luiz Zurita Filho, não participou da Live por estar em isolamento domiciliar, após ter sido contaminado pelo vírus da covid-19.

Durante seu pronunciamento, o prefeito ressaltou que precisou tomar medidas mais drásticas para combater a propagação do vírus da covid-19 na cidade, pois os números de casos aumentaram nas últimas semanas. Nas últimas 24 horas, Araras registrou 4 novas mortes, totalizando 8 óbitos pela covid-19 na cidade.

Segundo o prefeito, os motivos pelo aumento do número de casos não estão relacionados exclusivamente à volta do funcionamento do comércio nas últimas semanas, e sim por vários fatores. Por este motivo, a Prefeitura anunciou essas novas medidas e já adiantou que vai intensificar a fiscalização na cidade, não só no comércio, mas também nas aglomerações de espaços públicos.

Um Decreto Municipal será publicado nesta quarta-feira (24), com mais detalhes sobre as novas medidas restritivas. Basicamente, as alterações serão essas:

Comércio varejista não essencial:

• Fechado a partir do próximo sábado, dia 27, até dia 12 de julho.

• Não será permitido abrir meia porta do estabelecimento para drive thru. Permitido somente serviço de delivery (entrega em domicílio).

Ramo alimentício

• Continua proibido o atendimento ao público no estabelecimento, mas está permitido o serviço de entrega em domicílio (delivery) e busca no local (drive trhu), como acontece atualmente.

• Neste sistema de drive trhu não será permitido aglomeração de pessoas nas calçadas. Cada estabelecimento terá que se adaptar para atender os clientes nos veículos para retirada do produto.

Novo horário de atendimento do comércio essencial, de 27 de junho a 12 de julho:

(supermercados, padarias, postos de combustíveis, oficinas mecânicas etc)

• Segunda a Sexta: Das 8h às 18h

• Sábado: Das 8h às 13h

• Domingo: Fechado

A única exceção são as farmácias e drogarias, que poderão funcionar normalmente em qualquer horário.

 

 

 

Secom/Prefeitura de Araras

IBATÉ/SP - Nesta última quarta-feira, 24 de junho, Ibaté completou 127 anos e, diferentemente da sua tradição, não haverá comemorações por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Para quem não lembra, no ano passado, o calendário dos 126 anos contou com a apresentação da Esquadrilha da Fumaça, Festival de Balonismo, Paramotores, Moto Festival, inaugurações e diversos shows, em especial, da Banda IRA e da dupla sertaneja Guilherme & Santiago.

O Rodeio de Ibaté, um dos maiores e melhores eventos do país no segmento, que seria realizado nesse ano, também teve de ser adiado para o próximo ano. “A gente fica muito triste de não poder comemorar o aniversário da nossa cidade, da forma que ela merece, mas temos que continuar vigilantes e entender que esse momento enfrentado pelo mundo, impede qualquer tipo de aglomerações de pessoas”, comentou o prefeito José Luiz Parella.

Nem mesmo o tradicional desfile cívico vai encantar as ruas e avenidas centrais da cidade. Nesta quarta-feira, o colorido das crianças será substituído pelo vazio que a pandemia exige e o encanto do ato cívico ficará para o ano que vem.

Aliás, não foram apenas as comemorações do aniversário da cidade que não puderam ser realizadas. A tradicional Festa do Trabalhador, no dia 1º de maio, que proporcionava alegria, lazer e entretenimento aos ibateenses, com diversos shows e sorteio de prêmios, também ficou para o próximo ano.

“Esperamos que tudo isso acabe logo e que o mundo volte a sua normalidade. Ibaté é uma cidade que cresce e mantém viva sua história e suas conquistas. Aproveito para parabenizar cada cidadão ibateense que, mesmo com tudo o que está acontecendo, não perde a sua fé e continua lutando pelo progresso e crescimento da nossa cidade. Parabéns, Ibaté”, finaliza Zé Parrella.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31