fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Neymar é acusado de forçar ato sexual e perseguir funcionária da Nike, diz jornal Getty Images

Neymar é acusado de forçar ato sexual e perseguir funcionária da Nike, diz jornal

Escrito por  Maio 28, 2021

EUA - Neymar teve seu nome envolvido em uma nova polêmica! Dois anos após o arquivamento das acusações de estupro e agressão de Najila Trindade por falta de provas, o jogador do Paris Saint-Germain teria tido seu contrato com a Nike rompido por um suposto caso de assédio sexual contra uma funcionária da empresa. As informações são da reportagem do americano "Wall Street Journal".

 

Funcionária acusa Neymar de forçar sexo oral

O caso teria acontecido no final de maio e início de junho de 2016 em Nova York, nos Estados Unidos. Após um evento importante, Neymar teria ficado embriagado depois comemorar com um grupo na boate Up & Down e recebido ajuda da funcionária e mais um empregado da Nike a entrar em seu quarto do hotel. Na época, a função da profissional era administrar os eventos e logística do jogador de futebol e sua comitiva pelo local.

Aos amigos da empresa, a funcionária contou que ficou sozinha com Neymar em um curto tempo, mas que ele teria tirado a cueca e a forçado a fazer sexo oral nele. Segundo dito pela publicação, o atleta a impediu de sair do quarto e perseguiu pelo corredor do hotel sem roupas.

A suposta vítima apresentou uma reclamação à Nike em 2018 e as acusações teriam ido parar na Justiça em 2019. "Também reconhecemos que esta tem sido uma experiência longa e difícil para ela", declarou a empresa.

 

Neymar rompeu contrato milionário por falta de cooperação

O "The Wall Street Journal" noticiou também que a Nike teria terminado o contrato miliário depois de oito anos de parceria ao começar com as investigações da acusação feita pela funcionária, que prefere manter sua identidade oculta.

"A Nike encerrou seu relacionamento com o atleta porque ele se recusou a cooperar em uma investigação de boa fé", escreveu. Ainda pela postagem, o jornal classifica as denúncias da funcionária como "confiáveis" e que teria acontecido "atos indevidos" no episódio.

 

Investigação da Nike 'não foi conclusiva'

Na época, a marca não expôs as suspeitas com relação a Neymar e ele se tornou em pouco tempo o novo rosto da Puma, que tem Maísa Silva e sua ex Bruna Marquezine como uma das principais porta-vozes no Brasil. Os dois deram fim a relação marcada por idas e vindas em outubro de 2018 por decisão dele.

"Seria impróprio para a Nike fazer uma declaração acusatória sem ser capaz de fornecer fatos que a respaldem", disse a matéria. A investigação na empresa "não foi conclusiva".

 

Neymar nega acusação de abuso sexual

De férias pelo Brasil, Neymar se manifestou através de sua assessoria de imprensa e negou a acusação. A equipe do craque declarou ainda que, caso uma denúncia seja formalizada, ele irá se defender dos "ataques infundados".

 

 

*Por: Rahabe Barros / PUREPEOPLE

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        
Propagandas gratuitas right 2