fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO CARLOS/SP - A frente fria que derrubou as temperaturas em várias regiões do país animou os lojistas de São Carlos. Os dias mais frios aumentaram a expectativa de vendas das peças do estoque da coleção de inverno.

A empresária Claudia Schiavone Barberio, proprietária da loja Me Mola, ressalta que sempre acha bom quando as temperaturas baixam. “Sempre acho bom quando o tempo muda, ainda mais, porque colocamos as roupas mais quentes de inverno com desconto, pois já iniciamos coleção de primavera verão”, contou. “Sempre tenho uma arara com descontos aqui, mas em especial, mais essa de roupas de frio”, completou.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC), José Fernando Domingues, esse é mais um momento que os lojistas encontram a oportunidade de aumentarem suas vendas. “Sabemos do momento de pandemia que estamos passando e das dificuldades enfrentadas pelos nossos comerciantes. Portanto, eventos como essa frente fria, acabam sendo importantes para aquecer as vendas no comércio local”, enfatiza.

Para a proprietária da Harmonia Tudo Bem, a frente fria ajuda melhorar as vendas na loja. “A procura por peças estilosa e quentinhas, é maior com a baixa na estação”, contou. Ela relata que aproveitou para realizar algumas promoções. “Temos peças promocionais com até 60% de desconto”, afirmou.

Zelão lembra que a ampliação do horário de funcionamento para 8 horas diárias também trouxe boas expectativas para os comerciantes. “Com a ampliação do horário, os consumidores têm mais confiança de sair de casa para fazer suas compras e, do outro lado, os lojistas conseguem dar um atendimento muito melhor e mais seguro para seus clientes”, afirmou.

Por conta da pandemia, muitos lojistas não fizeram grandes investimentos na coleção de inverno e aproveitaram para queimar o estoque que já tinham e estava aguardando o frio chegar para vender.

 

SÃO CARLOS/SP - A primavera de 2020 começa nesta 3ª feira (22), às 10h31, no horário de Brasília, e prossegue até às 7h02 do dia 21 de dezembro. Em quase todo o Brasil, a primavera é uma estação de transição do clima seco e frio do inverno para o clima quente e úmido do verão.

Neste ano, porém, o cenário deve ser diferente devido ao fenômeno La Niña, que modifica o padrão de chuva e de temperatura em diversas regiões do planeta. A expectativa é de que este evento seja fraco e de curta duração, mas provoque temperaturas abaixo da média.

Em São Carlos, o dia começou chuvoso, mas o sol aparece entre nuvens, mas pode chover a qualquer momento. Segundo o Clima Tempo, em São Carlos a mínima é de 15° e a máxima de 22°.

Tendência climática para a Primavera 2020

 

SÃO CARLOS/SP - Está frio aí? A receita que vamos ensinar além de saborosa vai esquentar um pouco e te deixar muito satisfeito, pode acreditar.

Com o frio de agosto é praticamente impossível não implorar por uma comidinha quente, perfeita para ficar debaixo das cobertas. E você já parou para pensar que nessa época do ano a ervilha pode ser um ingrediente essencial? Com ela, você consegue preparar receitas veganas incríveis, sopas, purês, saladas, caldos e muito mais!

O que não vai faltar é sabor e uma alimentação de qualidade. Rico em nutrientes, esse legume versátil resulta em pratos maravilhosos e extremamente saborosos! Gostou dessa opção para um almoço ou jantar quentinho? Vamos la?

Caldo de ervilha com bacon

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de ervilha seca
  • 7 xícaras (chá) de água
  • 1 folha de louro
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 xícaras (chá) de bacon em cubos
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 cenoura ralada
  • 1/2 xícara (chá) de cheiro-verde picado
  • Sal e noz-moscada ralada a gosto
  • Bacon em cubos frito para polvilhar

Modo de preparo

Coloque a ervilha em uma vasilha, cubra com água e deixe de molho por 6 horas. Escorra, coloque em uma panela de pressão junto com a água, o louro e cozinhe por 25 minutos depois de iniciada a pressão, em fogo médio. Desligue e deixe sair a pressão. Abra a panela, deixe esfriar e bata 1/3 da ervilha no liquidificador até formar um creme. Reserve. Leve uma panela ao fogo médio com o azeite e frite o bacon até dourar. Adicione a cebola, o alho e frite por mais 3 minutos. Junte a ervilha batida e a sem bater, a cenoura ralada, o cheiro-verde, sal, noz-moscada e cozinhe até ferver. Transfira para uma sopeira, polvilhe com bacon frito e sirva em seguida.

 

 

*Por: Flávia Gonçalves / GUIA DA COZINHA

 

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, por meio do Centro POP (Centro de Referência para População em Situação de Rua),  em parceria com a Paróquia São João Batista, comunidade Missionária Divina Misericórdia e demais grupos de voluntários, em virtude da queda na temperatura, inicia nesta sexta-feira (21/08), a partir das 17h, a operação frente fria para atender e acolher a população em situação de rua.
A ronda será realizada enquanto permanecer a frente fria na cidade. A equipe visitará todos os pontos e os moradores serão convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou nos espaço preparados para receber essas pessoas na Igreja São João Batista e na Divina Misericórdia.
Além do distanciamento necessário em virtude da pandemia do novo coronavírus, durante a acolhida todos vão receber cobertores e um kit de higiene pessoal com máscaras, álcool em gel, sabonete e toalha, além de uma garrafa de água e alimentação.
A Prefeitura de São Carlos reformou a Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) que em virtude da pandemia está acolhendo pessoas em situação de rua agora em tempo integral para garantir a quarentena. A população em situação de rua também tem a disposição os serviços oferecidos pelo Centro POP.
O Centro POP fica na rua São Joaquim, 818, no Centro. A Casa de Passagem na rua Rotary Clube, 101, na Vila Marina e a Igreja São João Batista, na rua Antonio Carlos Ferraz Sales, 1.315, no bairro São João Batista e na Divina Misericórdia, na rua Marechal Deodoro, 2.490, no centro.

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social em parceria com a Paróquia São João Batista, pastoral de rua, Obra Lúmen, comunidade Missionária Divina Misericórdia e demais grupos de voluntários, retoma no início da noite desta quarta-feira (01/07), em virtude da queda na temperatura, os chamados plantões para atender e acolher a população em situação de rua.

Denominada “operação frente fria” a ronda será realizada enquanto permanecer a frente fria na cidade. A equipe visitará todos os pontos e os moradores serão convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou no espaço preparado para receber essas pessoas na Igreja São João Batista.

Além do distanciamento necessário em virtude da pandemia do novo coronavírus, durante a acolhida todos vão receber cobertores e um kit de higiene pessoal com máscaras, álcool em gel, sabonete e toalha, além de uma garrafa de água e alimentação.

A secretária de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa Marques, agradece a parceria das igrejas e entidades. “É uma parceria necessária, pois dessa forma ampliamos os atendimentos. Realmente temos algumas situações de pessoas que não aceitam ir para o acolhimento, mas durante a ronda informamos a disponibilidade desse serviço a todos e devido ao frio, muitos acabam aceitando”, conta a secretária.

A Prefeitura de São Carlos reformou a Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) que em virtude da pandemia está acolhendo pessoas em situação de rua agora em tempo integral para garantir a quarentena. “A população em situação de rua também tem a disposição os nossos serviços oferecidos pelo Centro POP (Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua) que nesses dias de plantão o horário é ampliado atendendo até 19h”, lembra o diretor da Proteção Social, Luciano Freitas Oliveira.

O Centro POP fica na rua São Joaquim, 818, no Centro. A Casa de Passagem na rua Rotary Clube, 101, na Vila Marina e a Igreja São João Batista, na rua Antonio Carlos Ferraz Sales, 1.315, no bairro São João Batista.

SÃO PAULO/SP - Começa hoje (20), às 18h44, o inverno no Hemisfério Sul. A estação é marcada como um período menos chuvoso nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, e de parte das regiões Norte e Nordeste, O invero se estenderá até as 10h31 do dia 22 de setembro. A diminuição da chuva em boa parte do país acaba por reduzir também a umidade relativa do ar, favorecendo o aumento de queimadas, incêndios florestais e a incidência de doenças respiratórias.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as localidades que, no inverno, costumam apresentar maiores quantidades de chuva são o noroeste da Região Norte, leste do Nordeste e parte da Região Sul. Outras características da estação são as incursões de massas de ar frio, procedentes do sul do continente. Por causa delas, há no país, queda “acentuada” das temperaturas médias do ar. Também são observadas formações de nevoeiros e/ou névoa úmida nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, decorrentes das inversões térmicas.

Segundo o Inmet, as massas de ar frio podem resultar em temperaturas inferiores a 22 ºC sobre a parte leste da regiões Sul e Sudeste, com fenômenos como a formação de geadas nas regiões Sul, Sudeste e no estado do Mato Grosso do Sul; neve em áreas serranas e planaltos da Região Sul; e episódios de friagem nos estados de Rondônia, Acre e no sul do Amazonas.

Prognósticos

Região Norte

A previsão climática para a Região Norte é de que a chuva ocorra “próxima ou acima da média climatológica sobre o norte da região e parte leste do Amazonas”, informou, em nota, o Inmet. Ainda de acordo com o instituto, nas demais áreas a tendência é de que a chuva fique abaixo da média, “principalmente no sul da região amazônica, onde normalmente chove abaixo de 300 milímetros no período de julho a setembro”.

A temperatura média nos próximos meses deve ficar acima da média, em especial na divisa entre o Pará e Tocantins. O Inmet alerta que a falta de chuva, associada à alta temperatura local e à baixa umidade do ar favorece a incidência de queimadas e incêndios florestais.

Região Nordeste

Para a Região Nordeste, a previsão é de predomínio de áreas com maior probabilidade de chuva “próxima ou acima da climatologia” durante a estação, principalmente na costa leste, onde o período chuvoso já se aproxima de seu final. Na metade sul do Maranhão, oeste da Bahia, do Rio Grande do Norte e da Paraíba, e no nordeste do Ceará, a chuva permanecerá “ligeiramente abaixo da climatologia”. O interior dessa região terá iniciado seu período de seca nos próximos meses, segundo o Inmet.

A temperatura neste inverno, ao que tudo indica, deverá ficar acima da média no Maranhão, Piauí, oeste da Bahia e parte do Ceará. Nas demais áreas, as temperaturas devem ser próximas à média ou ligeiramente abaixo, principalmente em áreas onde a previsão indica chuva acima da média.

Região Centro-Oeste

No Centro-Oeste, a previsão é de alta probabilidade de a chuva ocorrer dentro ou ligeiramente abaixo da faixa climatológica em grande parte da região. Segundo o Inmet, o período de seca já começou e a tendência é de que a umidade relativa do ar diminua nos próximos meses, “com valores diários que podem ficar abaixo de 30% e picos mínimos abaixo de 20%”.

A expectativa é de que as temperaturas fiquem acima da média, com o ar seco e quente se mantendo principalmente nos meses de agosto e setembro. Isso, segundo o instituto, acaba por favorecer também nessa região a incidência de queimadas e incêndios florestais. “Em algumas localidades do leste de Mato Grosso do Sul, as temperaturas poderão ser ligeiramente abaixo de seus valores climatológicos, devido à passagem de algumas massas de ar frio mais continentais”, acrescenta o Inmet.

Região Sudeste

O trimestre de junho a agosto é o período mais seco da região, especialmente no norte de Minas Gerais. Assim sendo, a chuva deverá ter incidência próxima ou ligeiramente abaixo da média. A exceção fica com o litoral do Rio de Janeiro, sul e extremo oeste de São Paulo, onde a chuva deve ser ligeiramente acima do normal.

A temperatura também deve ficar acima da média em grande parte da região, exceto no norte de Minas Gerais e no Espírito Santo, onde deve ficar próxima ou ligeiramente abaixo da média.

Região Sul

No Sul deverá haver predomínio de chuva acima da média em grande parte da região. Em parte do oeste do Paraná, no extremo sul de Santa Catarina e na parte central do Rio Grande do Sul, a tendência é de que ocorra chuva abaixo da média. “A maior frequência das frentes frias contribuirá para maiores variações nas temperaturas ao longo deste trimestre, com a previsão de temperaturas médias próximas à climatologia em grande parte da região”, informou o Inmet.

De acordo com o órgão, a chegada frequente de massas de ar de origem polar poderá provocar declínio nas temperaturas, possibilitando a ocorrência de geadas em localidades de maior altitude. A expectativa é de temperaturas acima da média no norte do Paraná e no extremo sul do Rio Grande do Sul.

 

 

*Por Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil

BROTAS/SP - O Fundo Social e Secretaria de Desenvolvimento Social de Brotas, iniciam nesta semana campanha Inverno Solitário, objetivo é a arrecadação de Cobertores para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social a enfrentar períodos de frio, engajando nossa sociedade à promover um inverno mais solidário.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Fundo Social seguem as recomendações sanitárias, ficando inviável a distribuição de roupas, evitando assim aglomerações.

A doação do cobertor poderá ser feita na Sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na Avenida José Martinelli, 25 ao lado do Hospital.
Portanto, pedimos que separe aquela coberta que não usa mais e leve para a doação.

Vamos ajudar a proporcionar um inverno mais quente a quem precisa!

 

 

*Por: PMB

IBITINGA/SP - As temperaturas nestes dias caíram em toda a região. O alerta é da Defesa Civil, com base nos dados da previsão meteorológica do Estado de SP. Em Ibitinga, a notícia aumenta a preocupação sobre pessoas em situação de rua e reforça a possibilidade do uso do Albergue Municipal.

“O Albergue de Ibitinga funciona ininterruptamente o ano todo. Mas no frio, a nossa preocupação é ainda maior, pois as pessoas que dormem nas ruas sofrem ainda mais. Então queremos reforçar que estas pessoas podem contar com o Albergue para se abrigarem e se protegerem das baixas temperaturas”, informou a secretária de Desenvolvimento Social da Prefeitura, Renata Jacob.

O Albergue Municipal funciona das 19h às 7h. As pessoas que buscam abrigo podem jantar e tomar café da manhã.

“A população pode ajudar indicando o Albergue para a pessoa. Pode também levar esse indivíduo até o abrigo para que o mesmo seja assistido. Será um ato de solidariedade muito grande”, reiterou Renata.

O Albergue Municipal de Ibitinga fica na Rua José Custódio, 65, Centro, próximo à escola Cacilda.

 

 

Fonte: Prefeitura de Ibitinga

SÃO CARLOS/SP - Com previsão de baixas temperaturas a partir deste sábado (23/05), a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social juntamente com a Paróquia São João Batista, pastoral de rua, comunidade Missionária Divina Misericórdia e demais grupos de voluntários, retoma neste fim de semana o plantão para atender e acolher a população em situação de rua.

A ronda vai começar neste sábado (23/05) no fim da tarde e segue até que todos os pontos sejam visitados e todos os moradores convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou no espaço preparado para receber essas pessoas na Igreja São João Batista. Além do pernoite todos vão receber alimentação.
Ano passado esse trabalho também foi realizado e em 4 dias de ronda noturna mais de 130 pessoas em situação de rua foram atendidas e levadas para abrigos da Prefeitura e de entidades parceiras.

“Os grupos de voluntários que atuam nas ruas identificarão àqueles que desejarem seguir para os serviços de acolhimento. Cabe ressaltar que a Casa de Passagem está acolhendo pessoas em situação de rua agora em tempo integral para garantir a quarentena”, explica o diretor da Proteção Social, Luciano Freitas Oliveira.

A secretária de Cidadania e Assistência Social ressalta que essa união é muito importante para ampliação das vagas de acolhimento para essa população por causa das baixas temperaturas. “A Prefeitura reformou a Casa de Passagem e durante o dia essa população também pode receber atendimento no Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua, o Centro POP. Nós temos algumas situações de pessoas que normamente não aceitam ir para o acolhimento, mas durante a ronda e devido às baixas temperaturas, acabam aceitando”, revela Glaziela Solfa Marques.

O Centro POP fica na Rua São Joaquim, 818, no Centro. A de Casa de Passagem na rua Rotary Clube, 101, na Vila Marina.

CORDEIRÓPOLIS/SP - O inverno está chegando e como manda a tradição, o Fundo Social de Solidariedade de Cordeirópolis engaja a sociedade para aquecer quem mais precisa. Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus, a situação agravou a necessidade dos cordeiropolenses de se unirem na Campanha do Agasalho.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social, Angelita Ortolan, comenta que o lançamento da Campanha ocorre hoje, 18 de maio e contará com algumas novidades para que a população mantenha o espírito de solidariedade e continue contribuindo para a ação, mesmo durante a pandemia do coronavírus. “Entre as alternativas propostas estão a higienização sobre todas as peças que chegam e saem por meio da campanha. Os agasalhos ficarão por duas semanas em uma sala especial, arejada e ensolarada, para depois serem triadas, embaladas e entregues à população. Importante destacar que durante a pandemia da Covid-19, temos que ficar resguardados em casa e com isso, podemos usar esse tempo para ajudar alguém, reunindo as roupas que estão disponíveis em casa e doando para a Campanha do Agasalho”, ressalta Angelita.

A vice-presidente do Fundo Social, Maria Aparecida Wolf, destaca que as doações ficarão em pontos onde se encontram os serviços essenciais no município, para facilitar o recolhimento e, principalmente, evitar a aglomeração de pessoas. “A partir desta segunda-feira (18) as caixas que receberão as doações estarão na entrada das escolas, supermercados, Prefeitura, Secretaria da Mulher e nos Postos de Saúde. Em vista disso, pedimos para que a população mantenha a solidariedade mesmo nesse período difícil de enfrentamento ao coronavírus. Vamos doar para quem mais precisa, porque essas pessoas não podem ficar ainda mais vulneráveis em meio à pandemia”, disse Maria Aparecida.

 

 

*Por: PMC

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30