fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Um rapaz foi preso em flagrante durante a ação

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu, na tarde de quinta-feira (21), um jovem, de 24 anos, que foi flagrado armazenando mais de 260 porções de entorpecentes em sua residência, situada na Vila Abranches, no município de Ribeirão Preto.

A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), que descobriram que o suspeito guardava drogas em casa e foram averiguar.

Durante vistoria no imóvel, foram encontrados 85 comprimidos de ecstasy, cinco porções de maconha, 16 de metanfetamina, 161 micropontos de LSD, além de uma balança de precisão. Todo o material foi apreendido para perícia.

O suspeito foi preso em flagrante e indiciado por tráfico de drogas.

Ação resultou na apreensão de mais de 30 tijolos de maconha que seriam distribuídos na região

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil deteve duas mulheres por tráfico de drogas e apreendeu mais de 30 tijolos de maconha. A ação foi realizada no bairro Jd. Jandaia, na cidade de Ribeirão Preto.

Mediante trabalhos de investigação sobre o tráfico de drogas na região os policiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) identificaram as suspeitas como responsáveis pelo armazenamento de entorpecentes.

A dupla foi surpreendida pelos agentes, que apreenderam cerca de 35 tijolos de maconha que seriam revendidos na cidade e municípios vizinhos. Elas foram conduzidas à delegacia especializada e detidas.

As investigações prosseguem para identificar e prender outros envolvidos com a ação criminosa.

Os tabletes foram encontrados no fundo falso do assoalho de um carro

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu, na tarde de segunda-feira (18), um homem, de 35 anos, e uma mulher, de 23, que foram flagrados com 59 tijolos de maconha, na Rua Julio Ribeiro, no Parque Ribeirão Preto, no interior do Estado.

A ação foi deflagrada por agentes da 2° Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade, que souberam que uma mulher estaria chegando no município com drogas.

Durante as apurações, os policiais descobriram que o irmão da investigada possuía uma chácara na região e se deslocaram para verificar, onde então localizaram o veículo Renault/Sandero que também era alvo de investigação.

Após um tempo de vigilância velada, os agentes viram um rapaz mexendo próximo ao banco com uma chave de fenda. Em seguida, ele dirigiu o automóvel até uma casa próximo, onde a mulher estava aguardando.

Foi então realizada abordagem, momento em que a mulher afirmou que era a responsável pelo veículo e imediatamente admitiu que haveria drogas em seu compartimento oculto, onde foram encontrados 59 tijolos de maconha.

O irmão da indiciada foi abordado e confessou que o veículo ficou guardado em sua casa desde domingo e o transportou até a casa de sua irmã. Dentro da casa da mulher foram apreendidos mais dois pedaços da mesma droga.

Além do entorpecente, ainda foi recolhida uma balança de precisão. Os materiais foram apreendidos e encaminhados à perícia. Os dois suspeitos foram presos em flagrante e indiciados por tráfico de drogas.

Foram encontrados mais de 300 micrutubos com a droga em um imóvel residencial

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu um homem, de 52 anos, que foi flagrado, na manhã de segunda-feira (18), na posse de mais de 300 porções de droga, no bairro Jardim Progresso, no centro de Ribeirão Preto.

A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade.

As equipes realizavam diligências focadas no combate ao tráfico de drogas quando apuraram o endereço de um imóvel residencial que era usado para armazenamento de drogas.

Os investigadores se deslocaram até a casa, onde apreenderam 200 microtubos e duas porções com cocaína. O responsável pelas substâncias foi detido e indiciado por tráfico de drogas.

Em continuidade às investigações, foram apreendidos no bar do indiciado, mais 141 microtubos contendo cocaína, idênticos aos encontrados em sua residência.

Além das substâncias, ainda foi recolhida uma balança de precisão. Os materiais foram encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC), responsável pela perícia.

Inscrição de interesse será online para polos do interior e litoral

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A manifestação de interesse para novos alunos e alunas do Projeto Guri – maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo – será realizada de 25 de janeiro a 26 de fevereiro, de maneira online, para os polos de ensino do interior e litoral de São Paulo. São 18.271 vagas para 30 cursos gratuitos de música para crianças, adolescentes e jovens de 6 a 18 anos incompletos (o sistema carregará os polos com cursos disponíveis para a idade informada, respeitando a faixa etária de ingresso em cada turma*).

As aulas terão início a partir do dia 1º de fevereiro e, independentemente do retorno presencial, alunos e alunas terão acesso às aulas e atividades por meio da plataforma de ensino a distância.

Para fazer a inscrição, o responsável deve acessar o link (www.projetoguri.org.br/matricula2021) e preencher as seguintes informações: 

_ Identidade do aluno ou da aluna (nome completo, data de nascimento e número do RG ou certidão de nascimento);

_ Endereço;

_ Informar se pertence ao grupo de risco da Covid-19 (colocar sim ou não);

_ Informar se o aluno ou aluna possui deficiência auditiva (colocar sim ou não);

_ Telefone para contato, com DDD (opcional);

_ E-mail (opcional);
_ Escola em que estuda;

_ Identidade do responsável (nome completo, número do RG, telefone e e-mail);

_ Informar o polo de interesse; 

_ Informar o curso de interesse (1ª e 2ª opção);

_ Ler (a assinalar ciência) nos avisos de autorização do uso de imagem e Lei Geral de Proteção de Dados.
 

*Tabela com a faixa etária mínima para ingresso em cada curso:

 

CURSO

FAIXA ETÁRIA MÍNIMA PARA INGRESSO

ACORDEON

9 ANOS

BAIXO ELÉTRICO

10 ANOS

BANDOLIM

8 ANOS

BATERIA

10 ANOS

CAVACO

8 ANOS

CLARINETE

9 ANOS

CONTRABAIXO

12 ANOS

CORAL INFANTIL

MÍNIMO: 6 ANOS, MÁXIMO: 8 ANOS

CORAL JUVENIL

9 ANOS

OBOÉ

10 ANOS

EUFONO

10 ANOS

FLAUTA TRANSVERSAL

9 ANOS

GUITARRA ELÉTRICA

10 ANOS

INICIAÇÃO MUSICAL

MÍNIMO: 6 ANOS, MÁXIMO: 8 ANOS

LUTERIA

14 ANOS

OFICINA DE MUSICALIZAÇÃO

8 ANOS

PERCUSSÃO

8 ANOS

SAXOFONE

9 ANOS

TECLADO/PIANO

8 ANOS

TECNOLOGIA MUSICAL

8 ANOS

TROMBONE

10 ANOS

TROMPA

10 ANOS

TROMPETE

10 ANOS

TUBA

13 ANOS

VIOLA

10 ANOS

VIOLA CAIPIRA

8 ANOS

VIOLÃO

8 ANOS

VIOLINO

10 ANOS

VIOLONCELO

10 ANOS

As faixas etárias acima indicam as idades apropriadas para o início em cada curso considerando razões de caráter pedagógico e de estrutura física, relacionadas ao desenvolvimento cognitivo, de maturidade muscular, tonicidade, coordenação motora fina etc. 

Após o preenchimento, clicar em ‘enviar’ para que seja gerado o número de protocolo referente ao processo. 

Posteriormente, a coordenação do polo escolhido entrará em contato com o responsável, confirmará a matrícula no curso indicado (caso haja vaga no mesmo) e fornecerá instruções para o envio dos documentos (RG, comprovante de matrícula/escolaridade e comprovante de endereço). Nesta etapa, o responsável receberá também um link com o questionário social que deve ser preenchido e enviado. As informações descritas no questionário são fundamentas para que nossas equipes conheçam as demandas dos matriculados e, com isso, tracem planos estratégicos de acordo com o perfil de cada turma e/ou aluno e aluna.   

 

A matrícula só será oficializada no polo e curso escolhido após contato da coordenação e envio dos documentos do aluno/aluna. 

O formulário, disponível a partir do dia 25 de janeiro, é bem simples e poderá ser preenchido a partir de qualquer plataforma (celular IOS, celular Android, tablet, computador, etc). Para ingressar no Projeto Guri basta ter entre 6 e 18 anos incompletos e estar regularmente matriculado na escola. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumentos ou realizar testes seletivos.

Os endereços dos polos estão no site www.projetoguri.org.br

Retomada das atividades presenciais

O retorno presencial deverá ocorrer de maneira progressiva, atendendo à deliberação do Governo do Estado de São Paulo  e a autorização prévia de cada uma das cidades. As famílias receberão as informações necessárias com antecedência, cientes de que todas as medidas de segurança estão sendo tomadas, visando a saúde e o bem-estar dos Guris, familiares, empregados, empregadas e comunidade. 

 

Confira a lista completa dos polos com vagas abertas nas regionais do Projeto Guri:

Regional Araçatuba
São 1554 vagas disponíveis nos polos: Alto Alegre, Andradina, Avanhandava, Bento de Abreu, Bilac, Birigui, Brejo Alegre, Castilho, Clementina, General Salgado, Guaraçaí, Guzolândia, Ilha Solteira, Jales, Lavínia, Luiziânia, Murutinga do Sul, Nova Canaã Paulista, Nova Luzitânia, Pereira Barreto, Piacatu, Araçatuba, Rubiácea, Santa Fé do Sul, Santópolis do Aguapeí, Sud Mennucci e Valparaíso.

Regional Itapeva
São 1435 vagas disponíveis nos polos: Barra do Chapéu, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Capão Bonito, Fartura, Guapiara, Itaberá, Itaí, Itaporanga, Itararé, Nova Campina, Piraju, Itapeva, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul, Sarutaiá, Taquarituba, Taquarivai. 

Regional Jundiaí
São 1611 vagas disponíveis nos polos: Aguaí, Águas de Lindóia, Atibaia, Bragança Paulista, Cabreúva, Campinas, Elias fausto, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Indaiatuba, Iracemápolis, Monte Mor, Nelson Mandela (Campinas), Nova Odessa, Pedreira, Piracaia, Piracicaba, Rafard, Jundiaí, Santa Bárbara D’Oeste, Santo Antônio de Posse, Santo Antônio do Jardim, Serra Negra, Sumaré, Vinhedo.

Regional Marília
São 1917 vagas disponíveis nos polos: Álvaro de Carvalho, Arco Íris, Assis, Bastos, Bauru, Campos Novos Paulista, Cândido Mota, Echaporã, Herculândia, Ibirarema, Legião Mirim de Piratininga, Lins, Maracaí, Ocauçu, Oriente, Ourinhos, Palmital, Parapuã, Promissão, Quatá, Marília, Ribeirão do Sul, Rinópolis, Sabino, Salto Grande, Santa Cruz do Rio Pardo, Tupã, Vera Cruz, 

Regional Presidente Prudente
São 1914 vagas disponíveis nos polos: Estrela do Norte, Indiana, Inúbia Paulista, João Ramalho, Junqueirópolis, Lar Francisco Franco (Rancharia), Martinópolis, Mirante do Paranapanema, Nantes, Narandiba, Osvaldo Cruz, Ouro Verde, Piquerobi, Pirapozinho, Presidente Bernardes, Presidente Venceslau, Regente Feijó, Presidente Prudente, Rosana, Sagres, Sandovalina, Santo Expedito, Taciba, Tarabai, Teodoro Sampaio/Pontal do Paranapanema, Tupi Paulista.

Regional Ribeirão Preto
São 2060 vagas disponíveis nos polos:Acif - Franca, Altinópolis, Barrinha, Batatais, Bebedouro, Brodowski, Cajuru, Cândido Rodrigues, Cravinhos, Dumont, Guara, Iguarapava, IORM - Guaira, IORM - Ipuã, IORM - Orlandia, Itirapuã, Ituverava, Jaborandi, Jaboticabal, Luteria Franca, Miguelópolis, Monte Alto, Monte Azul Paulista, Morro Agudo, Ribeirão Preto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rosa de Viterbo, São Joaquim da Barra, São Simão, Serrana, Sertãozinho, Taquaritinga, Terra Roxa, Viradouro.

Regional São Carlos
São 1607 vagas disponíveis nos polos: Araraquara, Bariri, Barra Bonita, Boa Esperança do Sul, Caconde, Cordeirópolis, Dois Córregos, Ibitinga, Igaraçu do Tietê, Itápolis, Lençóis Paulista, Macatuba, Mineiros do Tietê, Nova Europa, Pederneiras, Pirassununga, Porto Ferreira, Regional Jaú, São Carlos, Rincão, Rio Claro, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Tabatinga, Tambaú, Tapiratiba, Vargem Grande do Sul.

Regional São José do Rio Preto
São 1835 vagas disponíveis nos polos: Altair, Bálsamo, Barretos, Cosmorama, Fernandópolis, Ibira, Icem, Ipiguá, José Bonifácio, Mirassol, Nipoã, Nova Granada, Novo Horizonte, Onda Verde, Ouroeste, Palestina, Palmares Paulista, Paulo de Faria, Potirendaba, São José do Rio Preto, Riolândia, Santa Adélia, Severínia, Tanabi, Ubarana, Urupês, Votuporanga.

Regional São José dos Campos
São 1172 vagas disponíveis nos polos: Paraibuna, Pindamonhangaba, Piquete, São José dos Campos, Roseira, São Francisco Xavier, São José dos Campos e Regional São José dos Campos,  São Luiz do Paraitinga, Silveiras, Taubaté, Ubatuba.

Regional São Paulo/Região do litoral
São 911 vagas disponíveis nos polos: Ilha Comprida, Itanhaém, Itariri, Miracatu, Mongaguá, Pedro de Toledo, Peruíbe, Santos (Regional e Zona Noroeste), São Vicente, Sete Barras.

Regional Sorocaba
São 2255 vagas disponíveis nos polos: Araçoiaba da Serra, Avaré, Botucatu, Capela do Alto, Cerquilho, Conchas, Guareí, Ibiúna, Itapetininga, Itatinga, Itu, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Sorocaba, Salto, São Manuel, São Miguel Arcanjo, São Roque, Tietê, Votorantim.  

 

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Sustenidos: CTG Brasil; Visa; CCR AutoBAn; Instituto CCR; Bayer; WestRock; Microsoft; Supermercados Tauste;  banco BV; Novelis; Arteris; EMS; Capuani do Brasil; Faber-Castell; Pinheiro Neto; Santander;  VALGROUP; Raízen; BTP; Distribuidora Ikeda; Grupo Maringá; Instituto 3M; Supermercados Rondon; Frigol; Mercedes-Benz; Castelo Alimentos; Enel; GRUPO GR; Cipatex; Grupo Herval, Pirelli.

Patrocinador Sustenidos: CTG Brasil; Visa; SulAmérica, Sky, Microsoft e Glovis.

Sobre o Projeto Guri: mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Sustenidos, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu mais de 810 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Sobre a Sustenidos: Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização gestora do Festival Ethno Brazil, Som Na Estrada, Festival Imagine Brazil, MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange) e Projeto Guri. Desde 2004, é responsável pela gestão do programa de ensino musical no litoral e no interior do estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm incentivo fiscal da Lei Rouanet e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir: http://www.sustenidos.org.br/pessoa-fisica/

 As drogas foram encontradas em um imóvel residencial

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil apreendeu, na noite da última quinta-feira (14), mais de 30 quilos de maconha e cocaína e foram encontradas em um imóvel residencial, em Ribeirão Preto.

A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade.

As equipes realizavam diligências focadas no combate ao tráfico de drogas quando apuraram que um casal armazenava entorpecentes em uma casa no bairro Vila Albertina.

Os investigadores se deslocaram até a moradia e encontraram 25 tijolos e mais sete pacotes de maconha, além de duas porções menores de cocaína, balança de precisão e anotações do tráfico.

As substâncias e demais materiais foram apreendidos para perícia. A Polícia Civil prossegue com as diligências para identificar e prender os responsáveis pela prática criminosa.

Detido comprou mercadoria sabendo que era ilícita e foi indiciado por receptação

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu um homem, de 26 anos, após encontrar uma carga de carne bovina produto de roubo em um dos seus estabelecimentos comerciais, na rua Medeiros de Albuquerque, no Jardim Piratininga, em Ribeirão Preto - interior do Estado. O flagrante aconteceu na quarta-feira (13).

Os trabalhos foram desempenhados por equipes da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade. Os agentes descobriram que o proprietário de um depósito estaria comercializando carnes obtidas ilicitamente e foram até o local verificar.

Após buscas no estabelecimento, foram localizadas 70 caixas contendo diversos tipos de cortes de carnes bovinas, como fígado, acém, cupim e contra filé. Foi solicitada a nota fiscal dos produtos e o responsável acabou confessando que adquiriu as mercadorias de um desconhecido sabendo que tinham origem ilícita.

O homem foi preso em flagrante e as carnes restituídas à empresa vítima. A ocorrência foi registrada como receptação qualificada na especializada e o autor encaminhado à unidade prisional.

Foram encontrados 1.300 micrutubos com a droga em um imóvel residencial

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu um jovem, de 20 anos, que foi flagrado, na manhã desta terça-feira (12), na posse de mais de mil porções de droga, no Parque Ribeirão Preto.

A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Ribeirão Preto.

As equipes realizavam diligências focadas no combate ao tráfico de drogas quando apuraram o endereço de um imóvel residencial que era usado para armazenamento de drogas.

Os investigadores se deslocaram até a casa, onde apreenderam 1.300 microtudos com cocaína. O responsável pelas substâncias foi detido e indiciado por tráfico de drogas.

Dois homens foram presos na ação; maior parte dos entorpecentes foram encontrados em uma oficina abandonada

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu dois homens, de 31 e 42 anos, por tráfico e associação ao tráfico de drogas, nesta quarta-feira (6), em Ribeirão Preto, no interior do Estado. Na ação, 579 tijolos de maconha foram apreendidos.

Os trabalhos foram desempenhados por equipes da 2ª Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais da cidade. Em apoio a uma investigação realizada pelo 96º Distrito Policial da Capital, os agentes da Deic se deslocaram até as proximidades de um shopping local para verificar a informação de que aconteceria uma reunião entre criminosos para negociar grande quantidade de maconha.

Em certo momento, os policiais civis desconfiaram de dois homens que estavam ao lado de um veículo. Um outro carro passou pelo local e acenou para a dupla, que embarcou no automóvel e seguiu em direção ao bairro Vila Virgínia, zona oeste do município.

Os suspeitos foram acompanhado pelos agentes até a rua Rangel Pestana. No local, o veículo investigado estacionou e outros três suspeitos se aproximaram. Foi realizada abordagem e os homens que estavam do lado externo do carro conseguiram fugir a pé. Os dois criminosos que estavam dentro do carro tentaram fugir acelerando o veículo, mas foram detidos na avenida Patriarca.

Durante buscas dentro do automóvel, os policiais civis encontraram dois tijolos de maconha e uma anotação contendo um endereço. No local informado no papel, uma oficina abandonada, os agentes encontraram 323,3 quilos de maconha distribuídas em tijolos idênticos aos encontrados no carro.

Toda a substância foi apreendida para perícia e o veículo recolhido, assim como dois celulares.

A dupla foi presa em flagrante e levada à especializada, onde foi indiciada e posteriormente encaminhada ao sistema prisional para aguardar a decisão da Justiça.

Dinheiro e outros objetos relacionados ao tráfico das substâncias também foram recolhidos

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil apreendeu, na tarde da última segunda-feira (28), aproximadamente 700 porções de cocaína e maconha, que foram encontradas em um imóvel residencial, no Parque Ribeirão Preto, na zona oeste de Ribeirão Preto.

A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), que descobriram um sobrado que era usado para guardar as substâncias.

A equipe foi até o local e logo notou forte cheiro de maconha. O portão estava somente encostado, então, os policiais entraram na casa e, durante vistoria, localizaram 223 porções menores e dois tijolos de maconha.

Também foram encontrados 473 microtubos de cocaína e uma porção em pó a granel da mesma droga, além de pinos vazios, um rolo de plástico tipo filme, R$ 291, um caderno com anotações típicas do comércio das substâncias.

Os materiais foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para perícia. Um documento com a identificação de um possível responsável foi encontrado e auxiliará nas próximas etapas da investigação.

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral