fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 

Em função do estoque atual de anestésicos e com a revitalização do Centro Cirúrgico, os procedimentos eletivos pelo SUS, convênios e particulares voltaram a ser realizados

 

SÃO CARLOS/SP - A Santa Casa retomou o agendamento para realização das cirurgias eletivas, seja pelo SUS, convênios ou particulares. O Centro Cirúrgico do hospital, que conta com 10 salas, vinha trabalhando com 60% da capacidade, em função da pandemia da COVID-19.

“Apesar dos preços dos anestésicos ainda estarem muito acima do que pagávamos antes da pandemia, temos conseguido adquirir esses medicamentos, o que tornou possível que voltássemos a realizar as cirurgias eletivas. Durante este período em que os procedimentos ficaram suspensos, também fizemos adequações no nosso Centro Cirúrgico”, explica o Diretor Técnico da Santa Casa, Vitor Marim.

O Centro Cirúrgico da Santa Casa conta com 10 salas e todas elas foram revitalizadas. Além disso, todas as salas contam agora com focos cirúrgicos de última geração.

“A retomada das cirurgias eletivas de forma estruturada, assegura a continuidade do cuidado aos pacientes que aguardam a realização desses procedimentos, como parte de seu tratamento”, ressalta da Diretora de Práticas Assistenciais da Santa Casa, Vanessa de Freitas.

Continua depois da publicidade

FOCO CIRÚRGICO DE TETO

O Foco Cirúrgico de Teto é fundamental em uma cirurgia. O equipamento é projetado para ser mais brilhante que uma lâmpada doméstica, sem gerar calor. Com eles, a equipe de cirurgia consegue iluminar de forma mais eficiente a região do paciente a ser operada.

O cirurgião e Diretor Clínico da Santa Casa, Allan Rodrigues de Moraes, ressalta que a Santa Casa passou por momentos difíceis nestes tempos pandemia, permanecendo com o Centro Cirúrgico subutilizado, devido às restrições sanitárias necessárias. “No entanto, o hospital soube utilizar muito bem este tempo, para melhorar sua infraestrutura e se organizar para proporcionar melhor qualidade de trabalho para nós, cirurgiões, para os funcionários do Centro Cirúrgico e, principalmente, aperfeiçoar o cuidado assistencial prestado aos nossos pacientes. Nosso Centro Cirúrgico está com protocolos sanitários bem definidos garantindo, dessa forma, um ambiente muito seguro para realização de cirurgias pequenas, médias e de alta complexidade, consolidando o hospital como unidade de saúde de referência em São Carlos e região“, conclui.

SÃO CARLOS/SP - A vereadora Cidinha do Oncológico (PP) informou que já está definido o local onde será construído o Ambulatório Médico de Especialidades Cirúrgico (AME Mais) em São Carlos, após a concordância do prefeito Airton Garcia à sua proposta para que a unidade seja instalada numa área de 5 mil m² na rua Rotary Clube, próximo ao Hospital Universitário, na Vila Marina (zona norte da cidade).

A definição ocorreu durante reunião realizada no último dia 12, no Paço Municipal, com presença da vereadora e liderada pelo prefeito Airton Garcia. Estiveram presentes o vice-prefeito Edson Ferraz, o chefe de Gabinete do Prefeito José Pires (Carneirinho), o secretário municipal de Saúde, Marcos Palermo, a diretora do DRS III, Sonia Regina Souza Silva, os gestores do AME Sammy Mendes do Nascimento e Érica Legutcke (coordenadora geral do AME São Carlos) e  Marco Brugnera e Fernanda Pena, diretores  de Regulação Secretaria Municipal de Saúde São Carlos.

A partir da indicação do local para a construção da unidade deverá ser realizada a visita técnica para elaboração do projeto técnico para a realização da obra. A direção do Departamento Regional de Saúde já formalizou o pedido para envio de documentos para dar continuidade às providências necessárias, entre os quais o “Programa de Necessidades” (número de  consultório, leitos dia, salas cirúrgicas, especialidades, SADT e outras informações).  O projeto assistencial, já elaborado, será encaminhado ao governo estadual em conjunto com a manifestação do prefeito.

A vereadora Cidinha destacou que em 2014 foi publicada a Lei nº. 17.011, que autorizou a Prefeitura a efetuar a doação para a Fazenda Pública do Estado da área destinada à instalação do novo AME Mais. A vereadora comemorou a confirmação do local, que considera o mais adequado para a implantação da unidade. Ela teve aprovado pela Câmara Municipal no último dia 4 uma moção de apelo aos governos municipal e estadual, solicitando agilidade nos entendimentos para a realização da obra.

Continua depois da publicidade

“CONQUISTA IMPORTANTE” - Segundo ela, o AME Cirúrgico representará uma grande melhoria na rede de atendimento de saúde no município, atualmente com 250 mil habitantes e dois hospitais que atendem pelo SUS, a Santa Casa, que é referência para uma região de cinco municípios, e o Hospital Universitário da UFSCar. “Será uma conquista muito importante para a população, daí a preocupação em agilizar os entendimentos, pois o AME Cirúrgico virá desafogar o sistema de Saúde local cuja demanda é crescente”, disse a vereadora.

Cidinha participou de várias reuniões com  a administração municipal e Diretoria Regional de Saúde (DRS III) para discutir o assunto e se opôs a uma pretensão que vinha sendo cogitada, de instalar o AME no prédio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) na rua Aquidaban 1472. Ela argumentou que o local não atende às necessidades do AME, conforme parecer de relatório técnico de vistoria realizado pelo Grupo Técnico de Edificações da secretaria estadual de Saúde.
Segundo Cidinha, a definição pela área localizada na zona norte da  cidade “é mais acertada para a implantação de uma unidade de saúde de caráter permanente, que será um grande legado da gestão atual para nossa cidade”. “Aquela área comportará, sem dúvida, as instalações das duas unidades do AME, com atendimento clínico e cirúrgico e espaço para outras frentes de tratamento, como fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional e fonoaudiologia, dentre outros”, conclui.

 

 

SÃO PAULO/SP - Você sabia que o Brasil é o campeão mundial em realização de cirurgias plásticas e a rinoplastia é uma das mais buscadas em todo o mundo? A cirurgia plástica é indicada pelos grandes profissionais quando alia saúde, estética, autoestima e deve ser analisada individualmente, pois envolve inúmeros fatores físicos e psicológicos. 

Conversamos com o Dr. Guilherme Scheibel, otorrinolaringologista e trabalha exclusivamente com rinoplastia, que contou alguns dos principais pontos que o paciente deve ter em mente antes de realizar uma cirurgia plástica.

1.Procure um profissional competente

“A rinoplastia é uma cirurgia que está longe de ser simples (de fato é a cirurgia plástica mais complexa que existe) e há muita tecnologia envolvida. Busque sempre um cirurgião experiente, com um bom senso estético e que te passe segurança e confiança”, indica Dr. Guilherme. 

Lembre-se que nas consultas pré-operatórias o médico deverá solicitar alguns exames, mas também é importante que o paciente conte todo seu histórico.

2.Preço X Valor

“É importante lembrar aqui que valor é diferente de preço. Eu procuro entregar sempre muito mais valor do que a cirurgia custa. Poderia, por exemplo, reduzir meu tempo cirúrgico e operar dois pacientes por dia. Opto por não fazer pois não gosto de me apressar na cirurgia e a rinoplastia é um exercício mental muito intenso. Invariavelmente o segundo paciente tem muito mais chances de ter um resultado aquém do que poderia entregar. Conheço profissionais que marcam oito cirurgias no dia e operam em 20-40 minutos. Ao meu ver, é muito difícil realizar tudo que é necessário em tão curto espaço de tempo. Por isso minha dedicação é total a uma única cirurgia por dia e levo o tempo que for necessário para chegar ao limite do que consigo fazer para melhorar aquele nariz e, consequentemente, a auto estima e felicidade daquele paciente. Dessa forma, o custo de uma cirurgia neste modelo acaba sendo maior do que de quem opera muitos pacientes, mas o valor que entrego é muito maior”, explica Dr. Guilherme. 

3. Existe um melhor momento?

A decisão de fazer a rinoplastia, ou qualquer cirurgia plástica, precisa ser pensada com cautela e deve ser tomada após muita pesquisa e informação. Para o médico Scheibel, o momento adequado para se fazer uma rinoplastia leva em consideração três fatores principais. “O melhor momento é quando a pessoa tem motivações adequadas para o procedimento, está preparada para a mudança e encontrou um profissional em que tenha segurança”, afirma.

4. Pós-operatório

Converse com o seu médico sobre os cuidados e como será o pós-operatório. “O tempo pode variar de acordo com o tipo de cirurgia e também a resposta de cada paciente, porém um fator muito importante é seguir à risca as orientações médicas”, complementa Dr. Guilherme Scheibel. 

Sobre Dr. Guilherme Scheibel: Dr. Guilherme Scheibel é palestrante internacional em rinoplastia, graduado em Medicina pela Faculdade Evangélica do Paraná, possui Residência Médica em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial pela Santa Casa de Curitiba (PUC-PR) e Título de Especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica da Face. Além disso, é fundador do Virtual Fellow, programa internacional de ensino em rinoplastia para otorrinos e cirurgiões plásticos de todo mundo.

 

Instagram: instagram.com/rinoplastiascheibel

Procedimento que aumenta precisão e diminui tempo de operação poderá ser utilizado em outras áreas da instituição

 

   JAÚ/SP - Uma técnica inovadora para programar cirurgias a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) foi realizada pelas equipes de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Bucomaxilofacial do Hospital Amaral Carvalho (HAC): o planejamento virtual utilizando a tecnologia 3D (tridimensional). A novidade, que traz benefícios aos pacientes, aumenta a precisão e ajuda a reduzir o tempo cirúrgico, poderá ser utilizada em outras áreas da instituição.

   A remoção de parte da mandíbula de um jovem com um tumor, técnica conhecida como mandibulectomia parcial, foi a primeira planejada com a ferramenta digital. O processo de elaboração levou cerca de 24 horas. De acordo com o consultor em planejamento digital e impressão 3D do HAC, João Paulo de Almeida Prado Oliveira e Sousa, todos os detalhes reais foram levados para o ambiente digital e foram confeccionados os protótipos da mandíbula, da fíbula (osso da perna que foi usado para o retalho) e das guias cirúrgicas (que servem como base para o posicionamento correto das fixações). "Dessa forma, os especialistas puderam praticamente ensaiar a realização da cirurgia virtualmente e com as peças, o que possibilitou melhores resultados", disse.

   Um dos participantes, o cirurgião-dentista especialista em cirurgia bucomaxilofacial do HAC, Giovane Furlanetto, explica que o planejamento virtual aumentou a previsibilidade e a precisão do procedimento, além de agilizar a operação reduzindo o tempo cirúrgico em cerca de 30%. "A cirurgia durou oito horas. Sem essa prévia, poderia ter sido mais longa, o que influenciaria na recuperação do paciente", destacou.

   Também integrou a equipe o especialista em reconstrução microcirúrgica em cabeça e pescoço, Otávio Iavarone. Ele conta que, com apoio de exames de tomografia, foi reconstruído no computador o osso afetado, facilitando o plano de remoção do tumor. "Todo o corte ósseo foi determinado através desse planejamento, mantendo as angulações tridimensionais da mandíbula, preservando seu formato e a sua função, que é fundamental para a mastigação e fala", complementou.

   Além do melhor resultado final estético e funcional, a técnica traz vantagens como a diminuição das complicações pós-operatórias, menos uso de analgésicos e menor morbidade. "O HAC é um serviço de excelência com grande volume de cirurgias oncológicas. Há intenção de viabilizar a iniciativa para procedimentos reconstrutivos de face e neurocirurgia, entre outros", afirmou o consultor.

 

Sobre a impressora 3D

   Desde meados do ano passado, o serviço Bucomaxilofacial do HAC conta com duas impressoras de última geração para impressão em 3D. O equipamento foi conquistado por meio de uma parceria com a Fundação Rotária, para o Projeto Faces, que produz e oferta próteses gratuitas para pacientes do SUS que sofrem mutilação na região do rosto por conta do tratamento de câncer. "Antes, as próteses eram confeccionadas à mão pelo cirurgião-dentista Cassiano Alves Ferreira Neto", lembra João Paulo.

   Além de beneficiar dezenas de pacientes do SUS que precisam de próteses de olhos, orelha, boca e nariz, entre outras, o setor decidiu disponibilizar a tecnologia para agilizar outros procedimentos no HAC. "Nosso objetivo é aproveitar ao máximo nossos recursos, da melhor maneira possível, visando à agilidade no atendimento, com segurança e conforto aos pacientes", reforçou.

SÃO CARLOS/SP - A Câmara Municipal aprovou por unanimidade na sessão plenária desta última quinta-feira (5), projeto de lei da Prefeitura que autoriza concessão de repasse financeiro à Santa Casa no valor de R$ 740 mil provenientes da devolução do duodécimo do Poder Legislativo – mediante economia de recursos -, que são destinados à realização do Projeto Mutirão de Cirurgias Eletivas, para atendimento de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), residentes e domiciliados em São Carlos.

 

CÓDIGO DE OBRAS – Por decisão do plenário foi adiada por três sessões a apreciação do  projeto de lei  Nº 105, da Prefeitura, que dispõe sobre o Código de Obras e Edificações do Município de São Carlos. O projeto estava em pauta na sessão desta quinta-feira. O adiamento foi solicitado em razão da necessidade de exame prévio de emendas na Comissão de Legislação, Justiça e Redação e Legislação Participativa.

 

PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS – Por unanimidade, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei Nº 360, da Prefeitura, que institui o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Município de São Carlos. Após rejeitar pedido para adiamento da votação por duas sessões, o plenário manteve a matéria em pauta na sessão desta quinta-feira.  O projeto recebeu 15 votos favoráveis.

 

CONCURSOS PÚBLICOS  - Foi aprovado por unanimidade o projeto de lei  Nº 371, da Prefeitura, que autorizou a prorrogação dos prazos de validade dos concursos públicos em razão dos impactos sociais decorrentes da emergência em saúde pública relacionada ao Coronavírus-COVID-19.  Também foram aprovados os projetos de números 377 e 381, que respectivamente autorizam o Executivo a abrir créditos adicionais suplementares para a FESC (R$ 200 mil destinados a despesas com pessoal) e  para a Secretaria Municipal de Obras (R$ 500 mil para obras de recapeamento no Parque Delta e no Distrito de Água Vermelha.

 

SÃO PAULO/SP - Nesta segunda-feira (26), Ana Maria Braga contou durante o programa “Mais Você”, da TV Globo, que passou por uma cirurgia na mão direita, por conta da Síndrome do Túnel do Carpo.

“Senti uma dor muito forte, fiquei uns 20 dias com um formigamento e ardência. Qualquer situação de pressão comprime o nervo. A causa pode ser inflamação, lesão, esforço repetitivo. Começa com um formigamento, a mão fica dormente”, disse Ana.

Ela explicou que uma das causas da síndrome é o esforço repetitivo e ainda agradeceu a equipe que a ajudou. “Queria muito agradecer aos médicos. Tenho que ficar quietinha por alguns dias, mas estou ótima”, ressalta. Durante o programa, foi possível ver Ana Maria usando uma proteção de gesso na mão.

 

 

 

*Por: Anna Karolina / METROPOLITANA

SÃO CARLOS/SP - Uma senhora está com problemas de saúde e precisa fazer uma cirurgia de urgência, mas segundo a mulher custa aproximadamente R$6 mil.

Lucia Aparecida dos Santos Braggião, moradora na Rua Álvaro Câmara Nº25, no bairro Monte Carlo, corre contra o tempo, pois o médico que lhe atendeu disse que precisa fazer com uma certa urgência um procedimento cirúrgico para correção da hérnia e o intestino.

Porém, Lucia é doméstica e não tem condições de financeiras de fazer a cirurgia. Uma amiga entrou em contato com a Rádio Sanca, e pediu apoio na divulgação de uma vaquinha para ajudar Dona Lucia.

“R$5, R$10 ou quanto as pessoas puderem, já ajuda e muito a Lucia, pois ela é uma batalhadora e com esse problema ela não está conseguindo trabalhar e no SUS essa cirurgia vai demorar e o médico disse que tem que ser feito com urgência” desabafou a amiga.

Para saber como fazer a doação basta ligar para Dona Lucia no telefone (16) 99411-7089.

Deus abençoe.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31