fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Ivan Lucas

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

RIO DE JANEIRO/RJ - A cantora Preta Gil deu uma receita para a luta contra o coronavírus. Em post no Instagram publicado neste último domingo de páscoa (12), ela falou sobre sua recuperação da doença e como todos podem lutar contra ela com mais união e solidariedade. Ela ressaltou a importância do cristianismo em sua vida.

“Tanta gente me pergunta que remédios tomei, que tratamento eu fiz, pode ser doido, mas há 1 mês atrás as limitações eram ainda maiores em relação ao tratamento, mas no meu caso, meu maior remédio foi minha fé!!! Jesus sempre foi pra mim um grande amigo, um grande companheiro e esteve comigo nos piores e melhores momentos da minha vida!”, revela ela ao falar de religião.

Confira o post completo:

https://www.instagram.com/p/B-5P2QbBTcB/?utm_source=ig_embed

Preta foi infectada após sua rotina de shows. No momento, ela segue as recomendações de isolamento social aguardando que a pandemia do coronavírus passe. Apesar disso, ela tem participado de ações sociais contra a pandemia. Recentemente, atuou na distribuição de mais de oito mil kits de higiene na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.

 

*Por: JETSS.com

Governo paga, a partir de hoje, quem se cadastrou pelo aplicativo ou site do benefício e não tinha conta no BB ou Caixa na semana passada

BRASÍLIA/DF - As mães que são chefe de família, cadastradas no CadÚnico, que não tinham conta no Banco do Brasil ou na Caixa e possuem registro no aplicativo ou site do governo federal, podem começar a receber as duas cotas (R$ 1.200) de auxílio emergencial a partir desta segunda-feira (13).

O pagamento está oficialmente previsto para a terça-feira (14), mas a Caixa poderá antecipar os depósitos caso terminasse de processar os dados dos beneficiários que receberam na semana passada.

O governo federal também deve liberar o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial aos trabalhadores cadastrados pelo site ou aplicativo e também para aqueles que já eram inscritos no CadÚnico (Cadastro Único), não recebem Bolsa Família e não têm conta no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal. Mais de 3 milhões de pessoas tiveram poupanças digitais abertas pelo banco e vão receber o recurso nesta terça-feira.

Segundo o Ministério da Cidadania, mais de 28 milhões de brasileiros se cadastraram via aplicativo ou site da Caixa.

A estimativa do Governo Federal é de que, ao todo, cerca de 70 milhões de brasileiros sejam beneficiados pelo auxílio de R$ 600.

Os beneficiários do Bolsa Família vão receber o auxílio de acordo com o calendário do próprio programa.

Quem tem direito

O auxílio emergencial se destina a profissionais informais, MEI (microempreendedor individual), autônomos e desempregados que cumpram os seguintes pré-requisitos:

— Ser maior de idade;

— Não ser beneficiário previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;

— Com renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total [de até três salários mínimos (R$ 3.135);

— Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

* Por R7

BRASÍLIA/DF - A economia na região da América Latina e Caribe está sofrendo uma forte queda devido à crise da covid-19. O Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos na região (excluindo Venezuela) deverá diminuir 4,6% em 2020, de acordo com relatório do Banco Mundial, divulgado neste domingo (12). Para 2021, é esperado um retorno ao crescimento de 2,6%.

Para o Brasil, a previsão de queda do PIB este ano é 5%. Em 2021, a expectativa é de expansão de 1,5%, e em 2022, crescimento de 2,3%.

O Banco Mundial lembra que diversos choques afetaram a taxa de crescimento econômico da região no ano passado, começando com as convulsões sociais, seguidas pelo colapso dos preços internacionais do petróleo e, agora, a crise da covid-19.

“A pandemia de Coronavírus está contribuído para um grande choque do lado da oferta. A demanda da China e dos países do G7 deverá cair drasticamente, afetando os exportadores de commodities da América do Sul e os exportadores de serviços e bens manufaturados da América Central e Caribe. O colapso do turismo terá impacto severo em alguns países do Caribe”, diz o Banco Mundial.

O organismo internacional destaca ainda que muitos países da América Latina e Caribe estão enfrentando a crise com um espaço fiscal limitado. “Níveis mais elevados de informalidade no mercado de trabalho tornam mais difícil que os sistemas de proteção social atinjam todas as famílias e se protejam todas as fontes de emprego. Muitas famílias vivem "da mão para a boca" e não dispõem de recursos para suportar os bloqueios e quarentenas necessários para conter a propagação da pandemia. Muitos também dependem de remessas internacionais, que estão em colapso. Por isso a necessidade de aumentar e estender os programas de assistência social”, diz o banco.

Segundo o Banco Mundial, para ajudar os vulneráveis a enfrentar a perda de renda motivada pelo lockdown (bloqueio total), os programas atuais de proteção e assistência social devem ser rapidamente ampliados e ter sua cobertura estendida.

Ao mesmo tempo, os governos devem considerar apoiar as instituições do setor financeiro e as principais fontes de emprego. “Precisamos ajudar as pessoas a enfrentar esses enormes desafios e garantir que os mercados financeiros e os empregadores sobrevivam à tempestade," afirmou o vice-presidente interino do Banco Mundial para a região da América Latina e Caribe, Humberto López. “Para tal, é preciso limitar os danos e lançar as bases para a recuperação o mais rapidamente possível”, disse.

* Por Agência Brasil

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP - A dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano entrou na onda de lives neste último domingo (12) de Páscoa. A apresentação, vista por mais de 14 milhões de pessoas, foi feita em uma casa em São José do Rio Preto, onde os cantores moram.

O show começou às 18h e seguiu à risca o roteiro já clássico das lives sertanejas: propagandas, doações, bebedeira e até música.

https://www.youtube.com/watch?v=ZWmuR5H4PlU&feature=emb_title

A inovação ficou por conta de um "corte" de cabelo improvisado, resultado de uma aposta que Zé Neto fez com Cristiano. Se a quantidade de alimentos doados passasse de 200 toneladas, ele rasparia a cabeça do parceiro de dupla.

A meta foi atingida logo, e antes da metade da apresentação Cristiano já tinha perdido uma parte do cabelo - trabalho que foi concluído antes do fim da live. A quantidade de alimentos doados, no entanto, não foi divulgada.

A aposta rendeu até uma "bronca" da mãe do sertanejo, que ligou para Zé Neto durante a live para reclamar da brincadeira.

Durante 4h30 a dupla desfilou hits próprios, covers de sucesso de outra duplas e músicas do sertanejo raiz, o bom e velho "modão".

Já de cabeça raspada, Cristiano pediu desculpas ao público. "Desculpe as nossas falhas, foi a primeira live do Zé Neto e Cristiano, mas esperamos melhorar nas outras."

No fim da live, que chegou a ter mais de 1,7 milhões de espectadores ao mesmo tempo, Zé Neto e Cristiano agradeceram o público e pularam na piscina da casa.

Na próxima edição, que ainda não tem data marcada, o alvo da aposta será Zé Neto. Se foram doados mais de 500 toneladas de alimentos ele perderá a barba.

*Por: G1 

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31