fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

MUNDO - Com estratégia e pilotagem perfeitas, Max Verstappen venceu neste domingo o GP dos 70 anos da Fórmula 1, em Silverstone (Inglaterra). O holandês da RBR foi o único dos ponteiros a largar com pneus duros, acompanhou Valtteri Bottas e Lewis Hamilton nas primeiras voltas, assumiu a liderança com as paradas dos pilotos da Mercedes e, depois da primeira troca, recuperou logo a ponta com os pneus médios. Depois, Max liderou a prova até a bandeirada, mas ainda teve de trabalhar bastante.

Verstappen fez a segunda troca de pneus junto a Bottas para evitar ser superado na sequência, enquanto Hamilton estendeu sua permanência na pista até a volta 41. O inglês caiu para quarto, mas, com pneus novos, passou Charles Leclerc para ficar em terceiro e imprimiu um ritmo fortíssimo nas voltas finais. Até fez a melhor volta e passou Bottas para ficar em segundo, mas não teve tempo para atacar Verstappen, que impôs à Mercedes a primeira derrota em 2020.

Completaram a zona de pontuação, da quinta à décima colocações, Alexander Albon (RBR), Lance Stroll (Racing Point), Nico Hulkenberg (Racing Point), Esteban Ocon (Renault), Lando Norris (McLaren) e Daniil Kvyat (AlphaTauri).

A temporada 2020 segue no próximo fim de semana, com o GP da Espanha, em Barcelona.

 

 

*Por: GLOBO ESPORTE

Em mais uma classificação dominada pela Mercedes, Valtteri Bottas impediu a 92ª pole position de Lewis Hamilton e vai largar na primeira posição no GP dos 70 anos da Fórmula 1, em Silverstone (Inglaterra). Na última volta do Q3, o finlandês foi 0s063 mais veloz e alcançou sua segunda pole na temporada. Nico Hulkenberg foi a surpresa da classificação e ficou em terceiro, com a Racing Point - o alemão substitui o mexicano Sergio Pérez, diagnosticado com coronavírus.

Max Verstappen, da RBR, ficou em quarto no grid, mas é o único dos ponteiros que vai largar com pneus mais duros, já que marcou seu melhor tempo no Q2 com este composto, enquanto seus adversários usaram os médios.

Completaram os dez primeiros colocados, da quinta à décima posições, Daniel Ricciardo (Renault), Lance Stroll (Racing Point), Pierre Gasly (AlphaTauri), Charles Leclerc (Ferrari), Alexander Albon (RBR) e Lando Norris (McLaren).

 

 O GP dos 70 anos da Fórmula 1 começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. 

Resultado do Q1 na classificação do GP dos 70 anos da Fórmula 1 — Foto: Reprodução/FOM

 

*Por: GLOBO ESPORTE

MUNDO - Lewis Hamilton conquistou neste domingo uma dramática vitória no GP da Inglaterra após ter o pneu dianteiro esquerdo furado na última volta. Mesmo se arrastando, o inglês ainda conseguiu terminar cinco segundos à frente de Max Verstappen, da RBR - Charles Leclerc (Ferrari) completou o pódio em terceiro.

Já Valtteri Bottas, que vinha em segundo lugar até faltarem três voltas para o fim, também teve um pneu furado, fez um pit stop extra e terminou em 11º. Com a 87ª vitória na F1, Hamilton ficou a apenas quatro de igualar o recorde de Michael Schumacher.

Também pontuaram, da quarta à décima colocações, Daniel Ricciardo (Renault), Lando Norris (McLaren), Esteban Ocon (Renault), Pierre Gasly (AlphaTauri), Alexander Albon (RBR), Lance Stroll (Racing Point) e Sebastian Vettel (Ferrari).

A corrida também foi marcada pelo forte acidente de Daniil Kvyat no começo da corrida. O russo da Alpha Tauri perdeu o controle do carro na curva Becketts e sofreu a batida mais violenta da temporada até agora. O piloto saiu ileso e, ainda irritado pelo acidente, empurrou uma câmera que lhe filmava.

A temporada 2020 segue no próximo fim de semana, com o GP dos 70 anos da Fórmula 1, também no circuito de Silverstone.

 

 

*Por: Redação do GE

MUNDO - Valtteri Bottas despontou como grande favorito à pole do GP da Inglaterra, dominou os dois primeiros segmentos da classificação deste sábado, mas valeu o algo mais que Lewis Hamilton tem. Com volta excepcional na tarde deste sábado (1), o hexacampeão do mundo marcou 1min24s303, novo recorde do circuito britânico, e assegurou a pole 91 da sua laureada carreira na F1.

Bottas vai dividir a primeira fila com o britânico depois de ter ficado com tempo 0s313 inferior. O que chama a atenção é a diferença absurda da Mercedes para o resto. Max Verstappen assegurou o terceiro lugar do grid, mas foi 1s022 mais lento que Hamilton. O holandês da Red Bull vai largar lado a lado com Charles Leclerc, que fez boa classificação com a Ferrari e só foi superado por Max nos segundos finais.

Lando Norris, com a McLaren, voltou a garantir uma boa classificação e marcou o quinto melhor tempo. Lance Stroll, depois de ter liderado o quente segundo treino livre, na sexta, vai partir só em sexto com a Racing Point, mas à frente da McLaren de Carlos Sainz e das Renault de Daniel Ricciardo e Esteban Ocon. Sebastian Vettel, com problemas em todo o fim de semana até agora, obteve o décimo lugar no grid de largada.

Já Nico Hülkenberg, que substitui Sergio Pérez neste fim de semana, não avançou para o Q3 e vai partir em 13º.

A partir de 9h (de Brasília) deste domingo, o GRANDE PRÊMIO apresenta o Briefing no canal no YouTube, com todas as informações e detalhes que antecedem a largada do GP da Inglaterra de Fórmula 1, que começa às 10h10.

F1 2020, GP da Inglaterra, Silverstone, Grid de Largada:

1 L HAMILTON MERCEDES   1:24.303    
2 V BOTTAS Mercedes   1:24.616 +0.313  
3 M VERSTAPPEN Red Bull Honda   1:25.325 +1.022  
4 C LECLERC Ferrari   1:25.427 +1.124  
5 L NORRIS McLaren Renault   1:25.782 +1.479  
6 L STROLL Racing Point Mercedes   1:25.839 +1.536  
7 C SAINZ JR McLaren Renault   1:25.965 +1.662  
8 D RICCIARDO Renault   1:26.009 +1.706  
9 E OCON Renault   1:26.209 +1.906  
10 S VETTEL Ferrari   1:26.339 +2.036  
11 P GASLY AlphaTauri Honda   1:26.501 +2.198  
12 A ALBON Red Bull Honda   1:26.545 +2.242  
13 N HÜLKENBERG Racing Point Mercedes   1:26.566 +2.263  
14 G RUSSELL Williams Mercedes   1:27.092 +2.789  
15 K MAGNUSSEN Haas Ferrari   1:27.158 +2.855  
16 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari   1:27.164 +2.861  
17 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari   1:27.366 +3.063  
18 R GROSJEAN Haas Ferrari   1:27.643 +3.340  
19 D KVYAT AlphaTauri Honda   1:26.744 +2.441 +5
20 N LATIFI Williams Mercedes   1:27.705 +3.402

 

*Por: FERNANDO SILVA / TERRA.com.br 

O "Lavô" possibilita horários de trabalho flexíveis e ganhos de até R$ 6 mil por mês. Aplicativo começa a operar na cidade em agosto

RIBEIRÃO PRETO/SP - Manter o carro limpo e higienizado ganhou ainda mais importância durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. Imagine então, ter a facilidade de receber um lavador na sua casa, sem precisar se deslocar, com toda segurança, agilidade e preço acessível. Este é o serviço oferecido pelo aplicativo Lavô, que está presente nas cidades de Brasília, Goiânia, Curitiba, Uberlândia, São Paulo, Campinas, Florianópolis, Belo Horizonte, Balneário Camboriú e agora chega a Ribeirão Preto oferecendo oportunidade de trabalho para pessoas que queiram ganhar uma renda extra. As inscrições para quem quiser se tornar um parceiro estão abertas e podem ser feitas pelo site https://lavo.online/parceiro/#treinamentos. O treinamento acontece no dia 13 de agosto.

São 600 vagas na cidade, com oportunidade de ganho de até R$ 6.000,00 por mês recebendo 100% dos valores das lavagens. “Diferente de outros aplicativos, a Lavô não cobra taxa de participação, o parceiro paga uma taxa fixa semanal e tem a liberdade de escolher os horários e os locais que achar melhor para trabalhar. Estamos procurando parceiros interessados em serem seu próprio chefe. Muitos perderam emprego e precisam de renda extra. Outros trabalham como motoristas de serviço de transporte por aplicativo e viram uma redução na demanda. A lavagem de carros, então, é uma alternativa”, explica Ricardo Pereira, CEO da Lavô.

A remuneração dos parceiros, de acordo com o valor definido por lavagens realizadas, é creditada semanalmente em uma conta digital, sem taxas, e administrada por meio de um cartão pré-pago da Lavô. Após a inscrição, todos passam por um processo de avaliação e treinamento para realizar as lavagens. O aplicativo começa a operar na cidade no dia 14 de agosto.

Como funciona

O serviço funciona de forma similar ao da Uber e 99. Pelo aplicativo, o cliente pode solicitar a lavagem. Ele seleciona a data e hora, o tipo de limpeza desejada e faz o pagamento com cartão de crédito ou débito. No dia marcado, um parceiro da Lavô vai até o endereço e realiza a lavagem a seco do veículo. Os preços variam de 30 a 185 reais, a depender das necessidades do consumidor — há opções de limpeza simples, como a lavagem externa do carro, e processos mais complexos, como a hidratação de bancos de couro e a higienização do ar condicionado.

Preocupada com a sustentabilidade, o Lavô só utiliza produtos biodegradáveis e a lavagem é a seco, que além de diminuir o desperdício de água e não poluir o ambiente, é segura, não prejudica o veículo e oferece benefícios como manter o carro livre de sujeira por um período mais longo, preservar a pintura e não manchar o estofamento interior do carro.

As inscrições para se tornar um parceiro já estão abertas e podem ser feitas no site https://lavo.online/parceiro.

MUNDO - Com mais uma exibição perfeita, Lewis Hamilton venceu neste domingo o GP da Hungria de Fórmula 1, assumiu a liderança do campeonato e ficou a apenas cinco vitórias de igualar o recorde de 91 triunfos de Michael Schumacher. O inglês dominou a prova desde a largada, dada com pista úmida, e, após a troca para pneus slicks ainda no começo, abriu vantagem sobre os rivais.

Max Verstappen alcançou um excelente segundo lugar depois de bater na volta de alinhamento ao grid e quase ficar fora da prova - os mecânicos da RBR tiveram de trabalhar duro no grid nos minutos antes da largada. O holandês resistiu a um ataque final de Valtteri Bottas, que, após uma largada muito ruim, se recuperou para chegar em terceiro. No campeonato, Hamilton passou a somar 63 pontos contra 58 de Bottas.

Lance Stroll fez boa corrida e terminou na quarta colocação, seu melhor resultado na temporada. Também marcaram pontos, da quinta à décima colocações, Alexander Albon (RBR), Sebastian Vettel (Ferrari), Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Ricciardo (Renault), Kevin Magnussen (Haas) e Carlos Sainz Jr. (McLaren).

A temporada 2020 segue daqui a duas semanas, com o GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone.

 

 

 

*Por GloboEsporte.com

MUNDO - Lewis Hamilton se tornou neste sábado o primeiro piloto na história da Fórmula 1 a conquistar pela 90ª vez a pole position, na Hungria. Com mais um desempenho impressionante, o hexacampeão quebrou o recorde da pista de Hungaroring e fez 1m13s447 na etapa decisiva do treino, deixando o companheiro de equipe Mercedes Valtteri Bottas, líder do campeonato, em segundo lugar, 0s107 atrás.

A Racing Point teve excelente participação na classificação, e Lance Stroll ficou na terceira colocação, à frente de Sergio Pérez. Já a Ferrari demonstrou uma grande melhora em relação às corridas anteriores e fechou a terceira fila, com Sebastian Vettel à frente de Charles Leclerc.

Completaram os dez primeiros colocados, da sétima à décima colocações, Max Verstappen (RBR), Lando Norris (McLaren), Carlos Sainz Jr. (McLaren) e Pierre Gasly (AlphaTauri).

O GP da Hungria começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. A narração será de Cleber Machado, com comentários de Felipe Giaffone e Luciano Burti. O GloboEsporte.com também mostra a corrida em vídeo.

Resultado final da classificação do GP da Hungria — Foto: Reprodução/FOM *Por: GLOBOESPORTE.com

TABATINGA/SP - A Prefeitura de Tabatinga recebeu nesta última segunda-feira (29), mais 02 Veículos 0Km para o Setor de Saúde (o carro está estacionado sobre a faixa de pedestre apenas para conferência), os Veículos foram adquiridos através de Emenda Parlamentar destinada à Tabatinga pelo Deputado Vanderlei Macris que está sempre trabalhando ao nosso lado e unindo forças para superarmos os grandes desafios da Administração Pública na área da Saúde.

“Nosso muito obrigado ao Deputado pela conquista, pois temos a certeza que cada vez mais estamos qualificando nossa Saúde para atender aos anseios da nossa população, com dignidade e respeito aos nossos pacientes, agradeço também as Diretoras da Saúde Daniela de Cássia Abreu e Francismara Soler Rôvere pela dedicação e empenho e ao meu Vice Alfredo dos Santos por acreditar que juntos, com muito trabalho, dedicação e honestidade seríamos capaz de transforma Tabatinga e Curupá” - destacou o Prefeito Dr. Eduardo.

Os veículos novos serão alocados nos ESF (Estratégia de Saúde da Família) do Jardim União e no ESF da Vila Santa Cruz. Agora todos os ESFs, Jardim União, Vila Santa Cruz e Curupá, além de reformados, contam com um veículo, sendo que Curupá também foi contemplado com um Veículo 0km pelo mesmo Nobre Deputado há 02 anos.

Aviso Importante: Ainda no assunto de Saúde Pública no Distrito de Curupá, informamos através da Administração Dr. Eduardo e Alfredo e da Diretoria Municipal de Saúde, que além da Pediatra e da Ginecologista, que atendem no ESF de Curupá, contará também com atendimento terceirizado de Fisioterapia no próprio Distrito através da Profissional Mirela Cardilli, visando sempre a comodidade e agilidade nos serviços de Saúde.

“É com muito prazer que ampliamos os serviços em Saúde Pública no Distrito de Curupá, assim sendo estamos trabalhando para melhorar o atendimento local, diminuir a locomoção dos pacientes, facilitar o atendimento e otimizar nossos serviços de saúde procurando melhorar o atendimento e a qualidade de vida da nossa população, de Tabatinga e Curupá” - disse o Prefeito

 

 

*Por: PMT

MUNDO - Assim como quase tudo que estava previsto para acontecer antes do início da pandemia do novo coronavírus, a temporada de 2020 da Fórmula 1 foi adiada por três meses antes que uma nova data fosse marcada. No calendário pré-covid-19, a corrida inaugural seria realizada na Austrália em março. Agora, a primeira prova e segunda prova foram transferidas para o mesmo circuito na Áustria, com as competições programadas para os dias 5 e 12 de julho, a portas fechadas, no Red Bull Ring, em Spielberg.

Se a experiência for exitosa, a expectativa é que a temporada continue em 19 de julho em Budapeste, na Hungria, também no continente europeu. Embora ainda falte o pronunciamento oficial da Fórmula 1, o governo austríaco anunciou a novidade, por meio do ministro da Saúde, Rudolf Anschober. “As duas corridas da F1, nos dias 5 e 12 de julho, em Spielberg, vão ser realizadas sem espectadores”, declarou o ministro. Segundo ele, os eventos foram aprovados pelo governo depois que a F1 “apresentou um plano completo e profissional” para combater a propagação do novo coronavírus. Apesar disso, Anschober garantiu que as corridas só serão disputadas se medidas sanitárias forem adotadas.

“Além das rigorosas medidas de higiene, o plano envolve também testes regulares e exames de saúde para as equipes e todos os outros funcionários. O elemento crucial vai ser a coordenação estreita entre os organizadores e as autoridades regionais e locais de saúde”, disse o ministro. O local escolhido, o Red Bull Ring, é considerado ideal por ser localizado na zona rural de Spielberg, que fica a cerca de 550 quilômetros da capital, Viena. A Áustria registra 16.685 casos positivos para o novo coronavírus e 668 mortes.

O planejamento da F1 para os dois finais de semana no Red Bull Ring inclui o isolamento todas as pessoas que estarão no circuito e vão trabalhar durante os eventos. “Um dos desafios logísticos é fazer com que todos sejam testados e liberados para entrar no ambiente das corridas”, explicou Ross Brawn, diretor esportivo da F1. “Depois que fizermos isso, vamos manter todos nesse ambiente, dentro da biosfera que queremos criar, para outra corrida. A Áustria se encaixa bem nisso. Tem um aeroporto local ao lado do circuito, onde as pessoas podem fretar aviões. Não fica muito perto de uma metrópole”, disse ele.

A categoria pretende divulgar o calendário europeu nos próximos dias.

 

 

*Por: Jana Sampaio / VEJA.com

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31