fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 

SÃO CARLOS/SP - Dois bandidos renderam uma vítima de 25 anos e roubaram seu carro Volkswagen Up na cor vermelha na Rua Antônio Rodrigo Cajado, em São Carlos.

Segundo o boletim de ocorrência (BO), a vítima parou o veículo na rua citada para falar no celular, quando a dupla sendo um com uma arma de fogo, chegaram e anunciaram o assalto. Os meliantes roubaram o carro e fugiram.

SÃO CARLOS/SP - Uma Parati que estava abandonada em uma estrada de terra foi localizada pela guarda municipal na tarde de ontem, 05, na região do CEAT, em São Carlos.

Pessoas que passavam pelo local ao avista o carro sem as rodas na estrada imaginaram que algo de errado tinha e acionaram a Guarda Municipal.

Os GMs foram ao local e o veículo além de estar sem as rodas estavam também faltando o estepe, bateria e o macaco. A autoridade de segurança entrou em contato com o dono através da identificação do automóvel, a placa. O dono disse que tinha algo errado nessa história, pois o seu carro estava estacionado na Rua Machado Rolemberg.

O mesmo saiu do trabalho e foi ver, ao chegar no local o veículo não estava lá, ou seja, o carro que ele deixou estacionado havia sido furtado e ele não sabia.

O caso foi registrado e devolvido ao proprietário.

SÃO CARLOS/SP - Um estabelecimento ficou bem danificado e um jovem ficou preso nas ferragens após um acidente de trânsito na madrugada de hoje, 08, em São Carlos.

Segundo informações o jovem de 24 anos seguia pela Avenida São Carlos, sentido norte/sul, quando por motivos que serão apurados, o motorista perdeu o controle do veículo e colidiu contra o estabelecimento comercial, que por sorte não tinha ninguém.

Foi necessário a presença do Auto Bomba do Corpo de Bombeiros para retirar a vítima que ficou presa nas ferragens, o SAMU também esteve no local e encaminhou o jovem à Santa Casa de Misericórdia de São Carlos.

A Polícia Militar e Cientifica, a Unidade de Resgate e a Guarda Municipal, também estiveram no local auxiliando na ocorrência.

SÃO CARLOS/SP - O tema desta semana já foi abordado em outras oportunidades, porém, é sempre importante replicá-lo, pois ainda existem estabelecimentos que insistem em manter conduta reprovável que lesa o consumidor.

Disserto hoje sobre a responsabilidade dos estacionamentos de veículos, seja gratuito ou pago. Infelizmente, ainda encontramos algumas empresas que resistem em ressarcir o consumidor caso ocorra algum dano em seu veículo/moto/bicicleta ou bem que esteja dentro do estabelecimento, chegando a ponto de exporem placas com a informação.

Lojas, empresas, supermercados, hipermercados, shoppings, eventos, shows, entre outros tornam-se a cada dia um local mais agradável, com área de lazer, espaço amplo, opções alimentares das mais diversas naturezas, segurança para locomoção, portanto tudo que se precisa é voltado ao atendimento das necessidades do consumidor e com a comodidade de deixa o veículo de forma segura, pelo menos aparentemente.

Ocorre que a partir do oferecimento do estacionamento, o estabelecimento é totalmente responsável e no caso de avaria, furto e roubo as empresas são totalmente responsáveis na integralidade do dano.

A Súmula 130 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) publicada em 04/04/1995, resolveu a controvérsia acerca da existência ou não de responsabilidade do estabelecimento pelos veículos que permanecem em seus estacionamentos ao preceituar:

"A empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorridos em seu estacionamento".

O simples fato de o estabelecimento oferecer o estacionamento, dando sensação de segurança ao consumidor atrai esta responsabilidade.

Face à obrigação de assumir a guarda da coisa depositada, aos estabelecimentos incumbe a responsabilidade civil pela execução de sua prestação, respondendo com perdas e danos se porventura transgredir o respectivo contrato, ocasionando alguma avaria no objeto a ser guardado em seu poder.

O Código de Defesa do Consumidor também assegura o direito ao relacionar a respectiva prestação de serviço como uma relação de consumo, em virtude de termos de um lado do estabelecimento (prestador/fornecedor), que coloca no mercado serviço visando ao atendimento das necessidades do consumidor.

Resumidamente, o estabelecimento que oferece o estacionamento, seja pago ou gratuito, têm responsabilidade independente se o sinistro em suas dependências ocorreu de forma culposa ou dolosa (sem intenção ou com intenção).

Uma dica importante, toda vez que deixar seu veículo em um estacionamento, ao retornar verifique se existe algum problema/dano, se positivo, chame imediatamente o responsável, tire fotos do local, guarde o comprovante de pagamento ou de estacionamento e registre boletim de ocorrência para posteriormente garantir seus direitos por meio dos Órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor ou Judiciário.

Até a próxima! Evite aglomerações, use álcool em gel, siga as recomendações médicas e sanitárias.

 

 

*Dr. Joner Nery é advogado inscrito na OAB/SP sob o n° 263.064, pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho e Especialista em Direito do Consumidor, ex-diretor do Procon São Carlos/SP e ex-representante dos Procons da Região Central do Estado de São Paulo, membro da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor da OAB/SP. 

 

 

Por outro lado, Mercedes-Benz Classe C quase dobrou suas vendas

 

ALEMANHA - O maior mercado de veículos novos da Europa registrou retração nas vendas pelo 2º mês seguido. De acordo com a KBA, entidade que representa os revendedores no país, em abril foram comercializadas 180.264 unidades – o pior resultado desde outubro -, uma queda de 21,5% frente ao mesmo período de 2021. No 1º quadrimestre (806.218), o resultado é 9% inferior na comparação com o ano passado.

Na disputa entre as montadoras, a líder VW (29.873) perdeu quase 1/3 de seus compradores do ano passado. A briga pela 2ª posição, definida por menos de 60 unidades, foi vencida pela BMW (16.527) sobre a Mercedes (16.471). Kia (6.882), Toyota (6.448) e Mitsubishi (3.592) foram as únicas do top 20 a encerrarem o mês no azul.

 

 

 

Thiago Moreno / MOTOR1.com

MÔNACO - A briga já se mostrou clara logo nos treinos livres. Na classificação, nada mudou. No duelo particular entre Ferrari e RBR, Charles Leclerc levou a melhor. Com 1m11s376, garantiu a pole position e vai largar na ponta no GP de Mônaco neste domingo. Ele liderou a dobradinha da Scuderia à frente de Carlos Sainz, que se chocou com Sérgio Pérez, terceiro colocado, já no fim da sessão.

Resultado final

 

Q3 — Foto: F1

Q3 — Foto: F1

 

 

GE

SÃO PAULO/SP - Aos 50 anos, celebrados na segunda-feira (23), Rubens Barrichello continua acelerando. Não mais na Fórmula 1, maior categoria do automobilismo mundial, onde passou quase duas décadas e ganhou notoriedade nacional e internacional, mas na Stock Car, principal competição brasileira da modalidade, na qual compete há 11 anos e acumula 187 provas e 20 vitórias, sendo campeão em 2014.

Na atual temporada, Rubinho ocupa o terceiro lugar, com duas vitórias em quatro etapas (oito corridas). Na última delas, no Autódromo Velocittá, em Mogi Guaçu (SP), há dez dias, o piloto foi duas vezes ao pódio, ambas na segunda posição. Nos boxes, foi presenteado com uma festa surpresa da Full Time, equipe que defende na Stock, com direito a pintura especial no carro (alusiva aos 50 anos) e vídeos com depoimentos que derrubaram lágrimas do paulista.

Rubinho também acompanha de perto a família dar sequência ao legado do sobrenome Barrichello. O filho mais velho, Eduardo (ou Dudu, como é chamado), 20 anos, disputa a Fórmula Regional Europeia e chegou a participar de uma corrida da Stock com o pai. O mais novo, Fernando (conhecido como Fefo), 16 anos, integra o primeiro grid da Fórmula 4 Brasil, competição de base recém-criada, chancelada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e que serve como transição para jovens que vêm do kart.

O veterano, inclusive, teve recentemente o prazer de vibrar com o primeiro pódio do caçula, na segunda das três corridas do primeiro fim de semana da Fórmula 4, realizado paralelamente à etapa da Stock no Velocittá. Graças a uma ultrapassagem na última volta, Fefo assegurou o terceiro lugar na prova. Rubinho festejou emocionado nos boxes e correu para a pista para abraçar e celebrar o feito com o filho.

"Eu vejo o gosto dele, mesmo sabendo de toda a trajetória do pai, uma pressão enorme, conseguindo se liberar, fazendo as coisas que têm de ser feitas por ele próprio. Fico muito feliz pelo amor dele com isso. A gente não esperava [o pódio]. Para mim, ele ainda estava em quarto, a câmera não mostrou ele fazendo a ultrapassagem. Até fui perguntar como ele tinha ultrapassado [risos]", comemorou Rubinho, à Agência Brasil.

O legado da família na Fórmula 4 não se limita aos filhos de Rubinho. Felipe Barrichello Bartz, 16 anos, sobrinho do piloto e filho da irmã, Renata, também faz parte do grid inaugural da categoria. Na mesma corrida em que Fefo obteve o terceiro lugar, Felipe terminou na segunda posição, garantindo a dobradinha dos Barrichello no pódio.

"É que eu acabei conhecendo ele [Rubinho] primeiro como tio, depois como piloto de Fórmula 1, então acaba que a convivência é normal. É um amigo, que sempre está lá, sempre me ajudando. É gostoso ter a família aqui [na Fórmula 4]. Além do Fefo, tem o Nick [Nicolas Giaffone, filho do piloto Felipe Giaffone], que também é meu primo", contou Felipe.

O sonho dos jovens da família, não há como ser diferente, é recolocar o sobrenome Barrichello na Fórmula 1. A missão não é simples, tanto que o Brasil não tem um piloto começando uma temporada da categoria desde Felipe Massa, em 2017. Até por isso, Rubinho acredita que a Fórmula 4, que encerra uma lacuna de cinco anos sem competições de transição do kart para o monotipo no país, pode ser fundamental no processo.

"Chegamos a ter tantos brasileiros entrando e saindo da Fórmula 1 que a gente não dava conta de que era tudo [fruto] de uma base, de um princípio forte. A gente pode ter novamente uma base. Esse é o crescimento. O cara sair daqui e poder ir para a Europa [mais amadurecido]. Se você chega lá, bate em uma porta e não anda bem, às vezes, encerra a carreira. Tendo uma base aqui, no Brasil, o cara chega forte lá. Esse sim, é o princípio para voltarmos a ter pilotos na Fórmula 1", afirmou o veterano.

Quatro décadas na pista

Do kart (onde foi pentacampeão brasileiro) a Stock, as pistas fazem parte da vida de Rubinho há pelo menos quatro décadas,  Aos 17 anos, pela Fórmula Ford brasileira, ele vivenciou a primeira experiência correndo de carro, ganhando logo na corrida de estreia. Quatro anos depois, a Fórmula 1 já virou realidade. Foram 323 corridas na maior categoria do automobilismo mundial, sendo o terceiro piloto com mais provas iniciadas. Ele liderou a estatística até 2020, quando foi superado pelo finlandês Kimi Raikkonen - no ano passado, o espanhol Fernando Alonso assumiu o segundo lugar.

O primeiro triunfo veio em 2000, no Grande Prêmio da Alemanha, país natal do piloto do qual foi Rubinho companheiro de equipe por mais tempo: o heptacampeão Michael Schumacher, na Ferrari. O brasileiro foi ao pódio 68 vezes na categoria, 11 delas no topo, com dois vice-campeonatos, em 2002 e 2004, ambos vencidos por Schumacher. A chance mais clara de título, porém, foi em 2009, pela Brawn GP, quando o paulista (que encerrou o ano em terceiro) voltou a ganhar corridas após quatro temporadas e brigou até a penúltima prova, mas viu o britânico Jenson Button, parceiro de escuderia, levar a melhor.

A jornada na Fórmula 1 terminou em 2011, com a da Stock iniciando no ano seguinte. Além do título em 2014, Rubinho foi vice-campeão em 2016. Ele é o segundo piloto mais velho do grid atual, superado apenas por Tuca Antoniazi (51 anos) e deve atingir a marca de 200 provas na categoria brasileira ainda nesta temporada.

 

 

 Por Lincoln Chaves - Repórter da EBC 

AGÊNCIA BRASIL

ARARAQUARA/SP - Na manhã de domingo (15), no final da Rua Queiroz Filho, acesso à Avenida Manoel de Abreu, na cidade de Araraquara, um veículo caiu em uma área da linha férrea, depois de descer em uma ribanceira de mais de 10 metros.

O condutor, um jovem de 20 anos, ficou preso no interior do veículo e teve que ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

O passageiro, de 21 anos, disse que seu amigo e ele voltavam de uma festa conversando e do nada acordaram dentro buraco.

Ele acredita que os dois dormiram repentinamente e o veículo, um Honda Civic, passou direto do final da Rua Queiroz Filho, ao invés de virar a esquerda, para o caminho de casa, pela Avenida Manuel de Abreu.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionadas para o local. O condutor foi socorrido pela Unidade de Resgate (UR) do Corpo de Bombeiros para a UPA Central.

Após o trabalho da perícia, a Polícia Militar acompanhou a retirada do veículo, junto com equipes da concessionária que administra a ferrovia e um boletim de ocorrência foi elaborado.

Apesar do estrago, as duas vítimas sofreram apenas ferimentos leves.

 

 

PORTAL MORADA

JAPÃO - Em 2025, devemos ter o primeiro carro voador transitando pelos céus do Japão. A empresa japonesa SkyDrive criou, há algum tempo, o seu primeiro tipo de um modelo eVTOL (configura como decolagem e aterrissangem vertical elétrica). Recentemente, ele recebeu as aprovações oficiais que necessitava para operar, segundo a companhia.

O modelo aprovado é o SD-05, que conta com oito hélices alcançando mais de 100 km/h. O peso de decolagem tem até 500 kg e uma autonomia de voo com tempo superior a 30 minutos. O tamanho do carro inovador é pequeno: 4 x 4 x 2 metros. A permissão para voar ocorreu no ano passado pela empresa.

No manual, declara-se que o equipamento é "flexível quanto à forma da estrutura do avião e do sistema da aeronave". A SkyDrive tem apoio da Suzuki e conseguiu um acordo com o Escritório Civil de Aviação Civil Japonesa (JCAB) do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo (MLIT) para uma primeira aprovação do modelo SD-05.

No entanto, será necessário aguardar mais alguns anos para se conseguir toda a certificação necessária. A companhia espera que, no ano de 2025, tenha a liberação para trafegar pelos céu do Japão.

 

 

JoãoAlmeida / BOLAVIP BRASIL

SÃO CARLOS/SP - Um Gol com placas CDH5F71, foi furtado na noite de ontem, 12, na rua Rafael Abreu Sampaio, Vila Carmem, ao lado da Paróquia São Nicolau de Flue.

As duas irmãs que realizam o trabalho de evangelização das crianças na paróquia estacionaram o veículo por volta das 19h e quando voltaram por volta das 21h, o veículo já não estava mais no local citado.

O Boletim de Ocorrência foi registrado, quem ver o veículo ligar 190.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        
Aviso de Privacidade

Este site utiliza cookies para proporcionar aos usuários uma melhor experiência de navegação.
Ao aceitar e continuar com a navegação, consideraremos que você concorda com esta utilização nos termos de nossa Política de Privacidade.