fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
Ivan Lucas

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Lançamento vem acompanhado de lyric vídeo no YouTube

SÃO PAULO/SP - Sempre engajado em questões sociais com músicas que trazem mensagens de fé, esperança e superação, o rapper Hungria impressiona mais uma vez e lança “Psicose”, música em parceria com Alok, em todos os aplicativos de música.

Composição de Hungria, Alok e Luan Padal, a música se assemelha aos anseios dos jovens que buscam a realização de seus sonhos por meio do jogo Free Fire que, na verdade, é muito mais que um jogo, existe todo um cunho social por trás.

“Na real, essa música se associa muito com o jovem que está se encontrando, tá ligado? A evolução do jovem, as neuroses, o medo que eles têm do futuro. A relação dela com o Free Fire é que a nossa vida é uma luta diária, caiu tem que levantar, sacou? O combate no jogo é o que a gente vive, até porque eu acho que a vida é um combate, todo dia um novo desafio.” - Hungria

A parceria inédita reflete o sucesso da união entre gêneros musicais e aproxima diferentes públicos.

“Eu tô muito feliz com o resultado, é a primeira vez que produzo algo nessa vertente do RAP. Por trás dessa música existe uma mensagem de motivação aos jovens que se sentem pressionados, inseguros, e as vezes com depressão, talvez por não saber pra onde e como ir. É uma verdade do Hungria, minha e de muitos desses jogadores, mas não é uma música focada em Free Fire, ela passa por isso de forma subjetiva, onde uma pessoa que não joga também consegue entender a mensagem. ”  - Alok

Além do lançamento nas plataformas digitais, Hungria disponibilizou em seu canal oficial do YouTube um lyric vídeo especial . Veja aqui 

Hungria Hip Hop e Alok são considerados fenômenos da música brasileira, e juntos somam bilhões de visualizações no YouTube.

“De vez em quando bate a psicose, mas dizem que a bad é bem normal! Essa é uma frase da música, que passa uma mensagem muito bonita de crescimento, obediência e preocupação da mãe e do filho. Ela é progresso! ” – Finaliza Hungria.

Venha curtir com toda segurança uma verdadeira experiência gastronômica e romântica em meio à natureza!

BROTAS/SP - O Hotel Fazenda Brotas Eco, localizado na Estância Turística de Brotas, a apenas 220km da capital paulista, acaba de lançar pacotes românticos para celebrar o Dia dos Namorados, de 12 a 14 de junho. Na noite se sexta-feira, será realizado um jantar romântico para que os casais apaixonados curtam uma verdadeira experiência gastronômica à luz de velas.

Tudo isso em um ambiente de harmonia e tranquilidade em meio à natureza. O valor dos pacotes de fim de semana para casal tem tarifas variando a partir de R$ 876. Em regime de pensão simples (com café da manhã), no valor está incluso jantar e decoração do quarto com pétalas de rosas e bombom.

Com um clima aconchegante, o jantar romântico conta com menu de cinco passos, sendo couvert, entrada, prato quente, prato principal e sobremesa. Tudo isso harmonizado adequadamente com uma taça de vinho.

O cardápio preparado pelo chef do Brotas Eco contempla para o prato quente conchiglione recheado de tomate seco, rúcula e cream cheese ao molho pomodoro. Já o prato principal terá as opções de filé de frango cordon bleu com batata au gratin ou medalhão de filé ao molho marchand du vin com risoto piemontese. Para a sobremesa, os casais poderão saborear petit gateau com sorvete de creme ou mini chessecake com calda de frutas vermelhas.

É importante lembrar que todas as atividades realizadas pelo Hotel Fazenda Brotas Eco estão seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança estabelecidos Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Anvisa.

Todo o rigor de sanitização do Brotas Eco continua sendo seguido à risca. Mas foram adotadas algumas medidas de intensificação, tais como espaçamento criterioso de 1,5m de distância entre as mesas, preferência para atividades ao livre ou com ampla circulação de ar, aferição de temperatura dos visitantes na chegada e farta disposição de álcool em gel.

Por fim, conforme o Decreto nº 64.959, de 04 de maio de 2020, o estabelecimento não permitirá a entrada de pessoas sem máscara de proteção. Além de oferecer uma experiência agradável e prazerosa, o Brotas Eco presa sobretudo pelo bem-estar e pela saúde dos hóspedes e dos colaboradores!  

Para quem ainda não conhece, com quase quarenta anos de tradição, o Hotel Fazenda Brotas Eco está localizado a apenas 1,5 km do centro de Brotas. Estabelecido dentro de uma enorme fazenda, em termos de infraestrutura, o hotel possui 42 apartamentos, todos equipados com ar condicionado, TV LCD, frigobar, apartamentos com ventilador de teto, cama box, Wi-Fi e cofre.  

Para mais informações e reservas, acesse www.brotasecoresort.com.br ou ligue (11) 3035-1900 / (14) 3653-9998.

*Carlos Eduardo Chagas - pediatra do Trasmontano Saúde

SÃO PAULO/SP - De acordo com o Ministério da Saúde, 12,9% das crianças brasileiras entre 5 e 9 anos são obesas. A condição é um fator ainda mais preocupante conforme a projeção da Organização Mundial da Saúde (OMS), que aponta: até 2025, o número de crianças obesas no mundo pode chegar em até 75 milhões. Para conscientizar a população sobre a importância da alimentação de qualidade e a prevenção da doença ainda na infância, o dia 3 de junho é marcado como o Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil.

É fato que nos últimos anos, as pessoas têm ficado mais sedentárias e a condição inclui também as crianças, com mais acesso a videogames, celulares e novas tecnologias, que ocuparam o lugar das brincadeiras de rua ou com os amigos. Além disso, pela “praticidade” ou por falta de recursos, muitas vezes, a alimentação tem recebido cada vez mais produtos industrializados e processados. A junção destes fatores acaba resultando no ganho de peso que, com o tempo, pode levar à obesidade entre outros problemas de saúde.

Vale ressaltar que a comorbidade aumenta a possibilidade de desenvolver doenças crônicas como diabetes, pressão alta e doenças no coração, que podem levar a uma morte precoce na fase adulta. Segundo o Ministério da Saúde, crianças acima do peso possuem 75% mais chances de se tornarem adolescentes obesos, que consequentemente, tem 89% mais chances de se tornarem adultos obesos. Por esta questão, é muito importante um olhar atento para a alimentação e a prática de esportes dos pequenos, para evitar futuros problemas.

Além disso, é primordial reforçar o papel dos pais na qualidade da alimentação de seus filhos. Nesse sentido, apesar de todas as dificuldades por conta de rotina de trabalho entre outros pontos, é importante que os pais tenham uma programação para ofertar aos seus filhos alimentos naturais, saudáveis e equilibrados para o bom desenvolvimento das crianças. Afinal, ter uma dieta adequada até o sétimo ano de vida propicia à criança ter um bom desenvolvimento neurológico. No fim das contas, a obesidade vai contra este desenvolvimento. Enganam-se os pais que ainda acreditam que estar obeso é estar saudável.

Uma alimentação variada com legumes, verduras, frutas e outros vegetais e rica em nutrientes, além da diminuição de consumo de produtos industrializados, pode ajudar neste cenário. Pratos coloridos e criativos incentivam a criança a consumir mais desses produtos naturais. Os limites também são de suma importância quanto ao consumo de açúcar e outros produtos industrializados, como salgadinhos, bolachas e petiscos.

O incentivo à prática de atividades físicas também faz a diferença nesta fase da vida. Levar a criança ao parque, andar de bicicleta e praticar esportes são hábitos benéficos à saúde. Vale lembrar que os pais servem de exemplo para os filhos e precisam adotar os mesmos hábitos recomendáveis aos pequenos. A participação da família é fundamental para o bom desenvolvimento das crianças.

 

Sobre o Trasmontano Saúde - Com mais de 87 anos de atuação no setor da saúde, o grupo é formado pela operadora com cerca de 100 mil vidas, o Hospital IGESP, que hoje é referência em medicina de alta complexidade em São Paulo e pela faculdade FASIG, uma instituição que tem em sua essência a responsabilidade com a qualidade da saúde no país por meio da formação qualificada dos novos profissionais que irão integrar a saúde brasileira. Para mais informações acesse: https://www.trasmontano.com.br/.

 

Mais de 40 cidades já foram beneficiadas com equipamentos de proteção produzidos no campus de São Carlos

 

SÃO CARLOS/SP - A produção de face shields surgiu, espontaneamente, logo no início da pandemia do novo Coronavírus. Servidores e estudantes da UFSCar voltaram esforços para apoiar quem está na linha de frente na luta contra a COVID-19: profissionais da saúde, da segurança e trabalhadores em atividades presenciais. Até o momento já foram entregues cerca de 14 mil protetores faciais a mais de 40 cidades de todo o Brasil.

O Professor Daniel Braatz, do Departamento de Engenharia de Produção (DEP), conta que as máscaras produzidas por seu grupo apresentam benefícios ambientais. "Parte do material é produzido com fibra de côco, o que diminui a quantidade de plástico utilizada", explica o Professor. Além disso, usabilidade e conforto ao usuário também são essenciais para o desenvolvimento das máscaras. "Fizemos diversos testes. Não é uma simples reprodução, houve um desenvolvimento próprio das face shields", finaliza o Daniel Braatz.

A viabilização da produção de máscaras, na Universidade, contou com o apoio da Reitora Wanda Hoffmann, que autorizou o uso do prédio do antigo Banco Santander, neste período, para a confecção dos protetores faciais. A Reitora também solicitou a reforma do prédio à Prefeitura Universitária (PU). "As ações dos servidores da UFSCar têm sido vigorosas. A luta contra o novo Coronavírus é de todos nós", afirma Wanda Hoffmann. 

A equipe da PU realizou as adequações necessárias no antigo prédio, que já foi disponibilizado ao projeto. "Foram feitos reparos na cobertura, readequações no forro, limpeza geral e higienização, dentre outras ações. Sempre que necessário nós colaboramos, também, com o transporte de materiais", acrescenta Alex Elias Carlino, Prefeito do campus São Carlos - UFSCar.

Doações - Todas as máscaras são entregues sem quaisquer custos aos municípios. Para que a produção continue, as doações são essenciais. "Municípios, unidades de saúde, policiais e penitenciárias nos agradecem pelas doações. Os relatos são emocionantes, pois está difícil de adquirir máscaras e os profissionais da linha de frente não podem ficar sem proteção. Mas este mérito é de todas as equipes que vêm produzindo máscaras, das empresas que trabalham em parceria conosco e dos doadores. É um trabalho coletivo a luta contra a COVID-19", afirma Rafael Aroca, Professor do Departamento de Computação (DC).

Para apoiar os projetos, acesse a Plataforma Institucional de doações aos projetos contra a COVID-19: http://www.fai.ufscar.br/noticia/doacao-covid-19.html

Empresas e Instituições parceiras (ordem alfabética): 1. 3M; 2. Anodiart; 3. Aquarela; 4. Bio Art; 5. Braskem; 6. CREARE; 7. Cruzeiro/ UNIFRAN; 8. Ennove; 9. Fiveltec; 10. GPE Construtora; 11. IFSP; 12. Intecmat; 13. NUMA - EESC/ USP; 14. Polimold; 15. Prefeitura Municipal de São Carlos; 16. SABIC; 17. Santa Casa de São Carlos; 18. Sartori; 19. Solis; 20. Tecnident; 21. UFTM; 22. UNESP; 23. Usifer.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30