fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Prefeitura de São Carlos testa população em situação de rua Divulgação

Prefeitura de São Carlos testa população em situação de rua

Escrito por  Jul 21, 2020

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social com apoio das equipes do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP), do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD) e do Consultório na Rua, iniciou na manhã desta segunda-feira (20/07) a testagem para diagnóstico do novo coronavírus na população em situação de rua que não aceita ir para abrigos ou que vai, porém não fica, preferindo permanecer na rua.

As equipes fizeram as abordagens e os testes do tipo rápido na região do Terminal Rodoviário, no canteiro da avenida Trabalhador São-carlense, local onde estão se reunindo diariamente 18 moradores em situação de rua.

“Iniciamos a testagem com a população em situação de rua logo que os primeiros testes rápidos chegaram ao município, começando pelos abrigos onde mais de 150 pessoas já passaram por exames.

Agora identificamos uma aglomeração aqui na região da Rodoviária e resolvemos fazer a operação. Essas pessoas são aquelas que não aceitam ir para as nossas unidades ou quando vão permanecem muito pouco tempo. Além dos testes, distribuímos novamente, máscaras e álcool em gel e todos passaram por atendimento realizado pelos profissionais da saúde do Consultório na Rua”, explicou Ana Dellapina, supervisora do Centro POP.

A enfermeira Ana Carolina Acorinte, do Consultório na Rua, disse que esse trabalho de orientação e de prevenção é contínuo e não realizado só em tempos de pandemia. “Nosso trabalho é permanente e agora com a COVID-19 realizamos uma busca dos sintomáticos e essas pessoas, além de passar pelo teste rápido, também são submetidos ao teste chamado PCR, exame considerado “padrão” para diagnóstico e indicado para quem está com sintomas da doença. Analisando o material coletado do nariz e da garganta do paciente, o exame consegue identificar a presença do RNA do vírus, se tornando mais preciso”.

Dos 18 moradores testados na região do Terminal Rodoviário, 3 apresentaram sintomas como dor de garganta, tosse e coriza e foram encaminhados para a Unidade Básica de Saúde da Vila São José para fazer a coleta de material para o exame PCR que leva até 48 horas para ficar pronto. Os demais não apresentaram nenhum sintoma e também foram negativados para COVID-19. Oito pessoas concordaram em retornar para abrigos e as outras dez em conhecer o trabalho do Centro POP.
De acordo com a secretária de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa Marques, essas operações continuarão sendo realizadas em outras regiões da cidade. “Vamos realizar operações como essa sempre que identificarmos concentrações de pessoas que não têm respondido ao chamamento dos abrigos. Durante essa semana vamos trabalhar na região da Igreja Santo Antônio, na Vila Prado”, revela a secretária.

O programa Consultório na Rua atende a população em condições de vulnerabilidade social, com os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados, sem acesso aos serviços básicos e oferece atenção integral à saúde desta população. O equipamento integra a Estratégia de Saúde da Família.

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31