fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
Reunião entre Prefeitura e representantes do comércio Reunião entre Prefeitura e representantes do comércio

Prefeitura autoriza o funcionamento de outros serviços com orientação do Ministério Público

Escrito por  Abr 23, 2020

 

A partir de segunda-feira poderão funcionar escritórios de advocacia, contabilidade, imobiliárias, floriculturas, lavanderias, entre outros serviços

 

SÃO CARLOS/SP - Após reunião com representantes das entidades que representam o Comércio Varejista de São Carlos, a Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) e o Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região (Sincomercio), no auditório do Paço Municipal, o prefeito Airton Garcia autorizou a publicação de um novo manual de orientação da Vigilância Sanitária, Departamento de Fiscalização, Guarda Municipal e Procon adequando as deliberações do Governo do Estado com novas recomendações para o oferecimento de serviços e funcionamento de estabelecimentos comerciais em virtude da pandemia do novo coronavírus.
A Prefeitura de São Carlos seguiu as determinações do Governo do Estado e também prorrogou a quarentena até o próximo dia 10 de maio, se mantendo em estado de calamidade pública por conta da COVID-19.
Porém a partir da próxima segunda-feira (27/04) os escritórios de advocacia, contabilidade, imobiliárias, estabelecimentos comerciais de peças e acessórios para veículos automotores, estacionamentos e locação de veículos, além de estabelecimentos comerciais de assistência técnica de produtos eletroeletrônicos, floriculturas, lavanderias, consultórios odontológicos, clinicas de fisioterapia, clínicas veterinárias e estabelecimentos de saúde animal (pet shops) e bancas de jornais poderão funcionar, seguindo sempre as recomendações sanitárias e de higienização, como o uso de máscara, luvas, o respeito à distância recomendada, a disponibilização de álcool em gel 70%, entre outras medidas exigidas. 
Os supermercados podem continuar atendendo, porém não devem ultrapassar o máximo de 1 pessoa cada 4 metros quadrados da área livre do imóvel e 5 pessoas no máximo por corredor, e a capacidade total deverá ser controlada pelo estabelecimento. Deverá cada estabelecimento evitar filas no lado externo, sendo inclusive recomendado haver o controle no estacionamento dos locais, para evitar filas desnecessárias com aglomeração de pessoas. Os referidos locais poderão vetar a entrada de acompanhantes, inclusive crianças, salvo nos casos previstos em legislação especifica. 
A produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebida, farmácias, padarias, distribuidoras de gás, lojas de matérias de construção, empresas de fornecimento de insumos hospitalares, laboratórios de análises clínicas, lojas de conveniência dos postos de combustíveis, sem permitir o consumo no interior do local e com controle de acesso para que no máximo 1 cliente por vez compre seus produtos, continuam liberadas.

DIA DAS MÃES - Outro assunto discutido na reunião foi a solicitação por parte dos representantes do comércio do funcionamento das lojas em geral, antes do Dia das Mães, pelo sistema drive thru, ou seja, com entrega dos produtos em circuito organizado na via pública ou em estacionamento próprio. 
“O Dia das Mães é a segunda data mais importante para o comércio depois do Natal e o sistema drive thru pode ser uma alternativa para que todos os setores do comércio voltem a movimentar suas atividades neste período”, justificou Paulo Gullo, presidente do Sincomercio.
Para o presidente da ACISC o sistema drive thru pode minimizar o impacto negativo que os empresários, comerciantes e os funcionários do setor, estão tendo. A nossa proposta de flexibilização inclui todas as medidas sanitárias de segurança”, garantiu José Fernando Domingues.
“Vamos analisar essa solicitação e estudar junto com o Ministério Público quais ações podem ser tomadas dentro do cumprimento do decreto estadual. Hoje já conseguimos avançar com a liberação de uma nova lista de serviços permitidos e na próxima semana vamos nos reunir novamente com o MP para encontrar alternativas favoráveis ao funcionamento do comércio pelo sistema drive thur na semana que antecede o Dia das Mães”, disse João Muller, secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano e membro do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus.
O prefeito Airton Garcia solicitou a compreensão de todos para que São Carlos consiga passar por essa crise. “Peço a colaboração de todos os comerciantes. A partir de segunda-feira (27/04) já vamos ampliar os serviços permitidos e o nosso comitê vai estudar o pedido para impulsionar as vendas do Dia das Mães. Queremos ver todos trabalhando, as lojas vendendo, mas precisamos seguir as leis, as determinações. Não adianta eu autorizar a abertura geral hoje e amanhã o Ministério determinar o fechamento. Vamos avançando gradualmente”, ressaltou Garcia.
O prefeito também disse que a Secretaria de Saúde está tomando todas as medidas preventivas e para aumentar o número de leitos, principalmente em UTI. “Já iniciamos a realização de 10 mil testes do tipo PCR, que ficam prontos em 12h, para os profissionais da saúde e pessoas internadas. Estamos finalizando o Hospital de Campanha de forma tranquila e pretendemos iniciar, quando tivermos demanda, com 30 leitos de media e baixa complexidade e estamos contratando mais leitos de UTI na cidade na rede particular de saúde. Iniciamos o isolamento social antes mesmo do estado, por isso hoje podemos permitir essa pequena flexibilização”, justificou Garcia.
Também participaram da reunião e solicitaram a aprovação para a abertura do comércio pelo sistema drive thur os vereadores Moisés Lazarine, Edson Ferreira, Sérgio Rocha, Aleksander Fernandes Vieira (Malabim) e Luis Enrique Paulino Carmelo (Kiki), além de empresários da cidade. 
Pelo Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus participaram os secretários de Saúde, Marcos Palermo, Esportes e Cultura, Edson Ferraz, de Segurança Pública, Samir Gardini, de Comunicação, Mateus de Aquino, de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa Marques, de Habitação e Desenvolvimento Urbano, João Muller e o diretor presidente da Prohab, Júlio Cesar Alves Ferreira.

 

Última modificação em Quinta, 23 Abril 2020 20:18
Redação

Redação Radio Sanca Web TV


E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Entre para postar comentários

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30