fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Redação

Redação

Redação Radio Sanca Web TV

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SÃO CARLOS/SP - Mais um jovem foi detido com drogas pela Polícia Militar, desta vez foi na Rua Octávio Silva, no bairro Cidade Aracy, região sul de São Carlos. A ação ocorreu na noite de ontem, 22.

O jovem de 17 anos, ao ver a viatura policial empreendeu fuga, mas acabou detido. Ao ser abordado foi submetido a revista corporal foi encontrado drogas em seu bolso.

Desta forma o menor foi conduzido ao Plantão Policial, onde ficou à disposição do delegado.

MUNDO - O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu reduzir as emissões de carbono e alcançar a "neutralidade carbônica" antes de 2060. A China é o maior emissor de gases de efeito estufa do mundo, mas assumiu perante a Organização das Nações Unidas (ONU), nessa última terça-feira (22), uma agenda climática ousada.

Na reunião anual da Assembleia Geral ONU, Xi Jinping disse que a China pretende adotar metas climáticas muito mais rígidas e até alcançar a "neutralidade de carbono antes de 2060". A redução da emissão de gases poluentes como o carbono pode ser uma forma de pressionar os Estados Unidos, mas pode ser crucial no combate às alterações climáticas.

Em videoconferência da Assembleia Geral da ONU, o presidente chinês renovou o apoio ao Acordo Climático de Paris e pediu que o mundo tenha como foco a proteção do meio ambiente quando ultrapassar a pandemia da covid-19.

"O nosso objetivo é atingir o pico de emissões de CO² antes de 2030 e alcançar a neutralidade de carbono antes de 2060", afirmou o presidente chinês em discurso, acrescentando que a pandemia mostrou que o mundo precisa mudar. Por isso, a China decidiu acelerar o processo a que Xi Jinping chamou de "revolução verde".

"A humanidade não pode ignorar indefinidamente os avisos da natureza e seguir o caminho tradicional de extração de recursos sem investir na conservação, no desenvolvimento à custa da proteção e explorando os recursos sem restauração", disse Xi Jinping, lembrando que o Acordo de Paris, assinado em 2015, era o "mínimo" necessário para proteger a Terra, e, por isso, "todos os países devem dar passos decisivos para cumpri-lo".  Ele pediu ainda que os países "alcancem uma recuperação verde da economia mundial na era pós-covid".

"Apelamos a que todos os países procurem um desenvolvimento inovador, coordenado, verde e aberto para todos", afirmou, sugerindo que as nações "aproveitem as oportunidades históricas apresentadas por uma nova etapa da revolução científica e tecnológica e pela transformação industrial".

A confirmar-se, a meta chinesa será crucial para o sucesso dos objetivos climáticos mundiais, principalmente para manter a temperatura média global abaixo dos dois graus celsius acima dos níveis pré-industriais, fechada no Acordo de Paris de 2015.

Este já é considerado o maior compromisso da China com o combate às alterações climáticas, segundo o New York Times, e poderá pressionar o presidente norte-americano Donald Trump, que considera o aquecimento global um "embuste".

As emissões da China caíram drasticamente durante o confinamento imposto devido à covid-19 no início do ano, mas as emissões locais de muitas cidades voltaram aos níveis normais desde a retomada das atividades. No entanto, é preciso lembrar que para a China recuperar e acelerar o crescimento econômico, aumentou o número de projetos a carvão e de indústrias poluentes, o que tem gerado preocupação a ambientalistas e à comunidade internacional.

 

 

*Por: RTP

MUNDO - As autoridades egípcias anunciaram, no domingo (20), que 14 sarcófagos com cerca de 2.500 anos de antiguidade foram encontrados no fundo de um poço na necrópole de Saqqara, no sudoeste do Cairo. Esta nova descoberta, ocorrida na última sexta-feira (18), soma-se à de outros 13 sarcófagos há uma semana, neste mesmo local, informou o Ministério de Antiguidades em comunicado oficial.

Localizado a 25 km ao sul das pirâmides do planalto de Gizé, o sítio de Saqqara é uma vasta necrópole, na qual se destaca a famosa pirâmide de degraus do Faraó Djoser, a primeira da era faraônica.

O monumento, construído por volta de 2.700 a.C. pelo arquiteto Imhotep, é considerado uma das obras mais antigas do mundo. As imagens bem preservadas do sarcófago mostram motivos marrons e azuis, bem como numerosas inscrições hieroglíficas.

Nos últimos anos, as autoridades egípcias têm anunciado descobertas arqueológicas com bastante frequência, com o objetivo, entre outros, de reavivar o turismo.

Muito importante para a receita do país, o setor se viu bastante afetado, tanto pela instabilidade política, quanto pelos ataques posteriores à revolução de 2011, a qual derrubou Hosni Mubarak do poder. Mais recentemente, a pandemia da covid-19 se somou a essa lista.

 

 

Com informações da AFP

*Por: RFI

Transmissão marca o Dia Nacional de Doação de Órgãos e terá a participação do médico Reginaldo Carlos Boni

 

SÃO CARLOS/SP - Nesta quarta-feira, 23 de setembro, a partir das 20 horas, a Unimed São Carlos irá realizar uma live para esclarecer sobre doação de órgãos no cenário da Covid-19. A transmissão será realizada pela plataforma Teams e toda população pode participar.

O evento terá a participação do médico urologista, vice-presidente da Unimed São Carlos e presidente da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Unimed, Ivan Linjardi, e de Reginaldo Carlos Boni, médico nefrologista, coordenador da Organização de Procura de Órgãos do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, Fundador da Life's Donor e consultor Sênior da Donation and Transplantation Institute.

Acesse a transmissão pelo link – http://unimed.me/Wa1kB

 

Dia Nacional de Doação de Órgãos

Conscientizar a população sobre a importância em ser doador de órgãos é o objetivo do Dia Nacional de Doação de Órgãos, comemorado no dia 27 de setembro.

Por meio dessa importante contribuição, é possível salvar vidas em risco e fazer com que famílias permaneçam unidas por mais tempo. Para isso, a pessoa que tiver interesse em se tornar doador apenas precisa expressar aos familiares a vontade em ajudar.

 

Serviço

Live - Doação de Órgãos Durante a Pandemia

Data – 23 de setembro

Horário – 20 horas

Acesso – Plataforma Teams Link de acesso - http://unimed.me/Wa1kB

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30