fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

MUNDO - Maior jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25) aos 60 anos. 

Diego Armando Maradona morreu em Buenos Aires. A informação é do jornal Clarín. Aos 60 anos, ele atuava ultimamente como técnico do Gimnasia La Plata e lutava contra uma série de problemas de saída e morreu depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória.

 

 

*Por G1

MUNDO - O ex-astro do futebol Diego Maradona deixou nesta última quarta-feira o hospital onde estava internado e dará prosseguimento ao tratamento de reabilitação em casa, após ser submetido a uma operação na cabeça e enfrentar quadro de abstinência.

Acompanhado de parte da família, o argentino foi transferido em uma ambulância para completar sua recuperação em sua residência nos arredores de Buenos Aires.

Maradona, de 60 anos, foi operado na semana passada de um hematoma subdural e depois, por decisão familiar e médica, permaneceu hospitalizado devido a uma "baixa anímica, anemia e desidratação" e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool, segundo os primeiros informes médicos.

"Sempre é preciso cuidar dele, agora ainda mais", disse Leopoldo Luque, médico particular do ex-jogador, após anunciar a alta hospitalar de Maradona na tarde desta quarta-feira.

Matías Morla, advogado do ex-jogador, disse que Maradona "talvez tenha passado o momento mais duro de sua vida", e considerou um "milagre" que os médicos tenham diagnosticado o hematoma na cabeça "que poderia ter lhe tirado a vida".

"O bom é que Diego está inteiro, Diego está firme, Maradona ainda dura um tempo", acrescentou Morla.

O campeão mundial em 1986 é o atual técnico do clube Gimnasia y Esgrima La Plata, mas foi obrigado a deixar o comando da equipe nas mãos de seus assistentes há algumas semanas devido aos problemas de saúde.

 

 

*Por: Por Ramiro Scandolo / REUTERS

MUNDO - O ex-jogador de futebol argentino Diego Maradona, de 60 anos, foi operado com êxito na noite de terça-feira de uma hemorragia na cabeça, detectada em um exame de rotina.

“O hematoma foi drenado com sucesso. Diego tolerou bem a cirurgia. Ele está acordado e está tudo bem. Ele está sendo monitorado. Ele tem um pouco de sangramento. Ele continuará a ser observado”, informou o médico pessoal do ídolo argentino, Leopoldo Luque, na clínica particular na cidade de Olivos, norte de Buenos Aires, onde foi realizada a operação.

Luque havia informou mais cedo que estaria à frente da cirurgia de "um hematoma subdural" e garantiu que seu paciente estava "lúcido", "calmo" e "de acordo" com o tratamento.

O campeão da Copa do México em 1986 foi internado na segunda-feira em uma clínica na cidade de La Plata (60 km ao sul, de Buenos Aires) para uma série de exames médicos. Após o ex-jogador reclamar de um desconforto na cabeça, foi realizada uma tomografia computadorizada que detectou o hematoma, possivelmente resultado de um ferimento, segundo a imprensa local.

Maradona, que completou 60 anos na sexta-feira passada, foi transferido em uma ambulância da unidade médica de La Plata até Olivos.

Grupos de torcedores se reuniram na porta da clínica onde foi realizada a operação, e exibiram grandes faixas com imagem do ídolo e as palavras "Força Diego!", entre outras de incentivo.

Maradona tem sofrido de inúmeros problemas de saúde, muitos deles devidos a excessos. Entre os mais graves estão uma crise cardíaca por overdose de drogas em 2000 no balneário uruguaio de Punta del Este e quatro anos depois uma dupla doença coronariana e respiratória que o levou à beira da morte.

 

 

*Por: AFP

MUNDO - Três dias após ter completado 60 anos, o craque argentino Diego Armando Maradona foi internado em uma clínica nesta última segunda-feira (2), em La Plata, capital da província de Buenos Aires.

Segundo o diário Olé, da Argentina, o jornalista e amigo de Maradona Daniel Arcucci confirmou que o ídolo argentino sofre de anemia. Está descartada a possibilidade de Covid-19, pois o ex-jogador realizou testes que teriam dado negativo.

A última aparição pública de Maradona foi justamente na sexta, dia de seu aniversário, quando o time que comanda, Gimnasia y Esgrima, venceu o Patronato por 3 a 0, na rodada de abertura da Copa Liga Profissional, campeonato que dará uma vaga na Libertadores de 2021 e outra na Copa Sul-Americana de 2022.

De acordo com a imprensa argentina, Maradona, que foi homenageado no estádio por conta de seu aniversário, já parecia debilitado, com dificuldade para levantar o braço esquerdo e precisando de ajuda para andar, tanto que não permaneceu para comandar seu time durante a partida.

Maradona foi convencido pelos médicos na tarde desta segunda para ser internado e não apresentou resistência.

 

 

*Por: ISTOÉ

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral