fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Luto! Aos 73 anos, Vanusa morre em casa de repouso de insuficiência respiratória @AGNews

Luto! Aos 73 anos, Vanusa morre em casa de repouso de insuficiência respiratória

Escrito por  Nov 08, 2020

SÃO PAULO/SP - Vanusa morreu na madrugada deste domingo (08). Aos 73 anos, a cantora faleceu na casa de repouso em Santos, São Paulo, onde morava há mais de 2 anos. De acordo com a assessoria de imprensa, o enfermeiro notou, por volta das 5h30 da manhã, que a artista estava sem batimentos cardíacos. Entre os meses de agosto e setembro, Vanusa foi internada no Complexo Hospital dos Servidores por apresentar quadro de baixa pressão arterial.

 

Morte de Vanusa é constatada como insuficiência respiratória

A causa da morte de Vanusa foi constatada pela UPA como insuficiência respiratória, causa da internação de Aracy Balabanian em maio deste ano. Nos últimos anos, a intérprete de "Paralelas" e "Manhãs de Setembro" enfrentou a depressão. A porta-voz da cantora afirma que a doença foi gerada pelo uso de medicamentos tarja preta em excesso, a deixando cada vez mais debilitada.

Vanusa foi casada duas vezes: com o músico Antônio Marcos, com quem teve as filhas Amanda e Aretha, e com o ator e diretor de televisão Augusto César Vannucci, pai do seu filho Rafael Vannucci. O cantor está viajando para São Paulo para tratar dos trâmites do enterro.

 

Relembre a carreira de Vanusa

Nascida em São Paulo, Vanusa foi criada nas cidades mineiras de Uberaba e Frutal. Aos 16 anos, tornou-se vocalista do conjunto Golden Lions. Ao longo de sua carreira, gravou 23 discos e vendeu mais de três milhões de cópias. Representou o país em vários festivais internacionais e recebeu cerca de 200 prêmios. Por dois anos seguidos foi eleita a Rainha da Televisão.

Em 1966, durante os últimos anos do movimento cultural Jovem Guarda, Vanusa se apresentou no programa "O Bom", de Eduardo Araújo, na extinta TV Excelsior de São Paulo. Logo, foi contratada pela RCA Victor e ganhou êxito com a canção "Pra Nunca Mais Chorar". O sucesso a fez participar do programa Jovem Guarda, da TV Record, em suas duas últimas edições.

O primeiro álbum foi gravado em 1968, quando também estreou como compositora de três canções. Cinco anos depois, no seu quarto LP, lançou seu maior sucesso pela gravadora Continental: "Manhãs de Setembro". Já "Paralelas" conquistou o público em 1975.

Foi em 1977 que protagonizou ao lado de Ronnie Von a telenovela Cinderela 77, da Rede Tupi, e publicou sua autobiografia: "Vanusa - A Vida Não Pode Ser Só Isso!", pela editora Saraiva. 1999 marcou sua estreia no teatro, com o musical "Ninguém é loira por acaso", onde cantava seus maiores sucessos e incentivava as mulheres a não abdicarem de seus sonhos. "Eu mesma estou realizando um, que é o de ser atriz", comentou na época.

Em 2005, participou de vários concertos comemorativos aos 40 anos da Jovem Guarda, enquanto em 2015 lançou seu primeiro álbum de canções inéditas em 20 anos: "Vanusa Santos Flores", produzido por Zeca Baleiro.

 

 

*Por Rahabe Barros / PUREPEOPLE

Redação

Redação Radio Sanca Web TV


E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30