fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Real é a 6ª moeda que mais se desvalorizou em 2020

Escrito por  Jan 01, 2021

BRASÍLIA/DF - O real foi a 6ª moeda que mais se desvalorizou em 2020 em relação ao dólar: caiu 22,4%. Ficou atrás somente das divisas da Venezuela, Seychelles, Zâmbia, Argentina e Angola. O levantamento é da Austin Rating.

O bolívar venezuelano foi a moeda que registrou o maior percentual de desvalorização: 95,7%. Em seguida estão a rúpia de Seychelles (33,5%), o quacha zambiano (33,4%), o peso argentino (28,8%) e o kwanza angolano (27,2%).

Eis o ranking das moedas que mais se desvalorizaram em 2020:

moedas que mais se desvalorizaram em 2020

em %

país/moeda desvalorização
Venezuela (Bolivar Soberano Venezuelano) -95,7
Seychelles (Rupia de Seychelles) -33,5
Zâmbia (Quacha) -33,4
Argentina (Peso argentino) -28,8
Angola (Kwanza) -27,2
Brasil (Real) -22,4
Nigéria (Naira) -19,6
Turquia (Lira turca) -19,2
Bielorrúsia (Rublo da Bielorrúsia) -18,8
Etiópia (Birr) -18,7

fonte: Austin Rating

A desvalorização do real frente à moeda norte-americana tem relação com a aversão ao risco associada à pandemia da covid-19, o que fez com que investidores retirassem recursos de países emergentes, caso do Brasil, para aplicar em ativos mais seguros.

Além disso, a pandemia fez com que os gastos públicos aumentassem, diante da necessidade da criação de estímulos como o auxílio emergencial e de outros gastos extras com infraestrutura e saúde. A Dívida Pública Federal atingiu R$ 4,788 trilhões em novembro. A incerteza em relação às reformas tributária e administrativa, prometidas pelo governo, também impactou a saída de investimentos.

O dólar comercial terminou o ano cotado em R$ 5,19 na 4ª feira (30.dez.2020).  No começo do ano, estava em R$ 4,02, valorização de 29%. 

DESVALORIZAÇÃO CAMBIAL NA AMÉRICA LATINA

Venezuela, Argentina e Brasil estão entre os países do topo do ranking de desvalorização. Na Venezuela, a desvalorização do bolívar está atrelada à crise política e econômica que o país enfrenta. Na Argentina, a crise cambial foi intensificada pela pandemia, o que levou o governo a tomar medidas para limitar a compra de dólares.

 

 

*Por: HAMILTON FERRARI e BEATRIZ ROSCOE / PODER360

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral