fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO CARLOS/SP - J.S.G.A, foi detido pela Polícia Militar nesta última sexta-feira (23), por tráfico de entorpecentes no assentamento dos Sem Terra, em São Carlos.

Segundo informações, era por volta das 14h40min, quando na região dos Sem Terra, os PMs avistaram uma moto CG 150, cor Vermelha, e o sujeito ao ver a viatura dispensou uma sacola no chão. Ao ser abordado e revistado foi encontrado R$ 946,00 em dinheiro, 06 porções de cocaína e 315 gramas de crack.

O indivíduo foi conduzido à DISE, onde foi ouvido e recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos.

SÃO CARLOS/SP - A Guarda Municipal de São Carlos realizou nesta sexta-feira (23/10) patrulhamento preventivo na Vila Isabel, na região da CDHU, local onde a Prefeitura colocou em funcionamento uma nova Unidade de Saúde da Família (USF).

Durante o patrulhamento os agentes da Guarda Municipal localizaram no condomínio de prédios ao lado da nova USF, junto ao alambrado das unidades residenciais, duas sacolas com drogas, uma com 151 pinos de cocaína e outra com 12 tabletes de maconha. Todos os entorpecentes foram apresentados na Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE).

“A Guarda estava na região realizando patrulhamento e acompanhando o início do atendimento na USF da CDHU. Iniciamos o patrulhamento pela região do piscinão já que houve uma tentativa de furto do portão de entrada do local, depois já na unidade de saúde realizamos uma averiguação para inibir furtos de fiação e localizamos junto alambrado do condomínio de prédios 2, próximo a tela da unidade, duas sacolas com os entorpecentes”, explica Michael Yabuki, comandante da Guarda Municipal.

Samir Gardini, secretário de Segurança Pública, parabenizou os agentes da GM. “Parabenizo a equipe da Guarda. Hoje foi um dia muito movimentado no bairro com o início do atendimento na USF, a realização do serviço de limpeza em toda a região e a corporação deu uma resposta à população daquela região”.

Ninguém foi preso durante o patrulhamento da Guarda Municipal.

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Serviços Público realizou nesta última sexta-feira (23/10) serviços de limpeza na Vila Isabel, na região da CDHU. Durante todo o dia foram realizados serviços de capina, limpeza, recolhimento de inservíveis e também de descartes irregulares.

A proposta é promover a limpeza das áreas, conscientizando a população sobre a importância da destinação correta de resíduos. Também foram utilizados maquinários da Prefeitura para ajudar no recolhimento de volumes maiores de inservíveis e de galhos de árvores.

No total foram recolhidos na região do CDHU 12 caminhões de carga seca (inservíveis como sofás, móveis velhos, vasos sanitários), 20 caminhões de massa verde e 10 caminhões basculantes com entulhos (areia, terra, pedregulhos) e lixo em geral. Na próxima semana a limpeza será realizada no São Carlos VIII.

ECOPONTOS - As equipes também alertaram os moradores que os 5 ecopontos do município estão em funcionamento. Os ecopontos são áreas públicas para a captação de pequenas quantidades de entulho de pequenos geradores. As unidades recebem resíduos de construção civil, além de móveis, colchões, poda de árvore e, também, material da coleta seletiva. O descarte permitido é de até um metro cúbico por pessoa, ou seja, o volume que cabe em um veículo utilitário pequeno.

Confira os endereços dos 5 ecopontos da cidade: São Carlos VIII - Rua Capitão Luiz Brandão, 1.847; Jardim Paulistano - Rua Indalécio de Campos Pereira, 1.120; Jardim Ipanema - Rua Renato Talarico Lima Pereira, 299; Cidade Aracy - Avenida Arnoldo Almeida Pires, 1.507 e Jardim Medeiros - Rua Aristodemo Pelegrini, s/nº.

Iniciativa em formato digital acontece até o dia 31 de outubro

 

SÃO CARLOS/SP - A Iguatemi Empresa de Shopping Centers, incentivadora da arte e da cultura, anuncia a 1ª edição do projeto Iguatemi Kids por O Pequeno Colecionador que acontece até o dia 31 de outubro. Com a proposta de criar conteúdo que combina, de forma lúdica e divertida, arte, educação e entretenimento. A iniciativa tem o objetivo de conectar as famílias por meio da cultura e do fazer artístico. É possível acompanhar, por meio das redes sociais da Iguatemi, renomados artistas que irão apresentar lives, IGTVs e stories voltados para o público infanto juvenil e sua família.

Entre os confirmados dessa edição estão: Albano Afonso, Alexandre Mazza, Cadu, Gisela Motta, Hernán Soriano, Hilal Sami, Ícaro Lira, Joaquín Torres García, Julio Villani, Laura Vinci, Leandro N. Lima, Leda Catunda, Lenora de Barros, Marcia de Moraes, Marcia Xavier, Marcelo Cipis, Marcelo Zocchio, Milton Cruz, Nazareno, Sandra Jávera, Stela Barbieri. Por meio de seus conteúdos, os artistas irão abordar o fazer artístico, a memória afetiva e a convivência. Além de trazer para discussão questionamentos como: o processo criativo pode ser pensado como algo similar a uma brincadeira? Seriam as atividades da infância determinantes na formação da linguagem artística? Como o brincar pode estreitar relações afetivas e criar ou recriar memórias?

O Pequeno Colecionador é um projeto sem idade, que teve início em outubro de 2019. O objetivo do projeto é pensar e experimentar o brinquedo como uma forma de expressão, como um exercício de imaginação e reflexão sobre o mundo. Aos mais novos é uma oportunidade de adentrar no universo da cultura artística e aos mais velhos a chance de relembrar e se divertir mais uma vez com as brincadeiras das crianças.

Os brinquedos produzidos por O Pequeno Colecionador “são de alta qualidade que, manipulados ou não, enleva-nos, faz com que pensemos problemas concretos sob outro ângulo, percebamos que a realidade é um jogo a ser levado com inteligência e imaginação”. (Agnaldo Farias, 2020)

Na segunda etapa do projeto, as obras e brinquedos criados pelos artistas participantes poderão ser encontrados e comercializados por meio do Iguatemi 365, a partir do fim de outubro.

Evento online debaterá a gestão de bacias hidrográficas

 

SÃO CARLOS/SP - De 17 a 20 de novembro acontece a sexta edição da Jornada de Gestão e Análise Ambiental (JoGAAm) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O evento tem caráter interdisciplinar e, neste ano, será realizado online, apresentando o tema "Gestão de Bacias Hidrográficas - Edição Especial Comemorativa dos 25 anos do Comitê de Bacia Hidrográfica do Tietê-Jacaré (UGHRI 13 - TJ)".

A programação terá mesas-redondas, palestras e minicursos, para discutir a situação atual, demandas, propostas e perspectivas da gestão de bacias hidrográficas.
As inscrições devem ser feitas por formulário eletrônico, disponível no site do evento, em https://jornadagaam6.faiufscar.com, onde constam mais informações, incluindo investimento, cronograma e programação.

A JoGAAm é realizada por graduandos do curso de Bacharelado em Gestão e Análise Ambiental, pós-graduandos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCAm) e docentes do Departamento de Ciências Ambientais (DCAm), todos da UFSCar.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta quinta-feira (22/10) os números da COVID-19 no município.

São Carlos contabiliza neste momento 3.374 casos positivos para COVID-19 (23 resultados positivos foram divulgados hoje), com 51 óbitos confirmados e 86 descartados.

Dos 3.374 casos positivos, 3.111 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 254 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 187 receberam alta hospitalar e 48 positivos internados foram a óbito. 3.226 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.930 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (93 resultados negativos foram divulgados hoje).

Estão internadas neste momento 34 pessoas, sendo 15 adultos na enfermaria (9 positivos, 3 suspeitos e 3 negativos). Na UTI adulto estão internadas 15 pessoas (13 positivos e 2 suspeitos). Na enfermaria 4 crianças estão internadas, 1 com resultado positivo para COVID-19, 1 com suspeita da doença e 2 com resultado negativo. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Três pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 42,9% (12 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

 

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 17.508 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 16.421 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.087 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 10.347 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 8.128 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.162 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 57 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Unidade de Família da Família (USF) da CDHU, denominada “Ana Carmen Delamerlini”, uma obra aguardada há mais de 10 anos pelos moradores da Vila Isabel e região, finalmente entra em funcionamento nesta sexta-feira, dia 23 de outubro. 

Com investimento de R$ 508.000,00 a unidade tem 315 m² e conta com consultório médico, consultório odontológico, sala de vacina, sala de coleta, sala de procedimentos, sala de curativo, sala de enfermagem, entre outros ambientes. A equipe da nova USF é formada por 10 profissionais da saúde (médico, dentista, enfermeiros, auxiliar odontológico e auxiliares comunitários de saúde) e vai fazer a prevenção e promoção da saúde dos moradores do território da CDHU e vizinhança. 

As unidades de saúde da família atendem crianças, jovens, adultos e idosos com médico generalista. São oito horas diárias de atendimento de segunda a sexta. Na unidade as pessoas poderão passar pelo acolhimento, marcar consultas e fazer o acompanhamento de doenças como diabetes, hipertensão, obesidade. Se necessário, em casos mais graves, os pacientes são encaminhados para o atendimento com especialistas.

“Já entregamos as unidades de saúde da família do Santa Angelina que abriga também a equipe do Arnon de Melo, Cidade Aracy e do Zavaglia, locais que estavam com as obras paralisadas há mais de 10 anos, agora entregamos essa unidade da CDHU e com isso vamos fortalecendo a rede de atenção básica. Isso é bom para todo mundo, para a Prefeitura, e é claro, para as pessoas que precisam de atendimento pelo SUS”, avalia Marcos Palermo, secretário de Saúde.

Equipada com todos os materiais e insumos necessários para o funcionamento, a USF da CDHU vai atender diariamente das 7h às 17h. O local conta com ambientes arejados e divisão de salas planejada para melhor atendimento da população.

Essa a 18ª Unidade de Saúde da Família da Prefeitura de São Carlos e a 24ª equipe.

CEMAC vai promover uma reunião online na terça-feira, dia 27 de outubro, às 8h, para tirar dúvidas sobre o preenchimento da inscrição

 

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos publicou na edição da última terça-feira, dia 20 de outubro, no Diário Oficial do Município, o Decreto Nº 488, regulamentando a destinação de recursos orçamentários provenientes da Lei Federal de Nº 14.017/2020, que dispõe sobre as ações emergenciais destinadas ao setor cultural.

A Lei nº 14.017, denominada de Aldir Blanc, foi criada com o intuito de promover ações para garantir uma renda emergencial para trabalhadores da cultura e manutenção dos espaços culturais brasileiros durante o período de pandemia do novo coronavírus. Ela prevê que o auxílio aos artistas seja concedido de três formas: auxílio emergencial para pessoas físicas, subsídio para espaços culturais e lançamento de editais. O auxílio para pessoas físicas ficará na responsabilidade da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Do total de R$ 1.640.578,87 destinados a São Carlos, o Comitê Gestor, composto pela Prefeitura e por membros da sociedade civil, reservou R$ 789 mil para contemplar os espaços culturais da cidade, que serão divididos em três parcelas de R$ 3 mil, R$ 5 mil, R$ 7 mil ou R$ 10 mil, definidos de acordo com a média de gastos de cada organização.

O subsídio se destina exclusivamente aos seguintes organizações culturais que estejam em funcionamento há pelo menos 24 meses anteriores ao dia 20 de março de 2020: pessoas, grupos, coletivos ou instituições, representados por pessoas físicas ou jurídicas, com ou sem sede, que tenham como finalidade principal promover arte a cultura.

O recebimento de subsídio é vedado a espaços culturais criados pela administração pública de qualquer esfera ou vinculados a ela, bem como a espaços culturais vinculados a fundações, a institutos ou instituições criados ou mantidos por grupos de empresas, a teatros e casas de espetáculos de diversões com financiamento exclusivo de grupos empresariais e a espaços geridos pelos serviços sociais do Sistema “S” (SENAI, SESC, SESI, SENAC).

As instituições que possuírem CNPJ devem ter CNAE principal ou secundário relacionado à realização de atividades culturais. Instituições socioeducativas sem fins lucrativos devem ter finalidade cultural e não estar recebendo subvenção municipal por meio da Secretaria de Municipal de Cidadania e Assistência Social. É condição que o espaço solicitante esteja sediado em São Carlos no momento de solicitação do subsídio, que comprove funcionamento há pelo menos 24 meses anteriores à data de 20 de março de 2020, tenha tido suas atividades presenciais interrompidas por força das medidas de isolamento social, e, não tenha encerrado suas atividades oficialmente.

CADASTRAMENTO – O cadastramento e solicitação do subsídio dos espaços culturais interessados devem ser feito em duas etapas. A primeira etapa é a autodeclaratória que deve ser feita no Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) por meio da plataforma www.mapas.cultura.gov.br (o solicitante deve preencher seu cadastro para obter o seu número de SNIIC). Já na etapa de validação o solicitante deve entregar cópias dos documentos indicados no ANEXO I e o Formulário de Cadastramento para solicitação do subsídio indicado no ANEXO II do decreto, podendo ser feito de forma presencial ou por meio de formulário eletrônico no link https://forms.gle/FBSC6AugR3Yvu6Di9.

Em caso de dúvidas ou dificuldades para obtenção do número de SNIIC, o representante do espaço cultural pode entrar em contato com o Centro Público de Economia Solidária “Herbert de Souza” pelo telefone (16) 3307-6808.

Para aqueles que escolherem a forma presencial, a entrega do formulário e dos documentos deverá ser feita em envelope fechado respeitando-se os horários indicados, bem como os protocolos de higiene e segurança de controle e combate ao coronavírus no Centro Municipal de Artes e Cultura - CEMAC, situado à rua São Paulo, 745, até 5 de novembro de 2020, de segunda a sexta, das 9h às 11h e das 14h às 16h.

De 6 a 15 de novembro será realizada a análise de documentos; para fazer a correção e regularização na falta de um ou mais documentos o período será de 16 a 20 de novembro; a validação será realizada de 20 a 30 de novembro; a publicação preliminar de beneficiários ocorrerá no dia 1º de dezembro e o prazo de interposição de recursos será de 2 a 6 de dezembro. No dia 7 de dezembro será publicada a lista final dos beneficiários e homologação. Os pagamentos serão realizados a partir do dia 9 de dezembro de 2020.

No intuito de auxiliar os interessados no preenchimento da inscrição o CEMAC vai promover uma reunião online para tirar dúvidas nessa terça-feira, dia 27 de outubro às 8h. Os interessados em participar devem enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O link para a reunião será enviado por e-mail. As dúvidas também podem ser enviadas para este endereço com antecedência para que possam ser respondidas na reunião.

SÃO CARLOS/SP - Policiais Militares de Força Tática prendeu um jovem por tráfico de drogas na Rua Maurício Valente Osório, no bairro Vila Madre Cabrini, em São Carlos. A ação ocorreu na noite de ontem 21.

De acordo com informações, o jovem caminhava pela rua com uma mochila nas costas a maior tranquilidade, quando uma viatura de Força Tática apareceu e o jovem demonstrou um certo nervosismo com a presença dos Militares. Os PMs ao perceberem que o jovem ficou apreensivo, resolveu abordá-lo. Porém, A.M.M.J, ao perceber que seria abordado jogou a mochila.

Em revista corporal foi encontrado R$290,00 e um aparelho celular. Já na mochila foi localizados 3 tijolos de maconha. Ao ser questionado sobre a procedência da droga ele teria confessado que havia acabado de pegar a droga no Jardim Gonzaga, e que ia levar pra casa para picar, embalar e vender.

Os Policiais foram até a casa do jovem e lá foi localizado 22 pinos de cocaína, um envelope contendo R$1 mil e vários apetrechos para embalo de drogas.

A.M.M.J, foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e depois foi recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos.

Embalagens utilizadas para entrega de marmitas, nos Restaurantes Universitários, são 100% recicláveis.

 

SÃO CARLOS/SP - Desde o início da pandemia, no mês de março, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) substituiu as refeições presenciais, nos Restaurantes Universitários (RUs), pela entrega de marmitas. Mas será que esta troca levou a Universidade a descartar grandes quantidades de isopor, material que leva cerca de 150 anos para decomposição?

A escolha do grupo gestor dos RUs foi pela sustentabilidade. "A embalagem que utilizamos é reciclável, então logo no início da pandemia nós orientamos os usuários dos RUs quanto ao o descarte correto", conta Rita Sant'Ana, Nutricionista da UFSCar.

As embalagens utilizadas são feitas de polipropileno (PP). "Este tipo de plástico conserva o aroma, não quebra e é resistente a mudanças de temperatura", explica a Dra. Gabriela Strozzi, agrônoma e servidora da Secretaria-Geral de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS). 

Reciclagem - A adoção do polipropileno mostrou-se a alternativa mais adequada para as refeições servidas pelos Restaurantes Universitários (RUs) da UFSCar, explica Roberta Sanches, servidora da Secretaria-Geral de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS). "Devido ao atual modelo de reciclagem e destinação final adotado pela sociedade, há dificuldades para reciclar o isopor. Já o polipropileno, utilizado pelo RU, é 100% reciclável e pode ser reutilizado para outros fins devido à sua durabilidade", finaliza Roberta Sanches.

 

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31