fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

CAXIAS DO SUL/RS - Um novo ciclone com fortes ventos e chuvas passou pelo Rio Grande do Sul deixando estragos em diversas cidades do estado. O fenômeno natural atingiu o oeste e o nordeste do estado, atingindo a Região Metropolitana de Porto Alegre e cidades importantes, como Caxias do Sul e Novo Hamburgo. O ciclone também causou prejuízos no estado de Santa Catarina.

De acordo como Centro de Comando da capital Porto Alegre, até ontem (8) foram registradas 59 ocorrências. As equipes do órgão atuaram para desobstruir vias e resolver urgências com risco a pessoas e edificações.

Na madrugada desta quarta-feira também foi realizado um trabalho de atendimento a quem ficou desalojado, com entrega de colchões às vítimas. No fim da tarde de hoje, a prefeitura da capital gaúcha ainda tinha mapeados 13 pontos de alagamento.

Terça-feira, a Defesa Civil do Rio Grande do Sul havia emitido alerta de possibilidade de rajadas de ventos, que poderiam chegar a 80 km por hora. O comunicado indicava o risco para a região leste e nordeste do estado. 

O ciclone foi diferente do fenômeno conhecido como “ciclone-bomba”, que acometeu os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina na semana passada.

 

 

*Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil

 

SÃO CARLOS/SP - Depois de um final de maio gelado, e um inicio de junho chuvosos, a previsão do tempo feita pela Defesa Civil de São Carlos promete esquentar a temperatura.

No final do mês passado tivemos madrugador que registraram 7 graus, até menos dependendo o lugar, e noites com 13 graus, porém segundo a previsão, essa semana, a temperatura minima prevista é de 16 graus, e máxima pode chegar a 27 graus. 

O inverno chega dia 20 de junho, ainda faltam 12 dias até sua chegada, porém até lá, muita chuva pode cair e pode fazer muito calor em São Carlos. 

SÃO CARLOS/SP - Com previsão de baixas temperaturas a partir deste sábado (23/05), a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social juntamente com a Paróquia São João Batista, pastoral de rua, comunidade Missionária Divina Misericórdia e demais grupos de voluntários, retoma neste fim de semana o plantão para atender e acolher a população em situação de rua.

A ronda vai começar neste sábado (23/05) no fim da tarde e segue até que todos os pontos sejam visitados e todos os moradores convidados a pernoitar na Casa de Passagem (antigo Albergue Noturno) ou no espaço preparado para receber essas pessoas na Igreja São João Batista. Além do pernoite todos vão receber alimentação.
Ano passado esse trabalho também foi realizado e em 4 dias de ronda noturna mais de 130 pessoas em situação de rua foram atendidas e levadas para abrigos da Prefeitura e de entidades parceiras.

“Os grupos de voluntários que atuam nas ruas identificarão àqueles que desejarem seguir para os serviços de acolhimento. Cabe ressaltar que a Casa de Passagem está acolhendo pessoas em situação de rua agora em tempo integral para garantir a quarentena”, explica o diretor da Proteção Social, Luciano Freitas Oliveira.

A secretária de Cidadania e Assistência Social ressalta que essa união é muito importante para ampliação das vagas de acolhimento para essa população por causa das baixas temperaturas. “A Prefeitura reformou a Casa de Passagem e durante o dia essa população também pode receber atendimento no Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua, o Centro POP. Nós temos algumas situações de pessoas que normamente não aceitam ir para o acolhimento, mas durante a ronda e devido às baixas temperaturas, acabam aceitando”, revela Glaziela Solfa Marques.

O Centro POP fica na Rua São Joaquim, 818, no Centro. A de Casa de Passagem na rua Rotary Clube, 101, na Vila Marina.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30