fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Chef pâtissier Flávio Duarte ensina passo a passo para você fazer o bolo que virou meme na internet ai na sua casa; Segredo é massa úmida e recheio maleável

 

SÃO CARLOS/SP - Se você é do tipo de pessoa que mexe muito nas redes sociais, certamente viu algum meme em que as pessoas partem bolos de festa com suas próprias taças. A forma inusitada de repartir o doce ganhou notoriedade em função da pandemia e da praticidade em fazer a divisão.

Mas para conseguir o efeito divertido, não pode ser com qualquer bolo. É preciso uma massa diferenciada para garantir o corte perfeito com as taças.

“O segredo é uma massa fofa, macia e úmida o suficiente para ser cortada com a borda da taça. O recheio também precisa ser maleável”, indica o chef pâtissier Flávio Duarte. 

“Vou ensinar uma receita fácil de bolo, com recheio que todo mundo gosta: brigadeiro. É só seguir o passo a passo e depois criar seu próprio vídeo e publicar”, completa.

Vamos à receita!

Bolo:

▪ 350 gramas de farinha de trigo

▪ 50 gramas de manteiga sem sal

▪ 300 gramas de açúcar refinado

▪ 6 ovos

▪ 300 ml de leite integral

▪ 20 gramas de fermento químico em pó

▪ 50 gramas de chocolate em pó 50% cacau

 

Modo de preparo:

1. Bata os ovos com o açúcar até dobrarem de volume.

2. Acrescente o leite quente com a manteiga.

3. Por último acrescente a farinha de trigo com o fermento e o chocolate em pó.

4. Leve em forno preaquecido 180 graus por aproximadamente 40 minutos.

 

DICA:  Asse as massas em duas formas de 20cm de diâmetro.

Recheio: 

▪ 395 gramas de leite condensado (uma lata)

▪ 200 gramas de creme de leite (caixinha)

▪ 200 gramas de chocolate amargo.

 

Modo de preparo 

Colocar todos os ingredientes em uma panela e deixar cozinhar em fogo médio até que obtenha a textura desejada. Para acelerar o processo, pode adicionar leite em pó.

Montagem:

Espere as massas esfriarem e corte-as ao meio na horizontal, fazendo cada uma virar duas camadas. Você terá quatro camadas de bolo. Rechei-as com brigadeiro e, ao final, decore a cobertura e as laterais com chantilly de chocolate e granulado.

Com muito bom humor, Marcelo Coutinho se veste de mulher, coloca uma peruca azul e está fazendo sucesso nas redes sociais. O humorista é parceiro da Utnick Production, agência que tem descoberto talentos de diversos segmentos em todo o Brasil.

 

SÃO CARLOS/SP - Marcelo Coutinho é um jovem de 20 anos de idade. Natural de Cabo de Santo Agostinho (PE), ele trabalhava na recreação de crianças e adultos em um hotel na sua cidade natal. Um efeito da pandemia foi a perda do emprego, onde animava o público com comédia e entretenimento. No entanto, ele não se abalou e resolveu mostrar seu talento nas redes sociais.

O resultado disso é que hoje ele já possui mais de 150 mil seguidores no Instagram, e já se tornou conhecido como o “Rei do Reagindo”. As oportunidades de crescimento na carreira não pararam, e ele recorda o início difícil, onde ainda não tinha o devido reconhecimento: “Comecei a fazer humor logo que terminei os estudos, a 3 anos. Mas como sempre o começo nunca é valorizado, posso dizer que me tornei mais conhecido durante a pandemia. Como eu trabalhei em um resort na área de recreação infantil, quis trazer um pouco do que vivia lá para as minhas apresentações”.

Em suas apresentações nas plataformas digitais, Marcelo conta que pega fotos de famosos, celebridades e pessoas normais e começa a falar sobre elas: “Não falo mal de ninguém, o que faço é destacar pontos que aumentam a alto estima das pessoas. Claro que muito bom humor”, explica.

Além das apresentações nas redes sociais, recentemente Marcelo participou da gravação de um vídeo clip de uma das pessoas agenciadas pelo Utnick Production “Ali foi uma oportunidade de mudança em minha vida, pois foi quando conheci a Sophia Utnick, que veio para abrir novas portas em minha vida”, conta. Sophia Utnick é uma paisagista brasileira que mora nos Estados Unidos. A empresária brasileira se divide para atender as atividades profissionais em Miami e Nova York, mas já se tornou conhecida por realizar diversos trabalhos sociais e investir na formação de novos talentos em várias partes do Brasil, por meio da sua agência, a Utnick Production. “A Sophia é uma mulher incrível. Pude conversar com ela antes da gravação deste vídeo e acabamos nos tornando amigos. Assim ela pôde conhecer meu trabalho e resolvemos fazer esta parceria”, detalha.

A vestimenta de mulher e a peruca azul de sua personagem principal é o carro-chefe na carreira do jovem humorista pernambucano. Quem quiser conhecer mais sobre seu personagem e seu trabalho pode acessar os conteúdos no Instagram @marcelocoutinho0. Marcelo Coutinho é parceiro da Utnick Production. A agência já conta com nomes de sucesso do bregafunk como McAbalo, Ayarla Sousa, McLipinho Atrevido e Mister Zi. Conheça a produtora no perfil @utnickproduction.

 

Acesse - www.belladasemana.com.br

Florianópolis (SC) - Musa das redes sociais, a fashion designer Roberta Helena protagonizou um ensaio muito quente para o Bella da Semana. Fazendo enorme sucesso nas redes sociais da maior revista masculina do país, a catarinense provocou os fãs e agora retorna para a segunda parte de um ensaio com fotos ainda mais provocantes. O material inédito foi ao ar na quarta-feira, 4 de novembro, no www.belladasema.com.br 

Mesmo com uma vida muito agitada, a modelo, digital influencer e empresária abriu espaço em sua rotina agitada para posar nua pela primeira vez. Sem papas na língua, ela confessou que já transou dentro do táxi em NY, no mar durante uma tempestade, no banheiro masculino e até mesmo na sauna. 

Nascida em Itajaí, Roberto Helena tem 29 anos e uma vida bem corrida. Destemida e sem frescuras, a nova Bella da Semana mostrou muita simpatia e sensualidade durante o ensaio ao vivo. Designer de moda, influenciadora digital e empresária, Roberta Helena chamou muito a atenção dos fãs da maior revista masculina durante a transmissão ao vivo pelas redes sociais. 

E, assim como no ensaio, a modelo se mostrou bastante aberta na hora de contar todos os segredos para os fãs do Bella. Para ela nada melhor do que uma boa pegada com olhos nos olhos na hora H, além de não passar vontade quando o clima esquenta. Ao ser perguntada sobre o lugar mais exótico que já transou ela nem pensou duas vezes. “Alguns... dentro do táxi em NY (aqueles amarelinhos sabe?). No mar durante uma tempestade, no banheiro masculino, na sauna”.

Roberta conta que já realizou todas as fantasias eróticas e que entre quatro paredes vale tudo quando ambos estão de acordo. “A primeira coisa que observo em um homem é a postura e o modo como ele trata as pessoas, independentes de gênero e classe social”. 

Em seu primeiro trabalho nu, Roberta Helena mostrou muita desenvoltura e falou sobre a experiência. “No início confesso que estava um pouco apreensiva, mas a equipe foi nota 10 e eu logo me senti à vontade como se as câmeras não estivessem ali. Uma experiência única, por ser meu primeiro trabalho assim, recordarei sempre como um momento especial até mesmo porque nunca imaginei fotografar nua”.

Confira o ensaio exclusivo de Roberta Helena para o Bella da Semana acessando www.belladasemana.com.br

MUNDO - As redes sociais existem há pouco anos. Elas cresceram e se multiplicaram com uma velocidade relâmpago. Hoje, as grandes plataformas como Google, Twitter ou Facebook, e seus bilhões de usuários e dólares dominam a comunicação entre as pessoas. Quase sempre à revelia dos governos. Até os regimes mais totalitários – China, Rússia ou Irã – foram obrigados a investir pesado na censura eletrônica para tentar controlar essa onda de liberdade de expressão.

As democracias, abaladas pela internet e as redes de televisão de informação permanente, ainda não sabem como enfrentar seriamente o fenômeno. Virou chavão, mas é verdade: estamos passando da era dos livros, jornais, cinema e televisão centralizada para um novo mundo feito de intercâmbios eletrônicos imediatos descentralizados. O mundo da comunicação vertical, onde poucos atores derivavam sua autoridade do acesso privilegiado ao conhecimento e à mídia, está se decompondo.

O conteúdo dos livros e jornais é filtrado, criticado e restituído por uma massa de cidadãos – e está fora do controle do pequeno número de intelectuais ou jornalistas que os produziu. O cinema e a velha TV, com seus espectadores passivos recebendo a obra de um diretor sem possibilidade de interferir ou dialogar diretamente, transformaram-se em mero divertimento. Enquanto proliferam as possibilidades de escolher entre milhares de programas, de olhar quando quiser, cortar e até montar produções audiovisuais – e partilhá-las por todo planeta. Até a música e a sua difusão viraram uma atividade aberta a todos, graças à Internet e aos softwares musicais.

Democratização da palavra pública

As redes sociais debilitaram a autoridade do saber e dos seus representantes. Hoje, qualquer um pode – e quer – ser um ator da conversa global. E cada um está convencido que suas opiniões, fotos, vídeos... merecem oportunidade e respeito, por mais esdrúxulos que sejam. É um novo tempo da humanidade. Todos os poderes constituídos, os governos nacionais, as organizações internacionais, as empresas, os cientistas, professores ou os artistas são obrigados a prestar contas constantemente para a fragmentada nuvem de internautas. Como sempre, uma nova tecnologia de comunicação está se transformando no principal espaço político das nossas sociedades.

Essa democratização da palavra pública não tem volta. Para melhor, quando bilhões de pessoas podem imediatamente intercambiar sentimentos, informações, opiniões e projetos. Para pior, quando extremistas ideológicos, máfias, governos autoritários, produtores de fake news e “conspiracionistas” invadem as redes.

Os primeiros que aproveitaram politicamente foram alguns regimes autoritários tentando influenciar o resultado de eleições nas democracias, e pequenos sites organizados de extrema-direita. Estes começaram nos Estados Unidos e foram seguidos por europeus, brasileiros e o resto do mundo.

Esquerda está recuperando o tempo perdido

Não que a extrema-esquerda seja mais virtuosa. Só faltou competência. Hoje o espectro ideológico de esquerda está recuperando o tempo perdido. Campanhas organizadas na net estão colocando em perigo a vida intelectual americana. Quem não se conformar com o pensamento e emoções dos grupos ideológicos é imediatamente atacado violentamente, sem debate ou possibilidade de se defender. Até o direito básico da “presunção de inocência” está sendo violentado cotidianamente, submetido a julgamentos sumários e linchamentos midiáticos.

Os instrumentos de comunicação eletrônicos viraram ferramentas de ódio ameaçando a universalidade e integridade das redes, a própria vida social e até a mera capacidade de administrar ou tomar decisões. A boa notícia é que finalmente, aqueles que defendem as liberdades individuais e a democracia decidiram reagir utilizando diretamente o universo das redes. Grupos atacam diretamente os sites mais tóxicos. Estados democráticos tentam regulamentar a mídia eletrônica, apesar do perigo de jogar fora o bebé junto com a água do banho. E nada mais positivo do que o manifesto pedindo que se respeite o direito democrático ao debate e opiniões de boa fé, publicado recentemente por um vasto círculo de intelectuais americanos – de todas religiões, origens étnicas e orientações políticas moderadas...

 

 

*Por: Alfredo Valladão, do Instituto de Estudos Políticos de Paris, faz uma crônica de geopolítica às segundas-feiras para a RFI

SÃO CARLOS/SP - Nesta sexta-feira, 26 de junho, o Sesc São Carlos estreia um novo projeto artístico nas redes sociais. Trata-se de ‘ELXS e ELOS Musicais’ que visa dar espaço a produções locais, com nomes que atuam na cena cultural da cidade. O artista de estreia será NETTO ROCKFELLER.

Para essa edição de “anunciação” reuniu-se um conjunto de seis artistas são-carlenses, de estilos variados, que farão apresentações nas redes e que estarão disponíveis ao público todas as sextas e terças-feiras. Toda a diversidade do rock, blues, soul, R&B, Rap, Hip Hop, Samba, Folk e MPB estará entrelaçado pelos elos que irão se formando a cada novo vídeo.

Serão executadas três músicas por artista:

Sendo a primeira autoral, a segunda um ícone de referência que essa pessoa representa, e por fim, uma terceira canção que será de autoria da próxima pessoa a se apresentar no projeto.

A expectativa é de que, para além da exibição das músicas, o projeto possa criar laços entre os profissionais da arte musical, com a possibilidade do público assistir e conferir essa troca de experiências entre os artistas e ter a oportunidade de deslocar seu o olhar para um novo estilo musical e também ver aquele artista que tanto admira arriscando novas formas de se apresentar.

ELXS e ELOS Musicais – A ideia

A linha de pensamento parte de várias referências institucionais e visa contribuir com a geração de novos conteúdos para difusão nas redes sociais, num primeiro momento, acionando as redes locais de artistas da música.

O projeto prevê apresentações curtas (entre 10 e 15 minutos), nas quais cada artista participante irá divulgar as três músicas citadas.

A dinâmica de cada bloco visa fechar um circuito de relações, em que o último artista a se apresentar execute uma música do primeiro artista que se apresentou, numa espécie de logística de “amigo secreto”.

Outra frente desse mesmo projeto visa dialogar com outras áreas técnicas que compõem a cadeia artística relacionada à linguagem musical e prevê uma formação básica de conteúdo audiovisual que irá oferecer dicas e técnicas simples para melhoria na qualidade de gravações caseiras de vídeos para difusão via redes sociais.

Para conferir toda essa programação, basta acessar

youtube.com/user/sescsaocarlos  

instagram.com/sescsaocarlos

facebook.com/sescscarlos

 

Serviço: ELXS e ELOS Musicais

Data: a partir de 26 de junho

Onde: redes sociais do Sesc São Carlos

Mais informações – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Inicio de quarentena, e o Pograma Conect.Me te ensinará como passar por tudo isso e melhorar suas vendas de uma forma digital.

Fique por dentro do mundo tecnológico e das redes sociais! Saiba como alavancar seus negócios

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral