fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Gestão do Cuidado Ambulatorial (DGCA), informa que a partir desta terça-feira (18/01/22), o município inicia a vacinação contra a COVID-19, com doses pediátricas da Pfizer, em crianças indígenas, quilombolas, com deficiências (PCD) e comorbidades de 5 a 11 anos.

A vacinação das crianças será realizada somente nas seguintes Unidades Básicas de Saúde: UBS da Vila São José, UBS do Cidade Aracy, UBS da Redenção, UBS do Santa Felícia e UBS da Vila Isabel. O horário da vacinação será das 8h às 16h em todas as unidades de segunda a sexta-feira.

São Carlos recebeu 1.060 doses pediátricas que serão destinadas a 100% de crianças indígenas e quilombolas de 5 a 11 anos; 30% para crianças com deficiências (PCD) de 5 a 11 anos e para 27% de crianças com comorbidades de 5 a 11 anos. Em São Carlos a previsão é vacinar 21.554 crianças, sendo 15.383 de 5 a 9 anos e 6.171 de 10 e 11 anos. 

“Ressaltamos que nesta primeira etapa somente devem procurar essas cinco unidades os pais ou responsáveis com crianças que possuem alguma dessas especificações consideradas pelo Ministério da Saúde. Para comprovar a comorbidade basta apresentar exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica”, explica Denise Braga, diretora do Departamento de Gestão do Cuidado Ambulatorial lembrando que nestas unidades somente serão aplicadas a vacina contra COVID-19 e que as vacinas de rotina serão realizadas em outras unidades.

Confira as comorbidades consideradas pelo Ministério da Saúde: Insuficiência cardíaca, Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, Cardiopatia hipertensiva, Síndromes coronarianas, Valvopatias, Miocardiopatias e pericardiopatias, Doenças da aorta, grandes vasos e fístulas arteriovenosas, Arritmias cardíacas, Cardiopatias congênitas, Próteses e implantes cardíacos, Talassemia, Síndrome de Down, Diabetes mellitus, Pneumopatias crônicas graves, Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3, Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, Doença cerebrovascular, Doença renal crônica, Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos), Anemia falciforme, Obesidade mórbida, Cirrose hepática e HIV.

O Governo de São Paulo recomenda o pré-cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br para a campanha infantil. O preenchimento do formulário digital é opcional e não é um agendamento, mas agiliza o atendimento nos postos, evitando filas e aglomerações.

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde informa que nesta semana, dias 17 até 21 de janeiro, a vacinação contra a COVID-19 permanecerá na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Cidade Aracy, das 7h30 às 16h; na Fundação Pró-Memória das 8h às 16h, e também no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30.

Porém, hoje (17), as Unidades Básicas de Saúde (UBS’S) do Maria Stella Fagá e do Santa Felícia também passam a vacinar contra a COVID-19, das 8h às 16h de segunda a sexta-feira.

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde informa que neste fim de semana, dias 15 e 16 de janeiro, o plantão de vacinação acontecerá no sábado (15/01) no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30, e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do Cidade Aracy, Vila Isabel, Redenção, Vila São José e do Santa Felícia, das 8h às 13h.

No domingo (16/01) a vacinação ocorrerá somente no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30.

Na segunda-feira (17/01) a vacinação contra a COVID-19 permanecerá na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Cidade Aracy, das 7h30 às 16h; na Fundação Pró-Memória das 8h às 16h, e também no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30. Durante a semana novos postos serão abertos e divulgados à população.

FALTOSOS - De acordo com o relatório analítico de faltosos do Vacivida, a cidade contabiliza nesta quinta-feira (13/01) 9.951 pessoas sem a segunda dose da vacina contra a COVID-19, sendo que 1.964 deixaram de tomar a segunda dose da AstraZeneca, 2.883 da Coronavac e 5.104 da Pfizer. 
Já 48.231 pessoas ainda não compareceram aos pontos de vacinação para receber a dose de reforço (dose adicional), sendo que 19.882 são pessoas que receberam as duas primeiras doses da AstraZeneca, 24.984 da Coronavac, 1.031 da Pfizer e 2.334 receberam uma dose da Janssen. 

VACINÔMETRO – Até agora, já foram aplicadas 504.012 doses da vacina contra a COVID-19 em São Carlos, sendo que 220.982 pessoas receberam a 1° dose, o que corresponde a 86,83% da população em geral; 204.683 a 2ª dose (80,43%) e 78.347 pessoas a dose de reforço, o que corresponde a 30,78% da população em geral.

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde informa que neste domingo (09/01) a vacinação ocorrerá somente no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30

Já durante a semana (de 10 a 14/01) a vacinação contra a COVID-19 acontece na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Cidade Aracy, das 7h30 às 16h;  na Fundação Pró-Memória das 8h às 16h, e também no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30. 


 

Início da imunização depende do envio de imunizantes pediátricos da Pfizer por parte do Ministério da Saúde

 

IBATÉ/SP - Ibaté foi um dos nove municípios do Estado de São Paulo anunciado pelo governador João Doria, na tarde de quarta-feira, dia 05 de janeiro, que irá realizar a vacinação de alunos de 5 a 11 anos contra a Covid-19, dentro das unidades escolares.

O prefeito José Luiz Parella ressalta que, antes mesmo do governo estadual tomar essa medida, a Secretaria da Saúde de Ibaté criou o Ônibus Itinerante da Vacinação Contra a Covid-19 e visitou todas as escolas estaduais da cidade. “As equipes da Saúde da nossa cidade estiveram em todas as unidades escolares da rede estadual de Ensino, buscando alunos de 12 a 17 anos, que estavam com esquema vacinal em atraso. Foi uma estratégia para imunizar e, principalmente, diminuir o número de faltosos”, destacou.

Além da Encanto do Planalto, os municípios que já confirmaram a presença de agentes de saúde nas escolas são: Caieiras, Cajamar, Campinas, Jundiaí, Louveira, Mairiporã, Nova Odessa e São Carlos. 

O governador explica que o cadastramento teve início nesta quarta e, de forma muito ágil, a resposta tem sido oferecida pelos prefeitos dos 645 municípios do estado. “O objetivo é cadastrar o maior número possível de escolas estaduais para que pais e mães possam levar seus filhos para a vacinação em um ambiente de extrema confiança, onde possam se sentir bem e seguras”, disse João Doria.

Rossiele Soares, secretário estadual de Educação, relata que vacinar dentro das escolas é algo que tem trazido eficiência ao longo da história. “Em todos os momentos que o Brasil tem feito campanhas próximas das escolas, a eficiência sempre cresceu. São Paulo foi o primeiro estado a vacinar os profissionais da educação e vacinar também as crianças será algo fundamental para manter as escolas abertas”, afirmou.

São Paulo foi o primeiro estado do Brasil a iniciar a vacinação de profissionais da Educação como prioridade contra COVID-19, em 10 de abril de 2021. Na rede estadual, 97% destes servidores já estão com esquema vacinal completo. Também defendida pelo Governo, a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos alcançou, desde agosto, 102,7% com a primeira dose, sendo que 81,5% estão com o esquema completo.

Toda a logística e infraestrutura da Secretaria de Estado da Saúde está preparada para o início imediato da campanha que irá proteger crianças contra o coronavírus, porém, São Paulo aguarda o envio de imunizantes pediátricos da Pfizer por parte do Ministério da Saúde, aprovado desde 16 de dezembro pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para iniciar a imunização.

BRASÍLIA/DF - O governo federal anunciou na quarta-feira (5) a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no plano de operacionalização de vacinação contra a covid-19. As primeiras doses de vacinas contra a doença destinadas a crianças de 5 a 11 anos deverão chegar ao Brasil no dia 13 de janeiro. Está prevista uma remessa de 1,2 milhão de doses do imunizante da Pfizer - o único aprovado até o momento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Brasil receberá, no primeiro trimestre de 2022, 20 milhões de doses pediátricas destinadas a este público-alvo, que é de cerca de 20,5 milhões de crianças. O Ministério da Saúde receberá, ainda em janeiro, um lote de 3,74 milhões de doses de vacina.

“Não faltará vacina para nenhum pai que queria vacinar seus filhos”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O secretário executivo do órgão, Rodrigo Cruz, informou que outras 20 milhões de doses foram reservadas. O envio está condicionado à confirmação pelo laboratório e pelo andamento do ritmo de vacinação.

O esquema vacinal será com duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações. O tempo é superior ao previsto na bula da vacina da Pfizer. Na indicação da marca, as duas doses do imunizante poderiam ser aplicadas com três semanas de diferença.

Segundo o Ministério da Saúde, será preciso que a criança vá vacinar acompanhada dos pais ou responsáveis ou leve uma autorização por escrito.

O Ministério também recomendará uma ordem de prioridade, privilegiando pessoas com comorbidades e com deficiências permanentes; indígenas e quilombolas; crianças que vivem com pessoas com riscos de evoluir para quadros graves da covid-19; e em seguida crianças sem comorbidades.

A obrigação de prescrição médica para aplicação da vacina não foi incluída como uma exigência, conforme foi ventilado por membros do governo durante as discussões nas últimas semanas. Mas o Ministério sugeriu que os pais procurem profissionais de saúde.

Questionado por jornalistas se essa recomendação não desestimularia os pais a levarem os filhos para vacinar, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, respondeu afirmando que isso deixaria os pais mais “seguros” para decidir sobre a imunização.

Análise

Durante a coletiva, o ministro Marcelo Queiroga e seus secretários defenderam o processo de análise e definição da inclusão do público infantil no Plano Nacional de Imunizações (PNI).  A Anvisa autorizou a aplicação da vacina da Pfizer nessa faixa etária em 16 de dezembro, mas o Ministério decidiu realizar uma consulta pública e uma audiência pública antes de anunciar a inclusão hoje.

“Não há atraso. Não podemos trazer doses antes da aprovação da Anvisa. Consulta pública foi importante sim para tomada de posição do Ministério”, declarou Queiroga. “Tivemos cuidado e não foi excessivo, muito pelo contrário. Também estava no nosso radar. Nós temos uma tempestividade, o tempo correto de ser feito. E acredito que este é o tempo adequado”, acrescentou a secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosana Leite.

Marcelo Queiroga informou, ainda, que o custo total da vacinação da população de 5 a 11 anos deve ser em torno de R$ 2,6 bilhões.

O secretário executivo Rodrigo Cruz comentou que a equipe da pasta acionou a Pfizer após o anúncio da decisão da Anvisa. Um aditivo do 3º contrato foi firmado no dia 28 de dezembro, que fechou a entrega das 20 milhões de doses no 1º trimestre.

Pfizer

Em nota, a Pfizer confirmou a assinatura do contrato de aquisição das 20 milhões de doses e o início da entrega na “semana do dia 10 de janeiro”. 

Assista na íntegra:

 

 

AGÊNCIA BRASIL

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que o município já se cadastrou junto ao Governo do Estado para a realização da vacina contra a COVID-19 em alunos de 5 a 11 anos, mediante autorização dos pais.

A Diretoria Regional de Ensino já ofereceu 15 escolas estaduais para que a vacinação seja realizada de forma ágil, porém nos próximos dias vai ocorrer uma reunião entre as equipes da Diretoria de Ensino e do Departamento de Vigilância em Saúde para a definição de quais unidades e quantas serão necessárias. A Secretaria de Saúde também aguarda novas informações sobre o recebimento das doses para essa faixa etária. De acordo com o Governo do Estado a vacinação deve ocorrer no início do ano letivo escolar, previsto para o início de fevereiro.

Faltosos já somam quase 46 mil pessoas, entre segunda e terceira doses.

 

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do Departamento de Vigilância em Saúde, informa os locais e os respectivos horários em que serão aplicadas novas doses da vacina contra a Covid-19 nesta semana, que vai de 03 a 07 de janeiro de 2022, segunda a sexta-feira.

Na UBS Cidade Aracy, o horário será das 7h30 às 16h. Na Fundação Pró-Memória, das 8h às 16h. E no Ginásio Milton Olaio Filho, das 7h30 às 18h30. 

Na Fundação Educacional São Carlos - FESC, não haverá vacinação nesta semana. E o ônibus itinerante, que já percorreu várias regiões de São Carlos e vacinou mais de 1.700 pessoas desde que entrou em operação no dia 23 de novembro, deixará de operar.

FALTOSOS – O número de pessoas que ainda não procuraram a segunda e a terceira dose (adicional), de acordo com balanço fechado na última quinta-feira, 30/12, está em 45.849. 10.816, com a segunda. E 35.033, com a terceira.

VACINÔMETRO – Até agora, já foram aplicadas 481.484 doses da vacina contra a Covid-19 em São Carlos. 1° dose, 220.439  - 86,62%;  2° dose: 203.329  - 79,89%;  terceira, ou dose adicional: 57.716 -  22,67% da população geral.

BRASÍLIA/DF - O Ministério da Saúde informou na 3ª feira (28) que o Brasil atingiu a marca de 320 milhões de vacinas aplicadas contra a covid-19. Segundo a pasta, a ampla imunização da população gerou redução na quantidade dos casos de pessoas infectadas, de mortes e a ocupação de leitos de UTI. 

Conforme os dados, 143 milhões de brasileiros estão com ciclo vacinal completo, 161 milhões estão imunizados com a primeira dose da vacina e 16 milhões receberam pelo menos uma dose de reforço. 

“Com o avanço da vacinação foi possível reduzir em mais de 90% o número de óbitos e o número de casos de covid-19, quando comparado ao pico da pandemia, em abril de 2021. Temos hoje, no Brasil, o menor número de óbitos por covid-19 desde abril de 2020”, destaca o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. 

Com a redução dos casos de covid-19, o governo federal definiu, no dia 20 deste mês, as regras para doação de vacinas para outros países, por meio do consórcio Covax. 

A produção nacional dos imunizantes da AstraZeneca é feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a partir da chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), que também passou a ser feito no Brasil. As vacinas da Pfizer, com tecnologia de RNA mensageiro, também serão feitas em território nacional por meio do laboratório Eurofarma. 

“O Brasil deixará de ser um país importador de vacinas e será um país que produzirá vacinas”, completou o ministro.

 

 

AGÊNCIA BRASIL

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, através da Secretaria de Saúde e do Departamento de Vigilância em Saúde, informa os locais de vacinação contra a Covid-19 na semana que vai de 27 a 31 de dezembro. 

No Ginásio Milton Olaio a vacinação ocorrerá todos os dias, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30. No dia 01 de janeiro de 2022, sábado, o Ginásio estará fechado.

Na UBS Aracy o atendimento será apenas de segunda a quinta-feira, 27 a 30/12, das 7h30 às 16h. Na sexta-feira, dia 31/12, a unidade estará fechada. O mesmo acontece na Fundação Pró-Memória, apenas de segunda a quinta-feira, porém o horário será das 8h às 16h. Na Fundação Educacional São Carlos, FESC, não haverá vacinação nesta semana.
 

ÔNIBUS ITINERANTE - O ônibus itinerante atenderá, também, somente de segunda a quinta-feira, 27 a 30/12, das 8h às 12h, nos seguintes locais:
27 e 28/12 – região do Santa Felícia
29/12 – região da Vila São José
30/12 – região do Santa Maria I e do Jardim Real.

Os acamados receberão a vacina de segunda a sexta-feira, 27 a 31/12, das 13h30 às 16h.

FALTOSOS – Vale lembrar e reforçar que ainda é grande o número de faltosos com relação a segunda e a terceira doses. Com a segunda dose, são 11.128 em atraso, em balanço fechado na quinta-feira, dia 23/12. Já com relação a terceira dose (ou dose adicional) o número de faltosos, no mesmo balanço, registra 32.716 pessoas que não procuraram a dose da imunização completa. A soma, entre as duas doses, é de 43.844 pessoas atrasadas com o esquema vacinal contra a Covid-19.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31