fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Devido ao estoque baixo, as cirurgias eletivas de pacientes com essa tipagem sanguínea precisaram ser suspensas por 3 dias

 

SÃO CARLOS/SP - Os estoques do Banco de Sangue da Santa Casa despencaram na última semana. A situação mais crítica é dos tipos O positivo e negativo: as doações diminuíram 80%. A queda foi tão grande que, com a falta de sangue, as cirurgias eletivas para essa tipagem sanguínea precisaram ser suspensas na última sexta-feira (9) e foram retomadas nesta terça-feira (13).

“É um problema que não apenas o nosso Banco de Sangue está enfrentando. Nós entramos em contato com vários bancos de sangue da região e também de São Paulo. Nenhum deles tinha estoque de sangue do tipo O. As cirurgias eletivas aqui em São Carlos foram retomadas hoje, porque um grupo de Descalvado se mobilizou e veio doar sangue. Mas a agenda de doações para os próximos dias ainda não está completa. Então, estamos preocupados com a possibilidade de que o hospital tenha que suspender as cirurgias eletivas de novo", explica a coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

As quedas no estoque vêm acontecendo com frequência por vários motivos. Em função da pandemia da COVID-19, a Associação Brasileira de Hematologia e o Ministério da Saúde determinaram que as doações passassem a ser agendadas para evitar as aglomerações, e isso fez com que as doações diminuíssem. Além disso, muitos doadores continuam agendando as doações e não comparecendo. E o terceiro motivo é a retomada das cirurgias eletivas, o que aumentou de novo a demanda por sangue.

“Por conta de todas essas dificuldades, ampliamos os horários para doações para conseguir aumentar o estoque. E a partir desta semana, vamos abrir o Banco de Sangue para doações às terças e quintas à tarde. Com alguns períodos a mais para doação, o objetivo é incentivar outros voluntários a virem doar e, assim, conseguirmos manter os nossos estoques equilibrados”, afirma coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

(16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a sexta-feira –  7h30 às 12h

Terças e quintas – 13h30 às 15h30

Sábados – 8h às 11 h

Quem vier doar sangue, pode trazer um brinquedo que será entregue às crianças da Pediatria

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Sangue da Santa Casa começa, nesta segunda-feira (5), a Campanha “Doe um Brinquedo, Doe Sangue, Doe Amor”. Durante todo o mês de outubro, o voluntário que vier doar sangue, pode também trazer um brinquedo que vai ser entregue para as crianças da Pediatria.

Os brinquedos doados podem ser novos ou semi-novos, desde que estejam em boas condições. E além do brinquedo, as doações de sangue também são muito importantes. Em média, 20% das transfusões são para as crianças que passam pelo Centro Cirúrgico, Pronto-Socorro, UTI Neonatal e Pediatria da Santa Casa.

“Nós decidimos fazer essa Campanha, porque as nossas crianças também precisam de sangue. E com as doações de brinquedo, além de salvar vidas, conseguiremos trazer também um pouco de alegria nesse mês dedicado a elas”, explica a Coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

 

SERVIÇO:

CAMPANHA “DOE UM BRINQUEDO. DOE SANGUE. DOE AMOR”

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

(16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a sexta-feira – 8h às 12 horas

Sábados – 8h às 11 horas

O ideal seria ter pelo menos 100 bolsas de sangue, mas o Banco de Sangue tem apenas 30 bolsas em estoque

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Sangue da Santa Casa precisa com urgência de doadores de todos os tipos sanguíneos, principalmente de O positivo. O estoque de bolsas de sangue está 60% abaixo da média de segurança. Para se ter um estoque seguro, o ideal seria ter, no mínimo, 100 bolsas de sangue. No momento, o Banco conta com apenas 30 bolsas. Essa quantidade deve durar apenas pelos próximo dois dias. Uma situação extremamente preocupante, já que o hospital atende todas as demandas de urgência e emergência, cirurgias eletivas, oncológicas e cardíacas, UTI Pediátrica, UTI Neonatal, UTI Adulto e Coronariana, Centro Cirúrgico, Maternidade e, em alguns casos, os pacientes com COVID-19 que necessitam de transfusão de sangue. Além das demandas da Santa Casa, o Banco também dá suporte para o Hospital Universitário e hospitais da região.  

Um dos principais motivos para a queda é o não comparecimento dos voluntários que agendam o horário para fazer a doação. Para se ter uma ideia, no último sábado (19), dos 30 doadores que fizeram o agendamento, apenas 9 compareceram para doar. Na segunda-feira (21), dos 30 doadores agendados, apenas 7 foram ao Banco de Sangue para fazer as doações.

Nesta semana, a agenda de doações ainda não está completa. E na semana que vem, está completamente vazia. Por isso, a Coordenadora do Banco de Sangue da Santa Casa, Ariane Iazorli, faz um apelo à população. “Precisamos ter um estoque mínimo para restabelecer o nível necessário e, assim, suprir todas as demandas de procedimentos cirúrgicos e transfusão de sangue. Peço também para que os doadores que agendarem as doações, que compareçam para não prejudicar o fluxo, já que contamos com cada bolsa de sangue. Caso o doador tenha algum imprevisto, ele deve avisar o Banco de Sangue 24 horas antes do horário marcado, para que a equipe tenha tempo hábil para acionar um outro doador. Outro problema que estamos enfrentando é a falta de doador. Ligamos para os doadores cadastrados e, muitas vezes, não nos atendem ou não querem doar. Se não normalizar e as pessoas não atenderem nosso chamado, vamos precisar cancelar as cirurgias. Peço o apoio de toda população”, explica a Coordenadora.

Desde o início da pandemia, o Banco de Sangue tem seguido as regras da Associação Brasileira de Hematologia. É obrigatório o uso de máscara de proteção facial. Foi proibida a entrada de acompanhantes. Pra facilitar, as doações estão sendo agendadas pelo WhatsApp ou pelo telefone fixo para evitar aglomerações. Sendo assim, é possível garantir a proteção de todos os doadores e profissionais.

Vale ressaltar que para ser doador, é preciso ter entre 18 e 69 anos, ter mais de 50 Kg e estar em boas condições de saúde. O voluntário também não pode fumar uma hora antes da doação e nem ingerir bebida alcoólica 24 horas antes. E é preciso apresentar um documento oficial com foto.  Quem vier para fazer a doação, pode estacionar de graça no estacionamento PARAKI, que fica em frente à Santa Casa (Rua Paulino Botelho de Abreu Sampaio, 672).

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

(16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a sexta-feira – 8h às 12 horas

Sábados – 8h às 11 horas

A quantidade disponível de bolsas de sangue deve durar até a próxima semana

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Sangue da Santa Casa precisa com urgência de doadores de todos os tipos sanguíneos, principalmente de O positivo e A positivo. Mesmo com a pandemia, em média, passavam pelo Banco de Sangue 30 doadores por dia. Com essa quantidade, os estoques estavam se mantendo estáveis.

Mas nas últimas duas semanas, as doações diminuíram 50% e o número de voluntários caiu para 12 por dia. E, muitos doadores que agendaram horário, não compareceram ao local para realizar a doação.

A quantidade disponível de bolsas de sangue no estoque deve durar até a próxima semana, o que é muito preocupante, já que o Banco de Sangue atende todas as demandas de cirurgias e emergências da Santa Casa. Além disso, o Banco de Sangue dá suporte também para o Hospital Universitário e hospitais da região que necessitam de ajuda. 

De acordo com a Coordenadora do Banco de Sangue da Santa Casa, Ariane Iazorli, as doações diminuíram e as demandas de transfusão de sangue aumentaram. Além disso, os doadores não estão procurando o Banco de Sangue para fazer os agendamentos. “Nós ligamos para os doadores, muitos não atendem ou falam que não é possível doar no momento. O frio também afastou as pessoas que costumavam fazer as doações. Outra dificuldade tem sido os doadores que agendam horários e não comparecem no dia para doar e isso atrapalha, pois contamos com aquela doação e o horário está reservado para a pessoa. Nossa preocupação também é em garantir plaquetas para as próximas semanas. Elas são essenciais nas cirurgias cardíacas. Contamos com o apoio e mobilização da população para abastecermos os estoques”, explica a coordenadora.

Devido à pandemia da COVID-19, o Banco de Sangue tem seguido as regras da Associação Brasileira de Hematologia. É obrigatório o uso de máscara de proteção facial. Foi proibida a entrada de acompanhantes. Pra facilitar, as doações estão sendo agendadas pelo WhatsApp ou pelo telefone fixo para evitar aglomerações. Sendo assim, é possível garantir a proteção de todos os doadores e profissionais.

Vale ressaltar que para ser doador, é preciso ter entre 18 e 69 anos, ter mais de 50 Kg e estar em boas condições de saúde. O voluntário também não pode fumar uma hora antes da doação e nem ingerir bebida alcoólica 24 horas antes. E é preciso apresentar um documento oficial com foto.  

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

(16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a sexta-feira – 8h às 12 horas

Sábados – 8h às 11 horas

MATÃO/SP - Em parceria com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a AB Triângulo do Sol está divulgando mensagem de incentivo às doações de sangue. A iniciativa vai até 31 de agosto e tem como objetivo contribuir para o reabastecimento dos estoques dos hemocentros paulistas.

Devido à pandemia de covid-19, as pessoas estão evitando sair de casa, o que levou à redução das doações, prejudicando o atendimento dos pacientes necessitados de sangue.

Para alertar os usuários das rodovias sobre o assunto e incentivá-los a colaborar, a concessionária está exibindo a seguinte frase em seus letreiros eletrônicos: “Agende sua doação de sangue. Vista sua máscara e ajude o próximo!”.

 

Doação segura

Devido ao risco de contágio pelo novo coronavírus, recomenda-se uma série de medidas preventivas para aumentar a segurança de doadores e profissionais de saúde, seguindo orientações técnicas do governo do estado de São Paulo:

 

  • Agendamento individual para evitar aglomeração e diminuir o tempo de permanência das pessoas nos postos de coleta;
  • Álcool gel em vários pontos do processo de doação para os candidatos manterem suas mãos higienizadas durante a permanência nesses locais;
  • Protocolo de triagem dos candidatos à doação de sangue: candidatos que apresentaram infecção pela covid-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos); candidatos que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com casos suspeitos ou confirmados de contaminação por coronavírus devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue; profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, dentre outros) que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com pacientes devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.

 

Requisitos básicos para doação:

• Estar em boas condições de saúde;

• Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos;

• Pesar 50 quilos, no mínimo;

• Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);

• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);

• Apresentar documento original com foto recente (emitido por órgão oficial), que permita a identificação do doador.

 

Para mais informações e endereços dos postos de coleta, acesse: http://www.saude.sp.gov.br/ses/perfil/cidadao/homepage/outros-destaques/doacao-de-sangue

AB Triângulo do Sol I Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo

A concessionária AB Triângulo do Sol é responsável pela administração de 442 quilômetros de rodovias que compreendem o Lote 9 do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo: Rodovia Washington Luís (SP-310), entre São Carlos e Mirassol; Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), de Matão a Bebedouro; e Rodovia Carlos Tonanni / Nemésio Cadetti / Laurentino Mascari / Dr. Mario Gentil (SP-333), entre Sertãozinho e Borborema.

Unidade está agendando atendimento para controlar fluxo de pessoas; medida faz parte de orientações de precaução ao Coronavírus

 

JAÚ/SP - O Hemonúcleo Regional de Jaú solicita apoio da população para manter os estoques de sangue e plaquetas. A unidade, que atende mais de dez hospitais da região, já observa queda no número de doações nos primeiros meses de 2020.

Segundo o coordenador do Hemonúcleo, Marcos Mauad, é comum as doações caírem durante o inverno. "Nessa época, aumenta a incidência de gripes e resfriados, fator que impossibilita a doação. É necessário estar saudável para doar. No entanto, nesse ano, temos ainda o desafio provocado por conta da pandemia do Coronavírus", comenta.

De acordo com levantamento do Hemonúcleo, de janeiro a junho de 2020 foram 6.481 doações, 25% a menos do que o registrado no mesmo período no ano anterior, quando foram 8.700 doações.

Desde o início dos casos no País, em fevereiro, a unidade adotou medidas para garantir a segurança dos doadores como disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos e distanciamento dos assentos na sala de espera. Além disso, há entrada alternativa para que os doadores não precisem transitar pelo hospital. O uso de máscaras é obrigatório no espaço.
Para controlar o fluxo de pessoas e evitar aglomerações, a equipe adotou também o agendamento de doações, que pode ser feito pelos telefones (14) 3602-1355 e (14) 3602-1356.

"Temos uma alta demanda de bolsas e é necessário ter o sangue pronto para uso, em estoque. Da coleta até o material pronto, são necessários dois dias. No entanto, o paciente não pode esperar. Por isso, é importante manter a frequência dos doadores", explica Mauad.

 

Serviço
Hemonúcleo Regional de Jaú

Rua Dona Silvéria, 150 – Jaú/SP
Agendamento: (14) 3602-1355 ou (14) 3602-1356

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h e no sábado das 7h30 às 12h.

Tem dúvidas sobre os requisitos para doação? Acesse o link: http://www.amaralcarvalho.org.br/amaralcarvalho/pt/medicinasaude-especialidade-doacaosangue/visualizar/codmedicinasaude_especialidade_doacaosangue/4/doacao-de-sangue.html

SÃO CARLOS/SP - O vereador Julio Cesar (PL) fez questão de alertar para a importância de uma lei de sua autoria, a lei 17505/2015, que versa sobre a concessão de benefícios aos doadores de sangue, seus componentes e derivados em espetáculos artístico-culturais e esportivos no município. O parlamentar alertou a importância desta doação voluntária principalmente neste momento de pandemia.

O intuito desta lei é salvar vidas e neste período de pandemia a doação de sangue se torna ainda mais fundamental. É momento de sermos solidários e ajudarmos o próximo”, disse Julio Cesar.

No dia 14 de junho é comemorado em todo o mundo o “Dia do Doador de Sangue”, campanhas estão sendo feitas em todo o mundo para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de sangue. Em São Carlos, as doações podem ser realizadas no Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia.

Com a pandemia de COVID-19, o número de doações de sangue diminuiu 80%. Se persistirmos assim, o banco de sangue terá dificuldade em atender as urgências e cirurgias. Em média, eram 30 doadores por dia, porém nos últimos dias este número tem reduzido pela metade. Neste momento, o Banco de Sangue precisa de todos os tipos sanguíneos”, destacou Julio Cesar.

MATÃO/SP - Em parceria com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), ao longo deste mês, a AB Triângulo do Sol está apoiando a campanha Junho Vermelho, iniciativa da Fundação Pró-Sangue que visa alertar para a necessidade de mais doações para o abastecimento dos hemocentros.

Historicamente, com o período mais frio do ano, o volume de doações cai, o que leva os estoques a níveis críticos, por isso as campanhas são intensificadas a partir de junho. Além disso, devido à pandemia de covid-19, as pessoas estão evitando sair de casa para doar, contribuindo para a redução das doações.

Para alertar os usuários das rodovias sobre o assunto e incentivá-los a colaborar com a campanha, os painéis eletrônicos da concessionária estão exibindo a seguinte mensagem de conscientização: “Vista sua máscara. Doe sangue e ajude o próximo! @prosangue”.

Doação segura

Devido ao novo coronavírus, a Pró-Sangue adotou uma série de medidas cautelares para aumentar a segurança dos doadores e dos profissionais de saúde, seguindo orientações técnicas do governo do estado de São Paulo:

  • Agendamento individual para evitar aglomeração e diminuir o tempo de permanência das pessoas nos postos de coleta;
  • Álcool gel em vários pontos do processo de doação para os candidatos manterem suas mãos higienizadas durante a permanência nesses locais;
  • Protocolo de triagem dos candidatos à doação de sangue: candidatos que apresentaram infecção pela covid-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos); candidatos que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com casos suspeitos ou confirmados de contaminação por coronavírus devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue; profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, dentre outros) que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com pacientes devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.

Requisitos básicos para doação:

• Estar em boas condições de saúde;

• Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos;

• Pesar 50 quilos, no mínimo;

• Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);

• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);

• Apresentar documento original com foto recente (emitido por órgão oficial), que permita a identificação do doador.

Para mais informações e endereços dos postos de coleta, acesse: http://www.prosangue.sp.gov.br/

 

AB Triângulo do Sol I Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo

A concessionária AB Triângulo do Sol é responsável pela administração de 442 quilômetros de rodovias que compreendem o Lote 9 do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo: Rodovia Washington Luís (SP-310), entre São Carlos e Mirassol; Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), de Matão a Bebedouro; e Rodovia Carlos Tonanni / Nemésio Cadetti / Laurentino Mascari / Dr. Mario Gentil (SP-333), entre Sertãozinho e Borborema.

Hemonúcleo observa queda no número de doações por conta da pandemia do Coronavírus, redução tende a ser mais drástica nos meses mais frios do ano

 

JAÚ/SP - Neste domingo (14) é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data faz parte da campanha Junho Vermelho, que tem por objetivo de divulgar as ações de doação de sangue, promover reconhecimento aos doadores e estimular mais pessoas a realizarem o ato.

A partir de junho, por conta das temperaturas mais baixas e maior incidência de gripes e resfriados, o número de doações cai. E, de acordo com o coordenador do Hemonúcleo Regional de Jaú situado no Hospital Amaral Carvalho (HAC), Marcos Mauad, em 2020, o desafio para manter os estoques de sangue esse ano é ainda maior. "Se já tínhamos dificuldade em anos anteriores, elas estão mais exacerbadas agora, por conta da pandemia do Coronavírus. Por isso, a importância da campanha."

A unidade informou que já se observa em 2020 queda considerável nas doações no período de janeiro a maio, em comparação com 2019. Neste ano, foram 5.500 doações e 7 mil candidatos. No ano passado, foram 7.100 doações nos primeiros cinco meses e 9.800 candidatos.

Mauad ressalta que o Hemonúcleo atende outros dez hospitais da região além do Amaral Carvalho e, por isso, precisa manter os estoques. "É fundamental entender que só usamos bolsas de sangue para pessoas que têm risco de fato de perder a vida. Neste sentido, temos que ter esse material pronto na geladeira para uso. No ato da doação, até a liberação do sangue, vão dois dias." A doação, além de ser um ato de solidariedade, é também um ato de segurança social", ressalta.

O sangue coletado é separado e usado para tratar pacientes com distúrbios de coagulação, como cirrose e problemas no fígado, com risco de sangramento ou submetido às grandes cirurgias, com anemia aguda, vítimas de acidentes de trânsito, transplantados de medula óssea, crianças com leucemia, entre outros casos. "Processamos e dividimos os elementos do sangue e encaminhamos para as unidades de acordo com suas necessidades. Assim, um doador consegue salvar a vida de até quatro pacientes de cidades diferentes", conclui.

Segurança

Nessa época de pandemia do coronavírus, o Hemonúcleo está seguindo todas as orientações dos órgãos competentes de saúde para garantir que os doadores possam vir até a unidade para doação de sangue ou plaquetas com segurança.

A unidade disponibiliza álcool em gel para higienização das mãos e adotou distanciamento dos assentos na sala de espera. Além disso, foi disponibilizada entrada alternativa para os doadores não precisarem transitar pelo hospital.

Para controlar o fluxo de pessoas e evitar aglomerações, a equipe disponibilizou os telefones (14) 3602-1355 e (14) 3602-1356 para agendamento de doações. É obrigatório o uso de máscara.

Requisitos

Para doar, além de agendar a doação, é necessário atender aos seguintes requisitos:
- Estar em boas condições de saúde;
- Ter entre 16 e 60 anos, menores podem doar acompanhados de um dos pais ou responsáveis. Embora seja permitido doar até 69 anos, no momento, o ideal é que pessoas acima dos 60 permaneçam em isolamento social;
- Pesar mais de 50 kg;
- Estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas);
- Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa duas horas antes da doação);
- Portar documento oficial com foto (obrigatório);
- Não ter tido quadro gripal nos últimos três dias.

Horário das doações agora pode ser definido por WhatsApp. A ideia é ajudar na organização do fluxo de voluntários

 

SÃO CARLOS/SP - O Banco de Sangue da Santa Casa criou mais um canal de agendamento para doação de sangue. A partir de agora, as doações podem ser agendadas pelo WhatsApp. “Ampliamos a forma de agendamento pelo WhatsApp a pedido dos doadores. Uma maneira mais prática e rápida para todos”, afirma a coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

Com a mobilização da população e dos voluntários, o Banco de Sangue tem recebido cerca de 30 doadores por dia. Esse número ajuda a atender às necessidades urgentes do hospital.  No momento, os estoques estão equilibrados, mas para a próxima semana, o número de agendamentos já diminuiu.

O importante é que as doações sejam constantes para manter o estoque estável, pois alguns componentes do sangue têm prazo de validade. O plasma (parte líquida) dura 1 ano; as hemácias, 1 mês; mas as plaquetas, responsáveis pela coagulação, apenas 5 dias. E hoje ainda não existe uma tecnologia para conservar esses componentes por mais tempo. “Estamos conseguindo atender todas as demandas de transfusão de sangue, mas nossa preocupação é com as plaquetas. Precisamos garantir plaquetas para as próximas semanas. Elas são essenciais nas cirurgias cardíacas”, explica a coordenadora do Banco de Sangue.

Devido à pandemia da COVID-19, desde março, o Banco de Sangue tem seguido as regras da Associação Brasileira de Hematologia. Foi proibida a entrada de acompanhantes e as doações estão sendo agendadas para evitar aglomerações. Dessa maneira, é possível garantir a proteção de todos e regular o fluxo de doadores.

Vale ressaltar que para ser doador, é preciso ter entre 18 e 69 anos, ter mais de 50 Kg e estar em boas condições de saúde. O voluntário também não pode fumar uma hora antes da doação e nem ingerir bebida alcoólica 24 horas antes. E é preciso apresentar um documento oficial com foto. Lembrando que o uso de máscara também é obrigatório.

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

(16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a sexta-feira – 8h às 12 horas

Sábados – 8h às 11 horas

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30