fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Prefeitura afasta médico que não cumpria carga horária contratual de trabalho Foto Ilustrativa

Prefeitura afasta médico que não cumpria carga horária contratual de trabalho

Escrito por  Maio 07, 2022

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas, afastou por 30 dias, com prejuízo nos vencimentos, o médico denunciado por não cumprir a carga horária contratual de 8h diárias no atendimento aos pacientes da USF do Jardim Munique.

O servidor é médico de saúde da família, com salário base de mais de R$18 mil. O horário de trabalho do servidor pelo contrato com o município é das 7h às 15h30, com meia hora de intervalo para almoço, porém na última terça-feira (03/05), após denúncias, foi constatado que o profissional deixou o posto de trabalho na USF do Munique às 10h para cumprir plantão em uma cooperativa médica.

O vereador Ubirajara Teixeira (Bira) foi quem recebeu a denúncia e chamou a Comissão de Saúde da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Lucão Fernandes, Cidinha do Oncológico e Sérgio Rocha, para verificar se realmente o profissional estava agindo em prejuízo aos usuários do SUS.

“Chegamos na USF por volta das 10h e realmente ele já havia saído sem justificativa e recebemos a informação que ele poderia estar atendendo na rede particular. Fomos a uma cooperativa médica e realmente comprovamos que ele estava cumprindo plantão neste local, no horário em que deveria estar atendendo pacientes do SUS”, explicou o vereador Bira.

Bira disse, ainda, que fez um registro de ocorrência (RO) na Guarda Municipal no dia em que foi até a USF e que, depois, também fez um boletim de ocorrência (BO) na Polícia Civil. “Acho justo esse afastamento com prejuízo nos vencimentos e agradeço ao prefeito Airton Garcia pela agilidade na decisão. As pessoas pagam impostos e têm direito ao atendimento. Não é justo uma pessoa que precisa passar por uma consulta ficar esperando e simplesmente o profissional, que recebe em dia, abandonar o posto de trabalho”, finaliza o vereador.

Continua depois da publicidade

Segundo o secretário de Gestão de Pessoas, Dante Nonato, foi solicitado o afastamento do médico por 30 dias a partir desta sexta-feira (06/05) e aberto um processo administrativo disciplinar. “Já encaminhamos o processo para a Corregedoria para as providências cabíveis”, disse Nonato, lembrando que o processo corre em sigilo.

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Maio 2022 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
Aviso de Privacidade

Este site utiliza cookies para proporcionar aos usuários uma melhor experiência de navegação.
Ao aceitar e continuar com a navegação, consideraremos que você concorda com esta utilização nos termos de nossa Política de Privacidade.