fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
A “Depressão quase me matou” Imagem: Shutterstock

A “Depressão quase me matou”

Escrito por  Nov 23, 2021

SÃO CARLOS/SP - Toda terça-feira, eu Ricardo Geraldi, Terapeuta na cidade de São Carlos, junto com esse maravilhoso canal de comunicação a Rádio Sanca Web, estaremos trazendo de maneira simples e objetiva, informativos que ajudarão você caro leitor, a compreender melhor as suas emoções.

No artigo de hoje, falaremos sobre um assunto seríssimo, que toma proporções cada vez maiores em meio a sociedade, “A DEPRESSÃO”, dados recentes publicados pela OMS (organização mundial da saúde) mostram que aproximadamente 350 milhões de pessoas no mundo sofrem ou já sofreram com essa terrível doença. “A DEPRESSÃO”, não escolhe classe social, crença, raça, poder aquisitivo, ela simplesmente chega sem avisar, nos paralisa e em inúmeros casos perdemos até mesmo a vontade de viver.

Hoje quero contar a você caro leitor, sobre minha terrível experiência com a depressão, “Ela quase me matou” Mas antes disso, vamos entender o que é “A DEPRESSÃO”, seus sintomas, possíveis causas e os tratamentos disponíveis para lidarmos com essa doença.

O que é a DEPRESSÃO?

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, há presença de tristeza, pessimismo, baixa auto-estima, que aparecem com freqüência e podem combinar-se entre si. Nada tem haver com frescura ou fraqueza pessoal, é uma doença séria e deve ser tratada como tal.

Quais os sintomas da DEPRESSÃO?

Em primeiro lugar, devemos deixar bem claro que nem tudo é depressão, e que nos sentirmos tristes em alguns momentos da vida é natural e saudável, porém essa tristeza deve ter um motivo aparente. Agora quando essa tristeza começa a ser recorrente, sem nenhum motivo e é persistente por mais de 15 dias, uma opinião médica deverá ser consultada. Lembrando que o médico é o único profissional capacitado para dar o preciso diagnóstico para seu problema, nada substitui a opinião desse profissional.

 Abaixo alguns sintomas:

  • Insônia;
  • Baixa Autoestima;
  • Sentimento de culpa;
  • Pensamentos negativos e suicidas;
  • Concentração e raciocínio baixo;
  • Baixo desejo sexual;
  • Irritabilidade excessiva;
  • Falta de energia e motivação;
  • Angustia;
  • Perda de Prazer no realizar de suas atividades diárias;
  • Ansiedade;
  • Desesperança;
  • Perda de sentido pela vida;.

POSSIVEIS CAUSA DA DEPRESSÃO

A Depressão pode estar relacionada com:

  • Histórico familiar;
  • Transtornos psiquiátricos correlatos;
  • Estresse crônico;
  • Ansiedade crônica;
  • Disfunções hormonais;
  • Dependência de álcool e drogas ilícitas;
  • Traumas psicológicos;
  • Doenças cardiovasculares, endocrinológicas, neurológicas, neoplasias entre outras;
  • Conflitos conjugais;
  • Mudança brusca de condições financeiras e desemprego.

 

Tratamento para DEPRESSÃO:

Caro leitor, como já relatado neste artigo, ao observarmos alguns destes sintomas o médico deverá ser consultado. A base do tratamento geralmente inclui medicamentos, TERAPIA ou uma combinação dos dois. Cada vez mais, as pesquisas sugerem que esses tratamentos podem normalizar alterações cerebrais associadas à depressão.

E você deve estar curioso do por que “A DEPRESSÃO QUASE ME MATOU”, então vamos lá...

Esse que vos escreve, no ano de 2009 foi diagnosticado com uma apendicite, até então um problema simples e de fácil correção cirúrgica, mas no meu caso não foi bem assim, tive um problema logo após o procedimento e foram necessárias 11 cirurgias abdominais para salvar minha vida, foram anos de angustia e sofrimento físico e emocional. Minha vida era de constantes idas e vindas aos médicos, sentia muita dor a ponto de tomar morfina todos os dias e as dores abdominais não sessavam.

 E se não bastasse tudo isso, um sentimento de tristeza e incapacidade me atormentava dia e noite, foi então que depois de muito relutar pois eu sempre dizia que psiquiatra e TERAPIA eram coisa de gente louca (meu preconceito era muito grande) fui em uma consulta com um médico psiquiatra e então fui diagnosticado com “DEPRESSÃO”, não tinha mais vontade de levantar da cama, não sentia prazer em sair com minha família, não conseguia mais trabalhar, havia perdido verdadeiramente o amor pela vida, e pensei em atentar contra ela várias vezes.

 Nessa época eu já era casado e Deus me abençoou com minha primeira filha, confesso a você caro leitor que tenho poucas lembranças de sua infância.

Entre medicamentos para dor e para depressão eram necessários em torno de 12 comprimidos diários para lidar com todos os sintomas. Foram dias difíceis, mas com a ajuda de Deus, de profissionais maravilhosos, e também de minha família tudo foi se encaminhando bem os remédios foram sendo retirados aos poucos e hoje no máximo tomo uma dipirona para dor de cabeça.

E o mais prazeroso, é que depois de todo esse contexto de vida, com o meu trabalho hoje, ajudo pessoas a se libertarem desse terrível mal, pois eu sei verdadeiramente o que você sente. E para concluir esse artigo, deixo aqui algumas dicas imprescindíveis para você caro leitor.

 Nos primeiros sintomas não tenha preconceito, orgulho ou medo e siga os seguintes passos:

1 – Busque ajuda médica, é primordial;

2 – Faça Terapia, ali você poderá falar dos seus problemas e também trabalhar suas emoções visando assim um total reestabelecimento de sua saúde emocional, não tenha vergonha ou medo, invista em você;

3 – Faça atividade física;

4 – Se ame, se valorize, faça uma analise de vida e elimine tudo aquilo que possa te trazer algum tipo de sofrimento;

5 – Viva intensamente, sorria, dance, respire ar puro, acredite em você;

Gostou do artigo, deixe seus comentários e dúvidas, será um prazer interagir com você.

 

                                                Ricardo Geraldi

TERAPEUTA / TERAPIA BRVE

Especialista em Hipnose Clinica;

Terapeuta Método Kraisch T.R.I (Terapia de Reintegração Implícita)

Especialista em Inteligência Emocional

Analise do Comportamental Método D.I.S.C

Consciência Sistêmica e Constelação Sistêmica (IBRACS)

Auriculoterapia (Acupuntura do pavilhão auricular)

Coach / Mentor em relacionamentos

AJUDO VOCÊ A CONQUISTAR SAÚDE E LIBERDADE EMOCIONAL

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31