fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Repórter da Globo é agredido e tem equipamento danificado © Shutterstock- imagem ilustrativa

Repórter da Globo é agredido e tem equipamento danificado

Escrito por  Jan 18, 2024

RIO DE JANEIRO/RJ - O repórter da Inter TV, afiliada da Globo no Rio de Janeiro, João Vitor Brum, foi agredido e teve o equipamento danificado durante produção de uma matéria, em Cabo Frio, na última segunda-feira (15).

João Vitor fazia uma matéria sobro o desaparecimento de um jovem de 18 anos, na Lagoa de Araruama, em Cabo Frio, quando foi agredido por um amigo do rapaz desaparecido.

O repórter e o cinegrafista Sidney Pontes faziam imagens do local e entrevistavam algumas pessoas, quando foram surpreendidos pelo agressor. João Vitor sofreu agressão física, foi empurrado e caiu dentro da água, junto com seu equipamento de trabalho. Ele registrou boletim de ocorrência, foi submetido a exame de corpo de delito e as agressões foram confirmadas.

Em nota, a Inter TV repudiou a agressão ao jornalista, que classificou como um "ataque brutal". A afiliada da Globo ressaltou que o repórter tinha o consentimento da família da vítima para fazer reportagem sobre o caso. "Este ato brutal é um alerta para a necessidade de proteção e respeito aos jornalistas, que desempenham um papel fundamental na busca pela verdade e na prestação de informações à comunidade", disse a emissora.

"Nesse momento difícil, expressamos nossa solidariedade ao repórter João Vitor Brum. A Inter TV reafirma seu compromisso com a liberdade de imprensa e continuará a desempenhar seu papel vital na divulgação de informações relevantes à comunidade, superando adversidades como essa com resiliência e determinação", diz a nota.

Repórter disse estar bem. Nos comentários da postagem da Inter TV, João Vitor agradeceu pelas mensagens de apoio e afirmou que está "tomando todas as medidas necessárias para que nossa profissão não siga sofrendo tantas agressões, não apenas físicas".

João Vitor ressaltou que a família do jovem desaparecido "não teve nada a ver com essa situação e foi, do início ao fim, extremamente educada e receptiva comigo, mesmo em um momento tão difícil para eles". "Nossa intenção sempre será de ajudar. Abraço e obrigado a todos", completou.

A Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) e o SJPRJ (Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro) emitiram nota de repúdio ao ataque sofrido pelo repórter, classificado como "ato leviano e covarde".

Como o agressor não teve a identidade revelada, Splash não conseguiu localizá-lo para pedir posicionamento. O espaço segue aberto para manifestação.

 

 

POR FOLHAPRESS

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Fevereiro 2024 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29      
Aviso de Privacidade

Este site utiliza cookies para proporcionar aos usuários uma melhor experiência de navegação.
Ao aceitar e continuar com a navegação, consideraremos que você concorda com esta utilização nos termos de nossa Política de Privacidade.