fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 


7 em cada 10 pacientes diagnosticados com COVID-19 saem curados do hospital

 

SÃO CARLOS/SP - A Santa Casa informa no Boletim da Vida desta terça-feira (01/9), que 127 pacientes foram atendidos no hospital do início da pandemia até agora e diagnosticados com COVID-19. Destes, 90 (70, 8%) receberam alta. Isso quer dizer que a Santa Casa tem mantido a média e 7 em cada 10 pacientes com resultado positivo para COVID-19 que passam pelo hospital, saem curados.

8 pacientes (6,2%) ainda permanecem internados. O hospital registra até agora 29 óbitos (22,8%) e 6 (4,7%) ainda aguardam pelo resultado de exames.

Ação ajuda no controle do Coronavírus no ambiente hospitalar. Prefeitura publicou Decreto prorrogando até 15 de setembro as medidas de distanciamento social

 

IBATÉ/SP - O Hospital Municipal de Ibaté está atuando de forma preventiva desde a triagem dos atendimentos. Os casos de emergências respiratórias ou suspeitos de Covid-19 são encaminhados para a entrada principal, com acesso pela rua Floriano Peixoto. Já os atendimentos convencionais estão sendo feitos com entrada pela rua 15 de Novembro, das 6h às 22h.

A ação foi implantada no município em março de 2020, logo no início da pandemia do novo Coronavírus, quando a Prefeitura criou quatro leitos para estabilização de casos suspeitos. Na mesma época, foi instalada uma tenda para facilitar um segundo acesso separado para os demais pacientes,  que ficou popularmente conhecida na cidade como "Tenda".

Segundo a Secretária-adjunta Municipal de Saúde, Elaine Sartorelli Breanza, a medida tem ajudado muito no controle da disseminação do vírus no ambiente hospitalar. "Os pacientes não têm contato entre si, além de evitar aglomerações, já que os dois espaços são bem amplos e distantes um do outro".

Elaine Sartorelli Breanza lembrou, ainda, que os cuidados começam antes da chegada do paciente ao hospital, quando é requisitado transporte por ambulância. "Se o paciente relatar algum sintoma da Covid-19 ele é levado, diretamente, para atendimento de casos suspeitos. Manter as medidas sanitárias ainda é muito importante, tanto dentro quanto fora do hospital, com o uso de máscaras de proteção facial, uso de álcool em gel para higienização das mãos e evitando aglomerações", alertou.

Decreto e Dados

Nesta segunda-feira (31) a Prefeitura de Ibaté publicou o Decreto n◦2.877, prorrogando até 15 de setembro de 2020 as medidas de distanciamento social e a suspensão das atividades não essenciais no âmbito da administração municipal, previstas no Decreto Municipal nº 2.844, de 22 de abril de 2020, considerando que o município de Ibaté está classificado pelo Governo do Estado como Fase 3, dentro do Plano São Paulo.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica e do Gabinete de Prevenção e Monitoramento do Coronavírus de Ibaté, do total de casos positivos registrados no município, que é 239 (dados de sábado 29.8), 207 estão recuperados, o que representa 86,61%. Os 29 casos ativos (12,13%) estão sendo acompanhados em isolamento domiciliar e, infelizmente, o município registrou três óbitos, sendo que a última morte pela doença ocorreu há quase um mês, em 6 de agosto.

O próximo relatório consolidado de casos em Ibaté será divulgado na segunda-feira, 7 de setembro. Diariamente, a Prefeitura publica em seu site (ibate.sp.gov.br) um boletim atualizado da situação da doença no município.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa neste domingo (30/08) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 2.131 casos positivos para COVID-19 (nenhum resultado positivo foi divulgado hoje), com 38 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 2.131 casos positivos, 1.968 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 164 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 123 receberam alta hospitalar, 16 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 35 positivos internados foram a óbito. 2.022 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 7.408 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (nenhum resultado negativo foi liberado hoje). Estão internadas neste momento 33 pessoas, sendo 14 adultos na enfermaria (10 positivos, 1 suspeitos e 3 negativos). Na UTI adulto estão internadas 18 pessoas (14 positivos, 3 suspeitos, 1 negativo). Já na enfermaria nenhuma criança está internada. Na UTI uma criança está internada com suspeita da doença.13 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 64,3%. Neste momento São Carlos disponibiliza 28 leitos de UTI/SUS, sendo 18 na Santa Casa (14 adultos e 4 na ala infantil) e 10 para adultos no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Na rede privada nenhuma pessoa está internada na enfermaria. Na UTI 1 criança está internada com suspeita de COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 12.393 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 11.147 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.246 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.918 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 5.704 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.417 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma neste sábado (29/08) mais um óbito por COVID-19 no município, totalizando 38 mortes. Trata-se de um homem, 71 anos, de São Carlos, com diagnóstico para COVID-19 e que estava internado desde 18/8. Também faleceu neste sábado (29), outro homem, 61 anos, de Dourado internado em hospital de São Carlos desde 24/8, com diagnóstico para COVID-19. Como estabelece o protocolo do Ministério da Saúde, o óbito será contabilizado para Dourado. São Carlos contabiliza neste momento 2.131 casos positivos para COVID-19 (21 resultados positivos foram divulgados hoje), com 38 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 2.131 casos positivos, 1.968 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 160 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 123 receberam alta hospitalar, 12 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 35 positivos internados foram a óbito. 2.020 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 7.408 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (82 resultados negativos foram liberados hoje). Estão internadas neste momento 36 pessoas, sendo 15 adultos na enfermaria (7 positivos, 6 suspeitos e 2 negativos). Na UTI adulto estão internadas 18 pessoas (14 positivos, 3 suspeitos, 1 negativo). Na enfermaria 2 crianças estão internadas com suspeita da doença. Já na UTI duas crianças estão internadas, uma com suspeita da doença e outra com resultado positivo. 15 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, desses 6 ocupam leitos de UTI. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 64,3%. Neste momento São Carlos disponibiliza 28 leitos de UTI/SUS, sendo 18 na Santa Casa (14 adultos e 4 na ala infantil) e 10 para adultos no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Na rede privada duas pessoa estão internadas na enfermaria com suspeita da doença. Na UTI 1 criança está internada com resultado positivo para COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 12.367 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 11.029 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.338 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.918 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 5.704 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.417 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - O cantor Wesley Safadão testou positivo para o novo coronavírus, de acordo com informações do colunista Leo Dias e confirmada pela assessoria do músico.

Segundo a reportagem, Safadão está assintomático, mas precisou cancelar a live que faria neste sábado (29) ao lado da dupla sertaneja Bruno e Marrone. O cantor também não vai participar do Domingão do Faustão nesta semana.

“Informamos que Wesley Safadão testou positivo para a Covid-19. O cantor passa bem e fará a contraprova do exame em Fortaleza (CE). Devido a esse resultado e por motivo de segurança para a saúde de todos, sua live de amanhã, 29, com a dupla Bruno & Marrone foi adiada. A apresentação foi transferida para o dia 19 de setembro”, diz o comunicado enviado pela assessoria do cantor a Leo Dias.

 

 

*Por: ISTOÉ GENTE

SÃO CARLOS/SP - O comércio de São Carlos vai continuar funcionando por 8 horas diárias. O anúncio foi feito pelo governador João Doria na coletiva de imprensa que apresentou a décima segunda atualização do Plano São Paulo, nesta sexta-feira, 28, no Palácio dos Bandeirantes.

Desde a última segunda-feira, 24, todas as cidades da região central tiveram a opção da mudança de 6h para 8h diárias, a permissão do funcionamento na Fase Amarela do Plano SP.  

O presidente da ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos), José Fernando Domingues, comentou sobre a atualização desta sexta. “Essa atualização foi extraordinária, ou seja, as regiões só poderiam regredir e não avançar. Graças aos esforços de todos os nossos comerciantes, que tem respeitado as medidas e os protocolos sanitários, nossa região tem controlado o avanço do coronavírus e, com isso, permanecemos na Fase Amarela”, afirmou.

O comércio e serviços, na cidade de São Carlos, estão funcionando das 10h às 18h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados das 9h às 17h. A mudança para 8h diárias contemplou todos os setores, como comércio, serviço, shoppings, salões de beleza e barbearia, restaurantes e similares, academias, convenções e atividades culturais, os quais devem respeitar todas as recomendações de segurança, entre elas, o uso obrigatório de máscaras, e adotar os protocolos padrões e setoriais específicos.

Mais uma vez, Zelão ressaltou que a quarentena continua e reforçou a necessidade de se continuar atento às medidas sanitárias. “Vamos continuar respeitando as medidas de distanciamento social e os protocolos sanitários, utilizando máscaras, para que, finalmente, consigamos avançar para a Fase Verde, que vai aumentar a flexibilização das atividades comerciais”, afirmou.

As normas sanitárias continuam sendo as mesmas para todos os segmentos: disponibilizar higienização para funcionários e consumidores com álcool gel 70% em pontos estratégicos; os funcionários devem utilizar máscaras durante toda a jornada de trabalho, assim como os consumidores; o acesso e o número de pessoas nos estabelecimentos devem ser controlados; manter todas as áreas ventiladas; e a fila deve ter distanciamento de 2 metros entre as pessoas.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirmou nesta quinta-feira (27/08) mais uma morte por COVID-19 no município, totalizando neste momento 37 óbitos. Trata-se de uma mulher de 75 anos com resultado positivo para a doença desde 30/07 e que frequentava uma instituição particular de longa permanência para idosos. Um paciente de 19 anos de Descalvado internado desde 25/08 em hospital de São Carlos morreu nesta quinta-feira (27). O rapaz foi internado devido a um politrauma, sem qualquer sintoma respiratório. Devido ao diagnóstico de morte encefálica, era candidato a doação de órgãos e por isso, por protocolo, foi testado para COVID-19 e o resultado foi positivo para a doença. Como determina o protocolo do Ministério da Saúde o óbito será contabilizado para a cidade de Descalvado. São Carlos contabiliza neste momento 2.069 casos positivos para COVID-19 (32 resultados positivos foram divulgados hoje), com 37 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 2.069 casos positivos, 1.908 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 160 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 118 receberam alta hospitalar, 18 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 34 positivos internados foram a óbito. 1.990 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 7.254 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (65 resultados negativos foram liberados hoje). Estão internadas neste momento 37 pessoas, sendo 22 adultos na enfermaria (14 positivos, 3 suspeitos e 5 negativos). Na UTI adulto estão internadas 13 pessoas (10 positivo e 3 suspeitos). Na enfermaria 1 criança está internada com resultado positivo para a doença. Já na UTI uma criança está internada com suspeita da doença. 14 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, desses 6 ocupam leitos de UTI. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 50%. Neste momento São Carlos disponibiliza 28 leitos de UTI/SUS, sendo 18 na Santa Casa (14 adultos e 4 na ala infantil) e 10 para adultos no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Na rede privada 1 pessoa está internada na enfermaria com resultado positivo para COVID-19. Na UTI nenhum paciente está internado no momento. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 12.238 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 10.771 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.467 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.820 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 5.550 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.386 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 79 estão aguardando resultado do exame. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Desde o início da pandemia, Hospital reorganizou sua estrutura, contratou pessoal, capacitou equipes, ampliou leitos, abriu novos serviços e investiu em tecnologia

 

SÃO CARLOS/SP - Esta quarta-feira, dia 26 de agosto, marca seis meses do primeiro caso do novo Coronavírus registrado no Brasil. De lá pra cá, o sistema de saúde brasileiro tem enfrentado desafios diários para atender a população com sintomas da Covid-19. Diante desse cenário e para garantir o atendimento aos casos da doença e de pacientes que demandam outros cuidados em saúde, o Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos (HU-UFSCar/Ebserh) tem empenhado esforços, desde a reestruturação física, passando pela capacitação da equipe, até investimento em novas tecnologias. 
Como medidas de prevenção e controle hospitalar, o HU elaborou protocolos internos e reorganizou o fluxo de atendimento das pessoas com suspeita de Covid-19, que passou a ser realizado em local específico, evitando a exposição ao vírus dos demais pacientes encaminhados pela rede de saúde municipal. Após avaliação médica, é sempre indicado o isolamento social e cuidados em casa ou a internação. 
Além dessa readequação dos fluxos, os leitos foram reestruturados para garantir espaço suficiente aos casos do novo Coronavírus. O Hospital disponibilizou 44 leitos de enfermaria e inaugurou 10 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atendimento exclusivo aos pacientes de Covid-19. A equipe de profissionais também foi ampliada, por meio de processo seletivo emergencial realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Ao todo, foram contratados 89 funcionários, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, técnicos em análises clínicas e biomédicos, para atuar na assistência a pacientes suspeitos ou confirmados para Covid-19 que precisam de cuidados em regime de internação, tanto em leitos clínicos como na UTI. 
Com a elaboração de novos fluxos e procedimentos, além da chegada de novos profissionais, foram necessárias capacitações teórico-práticas dos funcionários para a padronização das condutas básicas no manejo clínico dos pacientes e para o alcance da cura dos casos positivos da doença. Foram realizadas 13 capacitações, com 460 participações. Em relação à segurança dos profissionais que atuam na linha de frente, a gestão do Hospital se empenhou em garantir a disponibilização adequada de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a capacitação para a sua correta utilização. Todo esse empenho se reflete no baixo nível de contaminação e absenteísmo dos colaboradores. 
A inovação no HU também passou pela disponibilização de novos formatos de atendimento diante da necessidade do distanciamento social imposto pela pandemia. Para garantir acompanhamento aos pacientes que já estavam em tratamento no Ambulatório de Especialidades, o Hospital instaurou a prática da telemedicina, por meio de teleconsultas e teleassistência, nas especialidades de Cardiologia, Neurologia, Imunopediatria, Infectologia, Nefrologia, Hematologia, Psiquiatria, Endocrinologia, Pneumologia e Cirurgia Vascular. Desde o início da pandemia, foram realizados 891 atendimentos nessas modalidades. Além disso, o HU também disponibilizou canal de comunicação específico - o Alô HU -, que é aberto à população e recebe chamadas e mensagens com dúvidas em relação à Covid-19. Desde março, o serviço recebeu 1.821 ligações e 446 mensagens.  

Total de atendimentos
O primeiro caso suspeito de Covid-19 foi atendido no HU no dia 16 de março e o primeiro caso confirmado foi no dia 20 de março. Desde o início da pandemia, foram atendidos no Hospital 2.563 casos de síndrome gripal, desses 407 precisaram de internação e 249 foram testados positivo para a doença. Nesta quarta, dia 26/8, o HU tem 23 pacientes internados no espaço Covid, 16 em internação clínica e sete na terapia intensiva.
Para Ângela Leal, Superintendente do HU, essa pandemia está sendo um grande teste para a saúde brasileira. "Em relação ao nosso HU, está sendo extremamente desafiante, mas nossa equipe tem demostrado estar preparada para enfrentar crises. Neste tempo que passou, desde o primeiro caso no País, pudemos aprender muito e colocar em prática os novos conhecimentos adquiridos.  Daquilo que já fizemos, temos o grato sentimento de dever cumprido", afirma Leal.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta quarta-feira (26/08) mais duas mortes por COVID-19 no município, totalizando neste momento 36 óbitos confirmados. Um paciente de 81 anos, positivo para COVID-19 morreu na noite desta terça (25). Ele estava internado desde 19/08. Outro homem de 72 anos também com resultado positivo internado desde 13/08 faleceu nesta quarta (26). São Carlos contabiliza neste momento 2.037 casos positivos para COVID-19 (31 resultados positivos foram divulgados hoje), com 36 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 2.037 casos positivos, 1.876 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 158 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 118 receberam alta hospitalar, 17 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 33 positivos internados foram a óbito. 1.984 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 7.189 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (63 resultados negativos foram liberados hoje). Estão internadas neste momento 35 pessoas, sendo 17 adultos na enfermaria (12 positivos, 1 suspeitos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 17 pessoas (12 positivos, 4 suspeitos e 1 negativo). Nenhuma criança está internada neste momento na UTI. Na enfermaria 1 criança está internada com resultado positivo para a doença. 12 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 50%. Neste momento São Carlos disponibiliza 28 leitos de UTI/SUS, sendo 18 na Santa Casa (14 adultos e 4 na ala infantil) e 10 para adultos no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Na rede privada 3 pessoas estão internadas na UTI adulto neste momento, 1 com resultado positivo para COVID-19 e 2 com suspeita da doença. Na enfermaria nenhuma pessoa está internada no momento. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 11.743 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 10.617 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.126 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.741 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 5.485 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.375 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 85 estão aguardando resultado do exame. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Alterações podem ocorrer em casos confirmados de redução de renda

 

SÃO CARLOS/SP - Com o distanciamento social imposto pela pandemia de covid-19 afetando o comércio e mais diretamente o emprego de famílias brasileiras, muitos lares tiveram suas rotinas afetadas. Esse efeito dominó também atingiu questões envolvendo direitos de família, que ganharam novos contornos, desde regulamentação de visitas até o pagamento de pensão alimentícia. 

O advogado Guilherme Galhardo Antonietto conta que atualmente a Justiça tem recebido uma grande demanda de pedidos relacionados à revisão desses deveres. Entre os diversos critérios avaliados, estão a análise de fundamentos tanto fatídicos, quanto jurídicos. 

“O devedor precisa entender que não basta a alegação de que sua renda foi afetada. O juiz irá analisar a real necessidade, em números/valores, de quem recebe a pensão frente a possibilidade de o alimentante pagar determinado valor, levando em conta seu patrimônio e rendimentos”, explica.

O advogado diz que outro ponto a ser observado na situação atual foi a suspensão de algumas visitas, o que deixa as crianças por mais tempo com o pai ou a mãe e consequentemente eleva os gastos diários. Por outro lado, despesas com lazer, escola e academia podem ter sofrido baixas. 

Para que haja revisão de pensão alimentícia, entende-se que a justificativa perante o juiz deve apresentar provas de quanto se ganha e quais os gastos pontuais em tempos de pandemia. Dessa forma, cada caso é avaliado individualmente, para que os levantamentos apontados por ambas as partes sejam ouvidos e comprovados através de números, recibos, planilhas e notas fiscais. 

Execução de alimentos e prisão do devedor

A execução de alimentos, prevista no artigo 528 no novo Código de Processo Civil, denota que se a dívida em atraso corresponde às três últimas prestações anteriores ao ajuizamento da execução, – sendo ou não consecutivas - a consequência é a prisão do executado em regime fechado. 
Entretanto, a recomendação 62 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), explana que prisões decorrentes de débito alimentar devem ser convertidas do regime fechado para o domiciliar; como a medida pode ser avaliada inócua durante a pandemia, a cobrança pode ainda, ser realizada por meio de penhora dos valores. 

Quem é Guilherme Galhardo Antonietto?

Graduado em 2016 em direito pela Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, Guilherme Galhardo Antonietto é especialista em direito civil pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e mestrando em direito pela Universidade de Araraquara.
Atualmente, Galhardo é palestrante e professor de direito civil em cursos preparatórios para a OAB, professor da pós-graduação EAD da Universidade de Araraquara e professor em direito civil e processo civil do Centro Universitário Unifafibe de Bebedouro.
Também é advogado-sócio no escritório Galhardo Sociedade de Advogados e atua como colunista da coluna ‘Papo Jurídico’ do site Migalhas.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31