fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO CARLOS/SP - O Comitê Emergencial de Combate ao Coronavirus se reuniu na última sexta-feira (11/09), para fazer algumas deliberações de demandas enviadas por diversos segmentos. 

Entre elas estava um questionamento do setor de academias sobre o atendimento a idoso ou pessoas com indicação médica acima de 60 anos para fazer atividades físicas. Ficou definido pelos membros do Comitê que as academias poderão receber os idosos, porém em horário específico para esse grupo, preferencialmente nos primeiros horários de atendimento e que após esse período de uso todos os aparelhos devem passar por desinfecção e higienização de acordo com as regras sanitárias de segurança.

Outra demanda discutida foi o uso de piscinas nos condomínios residenciais. Após algumas ponderações da área técnica da saúde ficou definido que os condomínios seguirão a mesma regra dos clubes, ou seja, nas áreas que tem a possibilidade de fazer um controle de acesso e higienização do ambiente poderá ser utilizado. Já piscinas e áreas onde possa haver aglomeração sem a possibilidade de desinfecção, o Plano São Paulo ainda não flexibilizou nessa fase amarela, e como anunciado pelo Governo do Estado somente em outubro devemos ter regiões na fase verde. 

Já quanto às chácaras de locação que ficam em bairros mais distantes e que também se enquadram como atividade econômica, ficou definida que poderão sim fazer suas locações desde que sigam todos os protocolos de higiene sanitária e preencham um termo de responsabilidade que está disponível no site da Prefeitura no link coronavirus.saocarlos.sp.gov.br. Em caso de fiscalização esse termo deverá ser apresentado, já que ele funciona como um alvará provisório.

O Comitê também recebeu denúncias sobre o uso inadequada das praças esportivas. As reclamações são de que as pessoas não estão respeitando os protocolos sanitários quanto ao distanciamento e ao uso de máscaras. O Comitê deliberou pelo  aumento da fiscalização nesses locais.

O coordenador do Comitê alertou que nesse momento é preciso agir com cautela. “95% das atividades econômicas estão em pleno funcionamento e as pessoas têm saído mais de casa buscando alternativas de lazer, porém isso pode nos trazer um cenário complicado nos próximos dias se essa situação não for controlada. Não podemos correr o risco de retroagir no Plano São Paulo”, finalizou Mateus de Aquino.

MUNDO - Em meio ao panorama preocupante da América do Sul com a pandemia de covid-19, a Copa Libertadores 2020, suspensa em março, será retomada nesta terça-feira sob um rígido protocolo de saúde elaborado pela Conmebol, com casos positivos em alguns clubes e nenhum público nos estádios.
O surgimento do coronavírus na região no final de fevereiro alterou abruptamente o cotidiano dos dez países sul-americanos, e o futebol não escapou da nova realidade exigida pela onda brutal de mortes e infecções. 
Seis meses após a interrupção do torneio, a Conmebol retoma a fase de grupos da Libertadores na terceira rodada com um calendário adaptado ao cenário imposto pela pandemia. 
O rigoroso protocolo sanitário criado pela entidade que rege o futebol sul-americano, aprovado pelos governos da região, contempla, entre tantas e diversas medidas, a entrada de clubes sem quarentena aos países por apenas 72 horas, testes constantes de covid-19 em todos os envolvidos em jogos e estádios sem torcedores.
 

- Contágios -

Mas a agressividade do coronavírus pode voltar a atacar a Libertadores: nove clubes, incluindo o atual campeão Flamengo, e os argentinos River Plate e Boca Juniors, registraram casos positivos durante a quarentena desde o final de julho. 
O Boca, que busca seu sétimo título para se igualar ao compatriota Independiente como o maior vencedor da competição, registrou um surto no final de agosto que afetou 18 jogadores e 10 membros da equipe. 
Até o momento, todos os seus jogadores se recuperaram e receberam alta médica para continuar treinando. 
O paraguaio Libertad, adversário do Boca Juniors na quinta-feira em Assunção, confirmou na semanda passada o caso de um jogador infectado.
Já o River Plate, atual vice-campeão do torneio, relatou ma sexta-feira o caso positivo do zagueiro Milton Casco, que está em isolamento apesar de não apresentar sintomas.

- A rodada -

A terceira rodada da fase de grupos terá 16 jogos, realizados entre terça e quinta. 
Pelo Grupo A, o atual campeão Flamengo, agora sob o comando do espanhol Domenec Torrent que substitui o bem-sucedido técnico português Jorge Jesús, vai enfrentar fora de casa o equatoriano Independiente del Valle, na quinta-feira, no reencontro entre os finalistas da Recopa Sul-Americana, vencida em fevereiro pelo Rubro-Negro. 
No mesmo dia, o São Paulo recebe o River Plate, pelo Grupo D, enquanto o peruano Binacional encara o Liga de Quito nesta terça-feira em Lima, por uma chave onde todos estão empatados com 3 pontos. 
Já o Libertad, sob o comando Ramón Díaz, encara em casa o Boca Juniors, na quinta-feira em Assunção, pelo Grupo H. 
O Internacional, líder do Campeonato Brasileiro e do Grupo E da competição sul-americana, pega o colombiano América de Cali nesta quarta-feira, no Beira-Rio, .

-- Partidas desta semana da terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores 2020:

Grupo A
Quinta-feira, em Quito: Independiente del Valle (EQU) - Flamengo (BRA)
Quinta-feira, em Guayaquil: Barcelona (EQU) - Junior (COL)

Grupo B

Quarta-feira, em La Paz: Bolívar (BOL) - Palmeiras (BRA) 
Quinta-feira, em Assunção: Guaraní (PAR) - Tigre (ARG)

Grupo C

Terça-feira, em Cochabamba: Jorge Wilstermann (BOL) - Athletico Paranaense (BRA)
Terça-feira, em Santiago: Colo Colo (CHI) - Peñarol (URU)

Grupo D

Terça-feira, em Lima: Binacional (PER) - Liga de Quito (EQU)
Quinta-feira, em São Paulo: São Paulo (BRA) - River Plate (ARG)

Grupo E

Quarta-feira, em Porto Alegre: Internacional (BRA) - América de Cali (COL) 
Quarta-feira, em Santiago: Universidad Católica (CHI) - Grêmio (BRA)

Grupo F

Quarta-feira, em Mérida: Estudiantes de Mérida (VEN) - Alianza Lima (PER)
Quinta-feira, em Buenos Aires: Racing (ARG) - Nacional (URU)  

Grupo G

Terça-feira, em Santos: Santos (BRA) - Olimpia (PAR) 
Quinta-feira, em Buenos Aires: Defensa y Justicia (ARG) - Delfín (EQU)

Grupo H

Quarta-feira, em Medellín: Independiente Medellín (COL) - Caracas FC (VEN)
Quinta-feira, em Assunção: Libertad (PAR) - Boca Juniors (ARG)

 

 

*Por: AFP

SÃO PAULO/SP - O ciclista brasileiro Henrique Avancini foi o mais rápido na Gorale na Start, prova polonesa de classe 1 do calendário internacional disputada neste último domingo (13).

“Fiz mais uma boa corrida hoje. Foi a chegada mais apertada da minha carreira, após uma longa batalha com meu companheiro de equipe, o francês Maxime Morette”, comemorou o brasileiro.

Esse foi o último desafio do atleta brasileiro antes da estreia na Copa do Mundo de MTB XCO, que acontecerá entre 29 de setembro e quatro de outubro, com duas etapas na República Tcheca.

Avancini, vice-líder do ranking mundial, está há duas semanas na Europa. Nesse período, ele foi campeão da Strabag Cup, na República Tcheca, e participou de um período de treinamento.

 

 

*Por Juliano Justo - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

*Agência Brasil

SANTOS/SP - Neste sábado, Santos e São Paulo fizeram um clássico muito movimentado e empataram por 2 a 2, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Muito criticado pela torcida nos últimos jogos, Gabriel Sara marcou os dois gols do Tricolor, enquanto Madson e Marinho, de falta, balançaram as redes para Peixe.

O clássico teve um primeiro tempo eletrizante. O Tricolor iniciou o jogo dominante, marcando com Gabriel Sara logo no início e criando chances para ampliar. No entanto, na primeira chegada do Santos, Madson marcou de cabeça e deixou tudo igual. Quando o Peixe crescia na partida, o São Paulo construiu boa jogada pela direita e Sara marcou seu segundo gol.

O segundo tempo foi menos animado, mas sem cair no marasmo. O Peixe voltou melhor e mais intenso do intervalo, conseguindo chegar ao gol de empate em cobrança de falta de Marinho, contando com a colaboração de Volpi. Pouco antes, a partida foi paralisada por conta de uma falha parcial no sistema de iluminação na Vila Belmiro.

Com o resultado, o Santos chegou aos 15 pontos, na sexta posição. O próximo compromisso da equipe será contra o Olimpia-PAR, na Vila Belmiro, às 21h30, pela competição continental. Enquanto isso, o São Paulo foi aos 18 pontos, na segunda colocação. Na próxima quinta-feira, o time enfrentará o River Plate, no Morumbi, às 19h, pela Libertadores.

O jogo - O São Paulo começou melhor em campo e levou perigo desde o início. Primeiro, Reinaldo avançou com liberdade e finalizou em cima de João Paulo. Logo em seguida, aos sete minutos, Luan Peres tentou sair jogando e foi desarmado por Gabriel Sara, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro para abrir o placar.

Mesmo com a vantagem no placar, o Tricolor continuou no campo de ataque, conseguindo recuperar diversas bolas na intermediária ofensiva. Além de chutes de Vitor Bueno e Hernanes facilmente defendidos por João Paulo, Igor Vinícius perdeu grande chance ao receber lançamento de Tchê Tchê dentro da área e chutar para fora.

Mesmo acuado na partida, o Santos conseguiu empatar aos 29 minutos da primeira etapa. Sánchez bateu escanteio com precisão pela direita e Madson subiu entre dois defensores para testar e balançar as redes. Pouco depois, quase a virada: após escanteio da esquerda, Gabriel Sara desviou contra a própria meta e exigiu boa defesa de Volpi.

O Santos voltou a ter grande chance com Soteldo, que fez fila na entrada da área, entortou Léo e finalizou rasteiro, exigindo boa defesa de Volpi. No entanto, aos 37, o Tricolor conseguiu uma boa escapada e voltou a marcar. Gabriel Sara fez belo lançamento para Igor Vinícius, que avançou pela direita e cruzou rasteiro para o meia que iniciou a jogada. Sara chegou batendo de primeira e fez seu segundo gol no jogo.

Cuca mexeu duas vezes no intervalo e o Santos voltou mais intenso, levando perigo logo no início. Diego saiu jogando errado pela direita, Soteldo roubou a bola e cruzou na medida para Sánchez que testou livre à esquerda da meta de Volpi. O jogo esfriou nos minutos seguintes e o Peixe só voltou a chegar nos 20, quando Lucas Lourenço arriscou chute perigoso de fora da área.

Como o sistema de iluminação da Vila Belmiro teve uma queda, a partida ficou paralisada por cerca de 15 minutos. Logo no retorno, Marinho sofreu uma falta na intermediária e ele mesmo bateu. Volpi decidiu inverter a barreira e, na finalização forte do atacante do Peixe, ficou sem reação no meio do gol, aceitando o chute. 2 a 2 no placar.

 

 

*Por: GAZETA ESPORTIVA

MUNDO - Valtteri Bottas liderou os treinos livres, mas na hora mais importante, ou seja, na classificação, outra vez Lewis Hamilton foi o mais rápido e conquistou a pole position de número 95 na Fórmula 1. No Q3, o inglês cravou 1m15s144 e superou o companheiro de Mercedes por apenas 0s059. Max Verstappen ficou em terceiro lugar no grid, a 0s365 do tempo da pole.

Charles Leclerc salvou as honras da Ferrari na classificação para o GP 1000 da equipe ao ficar em quinto no grid, atrás de Alexander Albon (RBR). Em seguida, ficaram os dois pilotos da Racing Point: na pista, Sergio Pérez foi o sexto, à frente de Lance Stroll, mas as posições serão invertidas devido a uma punição ao mexicano.

Completaram os dez primeiros colocados, da oitava à décima posições, Daniel Ricciardo (Renault), Carlos Sainz Jr. (McLaren) e Esteban Ocon (Renault).
O GP da Toscana de Fórmula 1 começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. A narração será de Everaldo Marques, com comentários de Luciano Burti. O ge também mostra a corrida em vídeo.

 

Resultado do treino*

 

Resultado da classificação do GP da Toscana — Foto: Reprodução/FOM

Resultado da classificação do GP da Toscana — Foto: Reprodução/FOM

*Sergio Pérez caiu de sexto para sétimo como punição por causar um toque com Kimi Raikkonen no segundo treino livre, na sexta-feira.

 

 

*Por: Redação do GE

SÃO PAULO/SP - A derrota por 2 a 0 para o Palmeiras na última quinta-feira (10), na Neo Química Arena, custou o emprego de Tiago Nunes. Nesta última sexta-feira (11), o Corinthians anunciou a demissão do técnico de 40 anos. Assim, no próximo domingo (13), às 16h (horário de Brasília), contra o Fluminense, no Maracanã, pela Série A do Campeonato Brasileiro, o time será dirigido por Dyego Coelho, treinador da equipe sub-20.

Tiago Nunes foi anunciado no Corinthians em novembro do ano passado, com o Brasileiro ainda em andamento, mas só assumiu a equipe em janeiro. Em 28 partidas, foram 10 vitórias, 10 empates e oito derrotas, com aproveitamento de 47,6%. Ele deixa o clube com um vice-campeonato paulista, superado justamente pelo Palmeiras na final, e a 13º posição da Série A, com nove pontos.

O técnico chegou ao Parque São Jorge credenciado pelo bom trabalho no Athletico-PR, onde conquistou a Copa Sul-Americana (2018) e a Copa do Brasil (2019), além do bicampeonato paranaense. No Corinthians, a missão era tornar a equipe menos reativa e mais propositiva e envolvente. O trabalho, porém, acumulou frustrações.

Com Tiago, o Timão foi eliminado na fase preliminar da Libertadores pelo Guaraní (Paraguai). No Paulista, apesar da classificação à final, o desempenho irregular no torneio chamou atenção. A duas rodadas do fim da etapa de grupos, o Alvinegro estava cinco pontos atrás do Guarani e ameaçado de sequer chegar às quartas de final. Em meio às fracas exibições, a derrota para o Palmeiras, com domínio total das ações pelo time alviverde, tornou a permanência do técnico insustentável.

 

 

*Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

*AGÊNCIA BRASIL

MUNDO - O brasileiro Bruno Soares conquistou nesta última quinta-feira (10) o título do torneio de duplas do US Open. O triunfo, obtido ao lado do croata Mate Pavić, foi sobre a equipe formada pelo holandês Wesley Koolhof e o croata Nikola Mektić. A partida durou uma hora e meia e terminou com triunfo de 2 sets a 0 (parciais de 7/5 e 6/3).

No primeiro set, cada uma das duplas confirmava seu respectivo serviço sem maiores problemas. Porém, no último game, Bruno e Pavic cresceram no saque de Mektic, quebraram pela primeira vez o serviço dos adversários e fecharam o set (7/5).

Na segunda parcial, o jogo seguiu equilibrado até o quinto game, com vitória parcial de Soares e Pavić por 3/2. Depois, o holandês Koolhof sacou mal e a dupla do brasileiro quebrou o serviço, abrindo vantagem. Logo na sequência, Bruno e Pavić fizeram 5/2. O oitavo game teve vitória dos europeus, deixando o jogo com o placar de 5/3.

Diante deste panorama, a dupla do brasileiro precisava apenas confirmar o serviço para fazer a festa. E foi isso que aconteceu. Mate Pavić foi certeiro e não deu chances aos adversários. Placar final 6/3, para confirmar vitória de Soares e Pavić.

Esta é a terceira conquista do mineiro em Grand Slams (os quatro principais torneios do circuito mundial de tênis). Em 2016, quando ainda formada dupla com o britânico Jaime Murray, Soares já havia conquistado o torneio americano e o Aberto da Austrália.

Também vale lembrar que o brasileiro tem outras três conquistas em duplas mistas (bicampeonato no US Open, em 2012 e 2014, e o título do Aberto da Austrália em 2016). Com mais essa taça, o brasileiro alcança o 18º lugar no ranking mundial de duplas. A parceria com Mate Pavic, iniciada no segundo semestre de 2019, já tinha garantido o título do Masters 1000 de Xangai, no ano passado. No total, Bruno Soares tem 33 títulos na carreira.

 

 

*Por Juliano Justo - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

*AGÊNCIA BRASIL

SÃO PAULO/SP - A Copa Libertadores tem uma nova casa na TV aberta brasileira: o SBT. A emissora de Silvio Santos fechou acordo com a Conmebol, tomou o tradicional lugar da Rede Globo e transmitirá a principal competição sul-americana até 2022.

O SBT terá o direito de transmitir dois jogos por rodada, sempre às quartas-feiras no horário das 21h30 (de Brasília). A emissora vai herdar as partidas que a Globo já havia escolhido previamente antes de romper o seu contrato com a Conmebol.

Desta forma, os jogos de estreia do SBT serão os de Palmeiras e Grêmio na próxima quarta-feira. O time do técnico Vanderlei Luxemburgo visita o Bolívar, em La Paz, pela terceira rodada do Grupo B. A equipe de Renato Gaúcho encara a Universidad Católica, também como visitante, no Chile, pelo Grupo E.

O torneio continental será retomado na próxima terça-feira após um longo período de paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus. Os últimos jogos haviam sido disputados no dia 12 de março.

Na semana passada, o Estadão já havia confirmado a notícia de que Conmebol e SBT negociavam os direitos de transmissão do torneio. Na ocasião, restavam alguns trâmites burocráticos para que o acordo fosse assinado, o que aconteceu nesta semana.

Com o pacote de jogos livre no mercado, a Conmebol procurou outras emissoras interessadas na transmissão do torneio. A negociação mais bem sucedida foi com o SBT, que possui alcance significativo em território nacional e já mostrou ser bem sucedida em transmissões de futebol neste ano com a exibição da final do Campeonato Carioca.

Como a redução do valor de contrato não foi aceita pela Conmebol, o SBT deve pagar a mesma quantia que seria paga previamente pela Globo. Ou seja, cerca de U$ 60 milhões (R$ 316 milhões na cotação atual) devem ser pagos pela emissora de Silvio Santos por ano à entidade para a exibição dos jogos.

 

 

*POR: ESTADÃO CONTEUDO

NOTÍCIAS AO MINUTO

MUNDO - O tetracampeão mundial Sebastian Vettel seguirá na Fórmula 1 na próxima temporada. Nesta quinta-feira (10), ele foi confirmado como piloto da Aston Martin, nome que a Racing Point adotará de 2021 em diante. O alemão substituirá o mexicano Sergio Pérez, que anunciou na quarta-feira (9) que não permaneceria na equipe.

"É um prazer, enfim, poder compartilhar essa notícia excitante sobre o meu futuro. É uma nova aventura, por uma equipe legendária. Estou impressionado com os resultados dela neste ano e acredito que o futuro é ainda mais brilhante. A energia e o comprometimento de Lawrence [Stroll, dono da Racing Point/Aston Martin] com o esporte é inspirador e acredito que podemos construir algo bem especial juntos", declarou Vettel, em comunicado divulgado pela escuderia.

 

A temporada 2020 já seria a despedida do alemão da Ferrari, após a escuderia anunciar, em março, o espanhol Carlos Sainz, hoje na McLaren, como parceiro do monegasco Charles Leclerc a partir de 2021. Vettel chegou à equipe italiana em 2015, após quatro títulos mundiais pela Red Bull, e obteve dois vice-campeonatos (2017 e 2018), batido em ambos pelo piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes. Na atual edição, ele vive o pior momento na Ferrari, na 13ª posição na classificação de pilotos, com 16 pontos, tendo um sexto lugar no Grande Prêmio da Hungria como melhor colocação.

"Todos em Silverstone [cidade britânica onde fica a sede da equipe] estão empolgados com a notícia. Sebastian é um campeão reconhecido e traz uma mentalidade vencedora, que coincide com nossa ambição para o futuro como Aston Martin. É um dos melhores do mundo e não consigo pensar em um piloto melhor para nos levar a essa nova era. Ele terá um papel significativo para levar esse time ao próximo nível", destacou no comunicado o diretor-executivo da escuderia, Otmar Szafnauer‍.

Saída de Pérez

Na nova casa, o tetracampeão terá como parceiro Lance Stroll-  filho de Lawrence, um dos proprietários da Racing Point/Aston Martin. Vettel substituirá Sergio Pérez, que, no ano passado, havia assinado contrato para três temporadas. Apesar de o diretorSzafnauer‍ ter dito à revista alemã AutoMotor Und Sport que o mexicano permaneceria na equipe, o próprio Pérez revelou o contrário.

Em nota nas redes sociais, o mexicano lembrou a chegada, há sete anos, quando a equipe tinha outro dono e se chamava Force India. Ele admitiu que a saída é "um pouco" dolorosa. "Apostei muito na equipe em momentos muito difíceis, mas conseguimos superar obstáculos e estou muito orgulhoso de ter salvado o trabalho de muitos de meus companheiros", disse  Pérez, fazendo referência à crise financeira vivida pela escuderia em 2018, que levou à compra pelo consórcio liderado por Lawrence Stroll.

 

Pérez competiu em seis das oito corridas da temporada 2020, perdendo duas,  no período em que contraiu o novo coronavírus (covid-19) e precisou ficar afastado das pistas. Ele é o 11º na classificação, com 41 pontos. Lance Stroll, presente nas oito provas, está em quarto, com 57 pontos. O canadense chegou em terceiro no GP da Itália, no último domingo (6). Na edição 2019, a primeira da dupla pela Racing Point, Pérez ficou em 10º, com 52 pontos, enquanto Stroll foi o 15º, com 21 pontos.

Neste domingo (13), às 10h10 (horário de Brasília), Vettel e Pérez, ainda representando as atuais equipes, terão pela frente o GP da Toscana, no circuito de Mugello, a casa da Ferrari. A prova marca o milésimo GP da história da escuderia italiana na Fórmula 1.

 

Mudança de nome

A mudança de nome da Racing Point passa por Lawrence Stroll. Em janeiro, o milionário canadense comprou 16,7% das ações da Aston Martin. A fabricante, parceira da Red Bull nas últimas quatro temporadas, voltará ao grid como equipe pela primeira vez desde 1960. A escuderia competiu por duas temporadas e não somou pontos.

Confira AQUI a tabela de classificação da temporada 2020 da Fórmula 1.

 

 

*Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional

*AGÊNCIA BRASIL

MUNDO - Uma associação global que representa 85 mil atletas pediu, na última terça (8), a expulsão do Irã de competições internacionais caso o país execute o campeão de luta greco-romana Navid Afkari, cujo caso provocou revolta internacional.

O lutador de 27 anos enfrenta duas penas de morte desde que foi condenado por matar um segurança a facadas e por outras acusações ligadas a protestos antigoverno em 2018, diz a mídia estatal.

“O ato horroroso de executar um atleta só pode ser considerado um repúdio aos valores humanitários que sustentam o esporte”, disse o diretor da Associação Mundial de Atletas (AMA), Brendan Schwab, em comunicado.

“Como resultado, o Irã deve perder o direito de ser parte da comunidade universal do esporte”, afirma o dirigente.

Afkari diz que foi torturado para fazer uma confissão falsa, afirmam familiares e ativistas. Além disso, o advogado do atleta diz não haver prova de sua culpa.

O Judiciário iraniano nega as alegações de tortura. “Com base em indícios claros, Afkari matou um homem inocente a facadas. Ele confessou ao tribunal. O tribunal emitiu a pena de morte com base em indícios fortes, e a Suprema Corte manteve a pena de morte”, disse a entidade em comunicado divulgado pela mídia iraniana na semana passada.

Grupos de direitos humanos e autoridades estrangeiras, inclusive o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, clamam por um indulto, e nas redes sociais circula uma campanha a favor do atleta com a hashtag #SaveNavidAfkari.

 

 

*Por Parisa Hafezi e Brian Homewood / REUTERS

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30