fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Foto: Ciência Pela Vida/ UFSCar Foto: Ciência Pela Vida/ UFSCar

"Ciência pela Vida - Projeto Álcool UFSCar" doa 2.650L de álcool

Escrito por  Jun 19, 2020

Glicerinado ou 70%, o produto é usado como antisséptico para a higienização das mãos e desinfecção de superfícies.

 

SÃO CARLOS/SP - A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) continua trabalhando no enfrentamento da COVID-19 com mais de 88 projetos de extensão em andamento. Um deles é o "Ciência pela Vida - Projeto Álcool UFSCar" que, nesta segunda-feira (15), entregou mais 750 litros de álcool, entre 70% e glicerinado, para a Secretaria de Saúde de São Carlos. Desde o início do processamento do álcool na Universidade, o Projeto já entregou 2.650 litros do produto para as mais diversas instituições. 

Coordenado pelos Departamentos de Química (DQ) e de Gestão de Resíduos (DeGR), com apoio do Departamento de Engenharia de Produção (DEP) da UFSCar - campus São Carlos, o projeto atende a uma demanda da sociedade frente ao novo Coronavírus, produzindo o produto para assepsia a partir de doações.

As doações de insumos para o projeto estão sendo realizadas por diversas empresas e a Universidade usa seus laboratórios e expertise de seus servidores docentes e técnico-administrativos para o preparo dos produtos. "Desde o início de abril que estamos trabalhando na produção do álcool. Nossa estrutura laboratorial para a produção é de 200 litros/dia; fazemos de acordo com o volume de insumos doados", explicou Paula Adriana da Silva, do Departamento de Gestão de Resíduos.

Várias empresas estão colaborando com o "Ciência pela Vida - Projeto Álcool UFSCar". Uma delas é a Usina Cana Verde, localizada em Sertãozinho/SP. "Acreditamos que todos, empresas e pessoas, precisam contribuir para que possamos superar esta pandemia. Estamos vivendo uma situação sem precedentes que necessita dos mais diferentes tipos de iniciativas e colaborações. A maneira que a usina encontrou para contribuir vendo sendo pela doação de álcool, devido à importância da assepsia", contou Frederico Fontes Balbo, Diretor da Usina. "A parceria da Usina com a Universidade é essencial, porque não dispomos dos recursos adequados para conversão do etanol hidratado em álcool 70% ou álcool em glicerinado", explica. 

A MX Química está participando do projeto desde o início. "Nossa empresa atua na distribuição de álcool etílico hidratado, anidro e neutro. Quando nos procuraram, não tivemos dúvida de que poderíamos colaborar. Mesmo de forma singela, estamos felizes por somar em um trabalho tão importante diante de tamanha necessidade. A parceria com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) é motivo de satisfação e reforça a missão cidadã que, neste momento de pandemia, todas as empresas que podem, deveriam ter", afirmou Rogério Pereira, Sócio da MX Química.

O álcool 70% e o glicerinado foram doados para o HU-UFSCar, Secretaria de Saúde, Secretaria de Cidadania e Assistência Social, Santa Casa de São Carlos, Abrigos Helena Dornfeld e Cantinho Fraterno e Sociedade São Vicente de Paulo. A doação para a Sociedade São Vicente de Paulo atendeu 38 unidades da instituição, espalhadas por cidades da região Central e Norte do Estado. "Neste momento de pandemia, atendendo uma população mais vulnerável, mantemos todos os cuidados de saúde e higiene recomendados pelos órgãos da saúde. O álcool, recebido em doação, é parte importante para evitar o contágio pela COVID-19", contou Luiz Botega, Conselheiro da Sociedade São Vicente de Paulo.

Para que a produção continue, o "Ciência pela Vida" permanece recebendo doações. Os interessados devem entrar em contato com o projeto pelos e-mails Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.psfaEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.qcass@ufscar.br e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Podem ser doados álcool em concentração de 70% ou acima, peróxido de hidrogênio, glicerina e bombonas. 

Inúmeras empresas e Instituições já contribuíram com o projeto: Usina Coruripe, unidade de Campo Florido/MG; Usina Santo Antônio - unidade de Sertãozinho; Usina Santa Elisa do grupo Biosev Bioenergia - unidade de Sertãozinho; Empresa MXQuímica - unidade de Campinas; Braskem S.A. e Bomix Indústria de Embalagens; EMS Indústria Farmacêutica; Works Construção e Serviços; Empresa AnimalltAG Tecnologia em Identificação; SC Química Soluções Laboratoriais; A LAC, Artigos para Laboratório; Prefeitura Municipal de São Carlos - Divisão de Vigilância Sanitária; Transmattei Transportes - Cravinhos; CERSusChem - Centro de Excelência para Pesquisa em Química Sustentável (DQ/CCET/UFSCar).

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30