fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Importações de petróleo bruto da Arábia Saudita aumentaram 8,8% aa em março, embarques dos Emirados Árabes Unidos aumentaram (Crédito: AFP)

Importações de petróleo bruto da Arábia Saudita aumentaram 8,8% aa em março, embarques dos Emirados Árabes Unidos aumentaram

Escrito por  Abr 20, 2021

ARÁBIA SAUDITA - As importações de petróleo bruto da China do principal fornecedor da Arábia Saudita aumentaram 8,8% em março em relação ao ano anterior, impulsionadas pela forte demanda e com o atraso dos embarques devido a um congestionamento no porto.

As importações dos Emirados Árabes Unidos também aumentaram novamente, com alta de 86%, já que alguns barris iranianos teriam diminuído.

Os embarques da Arábia Saudita foram de 7,84 milhões de toneladas, o equivalente a 1,85 milhão de barris por dia (bpd), segundo dados divulgados pela Administração Geral das Alfândegas da China na terça-feira.

Isso foi superior a 1,7 milhão de bpd um ano antes, mas abaixo das importações de 1,94 milhão de bpd em fevereiro.

A Arábia Saudita manteve sua posição de maior fornecedor de petróleo bruto da China pelo sétimo mês consecutivo.

Os portos do centro de refino de petróleo da China, Shandong, sofreram congestionamento por algumas semanas durante janeiro e fevereiro, reduzindo as chegadas de petróleo.

As importações de petróleo bruto da Rússia aumentaram 6% em março para 1,75 milhão de bpd em relação ao ano anterior, mas caíram de 1,91 milhão de bpd em fevereiro.

Analistas da Refinitiv esperam que as chegadas da Arábia Saudita caiam ainda mais em abril devido a um corte voluntário de oferta de 1 milhão de bpd pelo produtor e ao aumento dos preços do petróleo leve árabe para o mercado asiático.

O apetite do petróleo spot se voltaria para fontes africanas de preços mais competitivos, com as importações da China de Angola em 0,74 milhão de bpd em março, contra 0,73 milhão de bpd um mês atrás.

Os dados alfandegários também mostraram que o fornecimento de petróleo bruto do Kuwait aumentou para 0,6 milhão de bpd, um aumento de 29% em relação ao ano anterior.

As importações da China dos Emirados Árabes Unidos foram de 0,71 milhão de bpd no mês passado, um aumento de 86% no ano. As remessas de Omã aumentaram 60% em relação ao ano anterior, para 0,86 milhão de bpd.

A Reuters relatou que o Irã transferiu "indiretamente" volumes recordes de petróleo para a China nos últimos meses, marcados como suprimentos de Omã, Emirados Árabes Unidos e Malásia. A maior parte do petróleo acabou na província de Shandong, no leste da China - um centro para as refinarias independentes do país. consulte Mais informação

Os dados de terça-feira registraram nenhuma importação do Irã em março, contra 255.802 toneladas um ano antes, em meio às sanções dos EUA.

Abaixo estão os detalhes das importações dos principais fornecedores.

País Março (toneladas) % y / y mudança Janeiro a março (toneladas) % y / y mudança
Arábia Saudita 7.842.178 8,8 22.903.469 4,3
Rússia 7.439.263 6 21.370.862 1,4
Brasil 4.007.468 23,5 8.887.296 -18,5
Omã 3.654.544 60,2 11.432.730 38,5
Iraque 3.619.676 -35,3 13.672.443 -15,7
Angola 3.123.134 -21,7 9.866.301 -4,2
Emirados Árabes Unidos 3.028.842 86 8.275.209 69,4
Kuwait 2.544.293 29,4 6.753.813 3,8
Malásia 1.881.042 78,8 4.395.522 -4,9
nós 1.357.061 - 4.778.043 -
Irã - - -

 

 

*Por: REUTERS 

Ivan Lucas

 Jornalista/Radialista

Website.: https://www.radiosanca.com.br/equipe/ivan-lucas
E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Top News

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Maio 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
Propagandas gratuitas right 2