fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta quinta-feira (20/08) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 1.930 casos positivos para COVID-19 (46 resultados positivos foram divulgados hoje), com 33 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Um homem de 54 anos de outro município que estava internado em São Carlos desde 20/08 na UTI de um hospital particular, morreu hoje. Como estabelece o protocolo do Ministério da Saúde o óbito é contabilizado para o município de origem do paciente e não para São Carlos. Dos 1.930 casos positivos, 1.777 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 150 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 114 receberam alta hospitalar, 15 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 30 positivos internados foram a óbito. 1.491 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.884 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (94 resultados negativos foram divulgados hoje). Estão internadas neste momento 36 pessoas, sendo 22 adultos na enfermaria (9 positivos, 8 suspeitos e 5 negativos). Na UTI adulto estão internadas 12 pessoas (7 positivos, 2 suspeitos e 3 negativos). Nenhuma criança está internada neste momento na UTI. Na enfermaria 2 crianças estão internadas, 1 com suspeita da doença e outra com resultado negativo. 3 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 50%. Na rede privada nenhuma pessoa está internada UTI adulto. Na enfermaria outros 4 pacientes estão internados, 1 com resultado positivo para a doença e 3 com suspeita da COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 11.316 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 9.601 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.715 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.381 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 5.180 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.291 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 110 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Vice-presidente, Ivan Linjardi, participou de reunião virtual da Central Nacional Unimed

 

 SÃO CARLOS/SP - A Unimed São Carlos teve a oportunidade de apresentar novamente suas ações de combate à pandemia de coronavírus, convidada pela Central Nacional Unimed para uma reunião virtual sobre o tema. Com participantes de todo o país, o encontro “Alinhamento e Compartilhamento de Estratégias no Combate à Covid-19” acontece semanalmente reunindo as principais ações do setor. Recentemente, o vice-presidente da cooperativa, o médico Ivan Linjardi, apresentou as ações também em encontro realizado pela ANS.

O vice-presidente levou à reunião da CNU alguns dos mais de 200 cases de sucesso realizados durante a pandemia, muitos ainda em andamento.  As ações vêm minimizar a transmissão do vírus e seus impactos na Unimed São Carlos e são voltadas aos beneficiários, cooperados, colaboradores e comunidade.

A apresentação abrangeu a estrutura da Unimed São Carlos e enfatizou suas medidas, como alteração de fluxo de atendimento, implementação do Teleatendimento, ligações de orientação aos idosos, ações pertinentes de comunicação, investimento em EPI’s e capacitação intensiva de colaboradores e cooperados para manejo da Covid – 19.

“Nosso sucesso em ações de combate à pandemia é um trabalho de todos. O envolvimento das equipes foi essencial para que pudéssemos alcançar bons objetivos. Criamos um Comitê de Crise, incentivamos as reuniões online para andamento das atividades, valorizamos nossos colaboradores. Temos muito a fazer ainda, o trabalho não acabou, mas estamos no caminho certo”, apontou o vice-presidente.

Linjardi também enfatizou a parceria com instituições, ofertando orientações e compartilhando informações de qualidade, além do programa Testar para Cuidar, que veio monitorar a atuação do coronavírus em São Carlos. O médico apresentou ainda a preocupação da cooperativa com a sociedade. “Nesse momento de economia delicada, muitos precisam de mais atenção. Por isso, intensificamos nossas ações sociais com o Programa Social Fazendo a Diferença, além da assistência que já oferecemos aos abrigos de idosos e vamos, cada vez mais, estar próximos à sociedade”.

O vice-presidente finalizou a apresentação com uma revelação sobre a molécula em forma de coração, que pode ser uma “arma” contra o coronavírus e deixou a reflexão que comoveu os participantes. “Tenho certeza que vamos ter vacina, medicação, mas o que está fazendo diferença até agora é nosso comportamento, a maneira como a gente trata o próximo. Na minha opinião, o amor e o respeito são fundamentais. O isolamento social é uma demonstração de amor ao próximo, de proteção íntima. A pandemia veio demonstrar o quanto precisamos progredir como civilização. Espero que a gente aprenda essa lição”.

Também participaram do encontro o presidente da Unimed São Carlos, Daniel Canedo, o diretor-administrativo, Humberto Rizzoli, representantes do HCor, Alexandre Biasi e Fernando Torelly e o superintendente de Provimento de Saúde da CNU, Daniel Peixoto de Albuquerque.

 

 

Sobre a CNU

A CNU - Central Nacional Unimed é a operadora nacional dos planos de saúde Unimed. Comercializa assistência médica empresarial com abrangência nacional, benefícios especiais e atendimento diferenciado.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informou na manhã quarta-feira (19/08), em boletim extra, a morte de um homem de 47 anos internado desde 11/08 com resultado positivo para COVID-19. Essa é a 33ª vítima do novo coronavírus no município. São Carlos contabiliza neste momento 1.884 casos positivos para COVID-19 (30 resultados positivos foram divulgados hoje), com 33 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 1.884 casos positivos, 1.735 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 146 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 108 receberam alta hospitalar, 10 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 30 positivos internados foram a óbito. 1.475 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.790 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (177 resultados negativos foram divulgados hoje). Estão internadas neste momento 34 pessoas, sendo 23 adultos na enfermaria (6 positivos, 11 suspeitos e 6 negativos). Na UTI adulto estão internadas 10 pessoas (7 positivos, 1 suspeito e 2 negativos). Nenhuma criança está internada neste momento na UTI. Na enfermaria 1 criança está internada com suspeita da doença. 6 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 37,5%. Na rede privada 1 pessoa está internada UTI adulto com resultado positivo para a doença. Na enfermaria outros 3 pacientes estão internados, 1 com resultado positivo para a doença e 2 com suspeita da COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 11.234 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 9.454 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.780 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.271 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 5.086 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.245 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 94 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta terça-feira (18/08) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 1.854 casos positivos para COVID-19 (64 resultados positivos foram divulgados hoje), com 32 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 1.854 casos positivos, 1.706 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 145 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 107 receberam alta hospitalar, 8 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 29 positivos internados foram a óbito. 1.459 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.613 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (115 resultados negativos foram divulgados hoje). Estão internadas neste momento 36 pessoas, sendo 25 adultos na enfermaria (4 positivos, 13 suspeitos e 8 negativos). Na UTI adulto estão internadas 10 pessoas (8 positivos, 1 suspeito e 1 negativo). Nenhuma criança está internada neste momento na UTI. Na enfermaria uma criança está internada com suspeita da doença. 7 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 41,7%. Na rede privada 1 paciente está internado na UTI adulto com resultado positivo para COVID-19. Na enfermaria estão internados 3 pacientes adultos, sendo 1 com resultado positivo e 2 com suspeita da doença. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 11.137 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 9.278 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.859 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 6.177 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 4.909 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.215 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 123 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma neste domingo (16/08) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 1.771 casos positivos para COVID-19 (2 resultados positivos foram divulgados hoje), com 31 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 1.771 casos positivos, 1.623 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 145 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 107 receberam alta hospitalar, 10 estão internadas, 1 paciente de São Carlos está internado em Jaú e 28 positivos internados foram a óbito. 1.458 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.430 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus. Estão internadas neste momento 34 pessoas, sendo 18 adultos na enfermaria (4 positivos, 10 suspeitos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 14 pessoas (10 positivos, 3 suspeitos e 1 negativo). Uma criança está internada na UTI com suspeita da doença. Na enfermaria uma criança está internada com resultado negativo para COVID-19. 5 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 45,9%. Na rede privada estão internados 4 pacientes na UTI adulto, sendo 2 positivos e 2 com suspeita da doença. Já na enfermaria adulto 2 pacientes estão internados na rede particular, 1 com resultado positivo e 1 com suspeita da doença. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 10.488 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 9.032 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.456 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 5.931 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 4.726 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.138 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 67 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma neste sábado (15/08) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 1.769 casos positivos para COVID-19 (30 resultados positivos foram divulgados hoje), com 31 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 1.769 casos positivos, 1.622 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 144 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 107 receberam alta hospitalar, 9 estão internadas e 28 positivos internados foram a óbito. 1.458 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.430 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (78 resultados negativos foram divulgados hoje). Estão internadas neste momento 31 pessoas, sendo 15 adultos na enfermaria (2 positivos, 8 suspeitos e 5 negativos). Na UTI adulto estão internadas 15 pessoas (11 positivos, 2 suspeitos e 2 negativos). Uma criança está internada na UTI com suspeita da doença. Na enfermaria nenhuma criança está internada no momento. 6 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 50%. Na rede privada estão internados 3 pacientes na UTI adulto, sendo 2 positivos e 1 com suspeita da doença. Já na enfermaria adulto 2 pacientes estão internados na rede particular, 1 com resultado positivo e 1 com suspeita da doença. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 10.453 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 8.879 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.574 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 5.931 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 4.726 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.137 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 68 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Ashley Madison revela as principais cidades brasileiras para traição online

 

SÃO PAULO/SP - Em meio à atual pandemia global, o mundo desacelerou e as pessoas estão em casa para impedir a propagação. Para muitos, isso significa ficar em casa 24 horas por dia com seu cônjuge. Alguns podem aproveitar isso como uma oportunidade de cooperar com o parceiro e, junto dele, passar pela pandemia como uma equipe. Outros podem estar sujeitos a tensão amplificada e optar por procurar saídas para ajudá-los a passar pelo período. A Ashley Madison, plataforma líder em relacionamentos extraconjugais, é um desses métodos - e um modo bastante popular. Para os brasileiros que procuram um novo romance ou alguns encontros virtuais cheios de vapor, a empresa divulgou uma lista das principais cidades do país para casos extraconjugais cibernéticos durante a quarentena e Brasília conquistou o primeiro lugar.

Esta lista das TOP 20 Cidades baseia-se em inscrições na Ashley Madison de 21 de março a 1 de julho de 2020 em uma base per capita. O estado de São Paulo, o estado mais rico e populoso do país, também é a região mais infiel, com cinco cidades na lista, incluindo São Paulo, Guarulhos e Campinas entre as 10 principais. Liderando o caminho como o primeiro lugar para trair durante a quarentena, no entanto, é a capital federal, Brasília. A capital é o centro da política do país, e a pressão nesta vertente aumentou de maneira compreensível nos últimos meses. Com a pressão vem a necessidade de lidar com ela, e muitos descobriram que a infidelidade é uma maneira eficaz de fazê-lo.

As TOP 20 cidades para casos virtuais durante o isolamento social

  1.   Brasília, DF
  2.   Manaus, AM
  3.   São Paulo, SP
  4.   Goiânia, GO
  5.   Campo Grande, MS
  6.   Curitiba, PR
  7.   Guarulhos, SP
  8.   Campinas, SP
  9.   Rio de Janeiro, RJ
  10. Belo Horizonte, MG
  11. Porto Alegre, RS
  12. João Pessoa, PB
  13. São Bernardo do Campo, SP
  14. São Luís, MA
  15. Salvador, BA
  16. Santo André, SP
  17. Duque de Caxias, RJ
  18. Recife, PE
  19. Teresina, PI
  20. Natal, RN

"Esses casos extraconjugais virtuais servem como uma válvula de escape para indivíduos que lidam com pressões crescentes no casamento e na vida doméstica", aponta Paul Keable, diretor de estratégia da Ashley Madison. "Com o aumento das taxas de divórcio nos países que iniciaram a reabertura, oferecemos um caminho alternativo para ajudar as pessoas a lidar e, finalmente, ajudar os casais a preservar o casamento depois que a poeira baixar".

O encontro pessoalmente pode ser impossível no momento, mas isso não impediu os usuários da plataforma de dar uma escapadinha do casamento. De qualquer forma, esses relacionamentos extraconjugais servem como uma fuga para indivíduos em situações difíceis em casa.

-----

AshleyMadison.com é o destino original de encontros extraconjugais e o líder global em casos com mais de 65 milhões de usuários em todo o mundo desde 2002.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta quinta-feira (13/08) mais uma morte por COVID-19 no município, totalizando 30 óbitos neste momento. Trata-se de uma mulher de 78 anos, de São Carlos, internada desde 10/08, que morreu nesta quinta (13/08) já com resultado positivo para COVID-19. São Carlos contabiliza neste momento 1.712 casos positivos para COVID-19 (41 resultados positivos foram divulgados hoje), com 30 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 1.712 casos positivos, 1.567 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 143 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 103 receberam alta hospitalar, 13 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado na cidade de Jaú e 27 positivos internados foram a óbito. 1.441 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.235 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (162 resultados negativos foram divulgados hoje). Estão internadas neste momento 30 pessoas, sendo 14 adultos na enfermaria (4 positivos, 5 suspeitos e 5 negativos). Na UTI adulto estão internadas 16 pessoas (12 positivos, 3 suspeitos e 1 negativo). Tanto na UTI como na enfermaria nenhuma criança está internada no momento. 6 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, todos na UTI. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 54,16%. Na rede privada estão internados 2 pacientes positivos na UTI adulto e 1 com suspeita da doença. Já na enfermaria adulto 2 pacientes estão internados na rede particular, todos com resultado positivo para a COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 10.268 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 8.597 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.671 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 5.732 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 4.531 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.092 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 109 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta quarta-feira (12/08) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 1.671 casos positivos para COVID-19 (35 resultados positivos foram divulgados hoje), com 29 mortes confirmadas. 70 óbitos já foram descartados. Dos 1.671 casos positivos, 1.527 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 141 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 103 receberam alta hospitalar, 12 estão internadas, 1 paciente de São Carlos permanece internado em outro município e 26 positivos internados foram a óbito. 1.422 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 6.073 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (112 resultados negativos foram divulgados hoje). Estão internadas neste momento 32 pessoas, sendo 12 adultos na enfermaria (5 positivos, 2 suspeitos e 5 negativos). Na UTI adulto estão internadas 18 pessoas (11 positivos, 4 suspeitos e 3 negativos). Na UTI nenhuma criança está internada no momento. Duas crianças estão na enfermaria, todas com resultado negativo para a doença. 7 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, sendo 3 na enfermaria e 7 na UTI. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 60%. Neste momento São Carlos disponibiliza 25 leitos de UTI/SUS, sendo 15 na Santa Casa (10 adultos e 5 na ala infantil) e 10 para adultos no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Na rede privada estão internados 3 pacientes na UTI adulto, 2 com resultado positivo e 1 com suspeita da doença. Já na enfermaria adulto 3 pacientes estão internados na rede particular, sendo 2 com resultado positivo para a doença e 1 com suspeita da COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 10.109 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 8.453 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.656 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 5.567 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 4.371 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.065 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 131 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Segundo a psicóloga Naiara Mariotto, readaptação pode gerar picos de medo e desencadear ansiedade se a resiliência e a flexibilidade emocional não forem tratadas.

 

SÃO PAULO/SP - O retorno das atividades nas regiões onde as flexibilizações do comércio e serviços são permitidas afetam a rotina dos trabalhadores por todo o estado de São Paulo. Essas mudanças, se não abordadas com atenção, podem ser um gatilho para o desenvolvimento de transtornos mentais, como a ansiedade e a depressão.

Segundo a psicóloga Naiara Mariotto, a volta da rotina e a nova necessidade de reorganização da vida, do tempo e das atividades podem ser um fator estressante para as pessoas, da mesma maneira que as mudanças no início da pandemia ocasionaram um pico de estresse.

“As pessoas acabaram de se adaptar ao home office e a uma postura mais isolada, mas precisam enfrentar, novamente, uma nova realidade.  Desta vez, elas vão de encontro ao desconhecido, agora com muito mais medo do que vai acontecer, considerando o panorama da Saúde e o próprio medo da doença”, explicou.

De acordo com Naiara, a quarentena permitiu uma sensação de segurança para as pessoas e, com a reorganização da agenda e retomada das atividades, o sentimento de vulnerabilidade volta à tona.

“As pessoas estão com muito mais medo e, com isso, mais ansiosas e preocupadas exatamente porque estão se sentindo expostas. Isso traz uma sensação de impotência muito grande afetando ainda mais a insegurança e deixando elas ainda mais vulneráveis, fazendo um círculo vicioso”, disse.

 

Crises de ansiedade, pânico e depressão

A psicóloga ressalta ainda a maior necessidade de cuidado de quem já é diagnosticado com ansiedade, pânico e depressão, entre outros transtornos, porque se tratam de pessoas mais frágeis e com mais dificuldade em relação aos desafios e ao medo de não dar conta, além do sofrimento com relação ao autocontrole.

“Todos nós seres humanos queremos ter o controle de tudo, mas as pessoas que já sofrem com a ansiedade possuem esse desejo muito mais exacerbado, inclusive de uma forma inconsciente, querendo controlar aquilo que não é controlável. Isso acaba trazendo muito mais insegurança e pode ocasionar as crises”, explicou.

As queixas mais comuns na clínica, segundo Naiara, são justamente sobre a confusão mental causada pelo ‘turbilhão de emoções’ ao longo do dia, que desencadeiam picos e extremos de sentimentos de impotência.

 

Como lidar com a volta da rotina

Para lidar com a retomada das atividades sem grandes prejuízos à saúde mental, a psicóloga explica que é importante que as pessoas foquem apenas nos problemas que são possíveis de resolver e tentem desapegar dos pensamentos cíclicos que fogem do seu alcance.

“Se elas conseguirem se afastar daquilo que não está no controle e passarem a ter mais flexibilidade emocional para lidar com tudo, elas vão conseguir se comportar de maneira mais assertiva, porque automaticamente vão diminuir a intensidade do medo e das complicações que ele possa causar”, disse.

Dessa forma, Naiara sugere que os pacientes priorizem as atividades que pedem urgência e tentem desenvolver estratégias para lidar com momentos de dificuldades, medo e preocupação. Caso a pessoa não consiga desenvolver o autocontrole, é importante procurar um profissional para auxiliar nesse cuidado com o psicológico para que ela viva com mais qualidade de vida.

“Não só nesse momento, mas em todos a saúde mental é imprescindível, até porque nós lidamos com frustrações e mudanças o tempo todo e, se não estivermos preparados com o mínimo de flexibilidade emocional e resiliência, nós estamos fadados a sofrer com isso o resto da vida”, disse.

 

Quem é Naiara Mariotto?

Naiara Mariotto atua há 12 anos como psicóloga clínica, seguindo a abordagem cognitivo comportamental. É especialista em relacionamentos e equilíbrio emocional, psicoterapeuta, sexóloga, supervisora clínica e palestrante.

É fundadora da Clínica Naiara Mariotto, em Araraquara (SP), onde oferece atendimentos para crianças, adolescentes, adultos, casais e famílias, além das terapias corporais e relaxantes.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30