fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Sexta, 27 Novembro 2020

MUNDO - Na noite do Barein, Lewis Hamilton mostrou mais uma vez sua capacidade nas voltas de classificação e conquistou neste sábado sua 98ª pole position na Fórmula 1. Na etapa final da sessão, Hamilton quebrou o recorde da pista ao cravar 1m27s264, e Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes, com 1m27s553 na última volta no Q3. Max Verstappen ameaçou brigar pela pole, mas ficou mesmo em terceiro, a 0s414 do tempo da pole.

Alexander Albon garantiu pela segunda vez seguida o quarto lugar no grid, à frente de Sergio Pérez (Racing Point). Completaram os dez primeiros Daniel Ricciardo (Renault), Esteban Ocon (Renault), Pierre Gasly (AlphaTauri), Lando Norris (McLaren) e Daniil Kvyat (AlphaTauri).

O GP do Barein de Fórmula 1 começa às 11h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo.

 

 

*Por Redação GE

Publicado em Esportes

SÃO PAULO/SP - Juliana Caetano voltou a divulgar uma foto de sua viagem pelas Maldivas e, claro, impressionou os seguidores com sua boa forma. A celebridade ainda viu um fã dando um zoom inusitado.

“I love Maldives”, escreveu na legenda da publicação.

Essa postagem rendeu mais de 46 mil likes. Recentemente, Juliana Caetano, do ‘Bonde do Forró’, apareceu ao lado da irmã, Márcia Bonde, e levou os seguidores a loucura.

 

 

*Por: Alefy Soares / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

Trabalho, premiado em congresso internacional, foi desenvolvido durante curso da UFSCar

 

SÃO CARLOS/SP - Um trabalho desenvolvido no escopo do curso "Análise e visualização de dados do Coronavírus", oferecido pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), desenvolveu um modelo computacional capaz de prever, utilizando inteligência artificial, o número de novos casos de Covid-19 no Brasil. A ferramenta pode ser útil, por exemplo, no caso de falta de testes ou de divulgação de dados pelo governo ou pela mídia. 
"Neste trabalho, eu usei os dados do Google Trends para algumas palavras correlacionadas ao novo Coronavírus. Então, treinei o computador, usando aprendizado de máquina - inteligência artificial -, para que com base no volume de pesquisa de determinadas palavras no Google, ele fosse capaz de predizer o número de novos casos de Covid-19 no Brasil", sintetiza Lilian Caroline Kramer Biasi, que é pós-doutoranda no Laboratório de Engenharia de Sistema Complexos (Lesc) da Faculdade de Engenharia Química (FEQ) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
Segundo a pesquisadora, "existem diferentes métodos para se treinar um computador, conhecidos como algoritmos de aprendizagem de máquina, tais como o modelo de florestas aleatórias - utilizado neste trabalho -, as redes neurais artificiais etc. Em geral, o que acontece é que em uma primeira etapa o computador aprende o comportamento dos dados de entrada para gerar uma saída desejada. Nessa etapa, fornecemos tanto os dados de entrada, quanto a saída desejada; o computador então aprende como correlacionar ambos". 
Para desenvolver o modelo, a estudante analisou a tendência do número de buscas por determinados termos no Google em 2020 utilizando a ferramenta Google Trends. Dessa pesquisa ela selecionou termos pelos quais as buscas foram intensificadas durante a pandemia - como "álcool", "máscaras", "coronavírus" etc. 
Após a identificação dos termos, a pesquisadora implementou um algoritmo de aprendizado de máquina usando o modelo de regressão de florestas aleatórias (em Inglês "Randon Forest Regression"). "Esse modelo cria, na etapa de treino, diversas árvores de decisão, correlacionando os dados de entrada com a saída desejável. No presente estudo, o dado de saída foi o número de novos casos de Covid-19 no Brasil e os dados de entrada foram o interesse ao longo do tempo por determinados termos no Google", detalha. Os termos selecionados para a pesquisa foram: "covid", "coronavírus", "corona", "álcool" (representando álcool em gel), "máscara", "febre", "desemprego", "suicídio". 
"De forma simplificada, o computador é treinado para entender como as pesquisas no Google se correlacionam com o número de novos casos de Covid-19, utilizando dados disponíveis. Após o treino, fornecemos ao computador o índice de pesquisas no Google pelos termos selecionados de um determinado dia e ele retorna o número de casos de Covid-19 daquele dia", explica Biasi. Com isso, foi possível avaliar quais tendências de busca melhoravam ou pioravam o ajuste selecionando os termos com maior correlação com o número de novos casos de Covid-19 no Brasil. "Esses termos foram utilizados como dados de entrada para o treinamento do computador. Após essa etapa, o computador é capaz de avaliar novos índices de pesquisa no Google prevendo o número de novos casos de Covid-19 no Brasil", conclui. 
Biasi afirma que a pandemia afeta o comportamento das pessoas e, nesse contexto, notou um considerável aumento na busca por palavras diretamente e indiretamente correlacionadas ao vírus e por métodos de prevenção. As palavras com menor correlação com as demais foram "desemprego" e "suicídio", enquanto os termos "corona" e "coronavírus", no contexto de pandemia, puderam ser consideradas sinônimos. "Essas pesquisas podem estar relacionadas à maior curiosidade da população pela busca por sintomas ou por termos decorrentes do efeito prolongado da quarentena. Essa mudança comportamental foi usada para treinar o computador para que ele fosse capaz de aprender com esses dados, identificar padrões e tomar decisões devolvendo o número de novos casos naquele dia", diz.
Segundo a autora, o estudo também mostra, indiretamente, que o monitoramento das buscas na Internet por diferentes termos pode identificar e monitorar novas doenças infecciosas, como a Covid-19. "Essas informações podem permitir uma melhor preparação e planejamento dos sistemas de saúde. Enquanto desenvolvia esse trabalho, notei que essa ferramenta já foi utilizada anteriormente para monitorar, por exemplo, infecções pelo vírus Zika, a dengue ou influenzas (google.org/flutrends)", conta Biasi, que participou do curso da UFSCar, oferecido na modalidade de Atividade Curricular de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (Aciepe).
"Eu já tinha vontade de utilizar o aprendizado de máquina na previsão de novos casos de Covid-19 no Brasil. No entanto, estava enfrentando certa dificuldade em selecionar os dados corretos para esse desenvolvimento", conta a autora do estudo. No curso "Análise e visualização de dados do Coronavírus no R", do qual Biasi foi aluna, foram apresentadas ferramentas para monitoramento de dados referentes ao Coronavírus na linguagem R. O Google Trends (trends.google.com.br) foi uma dessas ferramentas apresentadas pela coordenadora do curso, a professora Andreza Palma, do Departamento de Economia (DEc-So) do Campus Sorocaba da UFSCar. 

Premiação
O trabalho intitulado "Estimation of New COVID-19 Cases in Brazil Using Google Search Data" recebeu o prêmio de melhor uso de dados públicos, durante apresentação no 2020 Ken Kennedy Institute Data Science Conference. A conferência é uma reunião de pesquisa, desenvolvimento e inovação, entre universidades, laboratórios de pesquisa e indústrias que buscam oportunidades e avanços em inteligência artificial (IA), análise de dados, aprendizado de máquina e aprendizado profundo.
O trabalho completo pode ser acessado na página do evento (https://bit.ly/35VUesA) ou diretamente no YouTube (https://bit.ly/36Ysv9L). O projeto teve financiamento parcial da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Publicado em Coronavírus

O decreto é essencial para que município inicie obras de recuperação dos estragos estruturais causados pelos alagamentos e inundações

 

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura Municipal de São Carlos, publicou neste sábado (28/11), no Diário Oficial do Munícipio, o decreto nº 542, que declara a cidade como estado de emergência devido às fortes chuvas, e consequentemente, os transtornos causados pelos alagamentos e inundações ocorridos na última quinta-feira (26/11).

Após a forte chuva que durou pouco mais de uma hora, tendo a região do comércio como o local mais atingido, a Prefeitura trabalha com suas equipes para desobstruir as vias, passagens de pedestres e realizar a limpeza dos locais afetados.

De acordo com o secretário municipal de Serviços Públicos, Mariel Olmo, a publicação do decreto é fundamental para que o processo de contratação para os trabalhos de recuperação das vias e das galerias de águas pluviais destruídas pela força da água, aconteça o mais breve possível. “Estamos trabalhando para que a cidade volte ao normal. Mas temos um outro problema, que são os estragos estruturais constatados pela equipe técnica de engenheiros, como parte do asfalto da rua Episcopal e algumas galerias de águas pluviais destruídas. São trabalhos mais complexos que necessitam de contratação de empresas especializadas, por isso, a importância do decreto para agilizarmos o mais rápido possível a recuperação desses estragos”, explicou Olmo.

CHUVA ATÍPICA - De acordo com o diretor da Defesa Civil, Pedro Caballero, a chuva que atingiu o município é totalmente atípica para a época do ano. Segundo ele, as nuvens foram formadas em menos de 20 minutos e atingiu 8 bairros da cidade, causando um grande impacto de água de superfície.

Ao todo foram 138 milímetros de água de chuva, que durou das 17h30 às 18h40, superando a média esperada para todo o mês de novembro. Além dos transtornos causados na região central da cidade, a forte chuva também causou transtornos na região do Bicão, Lagoa Serena e da região da Praça Itália. Só no centro 130 lojas foram atingidas

A chuva também causou transtornos em 39 casas, sendo que 3 famílias tiveram, perdas totais e foram atendidas pela Secretaria de Cidadania e Assistência Social. Uma equipe de vistoriadores da Defesa Civil do Governo do Estado de São Paulo esteve em São Carlos na manhã de sexta-feira (27/11), para verificar a situação real dos impactos causados e homologar a situação de emergência junto aos governos do Estado e Federal.

“Com essa constatação, os governos estão cientes da nossa real situação e dos problemas que vivenciamos com as enchentes, que mais uma vez atingiu São Carlos. Enquanto isso, é importante que as pessoas fiquem atentas as previsões do tempo, evitem circular na hora da chuva e evitem os pontos de alagamentos já conhecidos aqui em São Carlos”, alertou Caballero.

ÁREA AZUL SUSPENSA - Além do decreto de Estado de Emergência, também foi publicado no Diário Oficial deste sábado (27/11), a suspensão da cobrança de estacionamento rotativo (Área Azul), no período de 27 de novembro a 4 de dezembro.

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - Ao longo do fim de semana, o tempo segue com condição para pancada de chuva isolada principalmente neste sábado (28). Essa precipitação virá acompanhada por raios e vento. No domingo (29), o tempo será firme e sem risco para precipitações em todas as áreas monitoradas do município de São Carlos-SP.

Já a partir da segunda-feira (30), a aproximação de uma frente fria, afastada da costa do Estado de São Paulo, causará pancadas de chuva generalizadas, seguidas por raios e vento em todo o território paulista, inclusive no município de São Carlos-SP. Por conta destes cenários, não são descartados riscos para transtornos nas áreas mais vulneráveis.

 

William Minhoto / Meteorologista / Defesa Civil

Publicado em Outras Notícias

SÃO PAULO/SP - O Carrefour Brasil perdeu R$ 1,75 bilhão em valor de mercado na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo) desde o assassinato de João Alberto Freitas, conhecido como Beto. No meio da última semana, chegou a perder mais: R$ 2,46 bilhões na 4ª feira (25). Recuperou parte das perdas (R$ 710 milhões)

O homem negro foi espancado até a morte na 5ª feira (19.nov.2020) em uma das unidades da empresa em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Naquela data, a empresa valia R$ 40,28 bilhões pela cotação do mercado. Caiu para R$ 38,58 bilhões nesta 6ª. O valor das ações passaram de R$ 20,29 para R$ 19,41 no mesmo período.

Durante esta 6ª feira (27), a empresa não utilizou o termo “Black Friday” em suas promoções.

As ações da empresa caíram em momento de euforia do Ibovespa. Desde a morte de Beto, na 5ª feira (19.nov), recuou 4,34%. No mesmo período, o principal índice da B3 subiu 3,7%.

Num 1º momento, o mercado não reagiu negativamente à morte do homem negro, tanto que o CRFB3 (ações do Carrefour na B3) subiu 0,49% na 6ª feira da semana passada (20.nov). A repercussão negativa foi registrada depois do fim de semana, quando o caso ganhou peso nas redes sociais e no noticiário.

O Carrefour Brasil passou por outras polêmicas nos últimos anos. Em 2018, um cachorro foi morto em uma loja em São Bernardo do Campo. Em agosto deste ano, funcionários de uma loja no Recife (PE) cobriram com guarda-sóis o corpo de 1 promotor de vendas (funcionário de empresa terceirizada) que havia morrido em serviço por conta de 1 infarto.

No Rio de Janeiro, a funcionária de 1 hipermercado da rede foi demitida depois de reportar aos seus superiores ter sido vítima de racismo e de intolerância religiosa em seu local de trabalho, na zona oeste da capital fluminense.

A morte de Beto reacendeu a irritação dos internautas contra a varejista de origem francesa. O caso tomou proporções internacionais: Washington Post, Le Monde e El País publicaram matérias sobre o assassinato.

O valor das ações no mercado internacional caíram US$ 330 milhões desde o fato. Considerando o dólar de R$ 5,33 (fechamento de 6ª feira), o valor perdido foi similar: R$ 1,8 bilhão.

A empresa se comprometeu a adotar políticas conscientizadoras contra o racismo depois do episódio.

 

 

*Por: HAMILTON FERRARI / PODER360

Publicado em Economia

SÃO PAULO/SP - A sertaneja Naiara Azevedo usou os stories do Instagram para sanar algumas dúvidas de seus fãs e comentar também alguns detalhes de sua vida, como, por exemplo, os procedimentos estéticos que já fez.

A cantora de 31 anos brincou sobre a movimentação de suas sobrancelhas e ao longo do bate-papo revelou que costuma fazer aplicações de botox desde os seus 26 anos, como uma forma de prevenção.

“Quando eu não faço, a minha testa fica toda marcada. Minha pele é muito boa, eu emagreci e engordei várias vezes e não tive flacidez. Mas eu me cuido”, destacou a dona do hit ‘50 reais’.

“É importante cuidar da saúde e da estética. Não é luxo, é amor-próprio. A gente quer olhar para o espelho e ver algo bonito, além de se cuidar por dentro”, completou.

A cantora costuma compartilhar com os seus seguidores as mudanças na alimentação que costuma fazer para cuidar da saúde e, inclusive, revelou que ao longo da quarentena conseguiu manter a dieta ao longo de todo o período.

Nesta semana, Naiara surgiu nas redes sociais usando os seus novos piercings e comento um pouco sobre o processo, revelando que não teve problemas para fazê-lo: “Não senti nada”, disse ela nos stories.

 

 

*Por: JETSS

Publicado em Celebridades

SÃO PAULO/SP - No último domingo (22) a cantora Flay anunciou, enquanto se arrumava para a gravação do video clipe, que tinha música nova vindo aí. O que ninguém sabia ainda, e ela acabou de divulgar nas redes sociais, é que o single será com o Lucas Lucco. Os dois vão dividir os vocais da faixa que promete ser um sertanejo urbano com a identidade visual super produzida e bem pop, e será lançada no dia 4 de dezembro. 

Seguindo a onda de vídeos postados nos últimos dias com referências icônicas, a faixa intitulada "Dois Vagabundos" ganhou um teaser inspirado no filme da Disney "A Dama e o Vagabundo". Os cantores protagonizaram a conhecida cena do fio de macarrão, que terminou com um final inusitado e bem atual! 

Confirahttps://www.instagram.com/p/CIGTPSYjLE7/

O primeiro single da carreira solo de Flay foi "Saudades, Né Minha Filha?", uma parceria com Jerry Smith que já ultrapassa 23 milhões de reproduções nas plataformas digitais. 

Publicado em Entretenimento

MUNDO - A Disney anunciou nesta semana a demissão de 32.000 funcionários no próximo ano, 4 mil a mais do que o anunciado em setembro, quando foram dispensados 28.000 postos de trabalho. A medida se dá pelo novo avanço da pandemia da covid-19 nos Estados Unidos que atingiu os negócios nos parques e resorts da empresa.

Segundo informações publicadas pela CNN na 4ª feira (25.nov), a empresa comunicou à Securities and Exchange Commission, equivalente à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil, que as demissões ocorrerão no 1º semestre de 2021.

Os parques foram fechados em março, com expectativa de reabrirem em julho. Entretanto, a Califórnia, onde 1 dos parques está localizado, apertou as medidas de restrição por causa do aumento do número de casos de contaminação pelo novo coronavírus. Desde então, é o único que ainda não retomou as atividades por falta de permissão do Estado. No início de novembro, a empresa disse que colaboradores do parque temático no sul da Califórnia estavam sendo dispensados frente a incertezas quanto a reabertura dos parques.

O Walt Disney World, em Orlando, reabriu em julho com capacidade reduzida. Os parques de Japão, China e França também estão abertos para 1 número limitado de visitantes.

A companhia registrou prejuízo de US$ 4,72 bilhões no 2º trimestre de 2020 com cancelamento de viagens de navios e cruzeiros, fechamentos de parques e adiamento em lançamentos de filmes. A companhia registrou prejuízo de US$ 4,72 bilhões no 2º trimestre de 2020. Foi o 1º período de resultado negativo em quase 20 anos.

 

 

*Por: PODER360

Publicado em Economia

BRASÍLIA/DF - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ontem (27) que a Casa deve, com a sociedade, encontrar soluções políticas definitivas para combater o racismo no Brasil. Maia abriu a reunião da comissão externa da Câmara que acompanha a investigação da morte de João Alberto, espancado até a morte por seguranças em uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre.

Ao discursar, o deputado afirmou que o racismo é estrutural no Brasil e que o combate à discriminação racial deve ser uma pauta prioritária do Parlamento e da sociedade.

“Infelizmente a gente sabe que o racismo no Brasil é uma questão estrutural, não vem de hoje, vem de longe. Acho que nós precisamos de forma definitiva aproveitar este momento e esse grupo para que possamos fazer um debate com apoio da sociedade, e introduzir de forma definitiva, na pauta da Câmara, essa questão e as soluções que a política precisa encontrar junto com a sociedade”, disse Maia.

A comissão foi criada alguns dias após a morte de João Alberto, ocorrida na véspera do Dia da Consciência Negra. Durante a reunião, Maia classificou a morte de João Alberto, como um "absurdo".

“Que esse grupo possa se tornar um ambiente permanente de debate e que o Parlamento tenha sempre uma agenda prioritária da sociedade brasileira, para que seja um país com menos desigualdade e todos nós sejamos respeitados. E nunca mais se veja o racismo e a violência contra o negro”, afirmou Maia.

A comissão é coordenada pelo deputado Damião Feliciano (PDT-PB). Também integram o colegiado Benedita da Silva (PT-RJ), Bira do Pindaré (PSB-MA), Silvia Cristina (PDT-RO), Áurea Carolina (Psol-MG) e Orlando Silva (PCdoB-SP).

De acordo com o deputado Feliciano, na próxima semana, a comissão vai se reunir com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, familiares da vítima e autoridades do estado e, ainda, comandos das polícias Civil e Militar, o Ministério Público e movimentos sociais.

 

 

*Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil

Publicado em Política

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Comércio e Serviços em Geral