fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Terça, 17 Novembro 2020

BRASILIA/DF - O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu que cidadãos que tiveram os recursos do auxílio emergencial devolvidos ao erário por não terem sacado ou movimentado o benefício após 90 dias devem ter assegurada nova possibilidade de requerer os valores.

A defesa faz parte da manifestação encaminhada nesta quarta-feira (18) ao STF (Supremo Tribunal Federal). Aras também destaca a necessidade de os beneficiários terem inscrição e regularidade do CPF junto à Receita Federal.

Prevista na Lei 13.982/2020, que instituiu o auxílio emergencial no valor de R$ 600 em cinco parcelas mensais, a exigência tem o propósito de “evitar fraudes e permitir o pagamento do auxílio a quem dele necessita".

A manifestação do procurador-geral foi enviada ao STF em parecer na Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 6.409, proposta pelo PT (Partido dos Trabalhadores).

Para Augusto Aras, a "exigência de inscrição regular no CPF junto à Receita Federal do Brasil visa, sobretudo, a evitar fraudes e permitir o pagamento do auxílio a quem dele necessita".

Mas o recolhimento aos cofres públicos das parcelas depositadas na poupança social digital depois de 90 dias sem movimentação fere o devido processo legal se não for assegurada prévia notificação e oportunidade de defesa ao beneficiado.

Segundo o IBGE, mais da metade da população brasileira foi beneficiada pelo programa. A fim de conferir a maior abrangência possível ao benefício, parcela significativa dos beneficiários foi automaticamente incluída no programa, independentemente de requerimento, a exemplo dos beneficiários do Bolsa Família.

Na opinião de Aras, enquanto perdurar o auxílio emergencial e a situação que justifique seu pagamento, a União só pode indeferir o pagamento após requerimento, e por decisão fundamentada, garantindo-se, dessa forma, ao cidadão o direito ao contraditório e à ampla defesa.

“É pacífico o entendimento do Supremo Tribunal Federal no sentido de ser inconstitucional a restrição ou supressão de direitos individuais sem a garantia constitucional do devido processo legal”, argumenta.

Por: R7

Publicado em Economia

visita da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a fábricas da China que produzem os insumos da Coronavac e da vacina de Oxford é essencial para que as vacinas obtenham registro sanitário e possam ser comercializados no Brasil. O objetivo é verificar se o local cumpre as regras da agência para as boas práticas de fabricação.

 A previsão é que todo o processo de certificação seja concluído entre o final de dezembro e início de janeiro. 

Os cinco inspetores da agência já estão no país em quarentena e devem começar a visita às fábricas com a CoronaVac, que será inspecionada entre o dia 30 de novembro e 4 de dezembro. Depois, entre 7 e 11 de dezembro, será a vez da Wuxi Biologics Co, fábrica da vacina de Oxford, localizada na cidade de mesmo nome, a leste do país asiático.

Durante um encontro online realizado com jornalistas nesta quarta-feira (18), o gerente-geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária da Anvisa, Ronaldo Lúcio Ponciano Gomes, explicou que toda empresa que pretende exportar para o Brasil um insumo farmacêutico ativo biológico (IFAB), como os utilizados em vacinas contra a covid-19, precisa passar por essa inspeção.

"Esse processo é normal e totalmente rotineiro para nós. Todo medicamento tem uma inspeção e certificação da Anvisa", afirmou.

Nos útimos 10 anos, 1.189 certificações de boas práticas de fabricação desses produtos foram realizadas pelo órgão sanitário brasileiro e 43 inspeções, em fábricas de diferentes países - como Estados Unidos, China, França e Alemanha - ocorreram entre 2018 e 2019.

A inspeção segue uma agenda que inclui todos os tópicos a serem verificados durante o processo. "Não é apenas uma visita. Dentro de cada um desses tópicos existem vários aspectos verificados, Para cumprir o tópico da água [para fins farmacêuticos], um inspetor leva quatro horas, Nós seguimos padrões internacionais", detalha Gomes.

Após a conclusão da avaliação feita pelos inspetores, ainda existe uma série de burocracias para cumprir e os prazos para a finalização e obtenção do certificado começam a ser contados a partir do último dia de avaliação nas fábricas. 

Gomes explica que em até 3 dias úteis a Anvisa deve entregar às empresas que produzem os insumos um documento chamado "Anexo 3", que contém possíveis aspectos inadequados às normas de boas práticas da agência, chamados de "não conformidades".

Então, as fabricantes analisam o que foi listado e devem enviar, em até 5 dias, um plano de ação, que é uma resposta formal às inadequações listadas. "Tudo isso é uma análise de risco sanitário. As não conformidades não necessariamente impedem que o produto seja comercializado", destaca o gerente-geral de inspeção.

Elas são classificadas em três categorias: menores, maiores e críticas. Essas últimas são as que geralmente exigem ações para corrigir possíveis inadequações e podem impedir que o certificado de boas práticas seja obtido, o que impediria a aprovação da vacina.

Por fim, um inspetor que não participou das visitas às fábricas faz a revisão de todos os dados e decide se concorda ou não com a concessão do certificado de boas práticas.

As empresas Pfizer e Jonhson & Jonhson, que também realizam a última fase de testes dos seus potenciais imunizantes contra a covid-19 no Brasil, ainda não solicitaram a inspeção e certificação da Anvisa.

Por: R7

Publicado em Ciência & Saúde

O percentual de brasileiros que declara ter recebido diagnóstico de depressão por profissional de saúde mental subiu 34,2% em seis anos, mostram dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados nesta quarta-feira (18).

A PNS (Pesquisa Nacional de Saúde) 2019 aponta que 10,2% (16,3 milhões) das pessoas com mais de 18 anos sofrem da doença.

Quando o levantamento anterior foi realizado, em 2013, eram 7,6% (11,2 milhões) — um adicional de 5,1 milhões de casos no período.

As regiões urbanas registram a maior prevalência de casos de depressão (10,7%), enquanto nas áreas rurais o índice é de 7,6%.

Estados do Sul e Sudeste têm 15,2% e 11,5%, respectivamente, de adultos com diagnóstico confirmado de depressão, segundo a pesquisa. Em seguida aparecem, Centro-Oeste (10,4%), Nordeste (6,9%) e Norte (5%).

Quando analisados os dados por sexo, as mulheres são as que mais sofrem de depressão: 14,7%, versus 5,1% entre os homens. Os idosos entre 60 e 64 anos representam a faixa etária com maior incidência: 13,2%

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a depressão não é o simples fato de estar triste.

Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) cita a prevalência do humor triste, mas também sintomas como: diminuição do interesse ou prazer em atividades diárias, perda ou ganho de peso sem estar fazendo dieta, insônia ou sonolência quase todos os dias, cansaço ou perda de energia, sentimentos de inutilidade e culpa excessiva, baixa autoestima, capacidade diminuída para pensar ou se concentrar, indecisão, entre outros.

No entanto, os pensamentos suicidas são classificados como um dos sintomas mais graves da depressão. Estima-se que 15% das pessoas deprimidas sem tratamento dão fim à própria vida.

Por isso, um dos dados apontados pelo IBGE na Pesquisa Nacional de Saúde merece atenção: mais da metade (52%) dos brasileiros que afirmaram ter diagnóstico de depressão não faziam uso de medicação. Apenas 18,9% faziam psicoterapia.

O estudo ainda mostra que 52,8% receberam assistência médica para depressão nos últimos 12 meses anteriores à data da entrevista, sendo que a rede privada ainda é o local que mais concentra os atendimentos: 47,4%.

Na sequência, aparecem as unidades básicas de saúde (29,7%) e centros de especialidades, policlínicas públicas, ambulatórios ou hospitais públicos (13,7%).

por: R7

Publicado em Ciência & Saúde

A data é uma boa oportunidade de compras com preços baixos, porém, requer planejamento, atenção e estratégia para conter o impulso

SÃO CARLOS/SP - A tradicional sexta-feira de descontos, popularmente conhecida como Black Friday, deverá ganhar um diferencial em 2020 com o aumento das vendas on-line. De acordo com pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), o comércio eletrônico caiu no gosto dos brasileiros e os lojistas encerraram o primeiro semestre deste ano com aumento de 145% na vendas, se comparado com o mesmo período de 2019. Espera-se que esses bons números se mantenham na aguardada data de promoções de novembro, tornando-se mais uma oportunidade de aquecimento do comércio.

Mas para o consumidor, diante de tantas ofertas e possibilidades do período, é necessário ter atenção com gastos excessivos. Para isso, é importante se organizar e ponderar se o produto com descontos é realmente fundamental ou apenas um desejo momentâneo. Compras por impulso podem colocar o orçamento pessoal em risco, e para tentar evitar que isso aconteça, a dica é fazer uma lista de desejos, sinalizando a verdadeira necessidade em comprar tal item, ou até mesmo definir um valor máximo para gastar, conforme orienta Celso Derisso Filho, docente da área de gestão e negócios do Senac São Carlos.

O planejamento é ainda uma forma de evitar correr o risco de comprar produtos que depois possa se arrepender. “Para boas aquisições, é importante acompanhar a evolução dos preços no decorrer do mês e garantir que se trata de uma boa oportunidade. É preciso saber se o produto realmente está com um bom valor. Faça print das telas e guarde para comprovar os preços antes da data promocional”, sugere Celso.

Cuidado para não cair em golpes

O aquecimento das vendas on-line traz muitos pontos positivos, como a melhoria nos processos de compras e as formas facilitadas de atendimento, entretanto, apresenta também pontos negativos, que incluem o aumento dos golpes no mundo virtual. Celso afirma que há cuidados que podem ajudar a não vivenciar esse problema ao efetuar uma compra na internet. “Fique atento aos sites de busca. Opiniões e avaliações negativas, bem como reclamações de produtos ou da empresa são um sinal de alerta. Outro ponto é: opte por fazer o pagamento com cartões virtuais. Muitas operadoras de crédito disponibilizam números de cartões válidos apenas para uma transação, isso ajuda a minimizar o risco de clonagem.”

O docente também ressalta que vale ler a política do site e conferir a certificação digital. Além de sempre levar em conta a indicação de amigos, blogs e fóruns.

Política de trocas para compras on-line: um diferencial

Nas compras on-line, o consumidor tem um prazo de sete dias para fazer a devolução sem custo. Isso porque, neste caso, entende-se que a compra pela internet, sem avaliação do produto, pode gerar arrependimento. “Dentro desse período, além da troca, o cliente também pode devolver o produto e receber o valor pago de volta. Para compras presenciais, a loja não tem a obrigação de troca de produtos sem defeitos , embora muitas exerçam essa política por bom senso e para satisfazer o público”, ressalta o docente do Senac São Carlos.

Serviço:

Senac São Carlos

Local: Rua Episcopal, 700, Centro, São Carlos – SP

Informações e inscrições: https://www.sp.senac.br/senac-sao-carlos

Publicado em Outras Notícias

HU-UFSCar oferta vagas nas áreas de Clínica Médica e Medicina da Família e Comunidade

 

SÃO CARLOS/SP - O Ministério da Educação (MEC) lançou no início de novembro o Exame Nacional de Residência Ebserh (Enare), coordenado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Trata-se de um processo seletivo centralizado com 405 vagas de residência médica, multi e uniprofissionais para oito hospitais universitários federais e um hospital militar que integram a Rede Ebserh. No Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) serão ofertadas quatro vagas na residência em Clínica Médica e duas vagas para Medicina da Família e Comunidade. As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 23 de novembro e as provas serão realizadas em todas as capitais e nas cidades de Araguaína (TO), São Carlos (SP) e Lagarto (SE). 
O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, explica que essa é a primeira vez que o MEC realiza um processo seletivo unificado voltado para residentes e que, até hoje, cada hospital ou universidade realizava sua própria seleção. "Isso gerava algumas dificuldades para as instituições como critérios, etapas, datas e notas de corte diversas, risco maior de vagas ociosas, onerava e tornava os processos mais complexos, dentre outros", afirma Ribeiro. Com o novo exame, as universidades federais passam a ter menor possibilidade de vagas ociosas, eliminação da carga burocrática da realização, manutenção do controle programático e definições técnicas, eliminação de custos e a ampliação da qualificação da seleção.
Para Flávia Gomes Pileggi, Gerente de Ensino e Pesquisa do HU-UFSCar, o Enare também tem benefícios para os candidatos. "Eles terão maior economia e comodidade em prestarem um único concurso com possibilidade de vagas em vários hospitais pelo País, evitando os gastos com diversas inscrições e deslocamentos, além do esgotamento físico e mental que múltiplos exames podem gerar", afirma. Nesse aspecto, Ribeiro também acrescenta que "a partir de agora, os candidatos poderão se beneficiar com a democratização do acesso, com uma data única para a realização das provas, sendo elas em todas as capitais além de cidades estratégicas, e um custo menor".

Inscrições
Os candidatos podem se inscrever a partir do dia 23 de novembro pelo site enare.ebserh.gov.br, em que está disponível o edital do processo seletivo unificado. 

Vagas do EnareO Exame Nacional de Residência Ebserh prevê 304 vagas na Residência Médica, em 41 especialidades. Já para a Residência Uniprofissional foram disponibilizadas oito vagas, entre enfermeiros e físicos médicos. A Residência Multiprofissional dispõe de 93 vagas, que incluem enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, odontólogos, nutricionistas e profissionais de Educação Física. 
As vagas são voltadas para os hospitais da Rede Ebserh nas cidades de Campo Grande (MS), Teresina (PI), Salvador (BA), Aracaju (SE), Lagarto (SE), Manaus (AM), Araguaína (TO) e São Carlos (SP), além do Hospital da Força Aérea Brasileira. As informações completas sobre a seleção estão no site enare.ebserh.gov.br.

Publicado em Educação

SÃO CARLOS/SP - A Polícia Militar prendeu dois sujeitos por furtar uma padaria famosa na Vila Marcelino, em São Carlos, na madrugada de hoje (18).

De acordo com informações, a Polícia Militar realizava patrulhamento pela região, quando por volta das 03h 42 min, avistou dois indivíduos carregando dois sacos grandes, fato esse que levantou suspeita dos Militares, onde realizaram a abordagem.

Dentro dos sacos haviam várias formas de alumínio provavelmente oriundos da padaria defronte a abordagem. Os PMs ligaram para o dono da padaria localizada na Rua Rocha Pombo, esquina com a Ria Machado de Assis, onde o proprietário foi ao local e reconheceu com toda certeza os objetos sendo de sua propriedade.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão em flagrante delito aos bandidos, onde foram apresentados ao Plantão Policial e depois recolhidos a cadeia pública.

Publicado em Policial

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica atualiza os dados de Dengue na cidade.  Já foram registradas em São Carlos 1.504 notificações, com 605 casos positivos de Dengue, sendo 548 autóctones e 57 importados, com 1 óbito registrado. 840 casos foram descartados.

Para Chikungunya foram registradas 25 notificações, com 20 casos negativos, 1 positivo autóctone e 4 aguardando resultado. Para Febre Amarela até o momento foram registradas 6 notificações, com 6 resultados negativos para a doença. Para Zika foi registrada 1 notificação, porém o resultado do exame foi negativo.

Katia Spiller coordenadora da Vigilância Epidemiológica,

reforça que eliminar criadouros ainda é a forma mais eficaz de combater o aedes aegypti. "Importante lembrar que o ciclo de vida do mosquito é de 7 a 10 dias. Por isso, se tirarmos 10 minutos por semana para realizar as ações recomendadas conseguiremos eliminar os focos".

As ações para eliminar criadouros devem ser constantes e realizadas também pelos moradores de todos os bairros.

Os principais cuidados que devem ser tomados são: manter a caixa d´água sempre fechada, guardar garrafas de cabeça para baixo, furar  vasos e pratos de plantas ou encher de areia até a borda, deixar as calhas d´agua limpas de folhas, galhos e sempre desobstruídas, efetuar tratamento adequado em piscinas com cloro, fechar com tela e adicione sal ou água sanitária, semanalmente, em ralos e canaletas.

Cantor faz única apresentação na cidade, em 21 de novembro, com tour Vumbora Amar e Expo Barra Funda monta formato especial que segue recomendações da OMS.

 

SÃO PAULO/SP - O clima de alegria volta a todo vapor no salão do Expo Barra Funda. O eterno camaleão Bell Marques chega com tudo em São Paulo, dia 21 de novembro (sábado) para única apresentação na cidade. Trazendo na bagagem muitas músicas animadas ele mostra a tour especial “Vumbora Amar”. Seguindo todas as normas da Organização Mundial de Saúde, a casa já abriu a venda de ingressos e a compra será feita através do site da Ticket 360.

Sete meses após seu último show, fechando o Verão e o Carnaval, o cantor retoma aos poucos sua agenda de apresentações. Uma das primeiras paradas do cantor, que em mais de 40 anos de carreira nunca tinha passado tanto tempo longe dos palcos, será em de São Paulo.

Trazendo o evento batizado de "Vumbora Amar", a apresentação se adequa ao nosso novo cotidiano e, claro, às normas da Organização Mundial de Saúde. Com início marcado para às 19h30, esse hiato de shows vai render algumas novidades no repertório do show. Mas logicamente o setlist contará com clássicos das mais de quatro décadas de história na música. Entre as novidades, estarão as músicas "De Quebradinha", lançada durante a quarentena, e a nova "Deus Sabe", ainda inédita.

A compra de ingressos acontece digitalmente através do site da Ticket 360. Com formato inédito, o show terá apenas camarotes privativos em volta ao palco. Cada camarote comportará, no máximo, até seis pessoas do mesmo convívio social, para você curtir com segurança e ao lado dos amigos.

 

Expo Barra Funda - EBF Arena

Show: Bell Marques – Vumbora Amar
Data: 21 de novembro de 2020 (sábado)
Censura: 18 anos
Local: Expo Barra Funda (Rua Tagipuru, 1001 - Barra Funda - São Paulo - SP)
Abertura da casa: 16h
Início do show: 19h30
Acesso para deficientes: sim
Capacidade da casa para este evento: 1.704
Ingressos: Setor A: R$ 380,00 (inteira) e R$ 190,00 (meia)  |  Setor B: R$ 250,00 (inteira) e R$ 125,00 (meia) |  Setor C: R$ 220,00 (meia) e R$ 110,00 (meia) | Setor D: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia)  *cada camarote tem capacidade para 6 pessoas/cada. 
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sexta, das 11h às 17h - sem taxa de conveniência) ou Online pelo site Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV)
Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.
Call center Ticket360: (11) 2027-0777
Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.  

 

Protocolo de Segurança

1) Venda de Ingressos

- A venda de ingressos será feita online através do site www.ticket360.com.br ou na bilheteria oficial do Espaço das Américas (Funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 17h) SEM taxa de conveniência.
- No dia do espetáculo haverá uma equipe da Ticket360 realizando atendimento ao cliente.
- A compra de ingressos dos camarotes de 06 lugares deverá ser feita por pessoas do mesmo núcleo familiar ou convívio social, conforme protocolo vigente.

 2) Entrada

- O Expo Barra Funda abrirá duas horas e trinta minutos antes do início do espetáculo, garantido assim tempo suficiente para acomodação dos clientes.
- Recomendamos que o cliente chegue com antecedência.
- O posicionamento do público será feito pela demarcação no piso de forma a garantir o distanciamento social exigido.
- O público terá à disposição uma equipe treinada e capacitada a orientar e promover as medidas de precaução à pandemia.
- A conferência de ingressos será feita através de leitores óticos sem contato manual por parte do atendente.
- Lembramos ainda que o uso de máscara pelo público será obrigatório.
- Verifiquem a temperatura de todos antes de sair de casa. No dia haverá a checagem individual de temperatura e não será permitida a entrada de pessoas com temperatura acima de 37,5 graus, sendo orientada a procurar a unidade de saúde mais próxima.

3) Durante o espetáculo

Venda de alimentos e bebidas

- Toda venda de alimentos e bebidas será feita através de um aplicativo que deverá ser acessado pelo QRCode identificado na mesa.
- Neste aplicativo o cliente terá acesso ao cardápio, fará o pedido e efetuará o pagamento por meio de cartão de crédito ou débito.
- A entrega dos pedidos será feita pela nossa equipe de garçons direto nas mesas, seguindo todas as medidas de proteção para maior segurança dos clientes.

Movimentação pela casa

- Solicitaremos que o cliente utilize a máscara de proteção sempre que precisar sair da mesa. E que evitem a formação de grupos que configuram aglomeração.

Publicado em Pop & Arte

Apresentação faz parte do projeto Edição Limitada e banda traz setlist repleto de grandes sucessos de carreira, no dia 23 de dezembro.

 

SÃO PAULO/SP - O samba contagiante e alegre de Sorriso Maroto abrilhantará o projeto Edição Limitada, do Espaço das Américas. A banda chega com força total e show montado especialmente para a ocasião, no dia 23 de dezembro (quarta-feira) e os ingressos para esta icônica noite já estão à venda.

Ao reabrir a casa e seguir todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde, o Espaço das Américas criou o projeto Edição Limitada, em que convida os nomes mais importantes da nossa música popular para apresentações intimistas. No caso do show do Sorriso Maroto, a plateia será acomodada em mesas com cadeiras espaçadas ou camarotes - para que não haja contato direto entre as pessoas.

Bruno Cardoso e companhia prepararam um show especial para o momento. Reunindo as músicas do último álbum “Ao Cubo”, que traz canções como Reprise, 50 Vezes, Me arrependi, Ruínas e Escondido dos seus pais. O repertório também contará com os maiores sucessos de carreira, como Assim Você Mata o Papai1 metro e 65, Futuro Prometido e Ainda Gosto de Você, além das músicas que englobam o mais recente projeto, A.M.A. VOL.1 – que também dá nome a música que faz parte do álbum e 100 Likes, gravada em colaboração com o cantor Belo.

Os ingressos já estão à venda e podem ser comprados através do site da Ticket 360. Importante ressaltar que a compra das mesas ou camarotes deverá ser feita por pessoas do mesmo núcleo familiar ou convívio social, conforme protocolo vigente.

 

Serviço – Projeto Edição Limitada | Espaço das Américas 

Show: Sorriso Maroto
Data: 23 de dezembro de 2020 (quarta-feira)
Censura: 14 anos
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - São Paulo - SP)
Abertura da casa: 19h
Início do show: 21h
Acesso para deficientes: sim
Capacidade da casa para este evento: 1.846
Ingressos: Setor Platinum: R$ 240,00 (inteira) e R$ 120,00 (meia) | Setor Azul Premium: R$ 200,00 (inteira) e R$ 100,00 (meia)| Setor Azul: R$ 170,00 (inteira) e R$ 85,00 (meia)| Setor A: R$ 130,00 (inteira) e R$ 65,00 (meia)  |  Setor B: R$ 110,00 (inteira) e R$ 55,00 (meia) |  Setor C: R$ 90,00 (meia) e R$ 45,00 (meia) | Setor PCD: R$ 45,00 | Camarotes A: R$ 1.440,00 (para 6 pessoas) | Camarotes B: R$ 1.200,00 (para 6 pessoas).
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sexta, das 11h às 17h - sem taxa de conveniência) ou Online pelo site Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV)
Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.
Call center Ticket360: (11) 2027-0777
Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.  

 

Protocolo de Segurança

1) Venda de Ingressos
- A venda de ingressos será feita online através do site www.ticket360.com.br ou na bilheteria oficial do Espaço das Américas (Funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 17h) SEM taxa de conveniência.
- No dia do espetáculo haverá uma equipe da Ticket360 realizando atendimento ao cliente.
- A compra de ingressos das mesas de 04 lugares ou camarotes de 06 lugares deverá ser feita por pessoas do mesmo núcleo familiar ou convívio social, conforme protocolo vigente.

2) Entrada
- O Espaço das Américas abrirá duas horas antes do início do espetáculo garantido assim tempo suficiente para acomodação dos clientes.
- Recomendamos que o cliente chegue com antecedência.
- O posicionamento do público será feito pela demarcação no piso de forma a garantir o distanciamento social exigido.
- O público terá à disposição uma equipe treinada e capacitada a orientar e promover as medidas de precaução à pandemia.
- A conferência de ingressos será feita através de leitores óticos sem contato manual por parte do atendente.
- Lembramos ainda que o uso de máscara pelo público será obrigatório.
- Verifiquem a temperatura de todos antes de sair de casa. No dia haverá a checagem individual de temperatura e não será permitida a entrada de pessoas com temperatura acima de 37,5 graus, sendo orientada a procurar a unidade de saúde mais próxima.

3) Durante o espetáculo

  • Venda de alimentos e bebidas
    - Toda venda de alimentos e bebidas será feita através de um aplicativo que deverá ser acessado pelo QRCode identificado na mesa.
    - Neste aplicativo o cliente terá acesso ao cardápio, fará o pedido e efetuará o pagamento.
    - A entrega dos pedidos será feita pela nossa equipe de garçons direto nas mesas, seguindo todas as medidas de proteção para maior segurança dos clientes.
  • Movimentação pela casa
    - Solicitaremos que o cliente utilize a máscara de proteção sempre que precisar sair da mesa. E que evitem a formação de grupos que configuram aglomeração.

 
Publicado em Pop & Arte

Grupo PDO pede transparência no processo de parceria com a farmacêutica SINOVAC Biotech para a produção da vacina contra o coronavírus

 

SÃO PAULO/SP - Deputados estaduais do Grupo PDO, através do Ministério Público, pediu explicações para o Governo do Estado de São Paulo sobre a parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech para a produção da vacina contra o Covid-19 onde serão investidos R$ 85 milhões apenas na fase de estudos clínicos.


Segundo a deputada estadual, Leticia Aguiar, é fundamental a transparência nos assuntos relevantes às garantias de saúde e preservação do patrimônio público.
“Providencias precisam ser tomadas. Uma vez que as informações expressas trazem insegurança sem menção aos valores, quantidade de produção das vacinas e a forma de manuseio com a população paulista. É nosso papel fiscalizar as ações para evitar irregularidades nos processos”.


No Portal Eletrônico da Secretaria Estadual da Saúde, criado para divulgar dados sobre as ações do Governo relacionadas à pandemia, não há informações sobre o termo de contrato, valor pago, condições de pagamento e sobre os procedimentos adotados para a aplicação da vacina na população paulista.
Sendo assim, o Grupo PDO (Parlamentares em Defesa do Orçamento) entrou com um pedido no Ministério Público de transparência e acessibilidade nas informações referentes a parceria entre a fabricante chinesa da vacina contra o COVID-19 e o Governo do Estado de São Paulo.


A CNN BRASIL teve acesso a um documento de 21 páginas intitulado como, "Acordo de Colaboração de Desenvolvimento Clínico", entre Instituto Butantan com a Sinovac. O documento trata de maneira superficial as questões referentes a valores e a quantidade de vacinas que serão produzidas.
De acordo com a reportagem da emissora o preço das 6 milhões de doses da vacina que chegarão da China deverá ser definida junto com o fabricante. Além disso, o Instituto Butantan será o responsável pelos custos da terceira fase de testes do processo de imunização da vacina. É nesta fase em que são conduzidos testes em humanos. Caso tudo corra bem, a vacina será encaminhada para aprovação da Anvisa.


No documento fica clara a intenção comercial da SINOVAC com o mercado da América Latina através da parceria com o Instituto Butantan, em vários trechos do acordo é destacado que a SINOVAC detém os direitos de propriedade intelectual da vacina. Além de ficar reservado a SINOVAC o direito de decisão, escolha, eleição, a seu critério de manuseio, uso, divulgação, permissão de uso ou compartilhamento com qualquer terceiro ou suas filiadas de tais dados clínicos.

[...] "a SINOVAC reserva o direito de decisão, escolha, eleição, a seu critério de manuseio, uso, divulgação, permissão de uso ou compartilhamento com qualquer terceiro ou suas filiadas de tais dados clínicos da SINOVAC" e que "o Butantan concorda que apenas irá manusear, utilizar, descartar, divulgar para, permitir o uso ou compartilhar com qualquer terceiro ou suas próprias filiados os dados clínicos da SINOVAC para finalidade única da execução deste acordo. A menos que seja expressamente permitido por este acordo ou com o consentimento prévio e expresso da SINOVAC, o Butantan não deve manusear, utilizar, divulgar para, permitir o uso ou compartilhar com qualquer terceiro ou suas próprias filiadas os dados clínicos da SINOVAC". [...]
A reportagem da CNN Brasil informou que há uma cláusula de confidencialidade contratual e por esse motivo o Governo do Estado de São Paulo não disponibilizou nos portais oficiais a cópia acordo ao qual a emissora teve acesso.

O PDO é um grupo suprapartidário formado com o objetivo de fiscalizar as contas públicas e as medidas adotadas no enfrentamento à pandemia da Covid19. Liderado pelo deputado Sargento Neri, é composto pelos seguintes parlamentares: Coronel Telhada, Adriana Borgo, Leticia Aguiar, Márcio Nakashima, Coronel Nishikawa, Ed Thomas, Conte Lopes, Tenente Coimbra, Edna Macedo e Danilo Balas.

Denúncias em www.grupopdo.com.br

Publicado em Política

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30