fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Quarta, 02 Dezembro 2020

A sobrecarga de atendimentos se deve à falta de regulação da saúde no município. 70% dos pacientes poderiam ter sido atendidos nas UPAs, UBs e AME, mas foram encaminhados ao hospital

 

SÃO CARLOS/SP - Os 30 leitos disponíveis no Pronto-Socorro da Santa Casa voltaram a ficar lotados nesta quarta-feira (2). E mais de 20 pacientes tiveram que esperar por uma vaga em macas no hospital.

“Nos últimos dias, a gente tem visto um fluxo de pacientes bastante grande, tanto dos pacientes que dão entrada no hospital através do Pronto-Atendimento quanto daqueles que são trazidos pelo SAMU ou por ambulâncias das outras cinco cidades da região atendidas pela Santa Casa. E grande parte desses pacientes, poderia ter sido atendida na UPA, em uma Unidade Básica de Saúde ou no AME, mas acaba vindo para Santa Casa, tomando lugar de quem precisa de uma atendimento mais complexo”, afirma o gerente médico da Santa Casa, Roberto Muniz Junior.

O Pronto-Socorro da Santa Casa conta com 7 macas na Sala Amarela para os casos de emergência, 3 macas na Sala Vermelha para os casos de urgência e 20 macas e poltronas para aqueles pacientes que estão aguardando internação ou que ficam em observação depois de tomarem algum medicamento. Além da falta de organização do fluxo de saúde do município, a pandemia é outro agravante.

“Devido à COVID-19, pacientes com doenças graves, como insuficiência cardíaca, câncer, infartos, têm procurado por atendimento, por conta do agravamento dessas doenças, o que contribui para o aumento da nossa demanda”, explica o gerente médico.

Além da espera por atendimento, uma das consequências dessa lotação, é a retenção de ambulâncias no hospital. Há uma semana, três ambulâncias do SAMU ficaram retidas na Santa Casa, porque não havia macas disponíveis para acomodar os pacientes e, assim, liberar as macas de transporte.

“Como a porta do hospital não é referenciada, os pacientes chegam “sem aviso”. A Santa Casa não tem outra opção a não ser reter as macas do SAMU ou da ambulância que está transportando o paciente para a Santa Casa, até conseguir um leito para acomodar adequadamente o paciente. E isso prejudica a todos. Prejudica a Santa Casa, prejudica o serviço do SAMU, que está fazendo o transporte do paciente e fica com uma maca retida e prejudica a população, que precisa do atendimento.

Segundo o diretor técnico da Santa Casa, Vitor Marim, não adianta ampliar leitos ou comprar macas, se não houver a regulação do fluxo da saúde no município. “Ampliar leitos ou comprar macas demanda um espaço físico e a contratação de mais profissionais. Se houver uma organização do fluxo de atendimento na cidade, encaminhando os pacientes com demandas menos urgentes para as unidades básicas de saúde e UPAs e os casos mais complexos para a Santa Casa, a capacidade instalada do hospital seria suficiente para absorver as demandas do município e os recursos destinados à saúde seriam mais bem geridos”, explica.

Para ajudar nessa reestruturação, a Santa Casa equipou as UPAs com aparelhos de Raio-X. Além disso, a Instituição tem fornecido exames laboratoriais, que são coletados nas UPAs e analisados na Santa Casa, com apoio do serviço de motoboys que leva e traz esses exames.

Em outubro, dos 16 mil pacientes atendidos nas UPAs, apenas 30 foram submetidos a esses exames. Em novembro, dos quase 18 mil pacientes, apenas 260 fizeram os exames.

“Nós disponibilizamos motoboys 24 horas, para que todos os pacientes possam passar por atendimento médico adequado.  Mas se a gente pensar nesses dois meses em que a Santa Casa tem oferecido esse serviço, com recursos repassados pela Prefeitura, apenas 0,8% dos pacientes têm sido submetido a exames. Ou seja, a Secretaria de Saúde desembolsa recursos para tentar melhorar o atendimento nas UPAs e mesmo assim esse paciente é encaminhado para a Santa Casa. Um indicador da falta de regulação dos atendimentos em saúde no município”.

SÃO CARLOS/SP - Os professores da Rede Pública Municipal estão realizando na tarde desta quinta-feira (3) um buzinaço com mais de 200 carros, em frente a Secretária de Educação de São Carlos.

Foi colocada uma coroa de flores, em alusão a um falecimento e também foram colocadas mensagem como: Luto pela educação de São Carlos, Desvalorização dos Profissionais da Educação, Desvalorização dos Profissionais da Educação Especial, Atribuição Justa para Todos, entre outras mensagens

O objetivo deste buzinaço é mostrar em forma de protesto, que os professores da Rede Pública Municipal merecem respeito e querem diálogo, uma vez que a decisão de fechar as 48 salas de aula partiu da Secretária e não foi aberto espaço para que os professores pudessem opinar sobre tal decisão, apenas foram comunicados do fato.

Outro ponto que os professores querem discutir com a Secretária é com relação a informação que circula de que irão modificar o tempo das aulas, passando para 60 minutos, o que irá impactar na vida dos professores P3, desta forma ele querem que a Secretaria abra um diálogo com os servidores públicos da área da educação para que possam juntos chegar a um denominador comum.

Em nota a Secretaria respondeu o seguinte: 

A Secretaria Municipal de Educação de São Carlos esclarece que não tem por objetivo fechar salas da educação infantil (creches) em 2021. Seria um contrassenso considerando a política de ampliação de vagas realizada nos últimos quatro anos com a construção de 5 novas escolas e novas salas.

A atribuição de aulas ocorrerá normalmente no dia 14 de dezembro, para toda a Rede Municipal de Ensino.

Diante da pandemia do novo coronavírus, respeitando todas as orientações sanitárias, a Secretaria orientou todos os diretores e supervisores escolares para que realizem um trabalho ativo e determinado para completar as matrículas e oferecer à comunidade as vagas necessárias até o mês de fevereiro.

Em 2020 foram matriculados na educação infantil 12.200 alunos, um aumento 41,9% se comparado ao número de vagas ofertadas em 2017. Já no ensino fundamental eram atendidos 5.592 alunos em 2017, passando esse ano para 6.283 matriculados, um aumento na rede de 12,4%. Na Educação de Jovens e Adultos (EJA) o aumento no número de vagas foi de 12,6%, passando de 461 alunos para 519.

No total a expansão da rede municipal de ensino foi de 29,7% (2017/2020). Em 2017 a rede atendia 14.697 alunos na educação infantil e no ensino fundamental, hoje são 19.066. A partir de 2017 foram abertas 2.060 novas vagas na educação infantil e 527 no ensino fundamental.

A Secretaria Municipal de Educação reafirma o compromisso com a oferta de vagas.

Publicado em Educação

Na mínima do dia até o momento, moeda dos EUA chegou a R$ 5,1216 – menor cotação desde 29 de julho.

 

MUNDO -  O dólar opera em forte queda nesta quinta-feira (3), abaixo de R$ 5,15, refletindo a fraqueza da moeda norte-americana no exterior em meio a expectativas de mais estímulo econômico nos Estados Unidos e otimismo em relação à distribuição de vacinas para a Covid-19. No Brasil, concentrava a atenção dos investidores a divulgação dos números do PIB (Produto Interno Bruto) do 3º trimestre.


Às 13h54, a moeda norte-americana recuava 2,18%, cotada a R$ 5,1271. Na mínima até o momento, chegou a R$ 5,1216 – menor cotação intradia desde 29 de julho (R$ 5,1160). Veja mais cotações.

Já o dólar turismo era negociado a R$ 5,3482.

O Ibovespa operava em alta, acima dos 113 mil pontos.

Na quarta-feira, o dólar comercial fechou em alta de 0,25%, a R$ 5,2413. Na parcial de dezembro, a moeda norte-americana acumula queda de 1,97%. No ano, o avanço ainda é de 30,71%

O Banco Central fará neste pregão leilão de swap tradicional para rolagem de até 16 mil contratos com vencimento em abril e agosto de 2021, destaca a Reuters.

Cenário local e externo

Segundo Luciano Rostagno, estrategista-chefe do banco Mizuho, principalmente fatores externos pressionavam a moeda norte-americana frente ao real nesta quinta-feira.

"Há expectativa de taxas de juros baixas em todo o mundo, esperanças em relação a um pacote de ajuda (fiscal) nos EUA e otimismo em relação a vacinas... Isso acaba contribuindo para o bom humor dos mercados", afirmou à Reuters.

O líder da maioria na Câmara dos EUA, Steny Hoyer, expressou esperança de que um acordo de estímulo fiscal possa ser alcançado "nos próximos dias", e qualquer legislação provavelmente precisará ser complementada com mais ajuda no próximo ano.

As esperanças de mais apoio para empresas e cidadãos da maior economia do mundo se somavam ao otimismo em torno da distribuição de vacinas para a Covid-19, depois que o Reino Unido aprovou nesta semana o imunizante da Pfizer e da BioNTech. A vacina poderá começar a ser aplicada aos mais vulneráveis já na semana que vem.

Na agenda do dia, o IBGE divulgou mais cedo que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 7,7% no terceiro trimestre - retirando o país da recessão, mas sem recuperar as perdas da pandemia.

Os números do PIB vieram mais fracos do que o esperado. A expectativa do mercado era de um crescimento de 8,8% em relação ao trimestre anterior, segundo a mediana das estimativas levantadas pelo Valor Econômico.

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia avaliou nesta quinta-feira que o crescimento econômico do terceiro trimestre, embora abaixo do esperado pelo mercado, confirma a retomada em V da atividade, quadro que dispensa a necessidade de auxílios do governo para o próximo ano.

Do lado mais estrutural, o foco dos mercados segue voltado para a sustentabilidade fiscal do Brasil e as incertezas sobre a aprovação de medidas de ajuste fiscal para garantir a saúde das contas públicas.

Na véspera, o Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou que uma "recuperação robusta e inclusiva" da economia brasileira depende do avanço de reformas estruturais" e da sustentabilidade da dívida pública.

No exterior, a atividade empresarial da zona do euro contraiu com força em novembro depois que governos em todo o bloco retomaram as medidas de lockdown para tentar conter uma segunda onda de infecções por coronavírus. O PMI Composto da IHS Markit despencou a 45,3 em novembro de 50,0 em outubro -- a marca de 50 separa crescimento de contração.

A economia do bloco vai contrair de novo neste trimestre, de acordo com pesquisa da Reuters, mas com esperanças de uma vacina e de suporte adicional do Banco Central Europeu, as estimativas de crescimento trimestral para o próximo ano foram melhoradas.

Por G1

Publicado em Economia

Homem detido em Gramado, na Serra do RS, na manhã desta quinta-feira (3), é Márcio Geraldo Alves Ferreira, conhecido como Buda, integrante do PCC. Ele é um dos nove suspeitos de participação no ataque a uma agência do Banco do Brasil em Criciúma nesta semana.

 

GRAMADO/RS - Um dos presos pela Polícia Civil por assalto a uma agência bancária em Criciúma (SC) pertence ao Primeiro Comando da Capital (PCC), uma conhecida facção criminosa de São Paulo. Ele teria participado da tentativa de fuga de um dos chefes da facção, conhecido como Marcola. Ao todo, nove pessoas já foram presas pelo ataque a banco em Criciúma.

A polícia não informou o nome do suposto integrante de facção, nem qual seria a tentativa de resgate que ele participou, mas o G1 apurou ser Márcio Geraldo Alves Ferreira, conhecido como Buda.

Na última segunda-feira, (30), cerca de 30 pessoas encapuzadas assaltaram a agência do Banco do Brasil no Centro de Criciúma. A ação durou 1 hora e 45 minutos. Pessoas foram feitas reféns e cercadas por criminosos. Houve bloqueios e barreiras para conter a chegada da polícia (veja detalhes no vídeo abaixo).

Os criminosos fugiram, e parte do dinheiro ficou espalhada pelas ruas. O valor levado e abandonado não foi informado. Após a ação, 10 carros usados no assalto foram apreendidos em um milharal de uma propriedade privada em Nova Veneza, a noroeste de Criciúma.

Questionado durante coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (3) sobre possível envolvimento de um dos presos com o Primeiro Comando da Capital (PCC), conhecida organização criminosa de São Paulo, o delegado João Paulo Abreu, chefe do DEIC de Porto Alegre, destacou que ele está "intensamente relacionado a essa organização criminosa".

 

O homem foi detido na manhã desta quinta, em uma casa em Gramado, na serra gaúcha.

    "Uma pessoa localizada dentro do imóvel, essa pessoa em tese, já comparando com a imagem que me foi trazida ontem [quarta], seria um faccionado da organização criminosa que atua lá em São Paulo. Inclusive já participou de uma tentativa de resgate do líder dessa organização criminosa que atua em São Paulo", destacou o delegado.

 

O secretário de Segurança Pública e vice-governador do RS, Ranolfo Vieira Jr. falou sobre o grande potencial do crime.

“O perfil [dos criminosos] está sendo feito. Não tem dúvida alguma do potencial da ação. Nove carros blindados, organização completa. Possibilidade muito presente de uma organização criminosa”

Prisões e galpão encontrado

Dois dos suspeitos foram localizados em Gramado, na Serra do Rio Grande do Sul, na manhã desta quinta-feira (3), segundo a Chefe da Polícia Civil, Nadine Anflor.

Outros sete foram presos entre a tarde de quarta (2) e a madrugada desta quinta, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Os suspeitos são de São Paulo (8) e Minas Gerais (1).

Mais cedo nesta quinta-feira, um homem foi preso em uma casa localizada entre os municípios de Morrinhos do Sul (RS) e Três Cachoeiras (RS), às margens da BR-101.

Segundo o comandante geral da Brigada Militar, coronel Rodrigo Mohr Picon, na casa foram encontrados objetos com características semelhantes aos utilizados no assalto. "Uniformes, material pra uso de explosivos, tinta spray. Várias características que poderiam estar envolvidos nessa ação. Também havia vestígios de sangue na casa".

Dois paulistas, de 30 e 44 anos, foram presos na tarde de quarta, na BR-116, em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

“Nosso serviço de inteligência chegou a informação de que um veículo que foi abordado, um HB20, tinha uma possível vinculação, direta ou indireta com a ação delituosa. Foi feita a interceptação em São Leopoldo e já condenamos com a Polícia Civil esse intercâmbio de informações e o desdobramento dessa ocorrência", destaca o superintendente da PRF, Luis Reichack.

Os dois tem antecedentes criminais, segundo a delegada Nadine. "Antecedentes de receptação, roubo. Não antecedentes diretamente de roubo a banco. O veículo hb20 era justamente o batedor. Foi o veículo utilizado para trazerem todos os demais veículos de Criciúma", diz.

Os homens decidiram permanecer em silêncio no interrogatório. Com eles foram apreendidos celulares e R$ 8 mil em dinheiro. "Se lavrou o flagrante pelos crimes de participação em organização criminosa e coautoria pelo roubo a banco em Criciúma", diz a delegada.

Na tarde de quarta-feira (2), uma mulher de 31 anos foi presa em São Paulo suspeita de participação no mega-assalto. Ela foi localizada, após uma denúncia, no Jardim Reimberg, Zona Sul da capital paulista. Com a mulher, os policiais encontraram malotes de dinheiro do Banco do Brasil, que serão periciados.

Na terça-feira (1°), um galpão usado pelos criminosos foi encontrado pela Polícia Militar na cidade vizinha de Içara, a cerca de 9 quilômetros de Criciúma.

Por Gabriela Clemente e Lilian Lima, G1 RS

Publicado em Outras Notícias

Primeiros lotes da vacina serão limitados e governos terão que definir prioridades, como idosos e enfermos, alerta diretor da organização na Europa

 

MUNDO - O potencial das vacinas contra covid-19 é "fenomenal" e "pode virar o jogo", disse Hans Kluge, diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Europa, nesta quinta-feira (3).

Falando de Copenhague, ele disse que a expectativa é de que os imunizantes serão muito limitados nos primeiros estágios e que os países precisam decidir quem será priorizado, mas a OMS afirma que existe um "consenso crescente" de que os primeiros atendidos deveriam ser idosos, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades.

O Reino Unido aprovou na quarta-feira a vacina contra Covid-19 da parceria Pfizer e BioNTech, passando na frente do resto do mundo na corrida para começar o programa de inoculação em massa mais importante da história.

Leia mais: Reino Unido deve receber primeiras doses de vacina hoje

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, comemorou a aprovação da autoridade médica de seu país como uma vitória global, mas reconheceu os desafios logísticos de se vacinar uma população de 67 milhões de habitantes.

Agências reguladoras dos Estados Unidos e da União Europeia estão analisando os mesmos dados dos testes da vacina da Pfizer, mas ainda não deram sua aprovação.

Na quarta-feira, a OMS disse que recebeu dados da Pfizer e da BioNTech sobre a vacina e que está avaliando-os para uma "possível listagem de uso emergencial", uma referência para países autorizarem o uso nacional.

Copyright © Thomson Reuters.

Por R7

Publicado em Coronavírus

Segundo o governador, 46 milhões de doses da CoronaVac já estarão disponíveis no Estado de São Paulo até o primeiro dia do ano que vem.

 

SÃO PAULO/SP - O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quinta-feira (3), em coletiva de imprensa, que o Estado começará a vacinação contra a covid-19 no próximo mês de janeiro.

 Segundo Doria, 46 milhões de doses da CoronaVac — vacina contra a covid-19 produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac — já estarão disponíveis em São Paulo até o dia 1º de 2021.

Após a chegada da segunda remessa da vacina nesta quinta, como informou o governador, o Estado tem disponibilidade de 1,12 milhão de doses neste momento.

Diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas afirmou na coletiva que, com a chegada de hoje dos 600 litros para a produção de um milhão de doses da vacina, o Estado terá, pela primeira vez no país, a matéria-prima "que permitirá a produção da primeira vacina contra o coronavírus em solo nacional já a partir de segunda-feira da próxima semana".

 Outra confirmação durante a coletiva foi a de que, a partir desta sexta-feira (4), se iniciará o aumento da fiscalização da fase amarela do Plano SP, com o adicional de 1.000 fiscais. Como informou o secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, os agentes irão às ruas estabelecimentos para evitar aglomerações, conferir o uso de máscaras e o respeito ao distanciamento social.

Durante a coletiva, João Doria ainda aproveitou para tecer críticas ao governo de Jair Bolsonaro, que indicou que a imunização contra a covid-19 iniciará em março.

“Se o Ministério da Saúde tiver juízo, competência e a visão de que a vacina é para todos os brasileiros, poderá oferecer a outros estados [antes do previsto”, disse Doria, que afirmou sentir indignação com o governo federal diante da previsão para março de 2021.

“É surpreendente essa indiferença, esse distanciamento [com a população], essa falta de compaixão com a vida dos brasileiros. Por que iniciar a imunização em março quando podemos fazer em janeiro?”, questionou o governador.

Por R7

Publicado em Coronavírus

RIO CLARO/SP - O prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria foi um dos alvos da operação desencadeada nesta quarta-feira (02) pela Procuradoria-Geral de Justiça, com o apoio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais), da Polícia Civil de Piracicaba. A ação que também foi realizada em Praia Grande e São Vicente, apura crimes de associação criminosa, fraude à licitação, falsidade ideológica, peculato, corrupção ativa e passiva, entre outros.

Investigações iniciadas pelo Ministério Público de Contas apontaram ilegalidades na compra de EPIs pelo município de Rio Claro, em razão da pandemia da Covid 19, num total de R$ 4 milhões, segundo o MP. Na casa do prefeito, os policiais localizaram duas armas ilegais. Juninho esteve na delegacia especializada em Piracicaba, onde foi detido também por porte ilegal de arma. Devido ambas as armas serem de calibre permitido e terem numeração, foi arbitrada fiança no valor de R$ 10 mil. Após o pagamento, o prefeito foi liberado e responderá a acusação em liberdade.

A Justiça também determinou a suspensão do cargo do prefeito, chefe de gabinete e o secretário de finanças. Provisoriamente, o vice-prefeito Marco Antonio Bellagamba deve assumir o comando da administração municipal.

 

OPERAÇÃO

As equipes da DEIC de Piracicaba – 1ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais) 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), 3ª DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa e GOE (Grupo de Operações Especiais e UIP (Unidade de Inteligência Policial) do Deinter-9 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior) e seis promotores de Justiça deram cumprimento da ordem judicial na residência do prefeito. No interior do imóvel, foram apreendidos R$ 9.600, bem como diversos documentos – os quais foram recolhidos e apreendido diretamente pelos promotores de Justiça que acompanharam a diligência.

De acordo com a Polícia Civil, em um buraco na parede, atrás da banheira de hidromassagem, os policiais teriam localizado dois revólveres calibre 38 – um deles municiado com 7 cartuchos e outro com 5. Questionado, o Juninho esclareceu não ter registro daquelas armas e que as teria pego emprestadas de uma pessoa, pois alegou que temia por sua segurança. Também foram cumpridas buscas em alguns setores da prefeitura de Rio Claro, onde computadores e documentos foram apreendidos para posterior análise.

O MP informou em nota que “a compra dos equipamentos deu-se a partir do gabinete do prefeito, que exerceu o domínio e o controle durante todo o processo aquisitivo. A empresa contratada foi constituída em nome de “laranja”, e apenas em fevereiro de 2020. Além disso, há indícios de superfaturamento.

“Todos os documentos e celulares apreendidos serão analisados”, disse o promotor do Gaeco André Vítor Freitas.

Também ocorreram buscas nas cidades de Praia Grande e São Vicente, sede da empresa que contratou com o poder público, com o apoio da Polícia Militar. O Tribunal de Justiça decretou a prisão temporária do empresário por cinco dias.

 

OUTRO LADO

A Assessoria da Prefeitura de Rio Claro foi procurada e informou que em breve vai divulgar uma nota com o posicionamento sobre o ocorrido.

 

 

*Por: Cristiani Azanha / JORNAL DE PIRACICABA

Publicado em Outras Cidades

De acordo com boletim médico, cozinheira, que foi hospitalizada com quadro de distúrbio metabólico, encontra-se 'clinicamente estável'

 

SÃO PAULO/SP - Palmirinha Onofre, que foi internada às pressas no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, continua hospitalizada com quadro de distúrbio metabólico. De acordo com boletim médico enviado ao R7, nesta quinta-feira (3), pela assessoria de imprensa da cozinheira, ela permanece estável.

"A paciente encontra-se estável clinicamente, sem previsão de alta", diz a nota.
 Palmirinha foi levada às pressas ao hospital, na terça-feira (1ª), após passar mal. Ela teve de ser hospitalizada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para realização do tratamento de reposição de sódio.

"Os primeiros exames diagnosticaram baixa de sódio no sangue e por precaução a recomendação da geriatra dela, Dra Patricia Alarcon, foi a internação na UTI para que seja feita essa reposição de sódio", explicou a porta-voz.

A artista de 89 anos também ficou internada no mesmo hospital, em outubro, com quadro de infecção urinária. Na ocasião, Palmirinha recebeu medicamento via endovenosa.

 Confira o boletim médico na íntegra:

O Hospital Alemão Oswaldo Cruz informa que a paciente Palmira Nery Silva Onofre, a Palmirinha, permanece internada na Instituição desde a última terça-feira,  1º  de  dezembro,  para  tratamento  de  quadro  de distúrbio metabólico. A paciente encontra-se estável clinicamente, sem previsão de alta.

Por R7

Publicado em Celebridades

SÃO CARLOS/SP - A Câmara Municipal aprovou em votação de primeiro turno, ocorrida nesta última quarta-feira (02), a Lei Orçamentária Anual (LOA) de São Carlos que estima um orçamento de R$ 962,9 milhões para 2021.

A LOA contém metas e prioridades para o orçamento da cidade para o exercício financeiro do próximo ano e define a aplicação dos recursos do município em obras e ações para o próximo ano, com base nas diretrizes apontadas pelo Plano Plurianual (PPA) e pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), portanto, tem grande impacto na sociedade.

Do orçamento de R$ 962,9 milhões, aproximadamente R$ 759,4 milhões são da Prefeitura, R$ 164,7 milhões do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), R$ 6,6 milhões da Fundação Educacional de São Carlos (FESC), R$ 5,1 milhões da Progresso e Habitação (Prohab) e R$ 3,1 milhões da Fundação Pró-Memória.

As pastas da Saúde e Educação, por terem orçamento vinculado à Constituição Federal, têm o maior volume orçamentário. A Saúde receberá aproximadamente R$ 231,1 milhões e na Educação serão destinados cerca de R$ 217,2 milhões.

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - Carol Peixinho usou o Instagram na última quarta-feira (2) para compartilhar uma série de novos cliques.

Nas fotos, a musa ostentou toda sua ótima boa forma com um maiô azul bem deslumbrante. “Mood furacão ?”, brincou ela.

Confira:

Recentemente, Carol Peixinho decidiu relembrar um clique feito na praia e deixou os seguidores completamente apaixonados.

 

 

*Por: METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Dezembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Comércio e Serviços em Geral