fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Segunda, 14 Junho 2021

As pessoas com 50 anos ou mais podem procurar tanto as unidades básicas de saúde como os postos volantes para receber a imunização

 

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos está recebendo mais 5.450 doses da vacina do laboratório AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e com isso estende a partir desta quarta-feira (16/06) a vacinação contra a COVID-19 para pessoas com 50 anos ou mais sem comorbidades.

Portanto a partir desta quarta (16/06) entram na campanha pessoas com 55, 54, 53, 52, 51 e 50 anos, já que até essa terça-feira (15/06) estavam sendo vacinadas as pessoas com 56 e 57 anos. 

Segundo os departamentos de Gestão do Cuidado Ambulatorial e de Vigilância em Saúde, os demais grupos incluídos anteriormente na campanha e que ainda não receberam a imunização, também continuam sendo atendidos, além de todas as pessoas que já podem receber a segunda dose das vacinas Coronavac ou AstraZeneca.

 

LOCAL PARA 50 ANOS OU MAIS - As pessoas sem comorbidades com 50 anos ou mais poderão ser imunizados tanto nas unidades básicas de saúde (Cidade Aracy, Azulville, Redenção, Santa Felícia e São José) como nos postos volantes com sistema drive-thru localizados na FESC, na Vila Nery e no Estádio Luisão, na Vila Prado. Todos devem apresentar documento com foto e CPF, entregar formulário impresso, além de fazer antes o cadastro no site Vacinaja.

 

DRIVES (FESC E LUISÃO) - Além das pessoas com 50 anos ou mais, as equipes dos postos volantes com sistema drive-thru também estarão vacinando pessoas com deficiência permanente (física/sensorial/intelectual) com 18 anos ou mais (apresentar laudo médico que indique a deficiência; ou comprovação de atendimento em centro de reabilitação ou unidades especializadas; ou documento oficial com indicação da deficiência; ou cartões de gratuidade do transporte público); profissionais de saúde (com carta liberação da VIGEP e documento com foto e CPF); motoristas e cobradores do transporte coletivo (levar QRcode impresso e documento com foto e CPF); idosos (cadastro e documento com foto e CPF), gestantes e puérperas com 18 anos ou mais e as pessoas que devem tomar a segunda dose da ASTRAZENECA e da CORONAVAC (levar carteira de vacinação da primeira dose). O horário de vacinação será das 9h às 13h.

 

UNIDADES DE SAÚDE – Além das pessoas com 50 anos ou mais, as UBS's também vão imunizar pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais (relatório médico) e profissionais da educação com 18 anos ou mais (levar QR Code impresso). Todas as unidades fixas estarão aplicando a segunda dose da ASTRAZENECA. 

A unidade do Cidade Aracy é a única unidade fixa que também estará aplicando, além dos drives, a CORONAVAC nas gestantes e puérperas e nos demais grupos que precisam da segundo dose desse laboratório. O horário de vacinação é das 9h às 15h.

 

A diretora de Vigilância em Saúde, Crislaine Mestre, afirma que essas mudanças foram realizadas para agilizar o processo de vacinação. “Também precisamos que todos façam previamente o cadastro no sistema do Governo do Estado e levem impresso e preenchido o formulário da Prefeitura”.

Crislaine Mestre ressaltou, ainda, a importância da segunda dose da imunização de acordo com a data agendada na carteira de vacinação. “Aqueles que ainda não puderam comparecer para receber a segunda dose também podem procurar agora o sistema de saúde para garantir a eficácia da imunização”, reforça a diretora, lembrando que aproximadamente 800 pessoas ainda não receberam a segunda dose em São Carlos.

 

CADASTRO - Quem for receber a primeira dose da vacina, independente do grupo, deve fazer o cadastro prévio no www.vacinaja.sp.gov.br e, no dia da vacinação, levar impresso o formulário de vacinação disponível no link http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/VacinaJa. No caso do relatório médico de comorbidades, o documento deve ser preenchido pelo médico que trata o paciente, lista de comorbidades no http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/RelatorioComorbidades.

Os profissionais da educação devem fazer o cadastro no site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao e imprimir o voucher com o QR Code, além de apresentar documento com foto e CPF. Já os motoristas e cobradores devem fazer o cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br, devem clicar em profissionais do transporte, inserir o e-mail e aguardar o recebimento de um voucher de confirmação, que deverá ser entregue impresso no momento da vacinação.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Uma motocicleta de 34 anos sofreu uma queda com sua Honda Biz, na Av. São Carlos com a rua Geminiano Costa, no Centro.

Segundo o apurado pela nossa equipe, por motivos desconhecidos a motociclista veio ao solo no cruzamento das vias, sendo socorrida pela ambulância 284 do SAMU, enquanto os agentes de trânsito que já estavam no local, orientavam o trânsito.

A mulher, que reclamava de dores na região da perna e várias escoriações pelo corpo.  Ela foi encaminhada para a Santa Casa para uma avaliação médica mais detalhada e raio x. 

Publicado em Trânsito

SÃO CARLOS/SP - Vários amigos mandaram mensagens para este jornalista que vos escreve, para orar pela queria amiga Maze Moreira, que testou positivo para Covid-19.

No Programa ‘Falando com Deus’ os internautas oraram e mandaram energias positivas para Maze. Neste momento ‘Mazezinha’ carinhosamente chamada, encontra-se internada no hospital de Descalvado.

Ivan Lucas, conseguiu falar com a Maze pelo WhatsApp e ela informou que está fazendo vários exames e que está tossindo muito e falta de ar devido a Covid-19.

“Maze, falo em nome de todos os seus AMIGOS, estamos orando muito para que você saia o quanto antes do hospital, que se recupere e em breve possamos estar juntos, com saúde e vacinados. Deus abençoe grandemente amiga” disse Ivan Lucas.

#Orando #Mazeteamamamos #fé #Deus  

Publicado em Coronavírus

BRASÍLIA/DF - O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, disse hoje (15), em Brasília, que a decisão sobre o aumento no valor das bandeiras tarifárias deve ser tomada até o fim de junho. Ele afirmou que o reajuste deve passar de 20%.

Este será o primeiro aumento nos valores das bandeiras desde 2019. Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), os valores foram mantidos e a bandeira verde foi acionada de junho a novembro.

O país vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos, com os reservatórios das bacias das principais usinas hidrelétricas em níveis muito baixos. Por isso, houve a necessidade de acionamento de mais usinas termelétricas. O acionamento das bandeiras tarifárias reflete o aumento no custo da geração de energia no país.

Desde março, a Aneel acionou o sistema de bandeiras tarifárias que chegou em junho ao ponto mais alto - vermelha no patamar 2 - com a cobrança adicional de R$ 6,243 para cada 100kWh (quilowatt-hora) consumidos.

 

Redução

Também em março, a Aneel abriu uma consulta pública sobre a revisão dos adicionais e das faixas de acionamento para as bandeiras tarifárias no período 2021/2022. A proposta da agência é de redução no valor da bandeira tarifária amarela, que passaria R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos para R$ 0,996.

Já a bandeira vermelha 1 subiria de R$ 4,169 a cada 100 kWh para R$ 4,599 para cada 100 kWh consumidos e a bandeira vermelha 2 aumentaria de R$ 6,243 para R$ 7,571 para cada 100 kWh consumidos.

“Hoje temos um custo de R$ 6,24 a cada 100 kilowatt hora consumidos, mas certamente o valor final será bem maior do que R$ 7 e alguns centavos, esse valor deve superar os 20%. A agência [Aneel] deve estar tomando essa decisão ainda no mês de junho do novo valor das bandeiras para pagar as térmicas”, afirmou Pepitone, durante audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados para debater a crise hídrica no país.  

 

Medidas

Principal fonte de energia elétrica do país, as usinas hidrelétricas são responsáveis por pouco mais de 62% de toda a geração elétrica, mas sofrem com o regime hídrico abaixo da média histórica.

Há escassez de chuvas, especialmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, onde se concentram as principais bacias hidrelétricas. O problema atinge especialmente as bacias dos rios Parnaíba, Grande, Paraná e Tietê.

Por conta desse cenário, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) decidiu, em maio, despachar fora da ordem de mérito todos os recursos da geração termelétrica até dezembro. O custo desse despacho térmico foi estimado pela Aneel em R$ 8,99 bilhões, dos quais R$ 4,3 bilhões já foram usados no período de janeiro a abril de 2021.

Segundo Pepitone, além do aumento nos valores das bandeiras tarifárias, a medida vai ter um impacto médio nas tarifas de energia de 5%, percentual que será repassado ao consumidor em 2022.

“Só temos praticamente água para atender a geração de energia do país até novembro. Até lá, teremos que atender os país com as térmicas e isso tem um custo”, disse o diretor da Aneel.

Além da geração térmica, outras medidas estão sendo adotadas para evitar que os reservatórios das usinas hidrelétricas fiquem ainda mais vazios. No dia 1º, a ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento) decidiu declarar emergência hídrica na Bacia do Paraná. A medida permite a limitação de volumes de captação de água nos rios da bacia em caso de necessidade.

 

Flexibilização

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciochi, disse, na mesma audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Câmara, que outras ações foram discutidas e apresentadas ao Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico. A mais importante delas abrange a redução na vazão das Usinas Jupiá e Porto Primavera e a flexibilização dos reservatórios da cabeceira do rio Paraná, principalmente do reservatório da usina de Furnas.

De acordo com Ciochi, a expectativa é que a medida gere um ganho de armazenamento de 3,8% do Sistema Interligado Nacional (SIN).

“Não usaremos essas águas para a geração de energia elétrica visando garantir a governabilidade de toda a cascata, para garantir que todos os reservatórios tenham o mínimo de água”, disse.

Outra proposta é a de reduzir o calado ou paralisar a hidrovia Tietê-Paraná a partir de 1º julho. O ganho de armazenamento com a redução do calado seria de 0,5% e a paralisação de 1,6% no SIN. Ainda há a proposta de flexibilizar a operação dos reservatórios do rio São Francisco, com ganho de 0,8% do SIN. Segundo Ciochi, mesmo com a adoção dessas ações, o nível dos reservatórios deve ficar em 10% no fim do ano.

“As ações vão permitir estocar água para outubro e novembro. Se não adotarmos essas medidas chegaremos em 2022 em uma condição muito frágil para atender a necessidade de energia do próximo ano”, alertou Ciochi.

O diretor do ONS disse, ainda, que essas medidas geram impactos ambientais que estão sendo debatidos com órgãos como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e que elas não vão gerar prejuízos para outros usos da água, como o para consumo humano, irrigação e dessedentação (uso de água por animais).

 

 

*Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil

Publicado em Economia

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta terça-feira (15/06) mais 5 mortes por COVID-19 no município, totalizando 400 óbitos.
Trata-se de um homem de 42 anos, internado em hospital público desde 14/05 e óbito em 14/06; uma mulher de 32 anos, internada em hospital público desde 10/06 e óbito em 14/06; um homem de 67 anos, internado em hospital público em 03/05 e óbito em 14/06; um homem de 38 anos, internado em hospital público em 03/06 e óbito em 15/06 e uma mulher de 73 anos, internada em hospital público desde 03/06 e óbito em 15/06.

São Carlos contabiliza neste momento 21.170 casos positivos para COVID-19 (187 resultados positivos foram divulgados hoje), com 400 óbitos confirmados e 129 descartados. 

Dos 21.170 casos positivos, 19.388 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 36 óbitos sem internação, 1.746 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 1.288 receberam alta hospitalar e 364 positivos internados foram a óbito. 20.387 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 38.784 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (102 resultados negativos foram liberados hoje). 

Estão internadas neste momento 114 pessoas, sendo 33 adultos na enfermaria. 9 pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI - Santa Casa), 3 estão em Unidades de Suporte Ventilatório (USV – HU/UFSCar). No total na UTI adulto estão internadas 64 pessoas, sendo 41 em leitos de UTI/SUS e 23 em leitos de UTI da rede particular. Na enfermaria SUS 4 crianças estão internadas neste momento. 1 criança ocupa vaga de UT/SUS com suspeita da doença. 10 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos neste momento.

A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 93,18% (41 adultos estão internados). 
Neste momento o município disponibiliza 44 leitos adulto de UTI/SUS para COVID-19, já que a Santa Casa voltou a operar com 30 leitos adulto para UTI/SUS, 10 leitos de UCI e 6 de UTI infantil e o Hospital Universitário (HU/UFSCar) opera com 14 leitos de UTI/SUS adulto e 6 de Unidade de Suporte Ventilatório (USV).

UPA – 11 pessoas estão neste momento sendo atendidas em leito de estabilização da UPA do Santa Felícia e do Centro de Triagem. Os pacientes já estão cadastrados e aguardam transferência via CROSS.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 71.287 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 68.774 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 2.513 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal sendo que 46.793 pessoas já realizaram coleta de exames, 32.757 tiveram resultado negativo para COVID-19, 13.820 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 216 aguardam resultado de exame.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLORS/SP - Na tarde desta terça-feira (15) os motociclistas que atuam como motoboys em São Carlos realizaram uma passeada em homenagem a Tassis Moretti, que faleceu vítima de COVID-19

Os motoboys se reuniram na Praça Itália, todos utilizando mascara, desceram a Av. São Carlos até o cemitério, realizando um buzinaço.

Todos os motociclistas fizeram questão de pedir à população que tomem todos os cuidados necessários para evitar o contágio pela COVID-19 usando máscaras, lavando as mãos com água e sabão e sobretudo tomando as duas doses de vacinas quando ela estiver disponível à cada faixa etária.

Publicado em Outras Notícias

SÃO CARLOS/SP - Duas pessoas foram detidas pela Guarda Municipal após uma discussão nas arquibancadas do Kartódromo, em São Carlos.

De acordo com informações, por volta das 03h37min a equipe de videomonitoramento da Guarda Municipal observou que uma briga estava acontecendo no Kartódromo, desta forma viaturas foram enviadas ao local.

Após abordagem, foi localizado em posse de R.M de O. de 32 anos, um simulacro de arma de fogo. Já com o outro rapaz nada foi encontrado.

R.M. de O, ameaçava um indivíduo com o simulacro, o mesmo foi detido pela guarnição e as partes foram conduzidas ao plantão policial, onde foram ouvidas e ambos liberados. O simulacro ficou apreendido.

Publicado em Policial

IBATÉ/SP - Um homem foi detido por Guardas Municipais da cidade de Ibaté, após furtar um botijão de gás (P13), na Washington Luís, na região central.

A vítima acionou a GCM, após um sujeito pular o muro e levar o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo). Uma breve varredura pela região foi realizada, quando na Rua Felício Ideri, o indivíduo com as características passadas pela vítima foi encontrado em uma casa abandonada. Ao ser questionado, o mesmo confessou o crime e mostrou onde estava o botijão.

O bandido foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante e recolhido ao Centro de Triagem. O botijão foi devolvido.

Publicado em Ibaté

Título homenageia a trajetória do escritor e seu compromisso com a educação pública e a transformação do País

 

BURI/SP - A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realiza no dia 2/7, às 9 horas, a cerimônia de entrega do título de Doutor Honoris Causa a Raduan Nassar por sua trajetória na Literatura e, também, considerando sua participação na história da Universidade, a partir da doação, em 2012, da fazenda Lagoa do Sino, onde hoje está o Campus Lagoa do Sino da UFSCar.

A cerimônia será realizada de forma remota e transmitida ao vivo nos canais oficiais da UFSCar (@UFSCar oficial) no Facebook (https://www.facebook.com/ufscaroficial/) e YouTube (https://www.youtube.com/c/ufscaroficial). A outorga do título foi aprovada no último dia 26/3, durante a 247ª Reunião Ordinária do Conselho Universitário (ConsUni), momento marcado por emoção e qualificado como histórico pelos conselheiros da Universidade.

RADUAN NASSAR - Raduan Nassar (Pindorama, 27 de novembro de 1935) é um escritor brasileiro galardoado com o Prêmio Camões em 2016. Na adolescência foi para São Paulo com a família, onde cursou Letras, Direito e Filosofia na Universidade de São Paulo (USP). Estreou na Literatura no ano de 1975, com o romance Lavoura Arcaica. Em 1978, foi publicada a novela Um Copo de Cólera, escrita em 1970. Em 1997, foi publicada a obra Menina a caminho, reunindo seus contos dos anos 1960 e 1970. 

Com apenas três livros publicados, é considerado pela crítica como um grande escritor e comparado a nomes consagrados da Literatura Brasileira, como Clarice Lispector e Guimarães Rosa. Deixou de escrever em 1984 e passou a dedicar-se à atividade rural na Fazenda Lagoa do Sino. Atualmente mora na cidade de São Paulo.

Publicado em Outras Cidades

ARARAQUARA/SP - A Secretaria Municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública divulgou um novo balanço das ações de fiscalização realizadas pela força-tarefa que envolve equipes da Guarda Civil Municipal, fiscais das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica e equipes do Procon, Posturas e Sala do Empreendedor, com apoio da Polícia Militar, em Araraquara.

De 7 a 13 de junho, foram contabilizados um total de 2.592 ações de fiscalização. Destas, foram 1.264 registradas somente durante o fim de semana, de 11 a 13 de junho.

Dessas ações, de 7 a 13 de junho, foram 2.108 abordagens de pessoas físicas em barreiras sanitárias realizadas pela força-tarefa em acessos da cidade, além de 98 pessoas abordadas no Terminal Rodoviário, conforme previsto em decreto municipal. Deste total de abordagens, foram aplicados 934 testes rápidos e 11 foram positivados. E 1 veículo que não justificou a circulação na cidade retornou a seu destino de origem.

 

Foram fiscalizados ainda os seguintes pontos:

Bares/ restaurantes/ lanchonetes/ similares: 91

Pesque-pague: 1

Shoppings/ lojas âncoras/ Mercado Municipal/ atacadistas/ varejistas e supermercados de grande porte: 38

Academias/ condicionamento físico: 23

Clubes/ salão de festas ou eventos: 13

Construção civil/ loja de material de construção: 10

Escolas: 7

Bancos: 2

Lotéricas/órgãos públicos: 3

Outros estabelecimentos comerciais: 125

Áreas de lazer/chácaras/campo de futebol: 25

Residências/condomínios/repúblicas: 24

Praças/áreas públicas (outras): 30

Igrejas: 4

Destas ações, foram adotados os seguintes procedimentos:

Averiguação/ orientação verbal: 2.462

Notificação de orientação de pessoa física: 1

Notificação de orientação de pessoa jurídica: 7

Auto de constatação: 6

Auto de infração (multas): 31

Total de procedimentos – 2.535

 

Mais uma vez, o fim de semana exigiu esforço das equipes de fiscalização que intensificaram as ações em festas e reuniões clandestinas, espaços públicos com aglomerações e desrespeito às medidas sanitárias.

Foram muitas ocorrências com registro de autos de infração que têm consequências criminais, porque são encaminhados à Delegacia de Polícia para apuração de crime contra a saúde pública.

 

 

*Por: Ed Junior / PORTAL MORADA

Publicado em Araraquara

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30