fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Terça, 01 Junho 2021

SÃO CARLOS/SP - O Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região (Sincomercio) participou na manhã desta quarta-feira (2), no Paço Municipal, do anúncio da instalação de uma unidade do Spani Atacadista, do Grupo Zaragoza em São Carlos. 

O empreendimento, será construído na Avenida Getúlio Vargas, terá uma área construída de 7.500 metros quadrados com 300 vagas de estacionamento em um investimento de R$45 milhões. O atacadista terá 250 colaboradores diretos, sendo que 99% de contratações locais.

“A criação de emprego e renda para São Carlos é sempre motivo de comemoração. Porém, neste momento de crise, quando a tendência de desemprego e fechamento de empresas tem sido cada vez maior, ver São Carlos receber esse grande atacadista é muita alegria. Poucos municípios têm tido esse sucesso e o papel da Prefeitura, por meio da Secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda, é extremamente louvável. Parabéns ao Prefeito, Airton Garcia e ao secretário Orlando Mengatti Filho (Nino). Nossas boas-vindas ao Grupo Zaragoza!”

Paulo Roberto Gullo – Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região

Publicado em Comércio

O material, apreendido sem procedência, será usado para reparos e fabricação de móveis da unidade de saúde

 

BARRETOS/SP - A Polícia Militar doou na tarde de terça-feira (1º), durante a Operação Gaia, mais de 47m³ de madeiras diversas apreendidas durante uma ocorrência policial recente no município de Barretos – região de Ribeirão Preto. O material foi destinado ao Hospital do Câncer da cidade.

Toda a madeira nativa, dentre as espécies Garapeira, Cumaru, Angelim pedra e outras, foi recolhida no início de março em um caminhão abordado próximo ao km 433 da Rodovia Brigadeiro Faria Lima - o motorista não apresentou documentação de origem da mercadoria.

As madeiras foram entregues pelo 4º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), que também realizou a apreensão. A unidade especializada da PM comumente realiza a doação de ‘mercadorias’ ilegais apreendidas a instituições públicas, por meio de requerimentos.

Os materiais serão usados em reparos das instalações, atividades lúdicas e fisioterápicas com os pacientes e fabricação de móveis para uso da unidade de saúde.

Publicado em Outras Cidades

SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP - As vésperas do Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6), a Volkswagen do Brasil reforça seu compromisso com o planeta e celebra a melhoria da eficiência ambiental no processo produtivo de suas quatro fábricas no País: Anchieta (em São Bernardo do Campo), São Carlos e Taubaté, no Estado de São Paulo; e São José dos Pinhais, no Paraná; além do Centro de Peças e Acessórios de Vinhedo (SP).

A empresa reduziu em 28% o consumo de água e em 86% a destinação de resíduos para aterro, ambos por veículo produzido, em suas fábricas neste ano (janeiro a abril) em relação ao ano base de 2010. As fábricas de veículos Anchieta e São José dos Pinhais já são aterro zero, ou seja, não enviam resíduos para aterro. Na fábrica de automóveis de Taubaté e na unidade de motores, em São Carlos, 98% dos resíduos que iam para aterro, agora seguem para reciclagem ou reúso.

Esses resultados positivos somam-se a diversas outras iniciativas de melhoria ambiental e energética. Desde 2014, 1.085 novas ações ambientais foram implementadas pela Volkswagen do Brasil em seu processo produtivo. Nas quatro fábricas, 100% da energia elétrica utilizada vêm de fontes renováveis. As unidades estão implementando iluminação LED e motores de alta eficiência.

"A proteção ambiental e a eficiência energética são tratadas como prioridade pela Volkswagen do Brasil nas iniciativas de modernização de seu processo produtivo. Além de cumprir os objetivos ambientais do Grupo VW, temos um compromisso com a sociedade e com o nosso planeta para tornar nossas fábricas cada vez mais eficientes e também promover a conscientização ambiental dos nossos empregados", afirma Rafael Pestana, gerente executivo de Planejamento de Manufatura da Volkswagen do Brasil.

Um exemplo é a prensa PXL "Extra Large" da área de Estamparia da fábrica Anchieta, que traz entre os principais benefícios ambientais a redução do consumo de energia, água, óleo e emissões de CO2. A prensa é utilizada para estampar peças de todos os veículos produzidos sob a Estratégia Modular MQB da unidade Anchieta, ou seja, VW Nivus, VW Polo e VW Virtus. Com a nova PXL, várias peças que eram produzidas em Taubaté foram transferidas para a Anchieta, reduzindo o transporte interplantas e, consequentemente, o trafego de caminhões e emissões de CO2 em aproximadamente 45% / Base - GHG Protocol. Com a PXL, agora todas as fábricas dispõem do mesmo nível de tecnologia e qualidade encontrado no Grupo VW mundialmente.

Rumo à neutralidade em carbono
As iniciativas ambientais da Volkswagen do Brasil estão alinhadas aos programas globais da empresa. A Volkswagen foi a primeira fabricante de automóveis a aderir ao Acordo de Paris e tem como objetivo tornar-se climaticamente neutra no mundo até 2050.

Programa Zero Impact Factory: alta eficiência em produção
O programa global Zero Impact Factory tem o objetivo de melhorar ainda mais a eficiência ambiental de suas fábricas, com foco na neutralização de CO2 e nas ações ecologicamente exemplares. A iniciativa faz parte da estratégia mundial do Grupo VW, a Go To Zero, que prevê a neutralidade em emissão de CO2 em todas as suas fábricas até 2030. Na Volkswagen do Brasil, a meta inicial é melhorar a eficiência ambiental de suas fábricas em aproximadamente 30% até 2025, em relação a 2010.

O programa Zero Impact Factory tem três etapas importantes: em primeiro lugar, evitar o impacto ambiental o máximo possível desde o início, projetando novos processos com melhor eficiência. Em segundo lugar, reduzir efetivamente o impacto ambiental, adotando o uso de energias ambientalmente sustentáveis e materiais recicláveis, por exemplo. O terceiro passo são as ações para compensar os impactos causados ao meio ambiente pelas emissões de CO2.

#Project1Hour: 660 mil empregados juntos pela proteção do clima
O Grupo Volkswagen também promove a conscientização constante de seus empregados para que sejam multiplicadores de iniciativas em prol do meio ambiente dentro e fora das fábricas.

Entre as ações recentes está o #Project1Hour, que mobilizou os 660 mil empregados das 12 marcas do Grupo Volkswagen no Dia da Terra (22/4/21), incluindo o Brasil, para interromperem seu trabalho por uma hora e discutirem sua contribuição para a proteção climática. Além da conscientização, a iniciativa gerou novas ideias que podem ser implementadas na empresa e na vida pessoal em prol do meio ambiente.

Publicado em Outras Notícias

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos departamentos de Gestão do Cuidado Ambulatorial e de Vigilância em Saúde, comunica que permanece vacinando contra a COVID-19 nesta quinta-feira (3/6), na sexta (4/6) e  no sábado (5/6).

A vacinação será realizada nas unidades básicas de saúde (UBS's) do Cidade Aracy, Redenção, Santa Felícia, São José e Azulville, das 9h às 13h.

Nesta etapa devem procurar as unidades pessoas acima de 30 anos com comorbidades e pessoas com deficiência permanente que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC). Também podem ser imunizados com a 1ª ou 2ª doses, os  idosos com 60 anos ou mais, profissionais da saúde em 2ª dose e profissionais da educação em 1ª e 2ª doses, sendo que para a 1ª dose é obrigatório a entrega de QRcode impresso);  motoristas e cobradores (1ª dose com entrega de Qrcode impresso) e gestantes com comorbidades e puérperas com comorbidades. Esse grupo está sendo imunizado contra a COVID-19 somente com a CORONAVAC.

Para agilizar o atendimento todos devem fazer o cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br.

As pessoas com comorbidades devem apresentar documento com foto e CPF, comprovante de endereço e não esquecer de levar relatório médico legível que comprove a condição de saúde que deve estar em consonância com o Plano do Governo do Estado de São Paulo, disponível no link http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/RelatorioComorbidades.

Já para receber a segunda dose é necessário levar documento com foto e CPF e a carteirinha de vacinação com a anotação da 1ª dose.

Publicado em Coronavírus

SÃO PAULO/SP - O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que todos os brasileiros acima de 18 anos residentes no Estado de São Paulo receberão pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19 até o fim de outubro. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 2.

O prazo para a imunização completa, com as duas doses, vai depender do tipo de vacina aplicada. O intervalo entre as doses de coronavac é de quatro semanas, enquanto a segunda dose das vacinas da AstraZeneca e da Pfizer é aplicada 12 semanas após a primeira. Veja a programação da aplicação da primeira dose:

  • 55 a 59 anos: 1º a 20 de julho;
  • Profissionais da educação: 21 a 31 de julho;
  • 50 a 54 anos: 2 a 16 de agosto;
  • 45 a 49 anos: 17 a 31 de agosto;
  • 40 a 44 anos: 1º a 10 de setembro;
  • 35 a 39 anos: 11 a 20 de setembro;
  • 30 a 34 anos: 21 a 30 de setembro;
  • 25 a 29 anos: 1 a 10 de outubro;
  • 18 a 24 anos: 11 a 31 de outubro

A projeção é baseada nas informações do Ministério da Saúde. "Temos a certeza de que se a entrega for feita de acordo com aquilo que está projetado pelo ministério, e até com uma possível redução de doses, poderemos completar o calendário vacinal", disse Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Imunização.

Doria também anunciou que a vacinação para pessoas com comorbidade e com deficiência será apliada no dia 7 de junho. Pessoas acima de 18 anos com essas condições poderão se vacinar.

O governador também disse que a vacinação para professores entre 45 e 46 anos foi antecipada e começará no dia 9 de junho.

Doria pediu ao parlamento europeu e à presidência da União Europeia que autorizem a entrada de pessoas imunizadas com a coronavac. O imunizante foi aprovado para uso emergencial pela OMS na terça, mas ainda não entrou na lista das vacinas que dão "luz verde" para os turistas entrarem na Europa. "Por enquanto, nós precisamos que a comissão europeia faça essa aprovação (da coronavac)", disse Patricia Ellen, secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Rui Curi, diretor-presidente da fundação Butantan, disse que mais seis mil litros de IFA para a produção da coronavac será enviado ao País no dia 28 de junho. Isso será suficiente para produzir 10 milhões de doses.

Com o feriadão que começa nesta quinta, Doria fez um apelo para que a população não faça aglomerações. Até esta quarta, pelo menos 3.314.631 pessoas já foram infectadas pelo coronavírus no Estado e 112.927 pessoas morreram em decorrência da covid. Os leitos de UTI têm taxa de ocupação de 81,2% no Estado e 79,9% na Região Metropolitana de São Paulo.

 

 

*Por: Mariana Hallal / ESTADÃO

Publicado em Coronavírus
Quarta, 02 Junho 2021 13:13

Bombeiros evitam tentativa de suicídio

SÃO CARLOS/SP - O Corpo de Bombeiros foi acionado por populares na manhã de hoje, 02, para atender uma ocorrência de que uma pessoa estaria em surto psicótico no, Jardim Gibertoni, em São Carlos.

Nossa reportagem esteve ao local e segundo informações, o rapaz que é deficiente auditivo estava no penúltimo andar e o Militar teve que subir no último andar e descer de rapel com uso de cordas e equipamentos adequados e através da linguagem de libras conseguiu evitar o pior.

Os Bombeiros acionaram os familiares para ficar com rapaz.

O auto-bomba 09-401, a UR 09-410, a VO do Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local.

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.

Todos os anos, milhares de pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

Formas de prevenção

Um dos falsos mitos sociais em torno do suicídio é que a pessoa que tem a intenção de tirar a própria vida não avisa, não dá pistas. Isso não é verdade e devemos considerar seriamente todos os sinais de alerta que podem indicar que a pessoa está pensando em suicidar-se.

Saber reconhecê-los em você ou em alguém próximo é o primeiro e o mais importante passo. Por isso, sempre fique de olho no seguinte:

  • Problemas de conduta ou manifestações verbais
  • Preocupação com sua própria morte ou falta de esperança
  • Expressão de ideias ou de intenções suicidas
  • Isolamento
  • Outros fatores
Publicado em Policial

SÃO CARLOS/SP - A Polícia Militar foi acionada para atender mais uma ocorrência de violência doméstica, desta vez no São Carlos VIII.

De acordo com informações, por volta das 4h da madrugada de hoje, 02, em um apartamento na Rua Aurora Godoy Carrera, uma discussão entre um homem de 30 anos, com uma mulher de 42 anos, teria chegado as vias de fato.

A filha da mulher, de 27 anos, vendo a situação se apoderou de uma faca e foi pra cima do valentão, que sofreu alguns ferimentos.

Diante dos fatos, o trio foi conduzido ao Plantão Policial, onde foram ouvidos pelo delegado.

Publicado em Policial

Parlamentar destaca importante legado do cientista para a cidade e o país

 

SÃO CARLOS/SP - O vereador Azuaite Martins de França (Cidadania) propôs que a Câmara Municipal institua o “Prêmio Professor Sérgio Mascarenhas de Oliveira de Ciência e Inovação”,  e ao manifestar nesta terça-feira (1), voto de pesar pelo falecimento do cientista – ocorrido na segunda-feira (31) -, solicitou que o Legislativo são-carlense declarasse luto oficial de três dias como homenagem póstuma.

“A lição de casa do professor Sérgio Mascarenhas para todos nós é defender as universidades públicas e, ao fazê-lo, defender o Brasil”, disse Azuaite em pronunciamento na sessão plenária da Câmara. Citando a frase do escritor russo Leon Tolstoi (1828-1910) – “se queres ser universal, começa por pintar a tua própria aldeia" - o parlamentar disse que Mascarenhas “colocou o universo nessa província e fez com que ela ganhasse o universo e a grandiosidade de se tornar a Capital da Tecnologia” .

“Sérgio Mascarenhas é o homem que eu gostaria de ser pela sua visão de futuro, seu espírito de solidariedade, por tudo aquilo que conheço dele – e felizmente tive o prazer de privar um povo de seu convívio e de sua amizade”,  acrescentou.

Para Azuaite, “o professor Sérgio é uma das pessoas essenciais para a cidade de São Carlos e para sua história, porque lá atrás, em 1953, traçou o plano para fazer da cidade aquilo que ela é e, mais que isso, aquilo que ela vai ser”. Destacou que, nos anos 1950, Mascarenhas e a professora Yvonne Primerano, professores universitários na capital federal, o Rio de Janeiro, resolveram aceitar o convite da nascente Universidade de São Paulo no campus de São Carlos, então uma cidade pequena, com algumas indústrias, mão de obra operária e escolas como o Instituto Dr.Alvaro Guião, a escola Industrial, o Senai, a Escola de Educação Física, a escola Dom Gastão na Vila Prado.

 “Sérgio Mascarenhas ousou fazer crescer a USP em São Carlos com suas aulas, talento e visão de mundo; articulou com Ernesto Pereira Lopes e outras pessoas e fez surgir posteriormente a Universidade Federal de São Carlos, então a única universidade federal do estado de São Paulo”, ressaltou.

O parlamentar acrescentou: “Ele inventou cursos – não existia o curso de engenharia de materiais no Brasil, foi ele quem fez, articulou-se com o resto do Brasil e com o mundo. Fundou a Embrapa Instrumentação, vislumbrando a necessidade de colocar a física na agricultura, casando a ciência com a tradição da agricultura brasileira – fazendo do agricultor e do pecuarista que choravam a falta de apoio do governo – personagens decisivos no agronegócio, hoje responsável pela pauta maior de exportações e pelo que ainda tem de positivo no PIB do Brasil”.

“O professor Mascarenhas pensou estrategicamente a cidade de São Carlos. Imagine a cidade sem os campi I e II da USP, a UFSCar e a Embrapa, sem os alunos e pesquisadores.  São Carlos seria uma cidade medíocre, não fossem as universidades e o legado que ele nos deixa”, concluiu Azuaite.

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - A polícia localizou na terça-feira (1), na favela do Heliópolis, zona sul de São Paulo, um relógio que seria do soldado Leandro Patrocínio, que está desaparecido desde a noite do último sábado (29), quando imagens de câmera de segurança registraram o policial caminhando próximo a uma estação de metrô que fica nas imediações da comunidade.

Outra pista de que o soldado teria ido para comunidade do Heliópolis, conforme as investigações, é que o cartão de débito dele foi utilizado em um estabelecimento da região, em uma compra de R$ 12. As informações são da Record TV.

Equipes da Polícia Militar fazem buscas na região e contam com apoio de cães farejadores para encontrar o possível paradeiro do policial. Os cachorros teriam indicado rastro do desaparecido em uma região de mata, cujo terreno pertence à Sabesp e à Petrobras.

Leandro está desaparecido. Ele foi visto pela última vez saindo da estação Sacomã da linha 2-Verde do Metrô, por volta das 22h30 de sábado (29), segundo a PM.

O soldado está lotado em um batalhão da rodovia Anchieta, da Polícia Rodoviária Estadual, em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo. Ele entraria no trabalho às 5h de domingo (30), porém não apareceu no batalhão.

Em entrevista para a Record TV, a irmã do policial disse que ele falou com a esposa pelo telefone pouco tempo depois de desaparecer, e uma terceira pessoa entrou na conversa dizendo que estava com ele.

PMs de todo estado de São Paulo estão em oração para que o PM seja encontrado o quanto antes.

 

 

*Do R7, com informações da Record TV

Publicado em Outras Notícias

ARARAQUARA/SP - Uma idosa de 70 anos procurou o Plantão Policial na tarde de terça-feira (1), para denunciar uma mulher pelo furto de seu cartão do Banco do Brasil.

A idosa, que é pensionista e moradora do bairro do Santa Angelina, na cidade de Araraquara, relatou que a acusada de 35 anos, era sua amiga, e que por vezes a acompanhou até a agência da Rua Padre Duarte (rua 4) no centro, para fazer operações e saques.

A vítima disse ser possível que a acusada tenha visto e memorizado sua senha ao digitá-la no caixa eletrônico em alguma das ocasiões.

Em data que não se recorda, a idosa alega que a mulher furtou o cartão de sua bolsa e no dia 10 de maio conseguiu efetuar empréstimos no caixa eletrônico da agência, chegando ao valor total de R$13.400,00, sacando o dinheiro posteriormente.

Segundo a vítima, além dos empréstimos, a mulher também fez compras utilizando o seu cartão.

A Polícia Civil irá investigar o caso.

 

 

*Por: Ed Junior / PORTAL MORADA

Publicado em Araraquara

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Junho 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        
Propagandas gratuitas right 2