fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta quinta-feira (22/10) os números da COVID-19 no município.

São Carlos contabiliza neste momento 3.374 casos positivos para COVID-19 (23 resultados positivos foram divulgados hoje), com 51 óbitos confirmados e 86 descartados.

Dos 3.374 casos positivos, 3.111 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 254 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 187 receberam alta hospitalar e 48 positivos internados foram a óbito. 3.226 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.930 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (93 resultados negativos foram divulgados hoje).

Estão internadas neste momento 34 pessoas, sendo 15 adultos na enfermaria (9 positivos, 3 suspeitos e 3 negativos). Na UTI adulto estão internadas 15 pessoas (13 positivos e 2 suspeitos). Na enfermaria 4 crianças estão internadas, 1 com resultado positivo para COVID-19, 1 com suspeita da doença e 2 com resultado negativo. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Três pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 42,9% (12 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

 

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 17.508 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 16.421 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.087 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 10.347 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 8.128 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.162 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 57 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Iniciativa da UFSCar recebe desenhos, pinturas, dança e música de crianças e jovens entre 0 e 17 para exposição virtual

 

SÃO CARLOS/SP - O Festival cultural virtual SemeAR-TE, organizado pelo InformaSUS da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tem como objetivo apresentar diferentes vivências cotidianas de crianças e adolescentes durante a pandemia de Covid-19, valorizando a multiplicidade de formas de expressão artístico-cultural, a partir da voz desse público e da sensibilidade e percepção dos seus cuidadores. A iniciativa recebe obras como desenhos, pinturas, dança, música e outros tipos de expressão artística para a exposição virtual. O Festival acontece até o dia 28 de novembro e a inscrição das peças é gratuita.

A ideia do SemAR-TE é dar cor, voz e forma aos sentimentos, ações e pensamentos de crianças e adolescentes a partir da arte. O Festival está dividido em três eixos: Agir, para crianças entre 0 e 6 anos; Pensar, para o público entre 7 e 12 anos incompletos; e Sentir, para adolescentes entre 12 anos completos e 17 anos.

As obras devem ser inscritas conforme as orientações do edital, disponível no site do InformaSUS (www.informasus.ufscar.br/festival-semear-te). Todas as informações do SemeAR-TE estão no site e nas redes sociais do Festival - Facebook (facebook.com/festivalsemearte) e Instagram (instagram.com/festivalsemearte).

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta segunda-feira (19/10) os números da COVID-19 no município. 

São Carlos contabiliza neste momento 3.304 casos positivos para COVID-19 (02 resultados positivos foram divulgados hoje), com 49 óbitos confirmados, 1 suspeito e 85 descartados.

O óbito suspeito é de um homem de 80 anos, internado desde 15/10 e que morreu neste domingo (18/10), porém a Vigilância aguarda resultado do exame.

Outros dois óbitos foram descartados: mulher, 78 anos, internada em 30/09, com resultado negativo para COVID-19 e que morreu também neste domingo (18/10) e de outra mulher de 87 anos, internada em 18/10, com resultado negativo para COVID-19 e que morreu nesta segunda-feira (19/10).

Uma mulher de 89 anos de Ribeirão Bonito, internada em hospital de São Carlos desde 17/10, com resultado positivo para COVID-19, morreu neste domingo (18/10). De acordo com protocolo do Ministério da Saúde o óbito é computado para a cidade de origem.

Dos 3.304 casos positivos, 3.055 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 247 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 182 receberam alta hospitalar e 46 positivos internados foram a óbito. 3.201 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.517 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (05 resultados negativos foram divulgados hoje).

Estão internadas neste momento 31 pessoas, sendo 17 adultos na enfermaria (9 positivos, 6 suspeitos e 2 negativos). Na UTI adulto estão internadas 13 pessoas (12 positivos e 1 suspeito). Na enfermaria 1 criança está internada com resultado negativo para COVID-19. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Quatro pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 32,2% (9 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.888 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 16.184 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 704 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 10.163 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.951 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.102 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 110 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa neste sábado (17/10) os números da COVID-19 no município. 

 

São Carlos contabiliza neste momento 3.302 casos positivos para COVID-19 (10 resultados positivos foram divulgados hoje), com 49 óbitos confirmados e 83 descartados.

 

O óbito descartado é de um homem, de 30 anos, internado em 14/10, com resultado negativo para COVID-19 e que morreu neste sábado (17/10).

 

Dos 3.302 casos positivos, 3.055 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 244 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 177 receberam alta hospitalar e 46 positivos internados foram a óbito. 3.153 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.512 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (44 resultados negativos foram divulgados hoje).

 

Estão internadas neste momento 32 pessoas, sendo 18 adultos na enfermaria (11 positivos, 5 suspeitos e 2 negativos). Na UTI adulto estão internadas 12 pessoas (11 positivos e 1 suspeito). Na enfermaria 2 crianças estão internadas, todas com resultado negativo para COVID-19. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Três pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 28,6% (8 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

 

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.776 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 16.046 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 730 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos).10.053 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.946 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.100 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 07 aguardam resultado de exame.

 

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta sexta-feira (16/10) a 49ª morte por COVID-19 no município.
Trata-se de um homem de 65 anos, internado desde 25/09 e que morreu no último dia 12 de outubro, porém a notificação do óbito confirmando COVID-19 somente foi repassada para a Vigilância Epidemiológica nesta sexta-feira (16/10).
São Carlos contabiliza neste momento 3.292 casos positivos para COVID-19 (12 resultados positivos foram divulgados hoje), com 49 óbitos confirmados e 82 descartados.
Dos 3.292 casos positivos, 3.047 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 242 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 174 receberam alta hospitalar e 46 positivos internados foram a óbito. 3.134 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.468 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (45 resultados negativos foram divulgados hoje).
Estão internadas neste momento 35 pessoas, sendo 18 adultos na enfermaria (11 positivos, 3 suspeitos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 15 pessoas (12 positivos, 1 suspeito e 2 negativos). Na enfermaria 2 crianças estão internadas, todas com resultado negativo para COVID-19. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Dois pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 42,9% (12 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.752 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 15.953 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 799 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos). 10.052 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.903 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.090 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 59 aguardam resultado de exame.
O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Câmara Municipal realizou audiência pública para esclarecimento sobre os gastos do município de São Carlos no combate à pandemia da Covid-19,conforme solicitação do vereador Paraná Filho através de requerimento aprovado por unanimidade. A audiência na quarta-feira (14) foi presidida pelo vereador Paraná Filho, com presenças do secretário municipal de Saúde, Marcos Palermo, do secretário Municipal de Fazenda, Mário Antunes e do vereador Elton Carvalho, presidente da Comissão de Saúde da Câmara. Também compareceu a chefe de gabinete da secretaria municipal de Saúde, Vanessa Barbutto. 

Em função das restrições impostas pela pandemia à presença de público na sala das sessões da Câmara, o evento foi transmitido pela TV e online pelo Facebook, Youtube e página oficial do Legislativo.

Paraná Filho disse que a audiência atendeu ao princípio da transparência na administração pública e destacou a importância de serem feitos esclarecimentos públicos sobre os gastos do município no combate à Covid-19 e também acerca dos apontamentos do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

O secretário Marcos Palermo enfatizou que São Carlos  iniciou as atividades emergenciais ainda no final do mês de fevereiro, com um trabalho de reestruturação. Seguiram-se a quarentena e a decretação de calamidade pública.  Palermo fez um histórico das atividades da secretaria no enfrentamento da Covid-19, ressaltando que São Carlos conseguiu reverter grande número de casos da doença e  é hoje a primeira cidade da região com menor mortalidade.

Mário Antunes, secretário municipal de Fazenda, considerou “atitude louvável da Câmara” a realização da audiência pública e apresentou números detalhados sobre receita e despesa de São Carlos durante a pandemia. Os números estão disponíveis para consulta no site do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

Antunes informou que o município recebeu até 30 de setembro passado R$ 23. 781. 358,21 para o enfrentamento da Covid-19, sendo R$ 21. 402. 150, 20 da União, R$  1. 995. 320, 00  do governo do Estado, R$ 383. 888,01 em doações à Secretaria Municipal de Saúde (oriundos do MPE e MPF).  A soma total de gastos, conforme o secretário, foi de R$ 17.532.804,44. A reserva atual é de R$ 2 880 553, 51 para ser utilizado mediante procedimento licitatório.

Os  números totais da despesa, segundo o secretário, não são se referem apenas à secretaria municipal de Saúde, mas também a outras pastas, como a secretaria municipal de Cidadania e Assistência Social.  Para a Saúde no enfrentamento da pandemia foram destinados R$ 15 560 390,87 e R$ 1 972 413,57 para outras secretarias.

Durante a audiência, Paraná Filho pediu informações sobre apontamentos do TCE e também sobre o limite prudencial de gastos e o vereador Elton Carvalho solicitou dados sobre as despesas do município. Foram detalhados os gastos com EPIs e equipamentos, exames laboratoriais, contratos de terceirizados, hospital de campanha, leitos de UTI e Santa Casa.

Foram gastos com  EPIs, insumos e equipamentos (R$ 1,1 milhão), exames laboratoriais (R$ 2,1 milhões), contrato de terceirização (R$ 3,5 milhões), Hospital de campanha (R$ 343 mil), leitos de UTI (R$ 2,3 milhões), leitos de enfermaria (R$ 1,2 milhão), alojamentos para médicos que não moram em São Carlos (R$ 164 mil), repasses para a Santa Casa (R$ 4,5 milhões).

BUENOS AIRES - O astro Lionel Messi pediu mais educação para o desenvolvimento dos jovens e luta pela igualdade na sociedade argentina, em meio à pandemia do coronavírus.

Messi se referiu a essas questões alheias ao futebol em uma entrevista à revista La Garganta Poderosa, uma publicação que pertence à uma organização social feita por pessoas de bairros pobres da Argentina, publicada nesta quinta-feira (15).

“A educação é a base de tudo”, disse o atacante do Barcelona, que é capa da edição número 100 da revista. “Quando não há conhecimento da realidade, a opinião não tem valor, é puro ruído”, acrescentou.

Messi pediu para que questões fundamentais sejam preservadas em meio à pandemia, “como a água, a eletricidade, e inclusive os alimentos de primeira necessidade”.

“A desigualdade é um dos grandes problemas da nossa sociedade e é preciso lutar para corrigir isso o quanto antes”, apontou o atleta, de 33 anos.

No âmbito desportivo, depois de representar a seleção argentina nos dois primeiros jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, Messi disse que está menos obcecado com o gol e que tenta “direcionar o máximo para o coletivo”.

 

 

*Por: Ramiro Sandolo / REUTERS

Procedimentos para melhorar região de olhos e testa estão em alta; público com menos de 30 anos estão entre os adeptos

 

SÃO CARLOS/SP - Há pouco mais de um mês da reabertura do comércio de rua para alguns setores da economia em Ribeirão Preto (SP), a Clínica Fisioforma – rede especializada em tratamentos corporais, faciais e emagrecimento – registrou um aumento na procura por tratamentos estéticos mesmo atendendo com algumas restrições, para evitar a propagação do Covid-19 e prevenir a população do contágio pelo vírus.

De acordo com a fisioterapeuta e diretora da marca Fisioforma, Luciana Sensini, a face é dividida em terços e que o uso de proteções faciais, como as máscaras contra o coronavírus, evidencia a área chamada de terço superior, ou seja, testa, sobrancelhas e olhos.

“Quem está descontente com a aparência dessas regiões tem encontrado na toxina botulínica um aliado. O famoso Botox, é eficaz para o desaparecimento de linhas de expressão porque paralisa a musculatura. Esses procedimentos não necessitam de tempo de recuperação, apesar de a região que recebe as injeções ficar levemente inchada por algumas horas”, explica.

A eficácia do tratamento tem despertado o interesse de um novo público, pessoas com menos de 30 anos estão optando pela aplicação para prevenção de rugas.

“Muitos pacientes são propícios a desenvolver rugas precoces em determinadas regiões, devido a tendência genética, ou até mesmo por ser uma pessoa muito expressiva. Recorrer à toxina botulínica é uma saída para evitar sinais mais profundos. A partir do momento que a paciente realiza a aplicação, educamos a musculatura e alcançamos um resultado surpreendente na prevenção dos sinais”, esclarece Luciana.

Atenta ao aumento da procura do procedimento que ganhou destaque na pandemia, a rede de clínicas Fisioforma criou o Botuclub, o primeiro clube de toxina botulínica do Brasil.

O projeto é uma aposta e tanto para quem deseja ter uma pele lisinha, sem muitas marcas de expressão ou rugas, com o melhor custo benefício. O Botuclub dá o direito a duas aplicações de toxina botulínica no ano e dois retoques, por um preço fixo, 12x de R$ 149 (doze parcelas de cento e quarenta e nove reais), cobrados através do crédito recorrente para não comprometer o limite do cartão. Tudo isso, com a total segurança de uma equipe multidisciplinar certificada e utilização de produtos regulamentados pela Anvisa.

O clube oferece outros benefícios além do valor. “Ao se associar no Botuclub e indicar os amigos, o cliente acumula Botupoints, pontos que garantem desde descontos especiais nas parcelas até a isenção da mensalidade (cada amigo (a) indicado (a) vale 1 Botupoint). Ao acumular 10 Botupoints, o procedimento sai de graça”, explica Amanda Buchivieser, diretora de marketing da Fisioforma.

“As constantes inovações promovidas pela rede estão diretamente ligadas ao conceito de estética que está cada vez mais presente e associado à saúde, havendo uma relação direta entre aparência e autoestima que tem se mostrado uma grande aliada da vida saudável, finaliza Luciana.

Mais informações sobre o Botuclub podem ser obtidas por meio do site https://www.botuclub.com.br/.

Conheça todas as unidades da Clínica Fisioforma:

Ribeirão Preto

Avenida Independência, n° 2.079

(16) 3637-4488 | (16) 99273-2320

 

São Paulo

Avenida Arnolfo Azevedo, n° 229 - Pacaembu

(11) 3862-3685 | (16) 96387-3535

 

São Carlos

Rua Dom Pedro II, n° 1.341 - Centro

(16) 3361-3827 | (16) 98801-3827

 

Franca

Avenida Major Nicácio, n° 2.175

(16) 3721-6865 | (16) 99986-6686

 

Poços de Caldas

Av. Dr. David Benedito Otoni, nº 808 – Jardim dos Estados

(35) 4141-775| (35) 99116-4500

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta quinta-feira (15/10) os números da COVID-19 no município.
São Carlos contabiliza neste momento 3.280 casos positivos para COVID-19 (44 resultados positivos foram divulgados hoje), com 48 óbitos confirmados e 82 descartados.
Dos 3.280 casos positivos, 3.038 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 239 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 171 receberam alta hospitalar e 45 positivos internados foram a óbito. 3.127 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.423 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (123 resultados negativos foram divulgados hoje).
Estão internadas neste momento 33 pessoas, sendo 17 adultos na enfermaria (13 positivos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 14 pessoas (11 positivos, 2 suspeitos e 1 negativo). Na enfermaria 2 crianças estão internadas, 1 com suspeita da doença e outra com resultado negativo para COVID-19. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Três pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 39,3% (11 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.682 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 15.875 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 807 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos). 9.992 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.859 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.078 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 55 aguardam resultado de exame.
O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta quarta-feira (14/10) os números da COVID-19 no município. 

São Carlos contabiliza neste momento 3.236 casos positivos para COVID-19 (13 resultados positivos foram divulgados hoje), com 48 óbitos confirmados e 82 descartados.

Dos 3.236 casos positivos, 2.995 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 238 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 170 receberam alta hospitalar e 45 positivos internados foram a óbito. 3.101 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.300 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (37 resultados negativos foram divulgados hoje).

Estão internadas neste momento 37 pessoas, sendo 22 adultos na enfermaria (15 positivos, 3 suspeitos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 14 pessoas (10 positivos, 3 suspeitos e 1 negativo). Na enfermaria 1 criança está internada, porém com resultado negativo para a doença. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Dois pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 35,8% (10 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.614 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 15.791 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 823 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos). 9.922 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.739 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.039 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 144 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31