fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Terça, 01 Setembro 2020

São Carlos faz parte do programa pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda

 

SÃO CARLOS/SP - O Governo de São Paulo anunciou, no último dia 31 de agosto, a abertura de 20 mil vagas exclusivas para mulheres em cursos online gratuitos na área de Tecnologia da Informação (TI). As capacitações fazem parte do SP TECH, novo programa de qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho do Estado em parceria com os municípios.

Com quatro opções de cursos online, as mulheres terão a oportunidade de profissionalização na área de Tecnologia da Informação com rapidez; participantes também terão acesso facilitado a programa de crédito. Todas as aulas serão realizadas no formato online, no modelo de Ensino à Distância (EAD), sem que as participantes precisem sair de casa.

De acordo com o secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda de São Carlos, Walcinyr Bragatto, podem participar mulheres a partir dos 16 anos, alfabetizadas e domiciliadas no estado de São Paulo. “Caso o número de inscrições seja superior ao número de vagas, serão priorizadas as mulheres desempregadas, com baixa renda ou com deficiência”, ressalta Bragatto.

As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas até o dia 4 de setembro pelo site www.cursosviarapida.sp.gov.br. As aulas começarão no próximo dia 14 de setembro e poderão ser feitas remotamente, da própria casa da mulher que se inscrever.

A convocação das candidatas ocorrerá por e-mail. Para receber o certificado, a estudante deve completar a carga horária total do curso e atingir 7,5 de média nas avaliações. 

São quatro opções de cursos introdutórios, oferecidos na plataforma da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Com duração de 80 horas, que podem ser concluídos em três meses, os cursos são: Lógica de Programação, Banco de Dados, Desenvolvedor Web e Desenvolvedor Mobile. 

Todos os cursos oferecem um módulo de empreendedorismo em parceria com o SEBRAE, possibilitando acesso a crédito em condições especiais no Banco do Povo. 

Após conclusão dos módulos introdutórios, haverá opções de cursos mais avançados, com matérias conduzidas pela própria estudante. São eles: Ciência de Dados, Desenvolvimento Web/Front-End, Desenvolvimento Web/Back-End e Desenvolvimento Web/Full-Stack. Esses cursos serão oferecidos voluntariamente pelas empresas Alura e Digital Innovation One.

Parceria com o SENAC - Além das 20 mil vagas do SP Tech, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico também firmou parceria com o SENAC para oferecimento de 500 vagas em cursos avançados, preferencialmente para mulheres. Os cursos são em diversas áreas de TI, com duração de 40 e 200 horas. As aulas virtuais serão ao vivo, com material didático e vinculados a uma unidade fixa do SENAC. A preferência é para mulheres que tenham feito os cursos virtuais introdutórios do SP Tech.

Os cursos serão oferecidos em 16 municípios: São Paulo (5 unidades), São Carlos, Araraquara, Bebedouro, Guarulhos, Rio Claro, Itu, Sorocaba, Presidente Prudente, São Vicente, Jundiaí, Osasco, Santos, São José dos Campos, São João da Boa Vista e Sorocaba.

Para esses cursos as inscrições também devem ser feitas até o dia 4 de setembro também pelo site www.cursosviarapida.sp.gov.br.

Publicado em Outras Notícias

São Carlos faz parte do programa pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda

SÃO CARLOS/SP - O Governo de São Paulo anunciou, no último dia 31 de agosto, a abertura de 20 mil vagas exclusivas para mulheres em cursos online gratuitos na área de Tecnologia da Informação (TI). As capacitações fazem parte do SP TECH, novo programa de qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho do Estado em parceria com os municípios.
 Com quatro opções de cursos online, as mulheres terão a oportunidade de profissionalização na área de Tecnologia da Informação com rapidez; participantes também terão acesso facilitado a programa de crédito. Todas as aulas serão realizadas no formato online, no modelo de Ensino à Distância (EAD), sem que as participantes precisem sair de casa.
De acordo com o secretário municipal de Trabalho, Emprego e Renda de São Carlos, Walcinyr Bragatto, podem participar mulheres a partir dos 16 anos, alfabetizadas e domiciliadas no estado de São Paulo. “Caso o número de inscrições seja superior ao número de vagas, serão priorizadas as mulheres desempregadas, com baixa renda ou com deficiência”, ressalta Bragatto.


As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas até o dia 4 de setembro pelo site www.cursosviarapida.sp.gov.br. As aulas começarão no próximo dia 14 de setembro e poderão ser feitas remotamente, da própria casa da mulher que se inscrever.
A convocação das candidatas ocorrerá por e-mail. Para receber o certificado, a estudante deve completar a carga horária total do curso e atingir 7,5 de média nas avaliações.
São quatro opções de cursos introdutórios, oferecidos na plataforma da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Com duração de 80 horas, que podem ser concluídos em três meses, os cursos são: Lógica de Programação, Banco de Dados, Desenvolvedor Web e Desenvolvedor Mobile.
Todos os cursos oferecem um módulo de empreendedorismo em parceria com o SEBRAE, possibilitando acesso a crédito em condições especiais no Banco do Povo.
Após conclusão dos módulos introdutórios, haverá opções de cursos mais avançados, com matérias conduzidas pela própria estudante. São eles: Ciência de Dados, Desenvolvimento Web/Front-End, Desenvolvimento Web/Back-End e Desenvolvimento Web/Full-Stack. Esses cursos serão oferecidos voluntariamente pelas empresas Alura e Digital Innovation One.

Parceria com o SENAC - Além das 20 mil vagas do SP Tech, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico também firmou parceria com o SENAC para oferecimento de 500 vagas em cursos avançados, preferencialmente para mulheres. Os cursos são em diversas áreas de TI, com duração de 40 e 200 horas. As aulas virtuais serão ao vivo, com material didático e vinculados a uma unidade fixa do SENAC. A preferência é para mulheres que tenham feito os cursos virtuais introdutórios do SP Tech.
Os cursos serão oferecidos em 16 municípios: São Paulo (5 unidades), São Carlos, Araraquara, Bebedouro, Guarulhos, Rio Claro, Itu, Sorocaba, Presidente Prudente, São Vicente, Jundiaí, Osasco, Santos, São José dos Campos, São João da Boa Vista e Sorocaba.
Para esses cursos as inscrições também devem ser feitas até o dia 4 de setembro também pelo site www.cursosviarapida.sp.gov.br.

Publicado em Outras Notícias

SÃO CARLOS/SP - No período entre maio de 2019 a abril de 2020, a Câmara Municipal de São Carlos gastou R$ 80,47 por habitante. Nesses meses, o gasto total do Legislativo de São- Carlense, incluindo as despesas com pessoal e custeio, chegou a R$ 20, 278 milhões.

Os dados estão no ‘Mapa das Câmaras’ – levantamento do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) com base em gastos empregados no custeio e no pagamento de pessoal efetuados pelas Câmaras Legislativas dos 644 municípios fiscalizados pela Corte Paulista entre maio de 2019 e abril de 2020.

O custo do Poder Legislativo nos 644 municípios, com mais de 33 milhões de habitantes no estado e com 6.921 vereadores, no período de 12 meses, segundo o TCE, atingiu um montante de R$ 2,890 bilhões – o que representa uma média per capita de R$ 85,85 por habitante.

Segundo o balanço neste período, 39 câmaras municipais têm despesas que excedem o montante de recursos próprios arrecadados pelos municípios que, basicamente, são oriundos do recolhimento de impostos e da cobrança das taxas.

Desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação em conjunto com a Divisão de Auditoria Eletrônica do Estado de São Paulo, o mapa tem como objetivo tornar públicos os recursos utilizados por vereadores e o impacto que o Poder Legislativo causa frente aos orçamentos dos municípios.

Vale lembrar que cada município tem o número de vereadores de acordo com o número de habitantes. São Carlos tem mais de 251 mil habitantes e a Câmara Municipal 21 vereadores.

TOP 3 – Cidades que mais gastaram neste período

Despesa liquidada com pessoal e custeio

Campinas

Guarulhos

São Bernardo do Campo

 

TOP 3 – Cidades que menos gastaram neste período

Despesa liquidada com pessoal e custeio

Lucianópolis

Gabriel Monteiro

Santana da Ponte Pensa

 

TOP 3 – Cidades com custo frente à população

Custo per capita

Borá

Nova Castilho

Flora Rica

 

TOP 3 – Cidades com maior custo por vereador

Campinas

Guarulhos

São Caetano do Sul

 

As informações são do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Clique Aqui e veja todas as cidades do Estado de SP.

Publicado em Política

MUNDO - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ultrapassou o rival democrata Joe Biden como favorito na bolsa de apostas europeia Betfair para vencer as eleições presidenciais do país em 2020, informou a bolsa nesta quarta-feira.

A Betfair Exchange afirmou que quatro apostas de mais de 10 mil libras foram feitas na plataforma durante a noite, das quais três foram em Trump, enquanto a maior aposta da campanha até agora, no valor de 50 mil libras, foi colocada no candidato republicano no fim de semana.

Essas apostas, em parte, ajudaram Trump a assumir a liderança, depois de ter ficado empatado com Biden no início desta semana, completando uma recuperação impressionante nos mercados de apostas.

"Em agosto, Trump tinha as piores chances de reeleição de qualquer presidente em exercício da história e a derrota para Biden parecia cada vez mais provável", disse Darren Hughes, porta-voz da unidade Betfair Exchange da Flutter Entertainment.

Uma pesquisa de opinião nacional Reuters/Ipsos mostrou nesta quarta-feira que 40% dos eleitores registrados apoiam Trump, em comparação com 47% que disseram que votarão em Biden.

A liderança de Biden manteve-se praticamente inalterada nas últimas três semanas, durante as quais ambos os partidos realizaram convenções para oficializar a nomeação de seus candidatos para a Presidência.

 

 

*Por Aaron Saldanha/ REUTERS

Publicado em Política

AMAMBAI/MS - Uma menina de 11 anos ficou grávida após ser estuprada em Amambai, no Sul de Mato Grosso do Sul. O suspeito do crime é padrasto da criança, que confessou o ato à polícia ao ser preso. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável.

De acordo com informações da Polícia Civil, a família mora em uma das aldeias indígenas da cidade. A gravidez de 25 semanas foi descoberta durante uma consulta médica da criança. Ela contou aos profissionais de saúde que era abusada pelo padrasto há mais de um ano, sempre que a mãe saía de casa e a deixava sob os cuidados dele.

O Conselho Tutelar e a polícia foram chamados. A mãe da menina foi ouvida e disse que ficou sabendo da gravidez somente após o exame médico. Ela afirmou não saber do paradeiro do marido havia alguns dias.

O caso começou a ser investigado, a polícia pediu a prisão do rapaz e o mandado foi expedido pela Justiça. Na última terça-feira (1º) ele foi localizado e preso. "Ele não quis falar muito. Apenas confessou", diz o delegado responsável pelo caso, Caio Macedo.

Segundo a investigação, a mãe da menina não tinha conhecimento dos abusos. "Não tivemos indícios de que a mãe sabia do fato. Só descobriu quando levou a filha para atendimento médico. Também não descobrimos indícios de que ele tenha cometido crime contra outras crianças", explica o delegado.

por G1

 

Publicado em Outras Notícias

Abertura das lojas no feriado da Independência do Brasil, na próxima segunda-feira, é opcional das 9h às 16h

 

SÃO CARLOS/SP - Em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), assinada em novembro de 2019 entre o Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região (Sincomercio) e o Sindicato dos Empregados do Comércio de São Carlos e Região (Sincomerciários), ficou definido que o comércio tradicional da cidade poderia abrir de forma opcional no feriado da próxima segunda-feira, dia 7 de Setembro – Independência do Brasil.

Paulo Roberto Gullo, presidente do Sincomercio São Carlos, lembrou que a abertura do comércio em feriados foi uma solicitação dos próprios empresários, antes da pandemia, no sentido de modernizar o trabalho do comércio tradicional de rua. “Definimos o trabalho nesse feriado antes da pandemia e agora, neste momento de retomada gradual do comércio, a decisão nos parece muito bem-vinda para ajudar na movimentação da economia”.

Fase Amarela do Plano SP 

Com as restrições de funcionamento de horários estabelecidas pelo Plano SP foi necessária a assinatura de um aditamento à CCT, ajustando o horário de trabalho para o feriado e para as demais restrições sanitárias. “Como São Carlos está agora na Fase Amarela do Plano SP,  no feriado de 7 de setembro poderá trabalhar das 9h às 16h, com 40% da capacidade, seguindo todas as demais medidas sanitárias”.

Segundo regras estabelecidas na própria CCT e amplamente conhecidas pelos escritórios de contabilidade, a título de contraprestação ao trabalho no feriado, o empregador pagará o dia em dobro referente ao feriado trabalhado. 

Lembrando que as empresas que forem trabalhar com seus funcionários e ainda não solicitaram o certificado para o feriado de 7 de Setembro, devem fazê-lo via: saocarlos.sindmais.com.br, sem o cumprimento da cláusula de adesão. A autorização representa uma segurança ao empresário para que não ocorram passivos trabalhistas no futuro.

 
 
Publicado em Comércio

SÃO PAULO/SP - Anitta resolveu aproveitar nesta última terça-feira (01) dançando muito o novo hit “Tá com o Papato”. A cantora que voltou para o Brasil recentemente, deu o que falar ao surgir de biquíni no Tik Tok.

De óculos de sol e uma bandana no cabelo, a morena deixou os seguidores totalmente chocados com o gingado diferenciado. “Hey oh #patroataoline”, escreveu ela na legenda.

@anitta

Hey oh ##patroataonline

♬ Tá com o Papato (feat. BIN) - Papatinho & Anitta & Dfideliz

 

Recentemente, Anitta resolveu inovar o seu visual na tarde desta terça-feira (01) e deixou os fãs encantados nas redes sociais. A musa divulgou uma foto em que aparece tirando o seu megahair e deu o que falar.

 

 

*Por: Geórgia Santiago / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

MUNDO - A Bloomberg divulgou a informação de que o fundador e CEO da Tesla, Elon Musk, se tornou a terceira pessoa mais rica do mundo, ultrapassando efetivamente o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg.

Segundo a publicação, a riqueza de Musk está agora avaliada nos 115,5 bilhões de dólares (quase 600 bilhões de reais), enquanto Mark Zuckerberg fica pelos 110,8 bilhões de dólares. A riqueza de Musk aumentou 87,8 bilhões de dólares só em 2020.

O mais recente ‘salto na riqueza de Elon Musk estará relacionado com a divisão de ações realizada pela Tesla, que transformou cada ação da empresa em cinco diferentes. A medida destina-se a tornar a empresa mais acessível a investidores individuais.

 

 

*Por: NOTÍCIAS AO MINUTO

Publicado em Economia

Estudo é feito no Brasil e em outros países, com coordenação de universidade canadense

 

SÃO CARLOS/SP - Um estudo coordenado pela McMaster University, do Canadá, está sendo realizado em vários países para construir um panorama de como tem sido ofertado apoio às pessoas com deficiências durante a pandemia de Covid-19. No Brasil, a pesquisa é desenvolvida por Beatriz Helena Brugnaro, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFt) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), sob orientação de Nelci Adriana Cicuto Ferreira Rocha, docente do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da Instituição. O projeto busca voluntários para responderem a um questionário online sobre o tema.

O objetivo do estudo, que tem financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), é verificar qual o apoio que a comunidade brasileira está oferecendo a pessoas com deficiência durante a pandemia de Covid-19 e quais os principais desafios que essa população está enfrentando nesse contexto. "A partir da detecção dos apoios que existem, ou que são ausentes, é possível que sejam fomentadas políticas públicas, além de ações terapêuticas e sociais direcionadas às principais necessidades identificadas", afirma Brugnaro. 

A pesquisa, que é global, com coordenação do professor Olaf Kraus de Camargo, da McMaster University, também está sendo conduzida em outros países como Alemanha, Estados Unidos, Chile, dentre outros. De acordo com Brugnaro, os resultados serão fundamentais para que se construa uma visão global e comparativa entre diversos países. "É importante ao Brasil ter um panorama comparativo com outros países, pois isso poderá auxiliar os gestores e profissionais da Saúde a alinharem ações visando à melhoria da assistência a essa população, especialmente durante a pandemia, mas também de maneira geral e permanente no País", destaca a doutoranda que, junto à sua orientadora, já realizou outras parcerias com Olaf de Camargo.

Para desenvolver o estudo, estão sendo convidados voluntários que responderão a um questionário online (https://bit.ly/3gGEnjr), com tempo de resposta entre 5 e 10 minutos. Os participantes devem ter idade acima de 18 anos, ter deficiência ou alguma relação com pessoas com deficiência, como familiares, amigos, terapeutas, professores ou pesquisadores. As questões abordam o atendimento das pessoas com deficiências durante a pandemia, instalações acessíveis para tratamento, informações sobre a Covid-19 em linguagem acessível, possibilidades de realização de terapias durante a pandemia, entre outros assuntos. As perguntas são as mesmas utilizadas nos outros países, mantendo o padrão coordenado pelo Canadá.  

A participação é anônima. Ao final das perguntas, a pessoa decidirá se deseja, ou não, participar de uma segunda etapa, em ligação de vídeo ou voz com as pesquisadoras, para conversar mais sobre o tema. Os interessados podem responder ao questionário (https://bit.ly/3gGEnjr) até o dia 26 de setembro. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (19) 99758-1342. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 34904720.3.0000.5504).

Publicado em Educação

SÃO PAULO/SP - Uau! Cleo marcou presença no Encontro Com Fátima Bernardes na manhã dessa terça-feira, dia 1º, e falou sobre o processo de aceitação de seu corpo após aparecer com quilos a mais e não se render aos padrões estéticos impostos na sociedade. E sabe quem inspirou bastante a atriz e cantora? Rihanna! Pois é. Primeiro, Cleo começou falando que já recebeu muito ódio:

- Eu já tinha passado por esse tipo de hate algumas vezes, mas acho que quando foi em relação a um processo natural do meu corpo, eu achei muito injusto, porque eu pensei: quantas mulheres passam por isso e não tem uma plataforma para você ser defendida, para você poder falar o que pensa? Porque se você começar a ouvir tudo o que as pessoas falam você começa a se afogar em tanto ódio que você deixa de acreditar em você, isso pode afetar o seu trabalho. Então isso é muito sério. Pressão estética é uma coisa muito séria e que todas as mulheres provavelmente vivem, algumas sabem e outras não.

E disse:

- Mas esse processo, essa ideia que as pessoas têm de que a mulher é pública e que todo mundo tem que ter uma opinião que valha sobre o corpo dela... eu passei por isso muito vividamente ano passado e me senti muito revoltada com tudo isso e falei: eu não vou me esconder como eu sempre fiz. E eu acho que isso é que causou um pouco de expansão desse assunto porque eu falei: eu vou enfrentar. Eu tô 20 quilos acima do que eu estava normalmente. Eu não vou deixar de fazer os meus trabalhos, de ir aos lugares que eu quero ir, de colocar biquíni, porque antes eu me escondia. Acho que ano passado eu tive essa força assim e foi muito importante tanto para o diálogo quanto para mim, pessoalmente.

Ela, que vez ou outra abre o jogo sobre sua intimidade, ainda acrescentou:

- É porque já existe de fato um padrão estético que esperam que a mulher esteja. E se você está fora um pouco, principalmente sendo uma pessoa pública, você já é considerada fora do padrão. E o que as pessoas fazem na sociedade com as pessoas que são consideradas fora do padrão? Tentam destruir elas de toda forma. (...) Eu senti que as pessoas usavam isso para me tratar como se eu não pudesse ser levada a sério, como se eu não tivesse outros valores.

Cleo ainda falou sobre autossabotagem:

- Eu também vi que eu era uma replicadora desses padrões tóxicos que a sociedade exige das mulheres. Eu também pensava coisas muito nocivas em relação a mim, em relação a outras mulheres, então foi um processo de desconstrução para mim, pronfundíssimo, um jeito de olhar para mim com muito mais respeito e para as outras mulheres também, com menos julgamento, um olhar mais profundo mesmo.

 Foi nesse momento que Cleo revelou a sua inspiração em Rihanna, ao falar sobre o apoio que recebe:

- Eu acho que eu tenho um apoio na minha equipe. Eles estão muito prontos, antes de chegar em mim já chegou neles. E eu senti que tinha esse apoio na minha volta. Fora as pessoas que me inspiravam. Eu pensava na Rihanna, quando ela engordou, como todo mundo falou um monte de coisa e ela continuou seguindo em frente, sabe, forte e linda e cheia de sucesso, milionária. E eu falei: é isso, eu vou focar nisso. Então isso me ajudou bastante!

Muito legal, né?

 

 

*Por: ESTRELANDO

Publicado em Celebridades

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30