fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Segunda, 21 Setembro 2020

Suspeito foi detido em flagrante transportado parte das drogas para um imóvel, em Rio Claro

 

RIO CLARO/SP - A Polícia Militar deteve um homem em flagrante, na madrugada desta terça-feira (21), e apreendeu 1,2 mil porções e um tijolo de drogas. Os ilícitos foram apreendidos em duas ações sequentes no bairro Cervezão, em Rio Claro.

Os policiais do 37º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) se deslocaram ao endereço após receberem informações sobre um homem que estaria transportado grade quantidade de drogas para uma residência.

Mediante patrulhamento identificaram o denunciado e efetuaram abordagem, sendo localizadas 982 porções de cocaína e R$397.

Em ação contínua os PMs realizaram buscas no imóvel, sendo encontrados mais 0,490g de pasta base de cocaína e 232 porções e um tijolo de maconha, além de 1 mil embalagens, uma balança de precisão e utensílios.

O suspeito foi detido em flagrante e encaminhado ao Platão Policial de Rio Claro, permanecendo à disposição da Justiça.

Publicado em Outras Cidades

SÃO CARLOS/SP - O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) instaurou um inquérito civil, para investigar eventual improbidade administrativa envolvendo o Chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão.

A solicitação de abertura do inquérito partiu de denúncia realizada pelo vereador Elton Carvalho (Republicanos), protocolado no dia 29 de junho de 2020.

Entenda o caso

Após o jornalista Marcos Rogério do site Fala Porto publicar uma matéria sobre um caso envolvendo o ex-secretário de planejamento e gestão da atual administração, e outra pessoa, num suposto relacionamento, sendo que para ocupar o cargo de Chefe de Gabinete, pagamentos mensais deveriam ser realizados a esta pessoa que estaria se relacionando com o ex-secretário, o assunto repercutiu em toda a cidade. Esta ação é classificada como improbidade administrativa de acordo com a Lei nº 8.429, de junho de 1992.

Comprovantes de depósitos e transferências bancárias foram apresentados. Elton, no exercício da função de vereador e fiscalizador dos atos do poder executivo, entrou com uma representação no Ministério Público que acabou resultando no inquérito civil aberto pelo Promotor Sérgio Martin Piovesan de Oliveira. 

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - Alguns funcionários da prefeitura de São Carlos estão sob suspeita de Covid-19, entre eles dois da secretaria municipal de habitação e desenvolvimento urbano.

O primeiro é o diretor da fiscalização Rodolfo Penela, onde um colaborador entrou em contato com o diretor que disse estar bem e que nos exames constataram ter anticorpos para Covid-19. Mesmo estando sem sintomas, Rodolfo está em isolamento social em sua residência.

Já o segundo é o secretário João Muller, que está com sintomas fez o teste rápido, ai encaminharam pra fazer o teste de PCR-RT, que é o exame que identifica o vírus e confirma a covid-19.

Nossa reportagem entrou em contato via WhatsApp com João Muller, ele afirmou que o teste rápido deu positivo para Covid-19, mas que aguarda a confirmação do exame de PCR. O secretario afirmou que imediatamente se isolou e aguarda o resultado.

Perguntar não ofende, a prefeitura não deveria realizar exames em todos os funcionários da secretaria citada?

SAMU

A Secretaria Municipal de Saúde confirma a internação de um funcionário do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em virtude do novo coronavírus. Trata-se de um rádio-operador do Centro Operacional do SAMU. Ele foi internado na enfermaria do Hospital Universitário, porém por ser hipertenso, foi transferido para a UTI, mas não está entubado. Outro servidor do SAMU também está internado na UTI do HU, da equipe de motolância, estava internado em Araraquara e foi transferido para a UTI em São Carlos. O estado dele no momento é estável.
Outros três servidores do SAMU contraíram COVID-19: duas telefonistas, sendo que uma já retornou ao trabalho e um médico regulador, profissional que julga sobre a gravidade, os recursos necessários ao atendimento, definindo o destino do paciente, informando as condições e previsão de chegada ao hospital ou unidade de pronto atendimento. 
Todos os protocolos sanitários estão sendo cumpridos pelas equipes do SAMU, inclusive os servidores são testados para detecção da doença.

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - A frente fria que derrubou as temperaturas em várias regiões do país animou os lojistas de São Carlos. Os dias mais frios aumentaram a expectativa de vendas das peças do estoque da coleção de inverno.

A empresária Claudia Schiavone Barberio, proprietária da loja Me Mola, ressalta que sempre acha bom quando as temperaturas baixam. “Sempre acho bom quando o tempo muda, ainda mais, porque colocamos as roupas mais quentes de inverno com desconto, pois já iniciamos coleção de primavera verão”, contou. “Sempre tenho uma arara com descontos aqui, mas em especial, mais essa de roupas de frio”, completou.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC), José Fernando Domingues, esse é mais um momento que os lojistas encontram a oportunidade de aumentarem suas vendas. “Sabemos do momento de pandemia que estamos passando e das dificuldades enfrentadas pelos nossos comerciantes. Portanto, eventos como essa frente fria, acabam sendo importantes para aquecer as vendas no comércio local”, enfatiza.

Para a proprietária da Harmonia Tudo Bem, a frente fria ajuda melhorar as vendas na loja. “A procura por peças estilosa e quentinhas, é maior com a baixa na estação”, contou. Ela relata que aproveitou para realizar algumas promoções. “Temos peças promocionais com até 60% de desconto”, afirmou.

Zelão lembra que a ampliação do horário de funcionamento para 8 horas diárias também trouxe boas expectativas para os comerciantes. “Com a ampliação do horário, os consumidores têm mais confiança de sair de casa para fazer suas compras e, do outro lado, os lojistas conseguem dar um atendimento muito melhor e mais seguro para seus clientes”, afirmou.

Por conta da pandemia, muitos lojistas não fizeram grandes investimentos na coleção de inverno e aproveitaram para queimar o estoque que já tinham e estava aguardando o frio chegar para vender.

 
Publicado em Comércio
Terça, 22 Setembro 2020 10:53

Romana Novais e Alok revelam o nome da filha

BRASÍLIA/DF - Nesta última segunda-feira (21), Alok e Romana Novais revelaram na web o nome escolhido para sua filha: Raika. O casal publicou um vídeo feito durante as férias em Pernambuco explicando o motivo da escolha.

“Bonita (de origem espanhola) e deusa do vento (sânscrito). Filha, você já chegou me permitindo sentir as melhores emoções…”, escreveu Romana, que narra o vídeo ao lado do marido.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Bonita (de origem espanhola) e deusa do vento (sânscrito). Filha, você já chegou me permitindo sentir as melhores emoções...

Uma publicação compartilhada por Romana Novais Achkar Petrillo (@romananovais) em

 

Alok também compartilhou o vídeo da revelação. “O amor não se divide, ele se multiplica… Raika”, postou o DJ. A publicação bombou chegando a mais de 1.5 milhões de visualizações e mais de 10 mil comentários em menos de 24 horas.

Recentemente, a médica compartilhou uma foto em suas redes sociais mostrando a barriguinha de quatro meses de gravidez durante um passeio de iate em Pernambuco.

 

 

*Por: Anna Karolina / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

SÃO CARLOS/SP - Garantir o diagnóstico preciso ou resultados confiáveis em pesquisa com SARS –Cov-2 é fundamental. Por isso, é preciso fornecer um material que entregue segurança e minimize os riscos de falha. Duas características sobre os consumíveis plásticos utilizados são fundamentais na entrega de resultados confiáveis: a esterilidade e o tipo de qualidade/pureza do material. Por definição, um produto estéril não contém qualquer organismo vivo em sua superfície, isso garante que não teremos a presença de microrganismos e toxinas indesejados nos ensaios.

O grau de pureza dos consumíveis para o diagnóstico por biologia molecular do SARS-Cov-2, técnica denominada PCR em tempo real, deve garantir que esse material seja livre de algumas enzimas e de DNA humano. Essas impurezas podem interferir diretamente no teste por biologia molecular”, garante Luiza Ayumi Mimura, especialista de produtos da Eppendorf do Brasil, empresa alemã de biotecnologia com foco em Life Science e forte atuação no mercado de diagnósticos e laboratórios acadêmicos.

Pioneira no desenvolvimento e comercialização de instrumentos a partir da década de 1960, a Eppendorf vem atuando desde o início da pandemia mantendo a qualidade conhecida da produção dos seus produtos. A empresa aponta como prioridade  a verificação e certificação de cada lote em relação a sua pureza, sobretudo em consumíveis plásticos, usados em laboratórios que trabalham com SARS-CoV-2, seja na detecção do vírus em amostras de pacientes, seja na produção/estudos de vacina ou pesquisa com análises genéticas do vírus.

“Os consumíveis são testados quanto à presença de diferentes contaminantes indesejados, como enzimas, microrganismos, toxinas e DNA humano. Para evitar a contaminação, a fabricação é totalmente automatizada e monitorada por uma equipe com vestimentas de proteção, respeitando normas, diretivas e regulamentos que se aplicam a produção de materiais para laboratórios de biologia, diagnóstico e industriais”, completa Luiza. 

A especialista aponta algumas medidas adotadas pela Eppendorf para manter a pureza na fabricação de seus produtos, garantindo sua qualidade:

  • ð  Produção com as matérias-primas mais puras
  • ð  Produção totalmente automatizada em condições de sala limpa
  • ð  Inspeções de qualidade e funcionais de todos os lotes
  • ð  Garantia contínua de qualidade de todo o processo de produção – desde o material inicial até o produto final


A Eppendorf, que está completando 75 anos, opera no Brasil desde 1998 na melhoria da pesquisa e trabalho de rotina em laboratórios de análises clínicas, universidades, centros de pesquisa e indústrias, em todo o mundo. Com a ampliação da capacidade nacional de testagem para Covid-19 nos laboratórios, a empresa aumentou suas vendas de consumíveis plásticos em 21% na matriz, na Alemanha e, aqui no Brasil, esse aumento foi de 200% em relação à 2019.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Os PMs Cabos Lima e Moda conseguiram prender um sujeito com entorpecentes na data de ontem, 21, na Rua Miltinho Olaio, no bairro Santa Angelina, em São Carlos.

O patrulhamento era realizado na região oeste do município com vista a uma kombi, produto de furto minutos antes no bairro Santa Felícia. O indivíduo ao ver a viatura dispensou um pacote no chão e tentou se evadir do local, mas foi detido.

Os Militares pegaram o embrulho e constataram que era cocaína. W.T (idade não informada), foi conduzido à DISE, onde foi autuado em flagrante pelo delegado Dr. Miguel Carlos C. Jr. E recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos.

Publicado em Policial

BRASÍLIA/DF - A Caixa realiza hoje (22) o pagamento de R$ 428,7 milhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final de NIS (Número de Identificação Social) 4. Ao todo, mais de 12,6 milhões de famílias cadastradas no programa foram consideradas elegíveis e serão beneficiadas. No total, a Caixa disponibilizará R$ 4,3 bilhões para mais de 16,3 milhões de pessoas.

O pagamento do benefício obedece ao calendário habitual do Bolsa Família. O recebimento do auxílio emergencial é da mesma forma que o benefício regular, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do auxílio emergencial residual, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020 – e recebem o valor do Programa Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial, chegando até R$ 300 ou até R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600, o beneficiário receberá o valor do Bolsa.

 

Saques

A partir de hoje, 3,6 milhões de beneficiários do auxílio emergencial nascidos em fevereiro podem sacar ou transferir os recursos da poupança social digital. Foram creditados R$ 2,3 bilhões para esse público no Ciclo 2 de pagamentos do auxílio emergencial.

Como realizar o saque em espécie: é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da Caixa, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

Os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, Correspondentes Caixa Aqui ou nas agências. A Caixa informou que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento. Todas as pessoas que comparecerem, de segunda a sexta, das 8h às 13h, serão atendidas no mesmo dia.

 

 

 

*Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil

Publicado em Economia

MUNDO - A Justiça de Angola fechou no fim de semana passado mais quatro templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no país, no âmbito de investigações por associação criminosa, lavagem de dinheiro e fraude fiscal.

"Por despacho do Ministério Público, todos os templos da IURD em território nacional estão apreendidos e serão fechados, mas o processo de fechamento está sendo feito de forma gradual", indicou uma fonte policial à agência de notícias portuguesa Lusa. Os templos fechados foram os de Kilamba, Estalagem, Km 30 e Samba. Somente na capital, Luanda, há 211 templos da IURD.

Em comunicado, a igreja se disse surpresa com a chegada da polícia aos templos, apesar de os agentes não estarem "munidos de qualquer mandato ou documentação de suporte" ao fechamento. A IURD alegou que a polícia agiu "de forma truculenta e excessiva, cerceando os membros e fiéis que, na ocasião, estavam exercendo seu direito de liberdade de culto" e destacou que não havia qualquer impedimento legal ou mandato judicial que impedisse o culto naqueles templos.

Em agosto, a PGR angolana já havia fechado e apreendido sete templos da IURD em Luanda, no âmbito do mesmo processo.

Apesar do fechamento de alguns templos, a atividade religiosa continua, disse o pastor Jimi Inácio, da Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola. "Seguindo, é claro, as determinações sobre a pandemia que estamos vivendo, a igreja nas demais províncias, à exceção de Luanda e do Kuanza-Norte, realizará as atividades normalmente."

O fim de semana passado foi o primeiro em que foram realizados cultos religiosos em Luanda desde março, quando havia sido declarado o estado de emergência em Angola devido à pandemia de covid-19.

 

Disputa entre alas dentro da Igreja

A IURD está envolvida em várias polêmicas em Angola, desde que um grupo de mais de 300 pastores dissidentes se afastou da direção brasileira, em novembro do ano passado. As tensões se agravaram em junho, com a tomada da maioria dos templos pela ala reformista, que constituiu a Comissão de Reforma em Angola.

Os angolanos, liderados pelo bispo Valente Bezerra Luís, afirmam que a decisão de romper com a representação brasileira, encabeçada pelo bispo Honorilton Gonçalves, fiel ao fundador Edir Macedo, se deve a práticas contrárias à religião, como a exigência da prática da vasectomia, castração química, práticas de racismo, discriminação social, abuso de autoridade, além da evasão de divisas para o exterior. De acordo com o porta-voz dos bispos angolanos da IURD, Silva Matias, estão sob controle dos pastores angolanos 85% das igrejas em todo o país.

O conflito deu origem à abertura de processos-crime na Procuradoria-Geral da República de Angola e subiu à esfera diplomática. O presidente Jair Bolsonaro chegou a pedir ao presidente de Angola, João Lourenço, garantias de proteção aos pastores brasileiros e do patrimônio da igreja. Lourenço prometeu um "tratamento adequado" do caso na Justiça.

 

Direito à liberdade de religião

Nesta segunda-feira, a IURD do Brasil afirmou que o fechamento e apreensão de todos os seus templos em Angola é "contrário ao direito de religião, consciência e pensamento".

"Com 10 milhões de fiéis e simpatizantes em 135 países dos cinco continentes, a Universal lamenta profundamente a preocupante postura das autoridades judiciárias angolanas ante os ataques que a Igreja têm sofrido no país", indicou em comunicado.

"Alerta ainda a comunidade internacional mais uma vez, principalmente os cristãos, para o grave risco que este precedente abre contra o direito de religião, consciência e pensamento, assegurado desde 1948 a todos os povos do mundo, pela Declaração Universal dos Direitos Humanos", acrescentou a Igreja, destacando que não foi notificada sobre a decisão judicial.

 

"Portou-se sempre como empresa"

O jurista angolano Agostinho Canando, porém, descartou que o Estado esteja violando a liberdade religiosa dos fiéis e pastores da IURD. "O que aconteceu foi a aplicação de uma certa medida cautelar a esta congregação, já que decorre um processo no Ministério Público contra ela, pelo que todo e qualquer direito de realização de culto fica, até certo ponto, suspenso", afirmou, em declarações à DW África.

Para Canando, o Estado, ao proceder ao fechamento de templos e à detenção de alguns pastores, apenas aplicou a lei. "O Estado angolano concede, sim, a liberdade religiosa, mas quando dentro destas congregações houver qualquer possibilidade de violação das normas do Direito angolano, o Estado deverá impor-se para fazer valer as normas que vigoram no Estado angolano", disse.

Já o cientista político angolano Agostinho Sicatu defendeu a realização de uma investigação profunda. "Porque a Igreja Universal, desde que chegou aqui, portou-se sempre como uma empresa", comentou. "A Igreja Universal foi também, em parte, responsável por muito sofrimento de cidadãos que nela acreditaram, que, apenas a pretexto da fé, tiveram de vender os seus bens", afirmou.

Sicatu disse que muitos políticos angolanos se beneficiaram da Igreja, que chamou de lavanderia de dinheiro. "Se o Estado for sério, deve fechar a Igreja Universal em Angola. Definitivamente fechar. Essa história de prender um pastor aqui e prender outro [ali] cria outros problemas", concluiu.

Fundada pelo bispo evangélico brasileiro Edir Macedo em 1977, a Universal tem gerado polêmica por seu suposto envolvimento em atividades criminosas em vários locais, incluindo uma rede de adoção ilegal em Portugal, cujo inquérito foi arquivado porque os crimes prescreveram.

Macedo, que fez grande fortuna graças à organização, foi preso em 1992, acusado de charlatanismo, estelionato e curandeirismo. Ele foi solto pouco tempo depois, e as acusações foram arquivadas por falta de provas.

 

 

*Autor: Manuel Luamba (de Luanda) DW.com

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - Roberto Cabrini não faz mais parte do time de jornalistas do SBT. Segundo informações do colunista Flávio Ricco, do portal R7, o comunicador não teve seu contrato renovado pela emissora de Silvio Santos após 10 anos de contribuição.

Ainda de acordo com Ricco, o motivo para o desligamento do profissional seria por questões comerciais. O jornalístico “Conexão Repórter” do qual apresentava não estava lucrando com patrocinadores, além de ser considerado um programa caro e que exigia muitos gastos.

Considerado uns dos grandes nomes do jornalismo, Cabrini conquistou os mais importantes prêmios em sua carreira. Em seu currículo, ele teve passagens pela TV Globo, Record, Band e TV Cultura.

 

 

*Por: ISTOÉ GENTE

Publicado em TV

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30