fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Quarta, 09 Setembro 2020

SÃO CARLOS/SP - O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) São Carlos informa que devido à presença de cloro residual nas tubulações, a coloração da água distribuída, em várias regiões da cidade, foi alterada. 

A aplicação de cloro é constante durante todo o processo de tratamento e sua utilização é para promover a desinfecção bacteriológica da água. Embora o movimento da água seja constante, sempre fluindo em função de sua utilização, pode ocorrer o desprendimento de incrustações presentes nas tubulações de distribuição, que em sua enorme maioria é fabricada em ferro fundido e/ou ferro galvanizado, principalmente as redes localizadas na região central e nos bairros mais antigos da cidade. Esse desprendimento produz uma coloração de aspecto amarelado na água. 

Para a segurança da potabilidade da água, o SAAE garante a existência de um residual de cloro livre nas redes de distribuição, conforme o Artigo 34 da Portaria de Consolidação nº 5 de 28 de setembro de 2017 do Ministério da Saúde, o qual elimina os possíveis contaminantes bacteriológicos que possam ocorrer no sistema de distribuição.  

Pelo Artigo 34, é obrigatória a manutenção de, no mínimo, 0,2 mg/L de cloro residual livre em toda a extensão do sistema de distribuição. Porém devida a pandemia do novo coronavírus, a autarquia esta seguindo a Cartilha Técnica de Saneamento e as diretrizes enviadas pela Organização Mundial da Saúde, os quais recomendam a existência de um residual mínimo de cloro livre de 0,5 mg/litro em toda a extensão das redes de distribuição.

Esse aumento da dosagem de cloro afetou ainda mais o desprendimento de incrustações, porém, a qualidade de potabilidade da água não sofreu alteração.

Para restabelecer a coloração da água, o SAAE esta promovendo neste momento descargas em hidrantes (geralmente instalados em redes primárias) e em locais pontuais, através da retirada dos hidrômetros para impedir a entrada dessa água com coloração alterada, em virtude das incrustações, na área interna de comércios e residências.

Publicado em Outras Notícias

SÃO PAULO/SP - A Copa Libertadores tem uma nova casa na TV aberta brasileira: o SBT. A emissora de Silvio Santos fechou acordo com a Conmebol, tomou o tradicional lugar da Rede Globo e transmitirá a principal competição sul-americana até 2022.

O SBT terá o direito de transmitir dois jogos por rodada, sempre às quartas-feiras no horário das 21h30 (de Brasília). A emissora vai herdar as partidas que a Globo já havia escolhido previamente antes de romper o seu contrato com a Conmebol.

Desta forma, os jogos de estreia do SBT serão os de Palmeiras e Grêmio na próxima quarta-feira. O time do técnico Vanderlei Luxemburgo visita o Bolívar, em La Paz, pela terceira rodada do Grupo B. A equipe de Renato Gaúcho encara a Universidad Católica, também como visitante, no Chile, pelo Grupo E.

O torneio continental será retomado na próxima terça-feira após um longo período de paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus. Os últimos jogos haviam sido disputados no dia 12 de março.

Na semana passada, o Estadão já havia confirmado a notícia de que Conmebol e SBT negociavam os direitos de transmissão do torneio. Na ocasião, restavam alguns trâmites burocráticos para que o acordo fosse assinado, o que aconteceu nesta semana.

Com o pacote de jogos livre no mercado, a Conmebol procurou outras emissoras interessadas na transmissão do torneio. A negociação mais bem sucedida foi com o SBT, que possui alcance significativo em território nacional e já mostrou ser bem sucedida em transmissões de futebol neste ano com a exibição da final do Campeonato Carioca.

Como a redução do valor de contrato não foi aceita pela Conmebol, o SBT deve pagar a mesma quantia que seria paga previamente pela Globo. Ou seja, cerca de U$ 60 milhões (R$ 316 milhões na cotação atual) devem ser pagos pela emissora de Silvio Santos por ano à entidade para a exibição dos jogos.

 

 

*POR: ESTADÃO CONTEUDO

NOTÍCIAS AO MINUTO

Publicado em TV

Especialista do Senac São Carlos dá dicas para otimizar a rotina de estudos on-line, sem perder o foco do aprendizado

           

SÃO CARLOS/SP - Novos jeitos de pensar, agir e ampliar o conhecimento surgiram com a pandemia, modificando práticas e costumes. Na área da educação, proporcionar a aprendizagem remota foi a solução, mas o atual sistema requer uma nova postura frente às responsabilidades do estudante e também do docente, fomentando a criatividade, flexibilidade e organização. Para Márcia Cristina Fragelli, coordenadora pedagógica do Senac São Carlos, os maiores vilões para quem estuda nesse modelo são o agir no hoje com olhar para o que existia antes, sem acompanhar as alterações do mundo, e procrastinar, desconsiderando a relevância das atividades propostas.

            “Para evitar erros, é preciso sempre cumprir os combinados estabelecidos nas aulas, como tarefas, prazos e participação”, ressalta a especialista. “A nova realidade fez com que outras formas surgissem para manter a atualização profissional, então é preciso encarar isso com seriedade para conquistar uma formação estratégica e direcionada para as novas demandas de mercado, sem perder as oportunidades que estão surgindo.”

            Outro erro, segundo Márcia, é a inflexibilidade. “A pandemia deixará reflexos em todos os setores, por isso é necessário compreender o atual cenário e se adaptar à nova realidade com afinco”, afirma. Para facilitar o aprendizado remoto, algumas dicas são:

·         Tenha uma agenda, seja física, seja virtual. Quando é possível enxergar os compromissos do dia ou da semana, é mais fácil se organizar e direcionar a atenção com exclusividade para o estudo.

·         Estabeleça um calendário de leitura e estudo após acompanhar as aulas remotamente. O interesse do estudante em aprofundar a informação recebida ainda é de grande valia para uma formação eficaz.

·         Coloque alarmes para atividades importantes e que sejam mais para frente, para não correr o risco de esquecer no dia.

·         Identifique quais as ferramentas tecnológicas necessárias. Há aplicativos que precisam ser abertos por desktop ou notebook.

·          Participe das atividades síncronas (em tempo real) e assíncronas. Todo o conteúdo proposto tem um motivo para ampliar o conhecimento em determinada área.

·         Mantenha o ambiente de estudo organizado e sem ruídos, para que não atrapalhe a atenção no que realmente é necessário.

Além desses pontos, a coordenadora pedagógica do Senac São Carlos pontua que a cidadania virtual, a maneira como ocorrem os relacionamentos no mundo digital, precisa ser pautada em respeito e compreensão. “Estar atento ao bom uso da internet é fundamental.”

 

Oportunidades no Senac

            Para atender à necessidade de isolamento social e, ao mesmo tempo, garantir a relação ensino-aprendizagem com os alunos, o Senac São Carlos se organizou para oferecer cursos remotamente. Entre eles, técnicos, que tiveram alternância nas atividades curriculares para continuar promovendo um ensino direcionado em práticas. “Vivenciamos uma fase de metamorfose das instituições de ensino, e o Senac, com inovação e atenção ao estudante, organizou-se para manter sua referência na área de educação”, diz Márcia.

            Alguns cursos técnicos iniciam neste mês e reforçam aos participantes a importância de se manterem atualizados diante das novas demandas e de um mundo diferente.  “Mesmo com a pandemia, é necessário manter o movimento de se qualificar e garantir a atualização diante das novas possibilidades e dilemas de cada área. Apropriar-se dos novos protocolos e demandas profissionais é imprescindível para continuar crescendo na carreira”, orienta a coordenadora.

            As atividades práticas dos cursos técnicos serão fomentadas tanto por videoaulas em ambientes propícios para a atividade em questão quanto por meio de estudos de casos e tutoriais. Para algumas áreas, que exigem estágio obrigatório, haverá uma mudança na ordem das atividades para que, quando possível e seguro, os estudantes consigam cumprir a parte prática.

            A unidade está com inscrições abertas para os cursos Técnico em Computação Gráfica, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Publicidade, Técnico em Design de Interiores, Técnico em Administração, Técnico em Logística e Técnico em Meio Ambiente. Para mais informações, acesse o Portal: www.sp.senac.br/saocarlos.

 

Serviço:

Senac São Carlos

Local: Rua Episcopal, 700, Centro - São Carlos/SP

Informações e inscrições: www.sp.senac.br/saocarlos

Publicado em Educação

Acidente aconteceu na altura do Km 237 da Rodovia Anhanguera, que ficou interditada após a colisão.


SANTA RITA DO PASSA QUATRO/SP - Um caminhoneiro morreu após um acidente no km 237 da (SP-330) Rodovia Anhanguera, pista sul em Santa Rita do Passa Quatro, por volta das 3h nesta quinta-feira (10).

Segundo informações da Polícia Rodoviária, o motorista do caminhão bateu na traseira de uma carreta canavieira. O motorista foi socorrido para o Hospital Dona Balbina, da cidade de Porto Ferreira, pela unidade de resgate da Concessionária Intervias, porém não resistiu aos ferimentos.

Após a colisão os veículos ficaram sobre as faixas de rolamento causando a interdição total da rodovia no sentido Interior à Capital.

O condutor da carreta canavieira não sofreu ferimentos sendo convidado e submetido ao teste do etilômetro ativo Alco Sensor, sendo registrado a quantia de 0,00 mg/l de álcool por litro de ar alveolar.

A interdição gerou um congestionamento de aproximadamente 04 quilômetros, sendo liberado o trânsito totalmente no local às 06:51h.

A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial de Porto Ferreira, onde a Autoridade Policial Civil, tomou ciência do fato e determinou a elaboração do BO/PC e tomou as demais providências. 

 

 

*Por: REVISTA DAQUELE MODELO

Publicado em Outras Cidades

MUNDO - O tetracampeão mundial Sebastian Vettel seguirá na Fórmula 1 na próxima temporada. Nesta quinta-feira (10), ele foi confirmado como piloto da Aston Martin, nome que a Racing Point adotará de 2021 em diante. O alemão substituirá o mexicano Sergio Pérez, que anunciou na quarta-feira (9) que não permaneceria na equipe.

"É um prazer, enfim, poder compartilhar essa notícia excitante sobre o meu futuro. É uma nova aventura, por uma equipe legendária. Estou impressionado com os resultados dela neste ano e acredito que o futuro é ainda mais brilhante. A energia e o comprometimento de Lawrence [Stroll, dono da Racing Point/Aston Martin] com o esporte é inspirador e acredito que podemos construir algo bem especial juntos", declarou Vettel, em comunicado divulgado pela escuderia.

 

A temporada 2020 já seria a despedida do alemão da Ferrari, após a escuderia anunciar, em março, o espanhol Carlos Sainz, hoje na McLaren, como parceiro do monegasco Charles Leclerc a partir de 2021. Vettel chegou à equipe italiana em 2015, após quatro títulos mundiais pela Red Bull, e obteve dois vice-campeonatos (2017 e 2018), batido em ambos pelo piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes. Na atual edição, ele vive o pior momento na Ferrari, na 13ª posição na classificação de pilotos, com 16 pontos, tendo um sexto lugar no Grande Prêmio da Hungria como melhor colocação.

"Todos em Silverstone [cidade britânica onde fica a sede da equipe] estão empolgados com a notícia. Sebastian é um campeão reconhecido e traz uma mentalidade vencedora, que coincide com nossa ambição para o futuro como Aston Martin. É um dos melhores do mundo e não consigo pensar em um piloto melhor para nos levar a essa nova era. Ele terá um papel significativo para levar esse time ao próximo nível", destacou no comunicado o diretor-executivo da escuderia, Otmar Szafnauer‍.

Saída de Pérez

Na nova casa, o tetracampeão terá como parceiro Lance Stroll-  filho de Lawrence, um dos proprietários da Racing Point/Aston Martin. Vettel substituirá Sergio Pérez, que, no ano passado, havia assinado contrato para três temporadas. Apesar de o diretorSzafnauer‍ ter dito à revista alemã AutoMotor Und Sport que o mexicano permaneceria na equipe, o próprio Pérez revelou o contrário.

Em nota nas redes sociais, o mexicano lembrou a chegada, há sete anos, quando a equipe tinha outro dono e se chamava Force India. Ele admitiu que a saída é "um pouco" dolorosa. "Apostei muito na equipe em momentos muito difíceis, mas conseguimos superar obstáculos e estou muito orgulhoso de ter salvado o trabalho de muitos de meus companheiros", disse  Pérez, fazendo referência à crise financeira vivida pela escuderia em 2018, que levou à compra pelo consórcio liderado por Lawrence Stroll.

 

Pérez competiu em seis das oito corridas da temporada 2020, perdendo duas,  no período em que contraiu o novo coronavírus (covid-19) e precisou ficar afastado das pistas. Ele é o 11º na classificação, com 41 pontos. Lance Stroll, presente nas oito provas, está em quarto, com 57 pontos. O canadense chegou em terceiro no GP da Itália, no último domingo (6). Na edição 2019, a primeira da dupla pela Racing Point, Pérez ficou em 10º, com 52 pontos, enquanto Stroll foi o 15º, com 21 pontos.

Neste domingo (13), às 10h10 (horário de Brasília), Vettel e Pérez, ainda representando as atuais equipes, terão pela frente o GP da Toscana, no circuito de Mugello, a casa da Ferrari. A prova marca o milésimo GP da história da escuderia italiana na Fórmula 1.

 

Mudança de nome

A mudança de nome da Racing Point passa por Lawrence Stroll. Em janeiro, o milionário canadense comprou 16,7% das ações da Aston Martin. A fabricante, parceira da Red Bull nas últimas quatro temporadas, voltará ao grid como equipe pela primeira vez desde 1960. A escuderia competiu por duas temporadas e não somou pontos.

Confira AQUI a tabela de classificação da temporada 2020 da Fórmula 1.

 

 

*Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional

*AGÊNCIA BRASIL

Publicado em Esportes

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto e da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, está finalizando a infraestrutura para assentar 120 famílias em área pública localizada na rua 1 do bairro Antenor Garcia.
O processo faz parte de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) celebrado entre a Prefeitura de São Carlos e o Ministério Público para a resolutividade de uma questão que foi discutida durante 7 anos que é a vulnerabilidade habitacional dessas famílias.

Os recursos são do FUMDUSC (Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano de São Carlos), um investimento de R$ 1,9 milhão. Cada família vai receber um lote de 7,5 m por 17 m já com toda a estrutura, ou seja, água, esgoto, galerias, guias, sarjetas, asfalto e iluminação.

Após a realização de processo licitatório, a empresa vencedora fez a instalação das redes de águas pluviais, caixas de galerias, guias e sarjetas e começa agora a construção de 60 metros de gabiões para conter a erosão que a área possui. Já o SAAE implantou as redes de água e esgoto e iniciou as ligações domiciliares.

“As obras estão bem adiantadas, O SAAE já fez a rede de água e de esgoto, agora estamos fechando a parte de iluminação, porém será necessária a abertura de um processo licitatório já que deve ultrapassar R$ 320 mil”, revela João Muller, secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano.

As famílias do futuro assentamento denominado “Em Busca de um Sonho” também estão recebendo o apoio da equipe da Secretaria de Cidadania e Assistência Social desde o início do movimento. “Iniciamos atendendo as lideranças da área de ocupação, realizamos a identificação de todas as famílias que estavam no local e depois realizamos o cadastro das incluídas no processo de reurbanização da área, processo esse já fechado. O nosso Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Cidade Aracy fez todo o acompanhamento social dessas famílias, inclusive desde o início da pandemia com orientações sobre como evitar a disseminação da COVID-19. Nesse sentido inclusive solicitamos ao SAAE a urgência para levar água até o local”, garante Glaziela Solfa Marques, secretaria de Cidadania e Assistência Social.
Com o cumprimento do TAC ocorrerá a desafetação da área pública, situação que ocorre por fato jurídico, já que o bem passará ser de uso comum do povo.

Publicado em Política

RIO DE JANEIRO/RJ - A ex-BBB Ivy Moraes atraiu olhares em suas redes sociais nesta quarta-feira (09) ao publicar uma foto em que relembrava sua última ida à praia.

A morena deixou a galera de boca aberta ao mostrar sua boa forma surgindo num biquíni azul neon que não deixou nada para a imaginação. Nos comentários da publicação, o marido de Ivy comentou diversas vezes elogiando a musa e arrancando risadas dos seguidores.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Travaaaaaa ??? Foto antigaaaa, em um dos meus lugares favoritos, Rio de Janeiro! ? Achei na galeria e deu saudade! ?

Uma publicação compartilhada por Ivy Moraes (@ivymoraes) em

 

“Travaaaaaa! Foto antigaaaa, em um dos meus lugares favoritos, Rio de Janeiro! Achei na galeria e deu saudade!”, admitiu na legenda da foto.

 

 

*Por: Gabriela Ellin / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades
Quinta, 10 Setembro 2020 13:32

Anitta posa para revista internacional

SÃO PAULO/SP - Trabalhando na Europa, a cantora Anitta segue em ritmo frenético para consolidar seu nome fora do Brasil. Nesta última quarta-feira (9), ela publicou uma foto de seu ensaio para a Escena, revista internacional. E o que será que a publicação falou a respeito da “poderosa”?

“Ela veio do Brasil para deixar uma marca muito importante no mundo da música, suas canções ocupam os primeiros lugares nas rádios de vários países”, destaca a revista. Confira a postagem:

Anitta tem feito várias aparições internacionais. Recentemente, esteve no canal de James Corden e não deixou de celebrar. “Ontem realmente cheguei a um nível na minha carreira onde nem nos meus maiores sonhos eu imaginava chegar. Afff meu Brasil olha onde estamoooos… sem palavras… sou só felicidade”, disse a cantora.

 

*Por: JETSS

Publicado em Celebridades

MUNDO - Uma associação global que representa 85 mil atletas pediu, na última terça (8), a expulsão do Irã de competições internacionais caso o país execute o campeão de luta greco-romana Navid Afkari, cujo caso provocou revolta internacional.

O lutador de 27 anos enfrenta duas penas de morte desde que foi condenado por matar um segurança a facadas e por outras acusações ligadas a protestos antigoverno em 2018, diz a mídia estatal.

“O ato horroroso de executar um atleta só pode ser considerado um repúdio aos valores humanitários que sustentam o esporte”, disse o diretor da Associação Mundial de Atletas (AMA), Brendan Schwab, em comunicado.

“Como resultado, o Irã deve perder o direito de ser parte da comunidade universal do esporte”, afirma o dirigente.

Afkari diz que foi torturado para fazer uma confissão falsa, afirmam familiares e ativistas. Além disso, o advogado do atleta diz não haver prova de sua culpa.

O Judiciário iraniano nega as alegações de tortura. “Com base em indícios claros, Afkari matou um homem inocente a facadas. Ele confessou ao tribunal. O tribunal emitiu a pena de morte com base em indícios fortes, e a Suprema Corte manteve a pena de morte”, disse a entidade em comunicado divulgado pela mídia iraniana na semana passada.

Grupos de direitos humanos e autoridades estrangeiras, inclusive o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, clamam por um indulto, e nas redes sociais circula uma campanha a favor do atleta com a hashtag #SaveNavidAfkari.

 

 

*Por Parisa Hafezi e Brian Homewood / REUTERS

Publicado em Esportes

MUNDO - A Índia planeja oferecer incentivos no valor de 1,68 trilhão de rupias (US$ 23 bilhões) para atrair fabricantes ao país, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

O governo do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, oferecerá incentivos de produção para fabricantes de automóveis, painéis solares e aço especial para empresas de eletrodomésticos, de acordo com documentos revisados pela Bloomberg News. Unidades têxteis, processadoras de alimentos e farmacêuticas especializadas também são consideradas para o plano.

O programa de incentivo, liderado pela agência de planejamento de políticas do país, usa o modelo de um regime implementado no início do ano para atrair empresas da China. Cerca de duas dezenas de empresas, como Samsung Electronics, Hon Hai Precision Industry, conhecida como Foxconn, e Wistron, prometeram US$ 1,5 bilhão em investimentos para instalar fábricas de telefones celulares no país, de acordo com o governo, que ofereceu pagar o equivalente entre 4% e 6% das vendas incrementais nos próximos cinco anos.

O governo indiano tenta atrair investimentos para recuperar a economia, que registrou a pior recessão entre as principais economias no último trimestre, quando o PIB encolheu 23,9%. Os impostos corporativos já estão entre os mais baixos da Ásia, enquanto as regras de insolvência foram revisadas para facilitar os negócios. Mas as medidas tiveram pouco impacto para tornar a Índia a primeira opção para empresas que buscam diversificar cadeias de suprimentos fora da China.

O Vietnã continua a ser o destino preferido, seguido por Camboja, Mianmar, Bangladesh e Tailândia, de acordo com recente pesquisa do Standard Chartered.

“A mudança certamente terá impacto positivo na manufatura, especialmente para os chamados setores em expansão, como solar e eletrônicos”, disse Madan Sabnavis, economista-chefe da Care Ratings. “É uma boa forma de atrair investimentos e tem potencial para fazer a diferença nesses setores.”

O governo também planeja introduzir um programa de fabricação em fases para que empresas aumentem gradualmente adição de valor local. O programa, atualmente em vigor para componentes e acessórios de telefones celulares, poderia ser estendido para móveis, plásticos, brinquedos e bens de consumo duráveis de baixo valor. A maioria desses itens é atualmente importada da China.

Os detalhes de ambos os programas estão em elaboração e serão submetidos à aprovação do gabinete federal em breve, disseram as fontes.

Um porta-voz do Niti Aayog, o think tank de políticas do governo, não respondeu a uma ligação feita durante o horário comercial.

A Índia importou bens da China no valor de US$ 65 bilhões no ano encerrado em 31 de março, enquanto as exportações para o país vizinho somaram US$ 17 bilhões, criando um déficit comercial de US$ 48 bilhões, de acordo com dados mais recentes do governo.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

 

 

*Por: Abhijit Roy Chowdhury / ©2020 Bloomberg L.P.

Publicado em Economia

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30